< 2018 Janeiro Archive | JMais | Jornalismo Digital

Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Esta quarta-feira, 31, é Dia Mundial de Combate à Hanseníase                                                 

 

Uma ou mais manchas brancas ou avermelhadas em qualquer parte do corpo, com a perda de sensibilidade, além da dormência e fraqueza nas mãos e pés, são sinais da hanseníase.

 

 

Como o objetivo de alertar a população a identificar precocemente a doença é que o serviço público de saúde de Três Barras realiza campanha de promoção e prevenção nesta quarta-feira, 31, Dia Mundial de Combate à Hanseníase.

 

 

Iniciativa da prefeitura, com o respaldo da secretaria de Saúde e da vigilância epidemiológica municipal, a atividade mobiliza profissionais da área em todas as unidades básicas de saúde da cidade e do interior. “Está é a primeira das muitas ações que as equipes do Estratégia Saúde da Família (ESF) desenvolverão neste ano, após o retorno às atividades”, comenta Raquel Cunher Vieira, secretária de Saúde.

 

 

A ação consiste no repasse de orientações aos pacientes que aguardam por atendimentos nos postos de saúde, rápidas palestras e na entrega de panfletos. O material gráfico informa o que é a doença, as formas de transmissão, a importância do diagnóstico e como se trata a hanseníase.

 

 

Em Três Barras foram detectados sete casos da doença em 2017. Por este motivo a enfermeira Kátia Reis, da vigilância epidemiológica municipal, destaca a importância da ação até como forma das pessoas procurarem pelos serviços de saúde tão logo apresentem sinais e sintomas da hanseníase. “O diagnóstico precoce é fundamental, sendo que a avaliação é feita nos próprios postos de saúde”, informa.

 

 

Detectada a doença, o paciente é imediatamente encaminhado para tratamento e acompanhamento dos profissionais da vigilância epidemiológica municipal, que funciona junto à Vigilância e Saúde, situada à Avenida Vereador José Nunes Cavalheiro n°773, no bairro Argentina. “É a nossa referência neste tipo de atendimento, pois o paciente passa a ser assistido por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, farmacêutico e assistente social”, explica a enfermeira.

Campeonato começa no dia 11 de fevereiro                                                                                   

 

A partir de 11 de fevereiro, a bola volta a rolar em Três Barras com a realização do Campeonato de Futebol Suíço no distrito de São Cristóvão.

 

 

A promoção é da prefeitura de Três Barras, por intermédio da coordenadoria de Esportes, em parceria com a Liga Esportiva Canoinhense (LEC) e uma empresa local.

 

 

Divididas em quatro chaves, 16 equipes participam do campeonato. Na primeira fase, os times do mesmo grupo jogam entre si. Os dois melhores de cada chave passam à segunda etapa da competição, onde dois novos grupos de quatro equipes serão formados.

 

 

Nesta fase, os times da mesma chave voltam a se enfrentar, sendo que os dois melhores colocados de cada grupo passam às semifinais.

 

 

O estádio municipal Luiz Evaristo de Carvalho (Campo do Caic) será o palco de todas as partidas.

 

Chave A

– Três Barras

– Real

– Beira Rio

– Marra

 

Chave B

– Amigos do Feijão

– Bem Amigos

– Unidos do Campo

– Palmeiras

 

Chave C

– Barcelona

– Ajax

– Nacional Canoas

– Capão do Erval

 

Chave D

– Alto do Mussi

– Fanáticos

– Milan/ SNSE

– Baixada

 

1ª Rodada (11/02)

– Às 10h30 – Palmeiras X Amigos do Feijão (Chave B)

– Às 13h45 – Nacional Canoas X Barcelona (Chave C)

– Às 14h45 – Alto do Mussi X Milan/SNSE (Chave D)

– Às 15h45 – Beira Rio X Três Barras (Chave A)

 

Ele teria fugido dos policiais ambientais durante operação no fim de semana                                             

 

O corpo de Elias Taborda de Carvalho, 28 anos, foi resgatado do rio Canoinhas, na localidade de Salseiro, no interior de Canoinhas, na manhã desta quarta-feira, 31. Ele estava desaparecido desde domingo, 28.

 

Segundo a família, acreditava-se que ele estivesse perdido na mata, mas uma pessoa viu o corpo boiando nas águas do rio no fim da tarde desta terça-feira, 30, e logo pela manhã os bombeiros de Canoinhas foram até o local e resgataram o corpo.

 

Elias era suspeito de praticar caça ilegal com a participação de outros dois amigos. Eles foram flagrados por uma guarnição da Polícia Ambiental com cães de caça e três munições intactas calibre 12, oito munições intactas calibre 36, facões, facas e uma espingarda calibre 36 no domingo, 28.

 

Momento do flagrante no domingo/Polícia Ambiental/Divulgação

 

Segundo a Polícia Ambiental, a suspeita começou quando a guarnição observou um bote atracado em área de mata com indícios e vestígios de uso recente, com marcas de pessoas e de cachorros no local.

 

 

A guarnição permaneceu em campana e depois de duas horas os três suspeitos apareceram com dois cachorros. Abordados pelos policiais, os amigos de Elias foram detidos, mas ele, segundo a Polícia Ambiental, teria atravessado o rio a nado e fugido pela mata.

 

 

Seus colegas foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas. Desde então, Elias não tinha mais sido visto.