Teremos novidades aqui no topo :)

Cristiano Ronaldo ganha prêmio de melhor jogador do ano da Fifa

O português Cristiano Ronaldo leva o prêmio de melhor jogador do ano da FifaENNIO LEANZA/EPA/LUSA/ Todos os Direitos Reservados

A rivalidade entre Ronaldo e Messi na disputa do prêmio de melhor jogador de futebol completou dez anos

 

agencia brasiO português Cristiano Ronaldo foi eleito melhor jogador de futebol do mundo pela quarta vez. O português do Real Madrid faturou o prêmio “The Best”, dado pela Fifa, em cerimônia realizada nesta segunda-feira, 9, em Zurique, na Suíça. Esse é mais um capítulo do duelo entre o argentino Lionel Messi e o português pelo título de melhor do mundo. Além de Ronaldo, os outros dois finalistas foram Messi, do Barcelona, e o francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid.

“Estou muito feliz. Queria agradecer, em primeiro lugar, aos meus companheiros, da seleção [portuguesa] e do Real Madrid, e à minha família. Gostaria de dizer que 2016 foi o melhor ano da minha carreira. Depois do que eu ganhei na seleção e no meu clube, não tinha dúvidas de que poderia ganhar [o prêmio hoje]”, disse o português.

Ronaldo teve, de fato, um 2016 marcante. Ganhou a Eurocopa – o torneio de seleções mais importante do continente – com o time de Portugal e, com o Real Madrid, faturou a Champions League e o Mundial Interclubes.

A rivalidade entre Ronaldo e Messi na disputa do prêmio de melhor jogador de futebol completou dez anos. Desde 2007 os dois brigam pela honraria, com exceção de 2010, quando o português não ficou entre os três mais votados. A partir daí, Lionel Messi e Cristiano Ronaldo passaram a se revezar na preferência mundial.

A cerimônia de premiação deste ano foi marcada pela ausência dos jogadores do Barcelona. O clube não liberou os atletas para acompanhar a premiação. O clube justificou dizendo que o time está concentrado para a partida contra o Athletic Bilbao, pela Copa do Rei. A própria ausência de Messi na premiação deu pistas de que o português venceria desta vez.

Em seu discurso de agradecimento, Cristiano Ronaldo fez referência à ausência dos colegas de profissão. “Gostaria que o Messi estivesse aqui, bem como os demais jogadores do Barcelona, mas eu entendo”.

É o primeiro ano de entrega do prêmio “The Best”. Antes, a Fifa dava o prêmio, chamado “Bola de Ouro”, ao melhor do mundo em parceria com a revista France Football. A parceria terminou ano passado e a Fifa criou o troféu “The Best” para o jogador mais votado entre capitães e treinadores das seleções nacionais filiadas à entidade, jornalistas e o público.

 

 

Homenagem à Chapecoense

A cerimônia dedicou alguns minutos para lembrar a tragédia com o time da Chapecoense. Imagens foram exibidas lembrando as homenagens feitas aos mortos na queda do avião que levava o time à Colômbia para a primeira partida da final da Copa Sul-americana.

O presidente do Clube Atlético Nacional, time colombiano que enfrentaria a Chape na decisão do torneio, recebeu o prêmio Fair Play da Fifa. Após o acidente, o clube colombiano abriu mão do título e a Chape foi declarada campeã. Além disso, o time organizou uma homenagem em seu estádio na data e hora marcadas para a partida final ocorrer. A homenagem emocionou o mundo e os brasileiros, que agradeceram ao carinho dos colombianos.

 

 

Falcão ganha prêmio pela “carreira excepcional”

O jogador de futsal Falcão ganhou um prêmio em homenagem à sua carreira nas quadras. O prêmio, chamado de “outstandig career”, (ou “carreira excepcional”, em tradução livre), coroa o brasileiro por seus feitos no esporte. Emocionado, Falcão disse que tudo que fez valeu a pena.

“Quando passamos dos 30 a gente nunca acha que pode mais. Estou com 39 e tudo que fiz na minha carreira valeu a pena. Entrei aqui com o respeito de jogadores e ex-jogadores, tudo aos olhos dos meus filhos. Posso olhar para trás e ter certeza que tudo valeu a pena”, disse o atleta. Falcão também lembrou a tragédia com o time da Chapecoense e agradeceu a solidariedade dos colombianos.

 

 

Norte-americana leva prêmio de melhor do mundo

Pela segunda vez seguida, a norte-americana Carli Lloyd venceu o prêmio de melhor jogadora de 2016. Ela superou a brasileira Marta e a alemã Melanie Behringer. “Honestamente eu não esperava por isto. Eu não estaria de pé aqui se não fosse pela ajuda das minhas colegas de time, equipe de treino e apoio”.

 

 

Malaio leva prêmio de gol mais bonito

Mohd Faiz Subri, da Malásia, foi o vencedor do prêmio Puskás de gol mais bonito do ano. O jogador Penang FA foi premiado por um gol de falta que fez no campeonato de seu país. A trajetória imprevisível da bola pegou todos de surpresa e o levou ao palco em Zurique. Nervoso, Faiz Subri procurou em seu telefone celular o discurso de agradecimento, sob olhares dos melhores jogadores do mundo.

Ele leu seu discurso, agradecendo a seus colegas de time e familiares. “Nunca passou pela minha cabeça que eu poderia chegar a este nível e ficar de pé entre os melhores jogadores de futebol nesse lugar incrível. Obrigado a meus técnicos, colegas de time, família e torcedores”. O malaio superou o brasileiro Marlone, do Corinthians, e a venezuelana Daniuska Rodrigues, também indicados na categoria.

Deixe Seu Comentário