Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Em 2016, sobe 32% número de mortos em acidentes nas rodovias da região

Maior acidente da história da BR-280 entre Canoinhas e Porto União foi registrado em 2016; cinco morreram/Arquivo

Levantamento engloba  seis rodovias que cortam a região que vai de Porto União a Mafra; BR-116, entre Mafra e Monte Castelo lidera o número de mortos, mas BR-280 teve salto no número de vítimas fatais

 

Trinta e três pessoas perderam a vida em rodovias e ruas que cortam a região de Canoinhas em 2016. O número é 32% maior que o registrado em 2015, quando 22 pessoas morreram nas mesmas estradas.

 

O levantamento engloba as rodovias BR-280 (que liga Canoinhas a Mafra – até fevereiro de 2014 separada como SC no trecho de Canoinhas a Porto União e BR no trecho de Canoinhas a Mafra), SC-303 (que liga Canoinhas a Três Barras), SC-477 (que liga Canoinhas a Papanduva/Monte Castelo), SC-160 (que liga Irineópolis à BR-280), PR-151 (trecho que liga Três Barras  São Mateus do Sul) e BR-116 (trecho que liga Monte Castelo a Mafra), além do perímetro urbano das cidades da região.

 

Acompanhando o levantamento que o JMais faz desde 2013, o número de mortos nestas estradas bateu recorde naquele ano. Foi de 38 mortos em 2013 para 29 mortos em 2014 e para 22 mortos em 2015, subindo para 33 em 2016.

 

O trecho da 116 entre Mafra e Monte Castelo continua liderando o ranking de mortes. Chegou a 14 em 2016, três a mais que em 2015. Em 2014 foram 10 mortos no trecho. Já a BR-280, que em 2015 registrou sete mortes entre Porto União e Mafra, três a menos que em 2014, subiu para 13 o número de mortos em 2016. Em 2013, quando o trecho Canoinhas a Porto União pertencia ao Estado e estava totalmente debilitado, foram 16 mortes registradas entre Porto União e Mafra.

 

A melhoria considerável provocada pela federalização do trecho entre Canoinhas e Porto União reduziu o número de mortos, mas não evitou o maior acidente em número de mortos da história da 280 desde a inauguração do trecho em 1986. Cinco pessoas, identificadas como sendo da mesma família, morreram em trecho próximo da divisa entre Canoinhas e Irineópolis. O acidente ocorreu por volta das 23h30 de 24 de abril em território canoinhense.

 

Morreram Maria Joelma Mangue, de 44 anos; Maria Libia Iraci Mangue, de 69 anos; Mariza Joelma Mangue Lourenço, de 32 anos; Pedrinho dos Santos Lourenço, de 38 anos; e Murilo Mangue Lourenço, de 7 anos.

 

 

OS NÚMEROS

BR 116 – 14 mortes

BR 280 – 13

Canoinhas (perímetro urbano) – 2

Papanduva (perímetro urbano) – 1

Major Vieira (perímetro urbano) – 1

SC-477 – 1

PR 151 – 1

SC 303 – 0

SC 160 – 0

 

 

 

 

 

RELEMBRE OS ACIDENTES

 

17-01

Dois jovens morreram em um acidente na na BR 116, em Papanduva. Rodrigo Moreira Saraiva, 23 anos, e Sandra Slabiski, com 15 anos, perderam a vida em um acidente ocorrido quando eles estavam parados no acostamento por falta de gasolina no Gol com placas de Joinville, a chamada pane seca. Neste momento, o motorista de outro Gol, com placas de Canoinhas, teria perdido o controle da direção, vindo a bater na traseira do carro e atingindo os dois.

 

14-02

Acidente no KM 43 da BR-116, em Itaiópolis, causou a morte de duas pessoas.

Segundo apurou a Polícia Rodoviária Federal, o motorista de um veículo Fiat/Palio, placas de Barretos (SP), Andre Luiz Caluz da Silva, de 38 anos, saiu da pista e colidiu contra uma árvore. Ele está internado em estado grave.

Marcelo Borges Boeira, de 45 anos, e Orivaldo Modesto Maciel, de 46 anos, que viajavam com André, morreram no momento do acidente.

 

 

5-03

Otávio Augusto de Barros, de 7 anos, morreu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Cruz, de Canoinhas. Ele voltava para casa depois de uma manhã de aula no Colégio Sagrado Coração de Jesus um dia antes, quando por volta das 12h foi atropelado por um veículo Up. A princípio o acidente aconteceu quando o menino tentava atravessar a rodovia BR-280, mas proximidades da Schumacher Materiais de Construção. Ele morava na rua Sérgio Gapski, no Água Verde.

 

9-03

Gilmar Soares Ferreira, de 36 anos, morreu ao colidir o Fiat Siena, placas de Mafra, que dirigia, contra um caminhão Ford Cargo com placas de Canoinhas. O acidente aconteceu na BR-280, em Mafra.

 

11-03

Paulo Goes morreu em um acidente na BR-116, em Papanduva, nas proximidades do posto da Autopista.

 

 

12-03

Josué Alves do Prado, 21 anos, e José latocheski, 18 anos, morreram em um acidente ocorrido no km 76,1 da BR 116, em Monte Castelo.

 

27-03

Luis Henrique de Paula e Silva, 20 anos, morreu em um acidente no começo da tarde no KM 153 da BR-280, em Mafra.

