Canoinhas terá unidade de Saúde subordinada à Gerência de Mafra

Gerência de Saúde de Canoinhas/Adriane Hess

Onze servidores cedidos ao Município de Canoinhas poderão optar entre ficar com o Município ou voltar a trabalhar para o Estado                                                     

CORREÇÃO: ONZE, E NÃO 16 SERVIDORES, FORAM CEDIDOS AOS MUNICÍPIO CONFORME INFORMADO PELO JMAIS ATÉ 15h15 DE 13/4/18

 

Os móveis, equipamentos e automóveis da Gerência de Saúde (Gersa) de Canoinhas levados há três semanas para Mafra começam a ser devolvidos na tarde desta sexta-feira, 13. A informação é do secretário executivo regional de Mafra, Abel Schroeder.

 


 

Ele explicou que, embora não tenha sido publicado, ainda, o decreto que reabre a Gersa de Canoinhas, o processo é irreversível. Schroeder não confirma, mas o JMais apurou que a Gersa deixa de ter essa nomenclatura e passa a ser uma unidade de Saúde subordinada à Gersa de Mafra. Schroeder frisa, no entanto, que os serviços básicos serão garantidos.

 

 

OPÇÃO



Schroeder explicou que acertou com o secretário de Saúde, Acélio Casagrande, que os 11 servidores cedidos ao Município de Canoinhas serão consultados nos próximos dias para escolher se querem continuar servindo ao Município ou retornar ao Estado. “Será respeitada a vontade de cada servidor”, garante. Os outros cinco servidores que estão indo para Mafra voltam para trabalhar na unidade de Canoinhas que, segundo Schroeder, teria condições de ser aberta na próxima semana. Há, ainda, um servidor cedido para Bela Vista do Toldo e o médico auditor Dr Vasco Magalhães.

 

A secretária de Saúde de Canoinhas, Zenici Dreher, confirmou que os servidores estão recebendo ligações do setor de Recursos Humanos da Secretaria de Estado da Saúde.

 

 

 

 

Deixe seu comentário:

Top