Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Dupla assalta joalheria e é perseguida pelas Cidades Gêmeas

Produtos recuperados/PM/Divulgação

Um dos assaltantes, de 16 anos, foi preso por um policial civil de folga                                                

 

Dois ladrões assaltaram a Ótica Iguaçu, em Porto União, no fim da tarde desta sexta-feira, 15, levando a uma perseguição policial pela cidade e pela vizinha, União da Vitória, as Cidades Gêmeas. Os dois chegaram com uma arma de fogo, invadiram a loja e deram voz de assalto. Em seguida saíram com duas mochilas carregadas com relógios, óculos e joias. A Polícia contabilizou um óculos escuro, R$ 848 em dinheiro, 69 relógios, 39 pingentes de prata, quatro brincos, 56 pulseiras de prata e um celular Sansung.

 

 


Uma operação conjunta entre as polícias de União da Vitória e Porto União, resultou na perseguição por ruas dos dois municípios.

 

 

Um dos assaltantes foi preso por um policial civil, que não estava em serviço, quando tentava tomar de assalto um táxi. O adolescente de 16 anos chegou a atirar contra o policial, mas sem conseguir atingi-lo.

 

 

Após rondas pelos arredores os policiais receberam informação de que o outro rapaz teria entrado na Distribuidora Correia. Vizinhos contaram que o rapaz havia pulado dois muros de aproximadamente cinco metros cada e, possivelmente, teria saído pelo edifício, ao lado da Nativa Motos pelo acesso da rua Clotário Portugal, sendo então que os policiais em rondas pela garagem do edifício residencial, localizaram o rapaz, que reagiu à abordagem, sendo necessário uso da força para contê-lo. Trata-se de Eduardo Carneiro Piechark, 21 anos. Com roupas sujas, ele apresentava lesões leves no braço e palmas das mãos devido ao percurso que fez para a fuga.



 

 

Os dois foram detidos em flagrante e levados para a Delegacia de Polícia de Porto União.

 

Produtos recuperados/PM/Divulgação

 

Colaborou:

Deixe Seu Comentário