Colunista acompanhou votação do impeachment no Senado

Plenário do Senado Federal durante sessão não deliberativa. O 1º secretário, senador Vicentinho Alves (PR-TO), lê o parecer da Comissão Especial do Impeachment. Mesa: senador Wilder Morais (PP-GO); senador Vicentinho Alves (PR-TO); presidente do Senado Federal, senador Renan Calheiros (PMDB-AL); senador Raimundo Lira (PMDB-PB); senador Jorge Viana (PT-AC) Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Acompanhe a votação da admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff que acontece nesta quarta-feira, 11, no Senado Federal

 

10h17: Bom dia, vamos começar nossa cobertura direto de Brasília da votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

 

10h25: Renan Calheiros iniciou a sessão agora pouco. Senadores tratam ainda de questões de ordem. Há preocupação com a conclusão do processo, o que deve ocorrer só de madrugada, a princípio.


 

10h54: Senadores continuam discutindo questões de ordem.

 

11h05: Lindeberg Farias continua questionando legitimidade do processo de impeachment.

 

11h13: O clima aqui em Brasília é de jogo jogado. Parece que nem oposição, nem situação, acreditam que algo mude. Ou seja, o que os jornais já vaticinam hoje: Dilma deve ser afastada da Presidência temporariamente.

 

11h18: Senadora Ana Amélia inicia os debates entre os senadores. Cada um dos 81 senadores pode falar por até 15 minutos.

 

12h30: sessão suspensa para almoço.

 

13h: ministro Teori Zavaski nega liminar para interromper votação no Senado.

 

14h20: Sessão é retomada.

 

14h40: Não há previsão exata de até que horas vão os pronunciamentos, mas a expectativa é de que isso finde por volta das 21h.



 

15h: Waldir Maranhão é tido como motivo de piada aqui em Brasília. Agora vejam mais essa (clique aqui.)

 

15h15: Senador Magno Malta fez um discurso digno de seus pares na Câmara. Homenageou a neta e falou sobre o que nada tinha a ver com o debate. Teve pedofilia, aborto e família no discurso-salada.

 

15h44: Depois da rápida intervenção de Romário, Telmário Mota defende o governo e fala em golpe.

15h46: A lista de 68 senadores que falarão por até 15 minutos. Até agora, 11 falaram.

Veja a lista de oradores inscritos
1. Senadora Ana Amélia25. Senador Wilder Morais49. Senador Lindbergh Farias
2. Senador José Medeiros26. Senador Alvaro Dias50. Senador Paulo Rocha
3. Senador Aloysio Nunes Ferreira27. Senador Waldemir Moka51. Senadora Maria do Carmo Alves
4. Senadora Marta Suplicy28. Senador Roberto Requião52. Senador Tasso Jereissati
5. Senador Ataídes Oliveira29. Senador Marcelo Crivella53. Senador Wellington Fagundes
6. Senador Ronaldo Caiado30. Senador Randolfe Rodrigues54. Senadora Gleisi Hoffmann
7. Senador Zeze Perrella31. Senador Lasier Martins55. Senador Flexa Ribeiro
8. Senadora Lúcia Vânia32. Senadora Vanessa Grazziotin56. Senador Paulo Paim
9. Senador Magno Malta33. Senador Reguffe57. Senador Roberto Rocha
10. Senador Ricardo Ferraço34. Senador Hélio José58. Senador Blairo Maggi
11. Senador Romário35. Senador Cássio Cunha Lima59. Senador Donizeti Nogueira
12. Senador Sérgio Petecão36. Senadora Regina Sousa60. Senador José Pimentel
13. Senador Telmário Mota37. Senador Armando Monteiro61. Senador Dalirio Beber
14. Senador Dário Berger38. Senador Fernando Collor62. Senador Walter Pinheiro
15. Senadora Simone Tebet39. Senador Fernando Bezerra Coelho63. Senador José Serra
16. Senador  Cristovam Buarque40. Senador Valdir Raupp64. Senador Humberto Costa
17. Senadora Angela Portela41. Senador Paulo Bauer65. Senador Davi Alcolumbre
18. Senador José Maranhão42. Senador Gladson Cameli66. Senador Ciro Nogueira
19. Senador José Agripino43. Senador Garibaldi Alves Filho67. Senador Ivo Cassol
20. Senador Jorge Viana44. Senador Omar Aziz68. Senador Benedito de Lira
21. Senador Acir Gurgacz45. Senador João Capiberibe
22. Senadora Fátima Bezerra46. Senadora Lídice da Mata
23. Senador Eduardo Amorim47. Senador Antonio Carlos Valadares
24. Senador Aécio Neves48. Senador Otto Alencar

15h56: A imprensa estrangeira está em peso no Senado. Já ouvi gente falando inglês, espanhol (e acho que) libanês, árabe e alemão.

 

16h41: Cristovam Buarque, uma das vozes mais lúcidas do Senado, declara seu voto afirmando que gostaria de estar discutindo outros assuntos na tribuna.

17h: governistas chiaram e Renan não colocou em votação requerimento para reduzir o tempo dos discursos.

 

17h44: se os 50 que faltam discursar usarem seus 15 minutos, teremos mais 12 horas e meia de discursos.

 

17h50: Renan disse agora que mais de 1.300 jornalistas estão hoje no Senado fazendo cobertura da votação. Foram emitidas mais de 600 novas credenciais, uma delas para o JMais e a RBV Rádios.

 

18h: Fatima Bezerra é a última a declarar voto neste bloco. Na sequência será feito um intervalo de uma hora.

19h28: sessão está sendo retomada. Assista ao vivo no player da página inicial do JMAIS.

Deixe Seu Comentário