Canoinhense morre em acidente no aeroporto de Navegantes

Jean tinha 28 anos/Facebook/Reprodução

Jean Pedro Schivinski trabalhava em uma empresa terceirizada que prestava serviços ao aeroporto

 

CORREÇÃO: ATÉ ÀS 16h30 DE 7/11/18, O JMAIS INFORMOU ERRONEAMENTE QUE JEAN TERIA SIDO ATROPELADO

 


Natural de Canoinhas, Jean Pedro Schivinski, 28 anos, morreu na tarde desta terça-feira, 6, uma semana depois de ter sofrido um acidente no Aeroporto de Navegantes. Ele trabalhava para uma empresa terceirizada contratada pela administração do aeroporto.

 

 

Jean estava internado no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, segundo informações do jornal Diarinho.

 

 

Ele era técnico em eletromecânica e trabalhava para a EQS Engenharia, empresa com sede na grande Florianópolis que presta serviços de manutenção elétrica e nos sistemas de ar-condicionado do aeroporto.

 

 

O corpo de Jean foi velado no Centro de Velórios Mão Amiga e sepultado às 16 horas desta quarta-feira, 7, no Cemitério Municipal de Canoinhas.

 



 

Por meio de nota, a Infraero, que administra o Aeroporto de Navegantes, informou que lamenta o ocorrido e informa que acompanhou todos os procedimentos junto à empresa EQS, inclusive no apoio aos familiares.

 

 

Segundo a Infraero, o acidente de trabalho ocorreu na área de manutenção, “com um equipamento afeto à atividade do Sr. Jean, que era eletromecânico. Portanto, é incorreto afirmar que ele teria sido ‘atropelado pelo veículo que faz o transporte de malas e bolsas entre as aeronaves e o setor de bagagens no Aeroporto de Navegantes’”, disse em referência a versão anteriormente divulgada por vários veículos de imprensa, inclusive o JMais.

 

 

A nota da Infraero conclui que “Além disso, a empresa está à disposição para prestar esclarecimentos em caso de demanda das autoridades policiais que investigam o caso.”

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário:

Top