< novembro 2017 - JMais | Jornalismo Digital Archive | JMais | Jornalismo Digital

Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Confira os destaques em Canoinhas e região                                                                                      

 

 

CINE

Quando? Sábado, 18

O que? Festa Eletro Colours – reabertura do Cine

 

 

 

 

 

 

 

 

DAJ E AUSTIN BAR

Quando? Sexta, 17

O que? Sexta do Rock ao Sertão

Quando? Sábado, 18

O que? Sábado Sertanejo com Willian Moraes na DAJ e José Derruba 2ª Edição na Austin – show com Kauã Oliveira

 

 

PANCADÃO MUSIC BAR

Quando? Sexta, 17

O que? Talagaço

 

 

 

 

 

 

SBO

Quando? Domingo, 19

O que? Bailão com o grupo Sorriso Lindo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SOCIEDADE IRINEÓPOLIS

Quando? Sexta, 17

O que? Baile com Os 4 Gaudérios

 

 

 

Priscila Noernberg /Divulgação

CULTURA EM FOCO

Quando? Sábado, 18

Onde? No Museu de arte de Canoinhas

Mais informações no link: Cultura em Foco

 

 

CIDADÃO DO BEM

Quando? Sábado, 18

Onde? Sesc Canoinhas

Mais informações aqui

 

 

CINEMA

Liga da Justiça segue em cartaz neste fim de semana no CineMax Canoinhas

 

 

VEJA TRAILER, DATAS E HORÁRIOS

Liga da Justiça

 

SEXTA, 17

16h40

 

19h

 

   21h20

 

 

 

SÁBADO, 18

14h20

 

16h40

 

19h

 

   21h20

 

 

 

DOMINGO, 19

14h20

 

16h40

 

19h

 

   21h20

Haverá apresentações de piano, cavaquinho, acordeão, violão, leitura de textos e exposição

 

 

Quem vive na região tem uma excelente opção de lazer neste sábado, dia 18. O Governo do Município de Canoinhas, por meio da Fundação Cultural HelmyWendt Mayer, promove mais uma edição do projeto “Cultura em Foco”. Membros da fundação cultural e alunos da Classic Music farão apresentações de piano, cavaquinho, acordeão e violão. A noite também terá leitura de textos com membros Academia de Letras do Brasil de Canoinhas.

 

 

O MAC recebe ainda na mesma noite a exposição “Lugares de memória”, com fotos da região que integram o acervo do arquivo histórico do Museu Histórico e da Biblioteca Municipal.

 

 

Priscila Noernberg /Divulgação

O evento inicia as 20h, acontece no Museu de Arte de Canoinhas (que fica entre o QueLuz e a Fundação Cultural) e tem entrada gratuita. “Criamos o Cultura em Foco com o objetivo de aproximar o público dos talentos locais e a cada evento temos casa cheia mostrando que a cultura está crescendo em Canoinhas”, comenta o gestor da fundação, maestro Luisinho.

 

 

Serviço

O quê: Cultura em Foco

Quando: amanhã, dia 18 de novembro

Onde: Museu de Arte de Canoinhas (que fica na rua Getúlio Vargas, entre o QueLuz e a Fundação Cultural)

Entrada gratuita

Horário: 20h

 

 

A partir do dia 21 de novembro o museu recebe a exposição Metamorfose com pinturas em telas.

Nos próximos dias será feito o corte das árvores pela Prefeitura Municipal

 

 

Para garantir a segurança dos pilotos que utilizam o Motódromo do Parque de Exposições Ouro Verde, árvores de bracatinga precisarão ser cortadas. Antes mesmo do corte, como compensação, 60 mudas de árvores frutíferas foram plantadas no parque.

 

 

A necessidade do corte veio por meio de laudo emitido pela Polícia Militar Ambiental, pois havia árvores que apresentavam podridão e outras estavam em locais que poderiam ocasionar graves acidentes em treinos e corridas.

 

 

As mudas foram plantadas no feriado, dia 15, por membros do Velocross e pelo secretário do Meio Ambiente, Hilário Kath. Foram plantadas mudas de Pitanga, Ariticum, Cereja, Gavirova e Araçá que foram fornecidas pela Polícia Militar Ambiental.

