Caminhão com documento atrasado há seis anos é apreendido

PRF Divulgação

Empresa usava o transporte de carga viva como motivo para continuar transitado                    

Policiais rodoviários federais apreenderam um Volvo/VM 260 de Carapicuíba (SP) sem renovação do licenciamento desde 2012 e com R$ 17 mil em débitos diversos nesta terça-feira, 13, na BR 116, em Mafra. O veículo foi abordado em fiscalização de rotina.

 

Os documentos veiculares apresentados pelo condutor estavam atrasados. Por transportar carga viva, o motorista solicitou a liberação do caminhão, alegando que esse procedimento já havia sido adotado em outras ocasiões.

 


 

Em consultas aos sistemas da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os agentes confirmaram que o Volvo já havia sido liberado anteriormente por transportar carga de animais. Ao final daquele procedimento, após a entrega da carga, a documentação deveria ter sido regularizada.

 

 



Por ser reincidente e aparentemente utilizar essa exceção para continuar transitando com licenciamento vencido, o veículo foi finalmente retido.

 

 

O motorista do Volvo foi multado por transitar com licenciamento vencido e por não possuir telefone de emergência aparente na carroceria, que é obrigatório em veículos de transporte de animais vivos. Após o transbordo da carga de cinco mil frangos, ele foi recolhido a estabelecimento credenciado pela PRF.

 

 

Devido à demora de quase 24 horas para providenciar a transferência das aves transportadas, insistindo na tentativa de liberação, os administradores da empresa proprietária do caminhão e do aviário responsável pela carga responderão por maus tratos aos animais, previsto no artigo 32 da lei de crimes ambientais.

Deixe seu comentário:

Top