Fórum Parlamentar Catarinense define o rumo de R$ 148 milhões em emendas

Este valor deverá ser destinado ao Estado e municípios, basicamente, para o  custeio da saúde

A ÚLTIMA GOTA

Na noite de terça-feira, 6, o Fórum Parlamentar Catarinense (deputados e senadores de SC) definiram a destinação de emendas ao Orçamento para serem pagas durante 2019. Estarão  disponíveis R$ 148 milhões para os parlamentares distribuírem para o Estado de Santa Catarina e municípios através de emendas de bancada e individuais.

 

 


Este valor deverá ser destinado ao Estado e municípios para o  custeio da saúde e ampliação do acesso da população aos serviços de média e alta complexidade.

 

 

O deputado federal Marco Tebaldi (PSDB) destaca que para a compra de ônibus escolares serão reservados R$ 19 milhões. “Este é um benefício muito solicitado pelas prefeituras e vamos trabalhar para que mais municípios recebam estes veículos”, adianta.

 

 

A definição de quais Municípios receberão os recursos sai só em dezembro.

 

 

Bem por isso, na semana passada, uma comitiva de prefeitos da Amplanorte foi até Brasília para serem lembrados pelos 16 deputados três senadores catarinenses. Beto Passos (Canoinhas), Adelmo Alberti (Bela Vista do Toldo), Orildo Severgnini (Major Vieira) e Jean Medeiros (Monte Castelo) entregaram relatórios de prioridades. Vale  veículos para transporte de pacientes, ônibus escolar, dinheiro para projetos de infraestrutura, manutenção do atendimento à saúde, construção de ponto de ônibus, posto de saúde, escolas de por aí vai.

 

 

 

 

AUTOCLAVE

O Lions Clube Canoinhas Ouro Verde entregou no mês passado ao Hospital Santa Cruz uma autoclave. Trata-se de um equipamento de esterilização de instrumentos cirúrgicos.

 

Para se chegar à autoclave, o Lions Clube Canoinhas Ouro Verde fez um projeto que foi encaminhado ao Lions Internacional.

 

A Câmara de Vereadores de Canoinhas participou com contrapartida.

 

Essa máquina atenderá todos os municípios da região, assim como as emergências que o Hospital Santa Cruz recebe de várias cidades do Estado.

 

 

 

COTADO

Cresce o burburinho de que Esperidião Amin (PP) pode ser candidato à Presidência do Senado. O hoje deputado federal catarinense diz que nada passa de conversa informal.

 

 

 

 

#CHATEADO

Um dos jornalistas mais empolgados com a guinada à direita que o País deu com vitória do PSL no cenário nacional e estadual, Moacir Pereira desabafou na sua coluna no Diário Catarinense desta quarta, 7, que não consegue informações sobre o futuro governo de Comandante Moisés (PSL). Segundo ele, a assessora de imprensa é desinformada, Moisés não atende telefonemas e seus assessores mais próximos pouco dizem até sobre sua agenda.

 

 

Sobrou também para o presidente do PSL, Lucas Esmeraldino, que, segundo Pereira, sempre foi solícito durante as duas campanhas, mas agora, “quando atende o celular alega estar por fora da transição.”

 

 

 

CASAN FORA

A Justiça concedeu liminar determinando à Casan a entrega do sistema de abastecimento de água de Caçador à Prefeitura da cidade. Assumirá todo o sistema a empresa BRK Ambiental, vencedora de um processo licitatório realizado em 2015 e que ficou pendente de decisão na Justiça estadual.



 

 

BEM NOS PRESÍDIOS

Fernando Haddad (PT) obteve 83,91% dos votos válidos nos presídios de Santa Catarina. Jair Bolsonaro (PSL) ficou com 16,09% dos votos.

 

 

Tinham direito ao voto presos de 17 locais: presídios de Itajaí, Florianópolis, Xanxerê, Tubarão, Araranguá, Blumenau, Caçador, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Jaraguá do Sul, Mafra, Campos Novos, Canoinhas, Videira, Itapema e Laguna.

 

 

ESTADO

No segundo turno do governo do Estado, Gelson Merisio (PSD) foi o mais votado nos presídios. Ele atingiu 68,86% contra 31,14% do eleito Carlos Moisés da Silva (PSL). Em votos válidos, Merisio teve 241 e Moisés 109. Os brancos e nulos foram 185.

 

Nas unidades de Araranguá, Videira, Criciúma e Mafra o governador eleito não fez votos. Mas ganhou no Complexo da Capital (31 votos a 20) e Campos Novos (14 a 4). Em Laguna os dois empataram com seis votos cada um.

 

 

 

EQUÍVOCO?

“Brasil, ame-o ou deixe-o”. Este foi o slogan divulgado pelo SBT na terça-feira, 6. O bordão foi transmitido pela primeira vez durante o intervalo do programa Fofocalizando.

Ao som do hino nacional, a vinheta tinha 15 segundos. A frase “Brasil, ame-o ou deixe-o” era dirigida aos opositores da ditadura militar no País, no período de 1964 a 1985.

 

Após a reação negativa nas redes sociais, o SBT retirou o slogan do ar.

 

“A emissora cometeu um equívoco de não se atentar que este bordão foi forte na época do regime militar”, segundo nota oficial da assessoria de imprensa do SBT.

 

Nas redes sociais, os internautas não perdoaram e satirizaram a palavra “equívoco” utilizada pelo canal de Sílvio Santos.

 

 

 

INVESTIMENTO

A BMW do Brasil anunciou na terça-feira, 6, investimento de R$ 125 milhões para produzir na fábrica de Araquari (SC) as novas gerações do sedã Série 3 e do utilitário-esportivo X4. O SUV começa a ser fabricado ainda em dezembro e o sedã, em 2019.

 

 

A fábrica de modelos de luxo quase perdeu a produção do Série 3, que teve sua nova geração apresentada no mês passado no Salão de Paris. Inicialmente ela chegará ao Brasil importada da Alemanha e, no segundo semestre do próximo ano, passará a ser nacional.

 

 

 

VAZOU

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) ingressou com ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra Marco Vinicius Pereira de Carvalho, Advogado do Município de Taió. Na ação é requerido o afastamento imediato do servidor, que vazou minuta do edital de concurso público que seria realizado pelo Município e entregou o desempenho de encargo que lhe competia a pessoa estranha à Administração Pública.

 

 

O próprio servidor confessou perante a Comissão do Concurso ter repassado a minuta do edital do concurso para sua esposa e ainda lhe pedido “conselhos” sobre o conteúdo programático do cargo de Farmacêutica, mesmo cargo para o qual ela tinha interesse em se inscrever. A partir daí, o documento foi disponibilizado também para a cunhada do Advogado e passou a circular nas redes sociais.

 

 

 

“Novamente o governo catarinense garante mais vantagens para os devedores de impostos do que para aqueles que pagam em dia os tributos”

do líder do PT, deputado Dirceu Dresch, sobre as Medidas Provisórias 224 e 225, que criam um novo Programa de Recuperação Fiscal – Refis relativo a impostos sobre herança (ITCMD) e ICMS

 

Deixe seu comentário:

Top