Xadrez eleitoral embolado em Santa Catarina

Merisio e Bauer são os únicos nomes confirmados na disputa/Diário do Iguaçu

Edinei Wassoaski avalia o atual cenário eleitoral a sete meses da eleição                                           

 

Santa Catarina vive uma situação muito semelhante ao cenário nacional quando o assunto são as eleições de outubro. A sete meses do pleito, há apenas duas candidaturas praticamente fechadas. A maioria dos partidos bate cabeça internamente e na tentativa de buscar coligações. Surpreendentemente, o sempre organizado MDB está nessa leva.

 

 


   O PSD de Gelson Merisio e o PSDB de Paulo Bauer são os únicos a apresentarem candidaturas mais ou menos sólidas. Merisio vinha enfrentando fogo amigo de João Rodrigues (PSD), catapultado para o rol dos fichas-sujas depois da prisão por conta da famigerada retroescavadeira comprada quando ele era prefeito de Pinhalzinho. Prisão, por sinal, contestada por muitos pessedistas. Com Rodrigues fora do jogo, Merisio se confirma com as bênçãos de Raimundo Colombo e até de Esperidião Amin (veja ao lado). O PSB e o PDT já confirmaram apoio ao peesedista também.

 

 

     No MDB, Mauro Mariani parecia ser o nome certo para disputar o governo. O acerto evoca conversa que teve às vésperas da definição das candidaturas, em 2014, com o finado Luiz Henrique. Guru dos mais respeitados, LHS havia acalmado Mariani, garantindo que se ele desse espaço para Colombo naquele ano, seria recompensado com o apoio do PSD neste ano. O futuro se mostrou ingrato para Mariani, que além de ver o PSD virando as costas para ele, ainda tem de enfrentar a ameaça Udo Döhler. Com histórico de bom prefeito e com credenciais muito parecidas com as do próprio LHS, Döhler tem o respeito do partido. Mariani, no entanto, tem o diretório e quer bater chapa. Atribuindo-se uma aura hors-concours, Döhler só aceita concorrer se for aclamado sem bater chapa. E agora? As pesquisas não têm ajudado Mariani, bem distante de Bauer e Amin.

 

 

     Com movimentos bem mais lentos, o PR de Jorginho Melo e o PT de Claudio Vignatti se ensaiam para disputar o pleito que, por enquanto, segue bem incerto.     

 

A PROPÓSITO: A prisão de João Rodrigues (PSD) é a prova de quão arriscado é ser prefeito hoje no Brasil. Se por um lado há, de fato, muita roubalheira, por outro, a legislação cerca os gestores de todos os lados. No caso dele, a condenação remete a R$ 60 mil, pagos por uma máquina usada há 18 anos.

 

 

 

Norma x Pike

Prefeito em exercício, Renato Pike (PR) tem insistido com a vereadora Norma Pereira (PSDB) que uma pesquisa de opinião indique qual dos dois estaria mais forte para concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados. Aquele que estiver melhor na pesquisa ganharia o apoio do outro, propõe Pike.

 

 

Norma se recusa. Acha que Pike tem muito mais propaganda espontânea do que ela, principalmente por neste momento estar ocupando a cadeira de prefeito.

 

 

 

“Se não tiver médico no posto, a prefeitura será acionada. Agora o INSS pode seguir com esse descaso”

do vereador Paulo Glinski (PSD), criticando a falta de ação por parte das autoridades fiscalizadoras em fazer valer o direito do cidadão ao atendimento pericial

 

 

CASAMENTO MARCADO

O PSD de Gelson Merisio e o PP de Esperidião Amin selaram acordo para sacramentar aliança visando as eleições deste ano. Se nada mudar até lá, em agosto eles consumam o casamento. O anúncio foi feito na semana passada durante a passagem do cargo de presidente do PP de Amin para Silvio Dreveck. O ex-governador já fala em construir um plano de governo nos próximos dias.

 

Terreno em questão

Vereador Paulinho Basilio (MDB) se mostrou preocupado com a possibilidade de Canoinhas perder o curso de Engenharia Civil por falta de espaço para construção de um barracão. O IFSC pediu a área ao lado do instituto para o Município, que havia cedido a área para um grupo chinês ainda no governo de Orlando Krautler (2001 a 2004). Os chineses, como se sabe jamais fizeram coisa alguma na área.  O Município, por sua vez, disse que o terreno vai para licitação. Prefeito em exercício, Renato Pike (PR), afirmou que vai priorizar a área para o IFSC. “Educação é mais importante que uma indústria”, garantiu.

 



 

LUZ: Deputados Antonio Aguiar (MDB) e Darci de Matos (PSD) intermediaram reunião do vice-prefeito de Bela Vista do Toldo, Carlinhos Schiessl (PSD), e do prefeito de Irineópolis, Juliano Pereira (PSDB) – à esq. – com o presidente da Celesc, Cleverson Siewert (C) na quarta-feira, 7. Siewert prometeu que a ordem de serviço para construção da aguardada nova subestação de Irineópolis sai em abril.

 

 

Parem as máquinas

Vereadora Norma Pereira (PSDB) questionou a Secretaria de Desenvolvimento Econômico sobre a possibilidade de Canoinhas entrar no programa Cidade Empreendedora do Sebrae. Ouviu que, por ora, o foco da pasta está centrado no desenvolvimento de portfólio do município. Isso um ano e três meses depois de Beto Passos (PSD) ter assumido o governo (!).

 

 

 

RÁPIDAS

NA MIRA: A Justiça quer esclarecimentos sobre a compra de um prédio no valor de R$ 83 milhões para acomodar o setor administrativo da Alesc.

 

14%: é o quanto aumenta o risco de morte entre pessoas com 60 anos ou mais isoladas socialmente.

 

FALA AÍ: O WhatsApp deve ser a estrela principal das eleições deste ano. Dos 70% de brasileiros que acessam a internet pelo celular, 63% têm conta no aplicativo.

 

BOM DIA!: Ainda sobre o WhatsApp, pesquisa da Opinion Box mostra que cada usuário do app está em, pelo menos, cinco grupos.

 

SERÁ?: Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Lula cravou: “Se eu entendo um pouco de política, a disputa (presidencial) deverá ser outra vez entre tucanos e o PT.

 

OBRIGADO, MAS…:  O PR de Jorginho Melo recusou convite do governador Pinho Moreira (MDB) para compor o governo.

 

….NÃO DÁ: Melo mantém pré-candidatura ao governo.

 

PRA APAGAR A LUZ: O Governo vai manter por um mês os cargos de gerente de Administração, Finanças e Contabilidade e Engenharia das 15 ADRs extintas, incluindo Canoinhas.

 

 

PERGUNTA PERTINENTE: 

Qual candidato a governador  do Estado seria o que mais atenção daria a região de Canoinhas?

 

 

Deixe seu comentário:

Top