 

 

Segundo Kath, o objetivo da ação é ir além de oferecer mais segurança aos pilotos de velocross durante as corridas: “estamos conscientizandosobre função das árvores no meio ambiente”.  As árvores plantadas, além de oferecer sombra no box das equipes e amantes do esporte nos dias das corridas, também vai trocaro gás carbônico por oxigênio. As árvores também servirão de morada e vão oferecer alimentação aos pássaros.

Segundo ela, o objetivo é contribuir para o processo de emancipação social e política dos cidadãos inseridos nos conselhos de políticas públicas

 

 

A acadêmica Barbara Maria Bauerle Motta, do curso de Direito da UNIARP está desenvolvendo um trabalho de orientação nos conselhos de políticas públicas de Caçador. O projeto de extensão universitária: “A participação cidadã como elemento fundamental para consolidação do estado democrático de direito”, foi apresentado como requisito para obtenção de Bolsa do PAEC do Curso de Direito, sob orientação da professora Cleony Lopes Barboza Figur.

 

 

Angela Cardoso /Divulgação

Segundo ela, o objetivo é contribuir para o processo de emancipação social e política dos cidadãos inseridos nos conselhos de políticas públicas, oportunizando acesso ao conhecimento da proposta de participação cidadã, como extensão do preceito constitucional da descentralização política, administrativa e participação da população.

 

 

 

 

Angela Cardoso /Divulgação

Palestras estão sendo realizadas envolvendo os seguintes conselhos: Conselho Municipal de Direitos da criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Conselho Municipal do Idoso (CMI) e Conselho Municipal do Direitos da Mulher (COMDIM).

 

 

 

 

“Este projeto visa ainda fortalecer o trabalho desenvolvido pelos conselhos de políticas públicas, como expressão efetiva do exercício da cidadania e estimular a busca pelo conhecimento como forma de respaldar a atuação dos conselheiros de políticas públicas”, explica.

É por isso que está em estudo a possibilidade de o Governo Municipal auxiliar os produtores a fazerem agricultura de precisão – que é um dos sistemas mais modernos para produzir

 

 

Agricultores de Canoinhas já contam com importante ferramenta de auxílio por parte do Governo Município em suas propriedades com o Programa Porteira Adentro, distribuição de sêmen, programa de incentivo à pecuária e assistência em várias áreas. “Mas ainda assim percebemos que muitas propriedades têm baixa produtividade ou que poderiam produzir mais”, comenta ÉdisonKuroli, secretário de Desenvolvimento Rural.

 

 

Priscila Noernberg /Divulgação

É por isso que está em estudo a possibilidade de o Governo Municipal auxiliar os produtores a fazerem agricultura de precisão – que é um dos sistemas mais modernos para produzir. Trata-se de um sistema de manejo integrado de informações e tecnologias, fundamentado nos conceitos de que as variabilidades de espaço e tempo influenciam nos rendimentos dos cultivos.

 

 

 

 

A agricultura de precisão visa o gerenciamento mais detalhado do sistema de produção agrícola como um todo, não somente das aplicações de insumos ou de mapeamentos diversos, mas de todo os processos envolvidos na produção.

 

 

“Para que possamos fazer isso, buscamos o apoio dos vereadores”, comenta Kuroli. É por isso que na tarde desta quinta-feira, 16, a secretaria promoveu palestra aos parlamentares sobre os benefícios da agricultura de precisão. A palestra foi oferecida por representantes da empresa GeoPalm. O prefeito Beto Passos também acompanhou o início dos trabalhos: “vamos analisar as possibilidades de como poderemos fazer este apoio. Talvez possamos começar com projeto piloto para avaliar os resultados podendo tornar esta proposta um programa do Município”, explica o prefeito.

O Congresso teve como tema principal “O concreto para a retomada do desenvolvimento da infraestrutura nacional”

 

 

Professora Gabriela. Angela Cardoso /Divulgação

A professora Gabriela Cassol do curso de Engenharia Civil da UNIARP participou do 59° Congresso Brasileiro do Concreto realizado na cidade de Bento Gonçalves – RS, de 31 de outubro a 3 de novembro de 2017.

 

 

Foram apresentados três trabalhos no evento, sendo uma apresentação oral com o título: “Avaliação do Resíduo de Cerâmica Vermelha como material pozolânico em matrizes cimentantes”. Este trabalho foi realizado com base na dissertação de mestrado da professora Gabriela Cassol. Pesquisas recentes têm demonstrado que o resíduo de cerâmica vermelha possui características que podem ser interessantes na confecção de materiais cimentícios.

