IGP Canoinhas instala sistema biométrico para fazer RG

Novo sistema já está funcionando/Divulgação

Com o novo sistema, quem tem entre 6 e 60 anos não precisa mais trazer a tradicional foto 3×4 impressa                                              

 

O Instituto de Identificação do Instituto Geral de Perícias (IGP)  instalou na cidade de Canoinhas o sistema biométrico para captura de impressões digitais e fotografia para a confecção da carteira de identidade.

 

Com o novo sistema, as pessoas que possuem a idade de 6 a 60 anos não precisarão mais trazer a tradicional foto três por quatro impressa. O equipamento de identificação irá fazer a captura das digitais e uma câmera digital será utilizada para fotografar a pessoa.


 

A pessoas com menos de 6 anos e maiores de 60 ainda utilizarão o sistema antigo, pois o equipamento pode ter dificuldade para fazer o reconhecimento. Dessa forma devem trazer a fotografia e as digitais serão coletadas com o uso de tinta.

 

Para a emissão da identidade é necessário que a pessoa tenha em mãos a certidão de nascimento, no caso de solteiros ou a certidão de casamento, para aqueles que são casados. Viúvos, separados ou divorciados devem trazer a certidão de casamento atualizada. O documento deve ser o original e em bom estado de conservação.

 

Pode ser  incluído o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e do Programa de Integração Social (PIS) na identidade. Para tanto é necessário que tenha em mãos os documentos originais para fins de comprovação.



 

O setor de identidade do IGP de Canoinhas funciona das 9h às 16h45, de segunda a sexta-feira.

 

A primeira via do documento de identidade emitida no estado é gratuita, e a segunda via é cobrado uma taxa de R$ 35,91 (paga em qualquer banco ou casa lotérica). O RG leva em média 15 dias para ficar pronto.

 

“Importante frisar que apenas aqueles que comparecem no núcleo de Canoinhas é que não precisam trazer a foto impressa. Nos demais postos – Três Barras, Major Vieira e Bela Vista do Toldo, o procedimento continua o mesmo”, explica a responsável pelo setor de identificação do IGP Canoinhas, Mirian Regina Strack.

 

 

 

Deixe seu comentário:

Top