Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Passos está em dívida com promessas de campanha

Passos durante a sessão da Câmara na qual respondeu às críticas de Camila Lima/Priscila Noernberg/Divulgação

Edinei Wassoaski analisa os primeiros seis meses de governo de Beto Passos                                                                                 

 

Ao analisar estes seis primeiros meses de Beto Passos (PSD) no poder não dá pra esquecer suas promessas de governo que, admita-se, foram bem ambiciosas. Ainda não se viu o agendamento de consulta por telefone, muito menos o remédio em casa como políticas de governo. Nenhum programa de cirurgias eletivas bancadas pelo Município foi anunciado, tampouco.

 

    Se elencar todas as promessas de campanha, talvez a inauguração do CEI improvisado dentro do Parque de Exposições possa ser computada como cumprimento parcial da promessa de aumentar as vagas na educação infantil. Além disso, de fato, houve um incremento na Secretaria de Obras que, segundo consta, tem feito um trabalho “nunca antes realizado” no interior, nas palavras de Passos, que tem nos vídeos publicados nas redes sociais o grande diferencial de governo. O que Beto Faria (PMDB) tinha de introspectivo, Passos tem de midiático.

 

     Dois fatos estão gravados na cabeça dos canoinhenses nesse meio ano de governo: o desejo de Passos de abrir o calçadão da Felipe Schmidt e a briga dele com a vereadora Camila Lima (PMDB) que se estendeu por uma semana.

 

    Ok, mas Passos realizou o Domingo da Família no Parque de Exposições  e ampliou o horário de atendimento da prefeitura. De fato. Ocorre que, como todos sabem, o que fica na memória do povo é a polêmica, e poucas coisas provocaram mais polêmica em seu governo do que esses dois episódios.

 

    Destaco, ainda, a arrumação na área médica tanto no Hospital Santa Cruz quanto no Pronto Atendimento.

 

    De modo geral, Passos tem muita vontade de trabalhar, mas se depara diariamente com o que seus antecessores se deram conta bem rapidinho: a burocracia pública impede que sua vontade se sobreponha em qualquer setor. Exemplo maior são as obras de asfalto herdadas de Faria. Há pelo menos duas que estão empacadas desde o ano passado. Passos notificou as empreiteiras e, no entanto, nada aconteceu.

 

Demissão suspeita

O Ministério Público de Santa Catarina está investigando uma demissão muito suspeita na prefeitura de Canoinhas. Consta que um servidor de alto escalão teria processado a demissão da própria namorada que está grávida. A ideia, suspeita o MP, seria entrar com ação judicial pedindo indenização ao Município por demissão arbitrária.

 

 

ADRs na mira da Alesc

Dois projetos de lei deram entrada na Assembleia Legislativa de SC pedindo a extinção das Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs). O efeito, no entanto, é político tão somente. Quem tem o poder de em um canetaço implodir de vez as autarquias é o governador Raimundo Colombo (PSD).

 

 

A resposta à sociedade tem sido nenhuma”

Do deputado estadual canoinhense Maurício Eskudlark sobre as Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs), nesta semana, na Assembleia Legislativa

 

Divulgação

PROVOCANDO A BASE

Prefeito Beto Passos (PSD), vestido a caráter, com o deputado estadual Antonio Aguiar (PMDB), sua esposa, Marilu, vereadora Zenici Dreher (PR) e vice-prefeito Renato Pike (PR) em evento da terceira idade realizado na sexta-fera, 30.  A foto provocou a ira dos peemedebistas que pedem a expulsão do deputado do partido por, segundo eles, trair o PMDB ao apoiar Passos.

 

 

Ele que não quis

Prefeito de Três Barras, Luiz Shimoguiri (PR), mandou nota à coluna respondendo a comentário publicado na coluna passada: “A atual administração de Três Barras informa que jamais fechou as portas ao ex-prefeito Elói Quege. Tanto que, por reconhecer sua capacidade profissional e importância como médico, o prefeito Luiz Shimoguiri lhe ofereceu mais 20 horas de trabalho, além das outras 20 horas que já possuía em unidades de saúde do município. É importante esclarecer que partiu do próprio médico, e não do governo municipal, a decisão de deixar o quadro de funcionários da prefeitura.”

 

 

Divulgação

PRESTÍGIO: A ex-primeira-dama de Três Barras, Ana Claudia Quege, palestrou na Conferência de Assistência Social de Lages na semana passada para falar sobre sua experiência à frente da pasta em Três Barras.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dois pesos…

Mais 43 servidores da prefeitura de Canoinhas foram agraciados com o adicional de tempo integral de 30% sobre o salário base nesta semana. Entre os ungidos está o ex-vereador Bene Carvalho a quem, ao que parece, muito bem fez trocar de partido  – ele trocou décadas no PMDB pelo PSD recentemente.

Contrastando com as bondades, uma enfermeira concursada do Município teve de entrar na Justiça e só depois de vencer ação no Juizado Especial Cível conseguiu 20% de acréscimo salarial por ter concluído um curso de “enfermagem em emergência”.

 

RÁPIDAS

SABATINA: A comissão de licitação da prefeitura se reuniu nesta semana com os vereadores para tirar dúvidas sobre processos licitatórios.

 

HOMENAGEM: A equipe do Correio do Norte premiada no 18º Prêmio Adjori de Jornalismo foi lembrada pelos vereadores nesta semana.

 

ANIVERSÁRIO: Coronel Mário (PR) sugeriu uma sessão solene alusiva aos 70 anos do jornal, completados em maio.

 

45: deputados federais admitem voto pró-Temer na votação da denúncia de corrupção.

 

SC: Dos 16 deputados catarinenses, Décio Lima (PT), Jorginho Melo (PR) e Jorge Boeira (PP) votam pela aceitação da denúncia. Não sabem Celso Maldaner (PMDB), Carmem Zanotto (PPS), Esperidião Amin (PP) e João Rodrigues (PSD). Os demais não responderam.

 

ALTERNATIVA: Deputado Valdir Cobalchini (PMDB) apresentou projeto de lei que destina 10% de toda a arrecadação de IPVA para conservação de rodovias estaduais.

 

REGALIA: A Comissão de Finanças da Assembleia de SC aprovou na semana passada a Proposta de Emenda à Constituição que acaba com as aposentadorias de R$ 30 mil para ex-governadores. A questão agora é quando a proposta vai à votação.

 

Deixe Seu Comentário