 

 

No evento foi realizada também apresentação em pôster da engenheira civil Fernanda Malinverni formada pela Uniarp, com o título: “Estudo comparativo entre a argamassa tradicional confeccionada em obra e a argamassa industrializada polimérica”. Este estudo busca comparar a argamassa de assentamento tradicional, confeccionada no canteiro de obra e a argamassa industrializada polimérica, visando a necessidade do mercado da construção civil em buscar cada vez mais alternativas para a redução de custos no processo construtivo.

 

 

Outra apresentação foi do engenheiro civil Aldair Biasiolo formado pela Uniarp, com o título: “Determinação e comparação da absorção de água por capilaridade de impermeabilizantes flexíveis”. O trabalho teve como objetivo comparar impermeabilizantes de base asfáltica e acrílica, assim como verificar a quantidade de demãos de cada produto e entender a importância da impermeabilização, através de um estudo descritivo.

O Sine de Canoinhas está com vaga aberta para vigilante. É preciso ter experiência registrada em carteira de trabalho. Além do salário, a empresa oferece plano odontológico, ticket alimentação e vale transporte. Deve preferencialmente morar em Canoinhas.

 

Interessados: comparecer ao posto do Sine que fica na Prefeitura de Canoinhas, com currículo, até o dia 30 de novembro para agendar entrevista!

Após empate em um gol no tempo normal, o Beira Rio venceu o SNSE por 2 a 0 nos pênaltis

 

 

Com seis partidas no feriado de 15 de novembro, o Torneio de Futebol Suíço do projeto Craque na Bola, Craque na Escola (CBCE) teve 36 gols em sua primeira fase.

 

 

A rodada ainda será finalizada com outros dois jogos no final da tarde de sábado, 18, no estádio Luiz Evaristo de Carvalho, que fica em anexo a Escola João Pacheco de Miranda Lima (CAIC).

 

 

Após empate em um gol no tempo normal, o Beira Rio venceu o SNSE por 2 a 0 nos pênaltis. Na sequência o Marra FC goleou o Barcelona pelo placar de 7 a 2 e o Futurama ganhou por 1 a 0 do São João.

 

 

Na quarta partida da rodada, o time do Bayer virou sobre os Amigos da Argentina por 4 a 3. Em outro jogo de sete gols, os Amigos do Futebol derrotaram o São Jorge pelo placar de 4 a 3. Já o Unidos FC goleou o Brasil por 8 a 2.

 

 

Cerca de 350 pessoas foram até o campo acompanhar os jogos, segundo os organizadores. As quartas de final, semifinais e a final acontecem no domingo, 19, com expectativa de público superior a 500 torcedores.

 

 

Mantenedora da escolinha CBCE, a prefeitura de Três Barras, por intermédio da secretaria de Educação, Cultura e Esporte, está apoiando a realização do torneio.

 

 

Quartas de final

09h – Amigos do Futebol X Unidos FC

09h45 – Marra FC X Futurama

10h30 – Beira Rio X Bayer

11h15 – Confronto entre os vencedores dos jogos Amigos do Combate X Olímpico A e Contestado X Baixada.

Santa Catarina, como os números sinalizavam, teve queda de 4,2% naquele ano e fechou com PIB de R$ 249 bilhões

 

Os números do Produto Interno Bruto (PIB) de 2015 nos Estados, divulgados nesta quinta-feira, 16, pelo IBGE, mostram o peso da recessão causada pelo governo de Dilma Rousseff nas unidades da federação. Todas tiveram resultado negativo. Santa Catarina, como os números sinalizavam, teve queda de 4,2% naquele ano e fechou com PIB de R$ 249 bilhões. A taxa de desemprego mais baixa do país, em torno de 6%, dava uma sensação de que o problema não era tão grave no Estado, mas como SC não é uma ilha, o impacto por aqui foi maior que a média nacional de 3,7% de queda.

 

 

Todos os estados brasileiros registraram queda no PIB, a soma de todas os bens e serviços produzidos no país em 2015, de acordo com dados das Contas Regionais. Pela primeira vez, a queda foi registrada em todas as unidades da Federação desde o início da série histórica em 2002. Em 2015, o PIB nacional caiu 3,5%.

