Lula veta anúncio de chapa do PT e lucro da Petrobras em destaque

Ex presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva/ Mauro Pimentel /AFP

4 de Agosto de 2018

 

Diário Catarinense (fim de semana)


Traços do recomeço

 

______________________________________________

O Globo

 

Manchete : Da prisão, Lula veta anúncio de chapa do PT

Em reunião com dirigentes petistas, que queriam decidir nome de vice, ex-presidente rechaça definição até o limite para registro da candidatura

Depois de uma reunião do diretório nacional do PT em São Paulo ontem, um grupo de dirigentes do partido foi à carceragem da Polícia Federal de Curitiba para um encontro com o ex-presidente Lula, levando o nome de Manuela d’Ávila, presidenciável do PCdoB, como opção para ser vice da chapa petista. Reunido com a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, o exprefeito de São Paulo Fernando Haddad e outros dois dirigentes da sigla, Lula rechaçou qualquer anúncio de composição da chapa antes do prazo final para o registro da candidatura no TSE, no dia 15 de agosto. Os dirigentes estavam convencidos de que precisavam indicar o vice hoje, na convenção do PT, para evitar contestação judicial caso o ex-presidente tenha sua candidatura impugnada por ter sido condenado em segunda instância no caso do tríplex do Guarujá. Sem outro nome na chapa, Lula segue como protagonista na disputa presidencial. (PÁGINA 4)

 

 

 

Ciro: Brasil não pode ter ‘outro poste’ do PT 

Isolado pelo PT, Ciro Gomes,do PDT, atacou a ideia de Lula indicar substituto, caso não concorra à Presidência. Depois, recuou na crítica e afagou a sigla. (PÁGINA 6)

 

 

‘Se você não faz aliança, não decola, está abandonado’

Mais confortável após fechar um amplo acordo para apoiá-lo, o pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, diz que os partidos do centrão não serão fisiológicos em seu governo. Questionado sobre como enfrentaria Jair Bolsonaro (PSL) com seu estilo discreto, diz que o povo é quem precisa ter carisma. (PÁGINA 8)

 

 

Petrobras tem melhor resultado em sete anos

A Petrobras lucrou R$ 10,072 bilhões no 2º trimestre, o maior ganho em sete anos. O resultado foi influenciado pela alta do petróleo. (PÁGINA 17)

 

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

 

Manchete : Petrobrás lucra R$ 10 bi, mas faz ajuste para abater dívida

Com débitos de R$ 284 bilhões, estatal manterá reajuste diário dos preços dos combustíveis e vai vender ativos

A Petrobrás teve lucro de R$ 10 bilhões de abril a junho, o maior desde o segundo trimestre de 2011, e superou as projeções mais otimistas do mercado. Apesar do bom resultado, impulsionado pela alta do preço do petróleo, a empresa ainda convive com um endividamento de R$ 284 bilhões, que a obriga a manter a disciplina financeira. A diretoria anunciou que manterá a política de reajuste diário dos preços dos combustíveis e a venda de ativos. A decisão do governo de subsidiar a venda de óleo diesel no Brasil para acabar com a greve dos caminhoneiros beneficiou a estatal. Desde que começou o subsídio, em maio, a Petrobrás conseguiu ampliar sua fatia de mercado no segmento e ainda contabilizou R$ 590 milhões no balanço financeiro do segundo trimestre. (ECONOMIA / PÁGS. B1 e B4)

 

 

Bolsa sobe, dólar cai 

Uma combinação de fatores positivos, entre eles o lucro da Petrobrás, levou o Ibovespa a fechar em alta de 2,26%. O dólar caiu 1,35%, para R$ 3,70, a menor cotação desde 25 de junho. (PÁG. B4)

 

 

Marta deixa o MDB e não concorrerá

Sondada pelo MDB para ser vice-presidente na chapa do ex-ministro Henrique Meirelles, a senadora Marta Suplicy rejeitou a vaga e anunciou ontem que vai deixar o partido. Ex-prefeita de São Paulo, ela avisou também que não vai concorrer à reeleição ao Senado e que está abandonando a vida parlamentar. (POLÍTICA / PÁG. A4)

 

 

