Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Vereadores pleiteiam prédio do antigo Fórum de Canoinhas

GSV

Se doado, imóvel poderá atender demandas importantes, hoje existentes em Canoinhas, defendem vereadores 

 

 

A indicação de número 101/2018, apresentada na sessão desta segunda-feira, 17, pelos vereadores Paulo Glinski (PSD) e Wilmar Sudoski (PSD), demonstra uma preocupação já bastante discutida na Câmara de Vereadores de Canoinhas nos últimos dias. Eles solicitam ao prefeito Beto Passos (PSD) que busque contato com o Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina (TJSC), para que seja pleiteado a doação para Canoinhas, do imóvel onde funcionava o antigo Fórum da Comarca.

 

 

Com a inauguração do novo prédio do Fórum, realizada no dia 22 de janeiro, o local desativado ainda está sem destino. Nesse sentido, o imóvel que hoje está vazio, poderia ser doado ao município para que pudesse ser usado em outras importantes atividades que precisam de um espaço maior, central e adequado como a do prédio desativado.

 

 

Paulo Glinski (PSD) defendeu que por ser um imóvel central, poderia ser utilizado para vários programas em andamento ou até secretarias municipais que precisam de espaço maior ou mais adequado, e ainda, foi colocado também a possibilidade de ser utilizado por ONGs para terem um local fixo para realização de suas atividades, colaborando com tão nobre trabalho. “Esse é um imóvel que já não atendia mais a finalidade e necessidade do Fórum instalado ali, mas para outras ações, com certeza suprirá tranquilamente as necessidades”.

 



 

Ainda explicou sobre o interesse do município: “Existem diversas finalidades para uso desse espaço, e sempre pensando da forma mais nobre possível para atender a população, mas precisamos demonstrar esse interesse ao TJSC e formalizar o quanto antes tão importante pedido de doação”, disse.

 

 

Wilmar Sudoski (PSD) também destacou que é necessário que seja agendada uma reunião no TJSC, para que seja discutida a possível doação. “Esse imóvel tão importante, numa área central e que poderia atender uma grande demanda do município, hoje está sem funcionalidade nenhuma. Há propostas de ele ser doado para área da saúde ou para outras atividades que venham atender melhor nossa comunidade, precisamos agilizar o pedido e formalizar uma reunião no TJSC o quanto antes”.

 

 

Glinski também explicou em sua fala que o terreno onde está o imóvel hoje desativado, inicialmente foi da prefeitura de Canoinhas. O mesmo foi repassado ao Estado para construção do antigo Fórum, pois na época não existia uma diferenciação entre o Estado e o Tribunal de Justiça, portanto ele está incorporado ao patrimônio do Estado. Após a formalização do pedido ao TJSC, e se aceito, será necessário um projeto de Lei para Câmara de Vereadores, que estudará o melhor destino junto ao Poder Executivo e comunidade, e também um projeto para a Assembleia Legislativa, por ser um patrimônio estadual.

 

 

 “É preciso formalizarmos esse pedido de doação e informarmos que o município está disposto e precisa desse imóvel, e que após doado, buscará um melhor destino, coerente e que atenderá melhor as necessidades da nossa comunidade”, finalizou.

Deixe Seu Comentário