Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Sábado tem final da Copa Cinquentinha e dança no Museu de Arte de Canoinhas

Crédito da foto do grupo: Fátima Santos.

A grande final acontece 16h15 com o Ajax F.C.Canoinhas enfrentando o Master Itaiópolis

 

 

 

Amanhã, 12, os canoinhenses terão duas opções de lazer: à tarde poderão assistir a final da 1ª Copa Norte Cinquentinha de Futebol e à noite terão a oportunidade de acompanhar a apresentação de dança do Grupo Lviv. Ambas as atividades são gratuitas.

 

O Estádio Benedito Therézio de Carvalho recebe às 14h15 confronto entre Olaria X União Vila Prohmann, que disputam o terceiro lugar da 1ªCopa Cinquentinha. A grande final acontece 16h15 com o Ajax F.C.Canoinhas enfrentando o Master Itaiópolis. A competição é realizada pelo Ajax F.C com apoio da Brasil Veículos e da Prefeitura de Canoinhas por meio da Fundação Municipal de Esportes e Lazer (FMEL). “Apoiar e incentivar o esporte local é um dos nossos objetivos tanto para que as pessoas possam praticar uma atividade esportiva, como para que tenham também uma opção de lazer gratuita”, comenta o gestor da fundação Jocimar Jubanski.

 

APRESENTAÇÃO DE DANÇA



Também amanhã, a partir das 20h, o Grupo de Dança Lviv traz um pouco da cultura ucraniana para o Museu de Arte de Canoinhas (MAC). A atividade integra a programação que o Município de Canoinhas, por meio da Fundação Cultural Helmy Wendt Mayer, está oferecendo à população desde a metade do ano no projeto “Cultura em Foco”. “Em pouco tempo conseguimos fechar uma programação de qualidade. Até o final do ano teremos atividades no Museu de Arte em Canoinhas a cada quinze dias”, lembra o gestor da Fundação Cultural, maestro Luisinho.

 

O grupo apresentará três coreografias e também fará a exposição de pêssankas (ovo colorido pintado à mão).

 

A partir do dia 26, o MAC recebe a Exposição PauloLeminski. Os visitantes podem apreciá-la das 8h ao meio-dia e entre as 13h30 e 17h30, durante a semana.

 

SOBRE O GRUPO UCRANIANO

Representar a etnia e preservar os costumes e as tradições do povo ucraniano. Esta foi a semente plantada pelos jovens descendentes da quarta e quinta geração dos primeiros imigrantes ucranianos  fundando  o Grupo Folclórico Ucraniano LVIV nas dependências da Igreja Ucraniana – Católica Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Três Barras/SC, com o intuito de preservar, divulgar e manter viva as tradições dos antepassados manifestando no ritmo das danças, a cultura e a arte milenar da Ucrânia. O nome “LVIV” é uma homenagem à capital da Halêtchêna/Galícia. Região na qual veio maior leva de imigrantes para o Brasil. Esta semente a cada dia vem gerando belos frutos, amizade, integração, confraternização e o crescimento de nível cultural. Muita luta, renúncia, suor e lágrimas não impediram que o amor pela cultura dos antepassados fosse esquecida.Descendentes ou não dos valorosos imigrantes ucranianos, os integrantes vem cumprindo o objetivo de mostrar o rico acervo cultural ucraniano ao povo que soube tão bem acolher os que vieram em busca de paz e de uma pátria para criarem seus filhos, sendo assim reflexo peculiar da alma popular da distante Ucrânia, cultura esta que se sobressai e encanta o público.  Fazendo efeito das palavras da famosa poetisa paranaense-ucraniana Helena Kolody: “a Ucrânia não morrerá jamais. Enquanto houver no mundo um grupo jovem que dancem suas danças típicas, cantem suas canções folclóricas e cultivem as suas tradições como uma chama sagrada. Os valores ucranianos hão de passar de uma geração para outra até o fim dos séculos”.

Deixe Seu Comentário