Vice provoca novo impasse dentro do PT

O PT chega à convenção que vai homologar o nome de Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato, como candidato à Presidência sem saber se a escolha do vice será definida agora. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, esteve ontem com Lula, mas a discussão sobre a vice não foi conclusiva. (PÁG. A6)

 

 



PSB destitui diretório de Minas Gerais

A Executiva Nacional do PSB destituiu ontem o diretório estadual em MG. A decisão foi anunciada após o ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda ter afirmado que manterá a candidatura ao governo mineiro. (POLÍTICA / PÁG. A8)

 

 

Ibope aponta alta de Alckmin em SP (A10)

 

Coronel da PM deixa campanha de Doria (A10)

 

Só 5% dos alunos que vão mal perdem Fies

Portaria do MEC prevê que o contrato do Fies, programa de financiamento estudantil, só pode ser renovado se o estudante tiver sido aprovado em 75% das disciplinas daquele semestre. Desde 2011, porém, apenas 5% dos universitários com baixo desempenho acadêmico tiveram o benefício cortado. (METRÓPOLE / PÁG. A17)

 

 

Chavismo faz cadastro para racionar gasolina (INTERNACIONAL / PÁG. A12)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

 

Manchete : Da cadeia, Lula desafia TSE e veta indicação de vice

Contra determinação da lei eleitoral, ex-presidente petista impede partido de nomear já Manuela D’Ávila, do PC do B

A dois dias do prazo final da oficialização das chapas presidenciais, o PT chegará à sua convenção nacional, hoje, sem a presença de seu candidato, Lula, e de um vice na corrida pelo Planalto.

Detido há quatro meses em Curitiba, o ex-presidente vetou, por ora, o nome de Manuela DÁvila (PC do B) e prolongou a indefinição.

A decisão frustrou dirigentes do PT, que queriam indicar Manuela hoje para que o partido não corresse risco.

A lei eleitoral determina que a oficialização da chapa deve ocorrer até 24 horas após o prazo final das convenções (5/8). Lula decidiu correr o risco, apostando em brechas para que o vice seja anunciado mais adiante.

O ex-presidente ainda tem esperança de fechar acordo com o PDT, de Ciro Gomes, que foi alvo de manobra dos petistas p ara isolá-lo na eleição. Segundo Lula, há espaço para apenas um nome de esquerda na disputa. (Poder A4)

 

 

Senadora Marta Suplicy rejeita ser vice de Meirelles e deixará o MDB (Poder A5)

 

 

SP começa hoje vacinação contra sarampo e pólio

Começa hoje no estado de São Paulo a campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo, que irá até dia 31. Todas as crianças de 1 a 5 anos incompletos devem ser vacinadas. Os postos de imunização estarão abertos das 8h às I7h. (Cotidiano B6)

 

 

MT propõe lei que desmaiaria área de três municípios de SP

Uma lei de iniciativa do governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), abriu a possibilidade de desmata-mento de área equivalente a três municípios do estado de São Paulo. A região, de 4.734 km2, resguarda um dos principais rios formadores do Pantanal, o Cuiabá. (Ciência B5)

 

 

 

Argentina chega a acordo para conseguir provas da Lava Jato

A Procuradoria-Geral da Argentina fechou acordo com a do Brasil para viabilizar a obtenção de provas das delações de executivos da empreiteira Odebrecht e de outros investigados na Lava Jato. As negociações entre as autoridades dos países duraram mais de seis meses. (Mundo A12)

 

Petrobras tem maior lucro desde 2011, de R$ 10 bilhões

A escalada dos preços do petróleo e o aumento nas vendas de combustíveis no país levaram a Petrobras a registrar lucro de R$ 10,072 bilhões no segundo trimestre. O resultado é o melhor desde 2011. A companhia anunciou ainda que pagará R$ 652,2 milhões em dividendos a seus acionistas — a União receberá R$ 301,2 milhões deste total. (Mercado A19)

 

Energia solar em casa gera queda de braço no país

A produção de energia solar em casa é alvo de briga entre distribuidoras, que defendem o fim dos subsídios para geradores domésticos, e a indústria de fontes renováveis. Os fabricantes alegam haver benefícios ambientais e economia na conta de luz dos Consumidores. (Mercado A17)

Deixe seu comentário:

Top