Colunista do JMais lança terceiro livro de sua autoria nesta sexta

Divulgação

Adair Dittrich reúne crônicas publicadas no JMais sobre suas viagens pela Europa

 

 

Terceiro livro da lavra da colunista do JMais, Adair Dittrich, “A Europa Pelo Meu Olhar” será lançado nesta sexta-feira, 30, às 19 horas, no auditório da Fameplan, em Canoinhas. O lançamento é aberto ao público interessado em adquirir o livro, com a possibilidade de tê-lo autografado pela autora.


 

 

O livro reúne uma série de crônicas publicadas por Adair em sua coluna no JMais falando de suas viagens por vários países da Europa em 1986. “Não há a pretensão de detalhar, em minúcias, o que por lá eu vi. Muito menos a de descrever mapas, caminhos e trilhas. Apenas um pouco do que lá eu vi, vivi e senti. Falo coisas sob a minha ótica, sob o meu olhar”, diz Adair.

 

 



A autora conta que com um Eurail Pass poder-se-ia percorrer a Europa inteira de trem. Com o direito, ainda, de se fazer alguns percursos em navios e teleféricos. “Estudei, detalhadamente, os horários de chegada e de partida. Estudei os roteiros”, revela no livro.

 

 

Adair conta que viajou com a amiga Jucy Reinhert Seleme. A ideia original, no entanto, era de viajar, também, com o artista plástico já falecido,  José Ganem Filho, grande amigo da autora. “Tínhamos a intenção de passear pela Europa nos dias em que lá fossem dias de verão. Embarcaríamos lá pelo final de junho. Faltando pouco mais de um mês Jucy resolveu viajar conosco. Formaríamos um fabuloso trio. Mas, na hora de adquirirmos nossos bilhetes de viagem aérea e o Eurail Pass, um obstáculo na vida de nosso amigo artista impediu que ele viajasse.”

 

 

As aventuras pelos tantos países pelos quais Adair passou são contadas com riqueza de detalhes na obra. “Adair envolve-nos numa leitura prazerosa, rica e emocionante. E, como em toda viagem, quando voltamos já não somos o mesmo que partiu. O viajante que chega vem com a bagagem cheia de lembranças, com a mente repleta de memórias e sensações que o acompanharão ao longo da vida e que servirão de refúgio para os dias sombrios. Quem volta de uma viagem, volta mais pleno, mais rico. Se viajar é preciso, viajar com Adair é imperioso!”, escreve na contracapa do livro a professora Rosane Godoi.

Deixe seu comentário:

Top