Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Acusados de tentativa de homicídio são julgados em Canoinhas

Eles teriam participado de uma tentativa de matar Darci Alves em 2014                           

 

Três acusados de uma tentativa de homicídio ocorrida em maio de 2014 estão sendo julgados no tribunal do júri da comarca de Canoinhas nesta quinta-feira, 9. Leandro Wozjinhack, Marcelo Silveira Moreira e Thaís Pereira Moreira são acusados de envolvimento na tentativa de assassinar Darci Alves por causa de uma dívida e de ciúmes.

 

 

Os quatro se encontraram em um bar de Três Barras. Darci e o filho estavam em frente ao estabelecimento, quando Leandro o teria abordado e pedido que ele parasse de telefonar para sua esposa. Leandro teria desferido um soco no rosto de Darci e Marcelo, que o acompanhava, teria desferido um golpe na nuca da vítima. Darci saiu cambaleando em direção a seu carro, estacionado em frente ao estabelecimento.

 

 



Na sequência, instigado por Marcelo, Leandro teria sacado um revólver calibre 38 e efetuado quatro disparos na direção de Darci. Os tiros atingiram o pára-brisas e a lataria do carro. Darci conseguiu  fugir e se esconder atrás de um muro. Leandro e Marcelo, acompanhados de Thaís, entraram em um Kadet e foram em busca de Darci, porém não o encontraram.

 

 

Segundo o Ministério Público, na denúncia, posteriormente se descobriu que Leandro ainda devia R$ 1,7 mil para Darci por causa de uma transação envolvendo carros.

 

 

Antes de ser abordado em um posto de combustíveis de Canoinhas por policiais militares, Leandro repassou a arma para Thaís, que desembarcou antes da abordagem, o que de nada adiantou. Como a Polícia já sabia do ocorrido, prendeu os dois no posto e Thaís foi localizada, pouco depois, com a arma.

Deixe Seu Comentário