Prefeitos da AmplaNorte se reúnem em primeira assembleia de 2014

Na pauta da reunião estavam a apresentação do relatório de atividades e a prestação de contas do exercício de 2013

 

Aconteceu nesta segunda-feira, 27, a primeira Assembleia dos Prefeitos da Associação dos Municípios do Planalto Norte Catarinense (Amplanorte) do ano de 2014, realizada em Itaiópolis, no bairro Alto Paraguaçu.

O novo presidente da Associação, prefeito de Monte Castelo Aldomir Roskamp, abriu a reunião falando sobre a importância da união dos prefeitos. “Fazemos parte da região mais pobre do Estado, e precisamos trabalhar em conjunto, unindo nossos esforços para que possamos desenvolver o Planalto Norte”, afirmou.

Também participaram do encontro os prefeitos de Papanduva, Dario Schicovski; de Mafra, Roberto Scholze; de Itaiópolis, Gervásio Uhlmann; de Bela Vista do Toldo, Gilberto Damaso da Silveira; de Irineópolis, Juliano Pozzi Pereira; e o prefeito de Porto União em exercício, Aloísio Salvatti.


Na pauta da reunião estavam a apresentação do relatório de atividades e a prestação de contas do exercício de 2013, além da apresentação das metas e projetos a serem desenvolvidos durante este ano visando o desenvolvimento econômico e regional através da geração de renda e do aumento das receitas dos municípios.

Participaram também da reunião o representante da Logos Assessoria – que presta serviços na área de cadastramento e gerenciamento de projetos para captação de recursos junto ao Governo Federal – João Krein; o representante do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), Leandro Maia, que apresentou os serviços oferecidos para gestão do ISS, focando no aumento de receitas nos municípios; e também a advogada Katherine Schreiner, que falou sobre proposta de assessoria jurídica para a Associação e para os municípios.



 

USINA DE ASFALTO

Roskamp falou sobre os encaminhamentos para a criação do Consórcio de Desenvolvimento do Planalto Norte (Codeplan), anunciando que já foram destinados R$ 1,5 milhão pelo deputado federal Mauro Mariani para a Usina de Asfalto a quente que será implantada pelos municípios da região através de consórcio intermunicipal.

“A usina de asfalto trará inúmeros benefícios para a região no que diz respeito à questão de pavimentações. Conseguiremos produzir asfalto de qualidade com preços muito mais acessíveis do que os praticados no mercado, o que possibilitará que os municípios asfaltem muito mais ruas, melhorando a qualidade de vida da população”, explica Roskamp.

Segundo o secretário executivo da Associação, Hélio Daniel Costa, grande parte dos municípios já assinou o protocolo de intenções para adesão ao Consórcio. A próxima etapa é que consigam a aprovação por parte das Câmaras de Vereadores, o que deve acontecer com a maior urgência, tendo em vista o prazo para encaminhamento da solicitação dos recursos.

Deixe seu comentário:

Top