Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Torres para internet serão instaladas em Major Vieira

Severgnini acompanha técnicos da empresa/Gilberto Havrelhuck/Divulgação

A torre principal ficará atrás do prédio da Casa da Cultura no centro da cidade                                                                            

 

Na sexta-feira, 12, o prefeito de Major Vieira, Orildo Severgnini (PMDB), recebeu no seu gabinete a equipe da empresa vencedora da licitação que vai instalar as torres para transmissão do sinal de internet rural em Major Vieira.

 

O recurso para pagamento das torres e equipamentos no valor de R$ 406,5 mil já está disponível na conta da prefeitura de Major Vieira.

 

O município vai disponibilizar os locais para as torres, via de acesso e padrão de energia elétrica. Os terrenos para a instalação destas torres já foram cedidos gratuitamente por moradores, sob assinatura de contrato de cessão de uso.

 

Nesta semana, serão demarcados os locais para a construção das bases em concreto para a instalação das torres.



 

A torre principal ficará atrás do prédio da Casa da Cultura no centro da cidade, na Travessa Otacílio Florentino de Souza, ao lado da prefeitura. As outras três ficarão em localidades do interior. Na comunidade de Colônia Santo Antonio, na propriedade de Cleison Kachimarek; Rio Novo, na propriedade de Valdecir Menegazzo; e Rio Claro, na propriedade de Silvio Osni Karvat.

 

Segundo Marcos Vinicius Vanzin, junto com o sinal de internet, as antenas também vão retransmitir o sinal de celular para o interior do município, inclusive, há a possibilidade de mais operadoras disponibilizarem seu sinal através da estrutura que Major Vieira terá, isso porque viabiliza os custos para estas empresas, uma vez que as torres já estarão em funcionamento. A condição para que isso ocorra é o pagamento de aluguel para o município por utilizarem a estrutura.

 

“Hoje Major Vieira tem apenas uma operadora de celular, mas quando as torres estiverem em funcionamento, nada impede que outras venham para Major Vieira, se for do interesse delas, basta que paguem aluguel para o município por utilizarem a estrutura”, destacou Vanzin.

 

Severgnini está dando prioridade ao projeto, pois o prazo termina no dia 31 deste mês, porém a prefeitura já solicitou prorrogação por mais seis meses.

Deixe Seu Comentário