Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Saiba o que fazer para evitar acidentes com vazamentos de gás

Explosão que feriu canoinhense em Joinville chama atenção para o perigo                                                        

 

A explosão provocada por vazamento de gás GLP, gás liquefeito de petróleo, conhecido também por gás de cozinha, que deixou três pessoas da mesma família feridas em Joinville na manhã de sexta-feira, 5, levou os bombeiros a iniciar uma campanha de conscientização. A explosão aconteceu quando o canoinhense Marcos Cornelsen acendeu a luz, provocando uma faísca que acionou a combustão do gás, em alta concentração no ambiente em virtude de um vazamento. Pensando em prevenir este tipo de ocorrência o Corpo de Bombeiros Militar indica:

 

_ Nunca acenda a luz, não use aparelhos eletrônicos, incluindo telefones celulares, nem acione interruptores de energia elétrica ao perceber cheiro de gás no ambiente. Neste caso, abra as janelas e portas, retire as pessoas da casa e acione o Corpo de Bombeiros pelo telefone de emergência 193.

 

_ Verifique periodicamente as instalações de gás de sua residência. Para saber se há vazamentos, use espuma liquida em volta do registro e ao longo da mangueira. Se houver vazamentos haverá formação de bolhas.

 

_ Ao trocar o botijão, observe a aparência deste. Não pode estar amassado, enferrujado ou danificado.

 

_ Não instale o botijão de gás em locais fechados, sem ventilação. Não deixe panos, papel ou outros materiais de fácil combustão próximos ao fogão ou ao gás. Em caso de vazamentos ou de princípios de incêndios os materiais de fácil combustão ajudam a propagar o fogo.

 

_ A mangueira e a válvula de botijões de gás devem ser certificadas pelo Inmetro e possuem data de validade. Proceda à substituição se a validade estiver vencida.



 

_ Se tiver dúvidas entre em contato com a empresa responsável pela instalação do gás.

 

_ Acione o Corpo de Bombeiros se houver uma emergência pelo telefone 193

 

Todas as especificações para a correta instalação de gás liquefeito de petróleo em empresas, indústrias, escolas, residências multifamiliares e outras, estão especificadas em Instrução Normativa.

 

O Corpo de Bombeiros Militar fez um vídeo que demonstra o que ocorre em caso de um incêndio provocado por vazamento de gás. Na simulação, uma maquete de acrílico foi submetida a 5 segundos de vazamento de gás. Vale a pena assistir para entender:

 

 

 

Deixe Seu Comentário