Matérias de: Adair Dittrich

Liberdade de escrever

Houve um tempo em que o escrever, para mim, era o colírio da alma. Havia até o horário do encantamento. E era sempre no silêncio das calmas noites da minha aldeia. E esse tempo foi ficando na distância porque outro encantamento que mais sobressaía estava sobrenadando e fez com que meus rabiscos ocupassem apenas o plano...
Continue lendo...

Top