Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Assinados editais para o concurso público na Polícia Civil

Johatan Tavares - Ascom/SSP

A expectativa é que o documento seja publicado até quinta-feira, 27, no Diário Oficial do Estado

 

O secretário de Estado da Segurança Pública em exercício, Aldo Pinheiro D’Ávila, assinou na tarde desta terça-feira, 24, os editais para realização do concurso público de ingresso na Polícia Civil de Santa Catarina. Serão oferecidas 394 vagas  – 194 para Escrivão de Polícia e 200 para Agente de Polícia. A expectativa é que o documento seja publicado até quinta-feira, 27, no Diário Oficial do Estado.

 

 

As inscrições começam dia 27 de outubro e se estendem até 27 de novembro. As provas serão realizadas em dezembro. Dia 16 são as provas para a carreira de Escrivão de Polícia, e no dia 17 de dezembro é a vez dos exames para Agente de Polícia.

 

 

Todo o processo será coordenado pela Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (Fepese). As provas serão realizadas na Grande Florianópolis, Joinville, Chapecó, Criciúma, Tubarão, Lages, Itajaí e Joaçaba.



 

 

Só este ano foram abertas 622 vagas em concursos autorizados pelo Governo para Polícia Civil e IGP.  “É um alento para a segurança, um ganho de fundamental importância para a política de recomposição permanente do efetivo da Polícia Civil”, disse o secretário em exercício.

 

 

De 2011 até 2016 mais de 9,3 mil servidores da Segurança Pública – entre policiais militares, civis, bombeiros, peritos e auxiliares criminalísticos – ingressaram nas forças de segurança.  O secretário ressalta, ainda, que exclusivamente na Polícia Militar, 50% do atual efetivo ativo ingressou na atual administração.

 

 

O ato de assinatura contou também com a participação do delegado-geral da Polícia Civil, Artur Nitz; seu adjunto, delegado Marcos Flávio Ghizoni Júnior;  diretor da Academia da Polícia Civil, delegado Laurito Akira Sato; assessor do secretário, delegado Márcio Fortkamp, e o diretor de Formação e Capacitação Profissional da SSP, Adilson Porto. Também participaram a Diretoria da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (Fepese).

Deixe Seu Comentário