Vereador pede vistas de lei que trata de cargos em Três Barras

Divulgação

O texto regulamenta 14 cargos de nível superior; 7 de nível técnico; 3 de nível médio; 3 para serviços auxiliares; 2 diversos; e outros 15 comissionados

 

 

 

Vereador Marco Antônio de Souza (MDB), fez pedido de vistas em relação aos projetos de lei que tratam sobre a alteração das funções e regulamentam os cargos no executivo municipal de Três Barras. Segundo ele, há dúvidas na atribuição de “condução de automóveis” por assessores administrativos. Ele diz que a atribuição poderia entrar em choque com a atribuição de motorista.


 

 

“Faço o pedido de vistas, para que eu possa analisar a legalidade da atribuição na condução de veículos a assessores”, destacou, afirmando ainda que não fazia parte das comissões que apreciaram o texto.

 

 

Os vereadores de Três Barras votariam o texto na segunda-feira, 9, porém, com o pedido de vistas ele deve ser pautado em sessões futuras.

 

 



O projeto tem autoria do executivo municipal e regulamenta as leis 139/2009, 156/2011 e 172/2013 no que se refere à atribuição dos cargos públicos de Três Barras. Com a aprovação, ficarão descritas as atividades e atribuições dos contratados pela prefeitura para funções ditas administrativas, bem como as das áreas de saúde e educação.

 

 

Na defesa do projeto, o executivo argumentou que a regulamentação é necessária, visando adequação conforme orientação do Ministério Público Estadual.

 

 

O texto regulamenta 14 cargos de nível superior; 7 de nível técnico; 3 de nível médio; 3 para serviços auxiliares; 2 diversos; e outros 15 comissionados, entre eles o secretariado.

 

 

Também estão descritos no texto, os comissionados para assessoramento geral, dos tipos: Diretor, que deverá controlar as ações do departamento em atuação; bem como o de Assessor, que deverá assessorar as secretarias onde atuar.

Top