Ibope e Datafolha divulgam as últimas pesquisas antes do primeiro turno

Divulgação

Sondagens apontam segundo turno entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad 

 

 

ÚLTIMAS PESQUISAS

O candidato do PSL ao Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro, avançou na reta final do primeiro turno da campanha presidencial e chegou a 41% das intenções de votos válidos na véspera da eleição, mostra pesquisa Ibope/Estado/TV Globo divulgada neste sábado, 6. Em relação ao levantamento anterior, apresentado no dia 3, o presidenciável cresceu três pontos porcentuais – ele tinha 38%.


 

Em segundo lugar, o candidato do PT, Fernando Haddad, caiu de 28% para 25% nos votos válidos. De acordo com a pesquisa, os eleitores devem ir às urnas amanhã e levar Bolsonaro e Haddad para o segundo turno da disputa. Para a eleição acabar já neste domingo, um candidato precisaria ter 50% dos votos válidos mais um voto.

 

Na simulação de segundo turno, Bolsonaro teria 52% dos votos válidos e Haddad acabaria com 48%. Nesse cenário, os dois candidatos estão empatados tecnicamente no limite da margem de erro.

 

Ciro Gomes (PDT), que tentou avançar nos últimos dias como terceira via na disputa, oscilou um ponto para cima, de 12% para 13% no mesmo critério. O candidato Geraldo Alckmin (PSDB) ficou estacionado em 8% dos votos válidos. Marina Silva (Rede) oscilou de 4% para 3% e ficou numericamente empatada com o candidato João Amoêdo (Novo), que continua com 3%.

 

Henrique Meirelles (MDB), Alvaro Dias (Podemos) e Cao Daciolo (Patriota) seguem com 2% dos votos válidos. Guilherme Boulos (PSOL) continua com 1% no mesmo critério. Eymael (DC), Vera (PSTU) e João Goulart Filho (PPL) não pontuaram.



 

 Considerando os votos totais, Bolsonaro cresceu quatro pontos em relação à pesquisa do dia 3 e chegou a 36%. Fernando Haddad oscilou de 23% para 22%. Ciro Gomes também continuou no mesmo patamar, considerando a margem de erro, e variou de 10% para 11%. O candidato Geraldo Alckmin ficou estagnado com 7% das intenções de voto para o primeiro turno. Marina Silva (Rede), em trajetória de queda desde o começo da campanha, foi de 4% para 3%.

 

A pesquisa foi realizada entre sexta-feira, 5, e este sábado, 6. O Ibope ouviu 3.010 votantes. A margem de erro estimada é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, com um nível de confiança de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral. O levantamento foi contratado pelo jornal O Estado de S.Paulo e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-01537/2018.

 

 

A última pesquisa Datafolha mostra cenário semelhante. Segundo o instituto, o capitão reformado tem 40% das intenções de votos válidos, sem contar eleitores que pretendem votar em branco ou nulo, ou estão indecisos. Para vencer no primeiro turno, é necessário somar 50% dos votos válidos mais um.

 

 

Fernando Haddad (PT) é o segundo colocado, com 25% dos votos válidos. Ciro Gomes (PDT) vem em terceiro, com 15%, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB), com 8%.

Deixe seu comentário:

Top