Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Acusado de tentativa de homicídio é condenado a 7 anos

Arquivo

Outros dois acusados foram absolvidos pelo tribunal do júri                                          

 

Leandro Wozjinhack foi condenado a sete anos de prisão por ter disparado quatro tiros contra Darci Alves por causa de uma dívida e de ciúmes em maio de 2014. Os outros dois acusados – Marcelo Silveira Moreira e Thaís Pereira Moreira – que foram submetidos ao Tribunal do Júri nesta quinta-feira, 9, foram absolvidos.

 

 

Leandro, Darci, Marcelo e Thaís se encontraram em um bar de Três Barras. Darci e o filho estavam em frente ao estabelecimento, quando Leandro o teria abordado e pedido que ele parasse de telefonar para sua esposa. Leandro teria desferido um soco no rosto de Darci e Marcelo, que o acompanhava, teria desferido um golpe na nuca da vítima. Darci saiu cambaleando em direção a seu carro, estacionado em frente ao estabelecimento.

 

 



Na sequência, instigado por Marcelo, Leandro teria sacado um revólver calibre 38 e efetuado quatro disparos na direção de Darci. Os tiros atingiram o pára-brisas e a lataria do carro. Darci conseguiu  fugir e se esconder atrás de um muro. Leandro e Marcelo, acompanhados de Thaís, entraram em um Kadet e foram em busca de Darci, porém não o encontraram.

 

 

Segundo o Ministério Público, na denúncia, posteriormente se descobriu que Leandro ainda devia R$ 1,7 mil para Darci por causa de uma transação envolvendo carros.

 

 

Antes de ser abordado em um posto de combustíveis de Canoinhas por policiais militares, Leandro repassou a arma para Thaís, que desembarcou antes da abordagem, o que de nada adiantou. Como a Polícia já sabia do ocorrido, prendeu os dois no posto e Thaís foi localizada, pouco depois, com a arma.

 

Deixe Seu Comentário