Mafra terá seis candidatos a deputado estadual e uma a federal

Cinco dos seis candidatos a deputado estadual por Mafra/Rio Mafra Mix

Enquanto isso, Porto União terá um candidato a estadual

 

 

CANDIDATOS DA REGIÃO

Enquanto Porto União terá um candidato a deputado estadual, Mafra apresenta seis candidaturas a estadual e uma a federal. Adriana Dorneles será a candidata a deputada federal pelo Novo.


 

Já os candidatos a estadual são a vereadora Claudia Bus (PTB), o dentista Jonas Schultz (PSDB), o empresário Jeferson Lopes (PSL), o empresário e ex-vereador Hebert Gilso Werka (PSB), o vereador Abel Bicheski (Solidariedade) e Cassimiro Konkel (PT).

 

 

Por Porto União disputará uma vaga na Assembleia, Fioravante Buch Neto, pelo Democratas. Ele é advogado e foi diretor do Hospital São Braz.

 

 

 

FORA DA JOGADA

A decisão dos seis candidatos a deputado estadual foi estimulada pela desistência da candidatura de Antonio Aguiar (PSD) a reeleição. Eles avaliam que abriu-se um espaço na região para o surgimento de novos nomes. A ideia de que a região abraçaria a candidatura de Renato Pike (PR) ou Leoberto Weinert (MDB), portanto, não foi acatada por todos.

 

 

TEMPO

Mauro Mariani (MDB) terá 4 minutos nos programas de rádio e TV. Gelson Merisio (PSD) terá 3’30”. Já Décio Lima (PT) terá 1’30”. Os demais cinco candidatos terão, cada, menos de 15 segundos.

 

 

SUPLENTES

O ex-prefeito de Itajaí, Jandir Bellini (PP) será o primeiro suplente ao Senado de Raimundo Colombo (PSD). O segundo suplente será o deputado estadual Narciso Parisotto, presidente estadual do PSC.

 

Já o deputado Jorginho Melo (PR) tem a viúva de Luiz Henrique, Ivete Silveira (MDB), como primeira suplente. Beto Martins (PSDB) é o segundo suplente.

 

 

 



“Acho que o prefeito descobriu meu número, né prefeito?”

do vereador Paulinho Basilio (MDB) ao prefeito Beto Passos (PSD) durante a sessão desta terça-feira, 7, agradecendo por ter recebido um telefonema do prefeito para explicar o veto a um projeto de lei

 

 

 

CONTRAMÃO

Na contramão de muitas Câmaras de Vereadores, que tentaram aumentar seus gastos, a de Jaraguá do Sul cortou R$ 1,1 milhão anual com cargos de comissão. Só com despesas gerais a economia foi de R$ 750 mil.

 

 

R$ 21 bilhões

é quanto Estados e Municípios estão devendo para a Caixa Econômica Federal

 

 

O eleitor que vai para as urnas

Pesquisa do Instituto Paulo Montenegro e da ONG Ação Educativa mostra que três em cada dez pessoas são analfabetas funcionais no Brasil.

 

 

 

Os mais governistas

Levantamento feito pelo jornal Folha de S.Paulo mostra que MDB, PP e PTB são as siglas mais governistas. Todos tiveram cargos de confiança nos últimos cinco governos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário:

Top