 

 

5-04

Luis Alberto Lessake, de 26 anos, morreu em um acidente envolvendo dois caminhões na rodovia BR-280, nas proximidades da localidade de Pedra Branca, em Canoinhas. Um rapaz de 19 anos que viajava com ele sofreu ferimentos graves, mas sobreviveu.

 

24-04

Cinco pessoas, identificadas como sendo da mesma família, morreram em acidente na BR-280, próxima da divisa entre Canoinhas e Irineópolis. O acidente ocorreu por volta das 23h30 em território canoinhense.

Morreram Maria Joelma Mangue, de 44 anos; Maria Libia Iraci Mangue, de 69 anos; Mariza Joelma Mangue Lourenço, de 32 anos; Pedrinho dos Santos Lourenço, de 38 anos; e Murilo Mangue Lourenço, de 7 anos.

Esse foi o maior acidente em número de vítimas fatais da história da rodovia que liga Canoinhas a Porto União, inaugurada em 1986.

 

26-04

Hamilton Alves Ribeiro, 59 anos, morreu em um acidente envolvendo três veículos, no KM 25,8 da BR-116, em Itaiópolis.

 

 

2-05

O motociclista Thiago Souza, 22 anos, morreu ao sofrer um acidente na BR-280, trecho próximo ao trevo de acesso a Três Barras.

 

8-05

Durante a tarde, no Km 19,5 da BR 116, em Mafra, Antônio César Antunes dos Santos, 46 anos, morreu ao colidir a motocicleta XLR 125 com placas de Itaiópolis, que conduzia, contra outra motocicleta Honda CB 600, placas de Papanduva, conduzida por Rafael Pires.

 

15-05

Anderson Pereira Correa, 19 anos, morreu ao bater o Gol Mil que dirigia contra a mureta de uma ponte na localidade de Taunay, interior de Canoinhas.

 

22-05

Heliton Veiga, 24 anos, morreu dois dias depois de estar internado no Hospital São Braz, em Porto União. Ele sofreu um acidente na SC-477, rodovia que liga Canoinhas a Major Vieira. O acidente, cujas circunstâncias não foram esclarecidas, aconteceu nas proximidades do Salseiro.

 

27-06

João Eriberto de Deus Bueno, de 13 anos, morreu depois de sofrer um trágico acidente no centro de Major Vieira. João voltava da escola quando na rua Vitor Fernandes de Souza foi atropelado por um caminhão com placas de Mafra que fazia o contorno em uma esquina.

 

27-06

O motociclista Alexandre Barbosa, 22 anos, que ficou gravemente ferido depois de sofrer um acidente na rodovia Wendelim Metzger, em Canoinhas, morreu na madrugada do dia 28, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Cruz.

 

8-07

Em menos de 24 horas, a PR-151, que liga Três Barras a São Mateus do Sul e que tem sequência até São João do Triunfo, quatro pessoas morreram em acidentes registrados na rodovia estadual.

Pela manhã, no km 440, trecho entre São Mateus do Sul e São João do Triunfo, Rinaldo Teonório Calvalcante, e seu filho, Eduardo Augusto Cavalcanti, morreram em decorrência do tombamento de um caminhão, com placas de São Paulo, que era conduzido por Teonório.

Logo mais, à noite, outro acidente tirou a vida de João Wolff, 82 anos, mais conhecido como Nenê Wolf, e Maria Wolff, 76 anos.

 

18-7

Acidente na BR-280, no trevo de acesso à CIA Canoinhas de Papel, em Canoinhas, resultou na morte de Marilucia Antunes de Oliveira Lima, 60 anos.

 

3-09

Vendelino Skonieski, de 52 anos, morreu em um acidente no Km 15,9 da BR-116, em Papanduva.

 

26-09

Um grave acidente aconteceu na PR 151, no trecho que liga São Mateus do Sul a Três Barras.

Osni Hoinaski Paiter, 34 anos, conduzia um veículo Ford Fiesta, placas de Três Barras, que capotou ao entrar em uma curva, próximo ao Parque Aquático Elios. Ele morreu enquanto era socorrido.

 

2-10

O motorista de um Fiat Palio com placas de Canoinhas morreu ao colidir seu veículo contra uma Scânia com placas de Fraiburgo no KM 39 da BR-116, em Itaiópolis.

 

4-11

Um homem de 88 anos morreu ao se envolver em um acidente no KM 82,5 da BR 116, em Monte Castelo.

 

8-11

Um homem de 69 anos morreu em um acidente na localidade de Rodeiozinho, interior de Papanduva.

Segundo o Corpo de Bombeiros da cidade, a vítima dirigia um Fiat Uno com placas de Papanduva que colidiu contra o rodado de um caminhão Julieta placas de Papanduva.

 

 

23-11

Dois jovens morreram depois de sofrer um acidente na BR-116, em Monte Castelo, nas proximidades da praça do pedágio. Luiz e Sabrina Granza estavam em um Renault Sandero que saiu da pista para desviar um animal que atravessava a rodovia.

 

22-12

Um homem morreu em um acidente no KM 156 da BR-280 em Mafra.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele colidiu o Gol com placas de Rio Negrinho que dirigia contra um caminhão Mercedes-Benz com placas de Caçador.

 

26-12

Aristides Palermo, 73 anos, que morreu logo depois de sofrer um acidente envolvendo três veículos na BR 280, em Irineópolis, teria causado a própria morte ao forçar uma ultrapassagem em local proibido. Outra pessoa segue internada no Hospital São Braz, em Porto União.

 

Deixe Seu Comentário