Professores nativos e não-nativos de inglês

Muitos debates ocorrem nos círculos sobre ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras onde se discute a respeito do professor nativo e não-nativo de línguas estrangeiras. Mas, qual a diferença entre esses dois tipos de professores? O professor nativo é aquele oriundo de um país em que se fala a língua- alvo oficialmente. Isso quer dizer que ele vai ensinar aos aprendizes a língua que ele mesmo fala. Um exemplo seria um professor norte-americano que vem ensinar inglês no Brasil. Por outro lado, o professor não-nativo é o professor que aprendeu a língua estrangeira de alguma forma e que tem como sua língua materna uma outra língua. Seria o caso de um professor brasileiro que aprendeu inglês e que agora vai ensinar alunos brasileiros essa língua estrangeira.

Os dilemas empregado na questão dos dois tipos de professores se referem a real diferença entre os dois profissionais e se os alunos terão alguma vantagem em ter aulas com um ou outro tipo de professor. Uma das notícias que mais se veicula por aí é que a melhor opção é ter como professor aquele que vem de um país que fala a língua estrangeira ensinada, ou seja, um professor nativo. Muitas pesquisas são feitas sobre o assunto e cada vez mais fica comprovado que essa conclusão não tem fundamento. É claro que aulas com professor nativo tem suas vantagens, mas isso não quer dizer que o professor não-nativo fica para trás. Professores não-nativos conseguem suas posições docentes após um árduo trabalho que exige anos de estudo, preparação em testes internacionais e uma constante reciclagem na área através de congressos, workshops, intercâmbios e leituras na área. O professor não-nativo tem a grande vantagem de saber o funcionamento da língua materna de seu aluno e consegue, dessa forma, antecipar possíveis problemas no que concerne a aquisição da língua por parte dos alunos.

Indiferentemente da escolha, cada profissional trará experiências profissionais e pessoais únicas. O que não se pode fazer é rotular professores de línguas estrangeiras baseado em informações errôneas e sem nenhuma comprovação.

Deixe Seu Comentário