Gerência da Receita Estadual de Porto União encerra atividades

Unidade funcionava no centro de Porto União até o final de junho/VVale

Escritório fechou no final de junho. Unidade em Caçador se torna a mais próxima da comunidade do Vale do Iguaçu

 

 

Quem não depende diretamente dos serviços, talvez nem tenha prestado a atenção ou percebido a novidade. A exemplo de Canoinhas, há três meses, a unidade da Receita Estadual de Porto União encerrou suas atividades no município. O último endereço do órgão era na Avenida Getúlio Vargas, esquina com a José Boiteux.


 

 

O fechamento foi a última medida assinada pela Secretaria de Estado da Fazenda. É que ainda em dezembro de 2017, conforme a analista da Receita, Dagmar Rhinow, a gerência foi rebaixada para unidade. “A gerência foi para Caçador”, explica. Na época, uma mobilização contra a decisão foi feita nos bastidores, porém, sem sucesso.

 

 



A unidade funcionava todos os dias, de segunda a sexta, com sete funcionários. “A maioria se aposentou, alguns, como eu, estão em Licença Prêmio e, depois, devemos pedir a aposentadoria também”, conta Dagmar. Ainda outros foram remanejados para Caçador.

 

 

Como o escritório de Canoinhas também fechou, a cidade de Caçador se tornou referência para quem mora no lado catarinense do Vale do Iguaçu. “Pessoa Jurídica ainda consegue tirar dúvidas e ter acesso a partir de senha, pela internet. Mas Pessoa Física, que tem dúvidas, que busca informações, precisa ir até Caçador”, ressalta a analista. De Porto União ao município, são 88 quilômetros de distância.

 

 

 

Por nota, a Secretaria da Fazenda explicou que o fechamento é para conter gastos. “Como medida para diminuir o déficit das contas públicas, todas as Unidades Setoriais de Fiscalização (USEFI) da Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina foram fechadas, inclusive a de Porto União”, diz, parte da nota. O texto informa ainda que a gerência em Caçador, “atende ainda os contribuintes das seguintes cidades: Arroio Trinta, Caçador, Calmon, Fraiburgo, Iomerê, Lebon Regis, Macieira, Matos Costa, Rio das Antas, Salto Veloso, Timbó Grande e Videira”.

Deixe seu comentário:

Top