Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

PMDB de Canoinhas quer voltar à direção da ADR

Mariani cumprimenta Pinho Moreira durante posse/Divulgação

Ala ligada a Mauro Mariani quer desbancar domínio de Antonio Aguiar                                                           

 

A posse de Eduardo Pinho Moreira (MDB) como governador interino nesta sexta-feira, 16, com a certeza da efetivação do cargo em abril, quando Raimundo Colombo (PSD) renuncia de vez, pode mudar o xadrez político regional.

 

 

    Deputado Antonio Aguiar deixa de vez o MDB em março para ingressar no PSD, aproveitando a janela eleitoral. O deputado não comenta a situação, mas lembra que o compromisso em manter Aloisio Salvatti (MDB) no cargo de secretário regional é de Colombo. Com Colombo fora, não há mais compromisso. Todos sabem que Salvatti é indicação de Aguiar.

 

 

    Não é segredo para ninguém, também, que o MDB de Canoinhas ainda se recente de ter perdido a direção da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR). Só tem mais ressentimentos em relação a Aguiar, que acusam de ter traído o partido na última eleição municipal.

 

 

    A situação criada pela saída de cena de Colombo foi perfeita para o diretório municipal do MDB. Praticamente expulso do partido, Aguiar vai para o PSD e eleva as chances de Pinho Moreira atender ao pleito dos correligionários canoinhenses. Sendo assim, um verdadeiro pelotão já se formou. Ex-vice-prefeito Wilson Pereira (MDB) estaria liderando o grupo que pretende renovar totalmente o quadro funcional da ADR, de alto a baixo, começando com Pereira substituindo Salvatti até gente que ficou desempregada com a derrota de Beto Faria (MDB) ocupando as gerências. Pereira nega qualquer manobra e diz que nem por dentro do assunto está. Disse que ouviu apenas rumores da possibilidade de Renato Stasiak (MDB), também ex-prefeito de Porto União, assumir o cargo. A coluna apurou que Wanderlei Lezan (MDB), ex-prefeito de Irineópolis, também estaria no páreo.

 

 

    Perguntado se aceitaria o convite caso fosse provocado para isso, Pereira diz que seria um caso a se analisar. 

 

 

A PROPÓSITO: A mesma ala que tenta tomar o poder na ADR Canoinhas apoia incondicionalmente a candidatura de Mauro Mariani (MDB) ao Governo. Isso significa que já sabem que tem emprego garantido até dezembro, já que Mariani sempre foi um crítico das repartições regionais. Se seguir com as ADRs, caso eleito, será tão contraditório quanto Raimundo Colombo (PSD), notório crítico das então SDRs, que chamava de “cabides de empregos” quando foi candidato ao Senado em 2006.

 

 

Vagas dos CEIs

Com a pré-inscrição via internet de vagas para os Centros de Educação Infantil (CEIs) de Canoinhas, o Município confirmou o que já se desconfiava: há mais vagas que alunos. Então por que havia filas em frente aos CEIs três dias antes da abertura das matrículas?

 

 

Porque os pais exigem o CEI que querem para seus filhos.

 

 

Cabe uma reflexão dos dois lados: o Município precisa entender porque, sob a ótica dos pais, CEIs como o Vinicius de Moraes são melhores. Aos pais, cabe compreender que o Município oferece a vaga sem o dever de garantir que seja no CEI que os pais desejam.

 

 

Divulgação

QUANDO A LUZ DOS OLHOS MEUS…

Sob o olhar do deputado Antonio Aguiar (MDB), deputado federal Mauro Mariani (PMDB) cumprimenta Raimundo Colombo (PSD) durante a inauguração do trecho Itaiópolis a Rio Negrinho da SC-477. Aguiar deixa o partido sem resolver as muitas diferenças com o até então correligionário.

 

 

A era dos robôs

No julgamento do recurso de Lula no TRF-4, 5,5% das manifestações de apoio ao ex-presidente nas redes sociais vieram de robôs e não de apoiadores de carne e osso. Entre as mensagens de críticas a Lula, 5,1% também foram originadas por máquinas e não por gente. Os dados são da Diretoria de Análise de Políticas Públicas (Dapp) da FGV e projetam uma campanha eleitoral repleta de armadilhas e perigos.

 

 

Divulgação

 

 

 

 

 

 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

APOIO: Depois que Udo Döhler (MDB) deixou o cavalo encilhado passar, Mauro Mariani (MDB) corre para dar musculatura a sua pré-candidatura, que deve ser chancelada pelo partido no próximo mês. Na foto, posa ao lado dos fiéis aliados, senador Dario Berger e prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (MDB).

 

 

Uma eleição injusta

Nesta semana o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) bateu o martelo permitindo o autofinanciamento de campanha. A medida vai na contramão da campanha por renovação nas próximas eleições. Políticos tradicionais, que encheram as burras de dinheiro misteriosamente no exercício dos cargos eletivos, vão aplicar altos valores na campanha, em detrimento do ‘não político’ que já começa desacreditado pelo desconhecimento e pouco tempo de campanha.

 

A medida, aliada a que proíbe a propaganda paga em sites, mas permite pagar para impulsionar conteúdo no Facebook, joga algumas pás de terra na eleição justa. Prepare-se para os sites de fake news criados pelos próprios candidatos inundarem a sua timeline. Mark Zuckerberg ri à-toa.

 

 

RÁPIDAS

ASSÍDUO: Deputado Antonio Aguiar (MDB) discursou em plena quarta-feira de cinzas na Assembleia. Frisou que sempre bateu ponto, todos os anos, no dia seguinte à festa de Momo.

 

FALANDO EM…: Aguiar, ele preside a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia neste ano.

 

ME DÊ MOTIVOS…: Vereadora Telma Bley (PMDB) foi convidada para ingressar no PSD. Ainda não respondeu ao convite.

 

…PRA EU IR EMBORA: Lembrando que em março abre a janela para se trocar de partido sem risco de perda de mandato.

 

1,85%:  foi o crescimento da receita tributária alcançada por SC em 2017.

 

QUEDA: Os investimentos por parte do Governo, no entanto, caíram -3,21% .

 

CARGO COM CARGO…: Prefeitos da região têm levado a sério a lei do retorno. Em troca de reciprocidade, têm acomodado apadrinhados dos colegas.

 

… SE PAGA: A mais recente acomodada foi um affair de alguém de alto escalão.

 

R$ 160,3 MIL: É o valor que a prefeitura de Canoinhas pretende gastar este ano apenas com as rádios Massa e Clube. A contratação dispensou licitação.

 

PERGUNTA PERTINENTE: 

Autofinanciamento de campanha interessa a quem?

 

 

 

Deixe Seu Comentário