Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Homem rouba imagem sacra da Igreja Matriz de União da Vitória

Reprodução

Situação foi registrada na manhã desta terça-feira, 2                                                                       

Um homem entrou na Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus, em União da Vitória, às 11 horas desta terça-feira, 2, e em passos lentos seguiu até o altar. Lá furtou a imagem de Nossa Senhora Aparecida.

 

A ação levou menos de cinco minutos.

 

As câmeras de monitoramento flagraram o momento em que o homem deixa a Matriz com a imagem nas mãos. O mais curioso é que ele ainda faz o sinal da cruz antes de praticar o crime.

 

A Polícia Militar está investigando o caso.

 

NOTEBOOK RECUPERADO



O notebook furtado da Igreja São Pedro e São Paulo, do bairro São Pedro de Porto União, na semana passada, foi recuperado na noite desta sexta-feira, 29. Os policiais chegaram até os suspeitos, depois de analisar as imagens captadas no local do furto.

 

 

O comandante da 1ª Companhia (Cia) do 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), major Silvano Sasinski, disse que “Mais uma vez podemos dizer que o crime não compensa!” Sasinski disse que em seguida ao comunicado feito na tarde de terça-feira, 26, do furto do notebook, e de posse das imagens das câmeras de segurança, os agentes da inteligência da PM iniciaram os trabalhos.

 

 

Pelas imagens, os policiais reconhecerem os suspeitos e os abordaram por meio das guarnições de serviço à tarde, mas sem o computador. “Após muita insistência da equipe e com as informações dos possíveis autores o notebook foi recuperado no bairro do Rocio, em União da Vitória, por volta das 20h”, contou.

 

 

O notebook foi encaminhado para a delegacia para instauração de inquérito. De acordo com Sasinski, os suspeitos foram identificados, porém não presos e o objeto do furto estava em União da Vitória. Tanto o homem quanto a mulher foram identificados pelas imagens. A possibilidade é de que o computador foi furtado para ser trocado por drogas, mas sem confirmação oficial que somente a investigação poderá esclarecer.

Deixe Seu Comentário