Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Casal é encontrado morto a tiros dentro de casa em Canoinhas

Fotos: Biluka

Polícia suspeita que Alexandre Gogola, 34 anos, tenha assassinado a esposa, Ana Haack, de 31 anos, e se matado em seguida; investigação vai apontar causa                                                                                                                                             

Ana Haack, 31 anos, e Alexandre Gogola, 34 anos, foram encontrados mortos dentro de casa na tarde deste sábado, 3, no bairro Piedade, em Canoinhas. Os dois foram mortos a tiros.

 

A Polícia chegou até o local depois que o pai de Ana procurou a Polícia Militar para relatar que tinha perdido contato com o casal desde a quinta-feira, dia 1º. Segundo ele, neste sábado, ele procurou a filha e encontrou sua casa totalmente fechada.

 

Policiais foram até o local de difícil acesso e arrombaram a porta da casa, encontrando os dois mortos na cama do casal.

 

Uma equipe do Corpo de Bombeiros e policiais civis comandados pelo delegado da Divisão de Investigação Criminal de Canoinhas (DIC), Dr. Flavio Lima e Silva Jr, além do perito Marco Antonio Bubniak, compareceram no local.

 

O delegado tem duas linhas de investigações, uma delas é de que Alexandre teria matado sua esposa e depois se suicidado. A outra é de duplo homicídio.

 



Lima informou que a arma usada foi um revólver calibre 32. “Ainda é cedo para afirmar qualquer coisa, mas vamos analisar as provas”, afirmou.

 

Bubniak disse que, a princípio, foi um homicídio seguido de suicídio, “mas vamos analisar o material coletado”, ressaltou. O fato de a casa estar fechada e sem sinais de arrombamento, além da posição dos corpos, é característica desta tese, segundo Bubniak.

 

A Polícia já ouviu a mãe de Alexandre, que mora próximo do local e ela disse que ouviu tiros na quinta-feira passada.

 

O delegado informou ainda que o casal era trabalhador e tinha um bom relacionamento aparentemente.

 

Os corpos foram recolhidos pelo Instituto Médico Legal (IML) e devem ser sepultados neste domingo, 4.

_mg_8054 _mg_8055 _mg_8056 _mg_8057

 

Deixe Seu Comentário