 

 

Os dados divulgados pelo IBGE indicam que no mesmo ano, apenas cinco estados responderam por 64,7% do PIB nacional: São Paulo, com 32,4%; Rio de Janeiro (11%); Minas Gerais (8,7%); Rio Grande do Sul (6,4%); e Paraná (6,3%). Juntos, no entanto, eles tiveram a participação encolhida no total da economia brasileira em 0,2 ponto percentual, em relação a 2014.

 

 

“Os estados que tiveram melhor resultado foram bastante influenciados pela agropecuária. O que pesou negativamente foi a indústria de transformação, o comércio e a construção civil. Todas essas atividades tiveram quedas expressivas”, disse o gerente das Contas Regionais, Frederico Cunha.

 

 

O PIB de São Paulo aumentou 0,2 ponto percentual em relação a 2014, tendo sido, ao mesmo tempo, o estado com maior perda acumulada ao longo de toda a série histórica. Entre 2002 e 2015, a perda chegou a acumular 2,5 ponto percentual, passando de 34,9% para 32,4%.

 

 

Ainda na comparação entre 2014 e 2015, os melhores resultados foram obtidos por Mato Grosso do Sul (-0,3%), Roraima (-0,3%) e Tocantins (-0,4%), com retrações menos acentuadas. As quedas mais acentuadas ocorreram no Amapá (-5,5%), no Amazonas (-5,4%) e no Rio Grande do Sul (-4,6%).

 

 

Cunha ressaltou o fato de que no Mato Grosso do Sul, estado que teve o melhor desempenho em 2015, a queda de apenas 0,3% no PIB foi influenciada, em parte, pelo bom ano da agropecuária local, que cresceu 10,1% neste período. Os setores de Indústria (-4,4%) e Serviços (-1,6%), no entanto, contribuíram decisivamente para que, ainda assim, a taxa no estado fosse negativa.

 

 

“Os estados que tiveram melhor resultado foram bastante influenciados pela agropecuária. O que pesou negativamente foi a indústria de transformação, o comércio e a construção civil. Todas essas atividades tiveram quedas expressivas”, disse.

 

 

Cunha ratificou a generalização de resultados negativos como algo inédito em toda a série histórica. “Esse resultado de queda de todas as unidades da federação ainda não tinha sido visto, inclusive por nenhuma série já estimada pelo IBGE antes disso. É um resultado inédito que afeta todos os estados da federação”, explicou.

 

 

Já no Amapá, o estado com a redução mais acentuada em seu PIB, com taxa de -5,5%, as principais contribuições negativas foram dos setores de Indústria (-16,9%) e Serviços (-4,1%). “Eles foram puxados para baixo, principalmente, pelas atividades de Construção (-17,9%) e de Comércio, manutenção e reparação de veículos automotores e motocicletas (-14,5%)”, afirmou.

 

 

PARTICIPAÇÃO NO PIB

O IBGE ressaltou o fato de que a Região Sudeste, mesmo respondendo por parcela significativa do PIB (54%), manteve a tendência registrada nos últimos anos de retração de sua participação no total da economia, tendo perdido em 2015 0,9% de participação. A queda acumulada desde 2002 pela região chega a 3,4 pontos percentuais.

 

 

Neste mesmo período a Região Norte teve sua participação na economia aumentada em 0,7, o Nordeste (1,1 ponto percentual), o Centro-oeste (1,1 ponto percentual) e a Região Sul (0,6), todas ganhando espaço do PIB nacional.

 

 

“Na série 2002-2015, a Região Sudeste é a única que perdeu participação. Na verdade, todos os estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste ganharam participação, exceto Alagoas, Distrito Federal, Amazonas e Sergipe. O que mais ganhou participação foi Mato Grosso, com avanço da fronteira agrícola, entre outros fatores. Santa Catarina e Pará também ganharam bastante participação”, informou o gerente da pesquisa.

 

 

O economista lembrou que a manutenção dessa tendência de retração da participação do Sudeste no total da economia, entre 1014 e 2015, aconteceu mesmo com uma leve recuperação de espaço por parte de São Paulo, cuja participação no PIB passou de 32,2% em 2014 para 32,4%. No Rio de Janeiro, no entanto, houve diminuição: de 11,6% para 11%; Minas Gerais (de 8,9% para 8,7%) e Espírito Santo (de 2,2% para 2%).

 

 

Já entre 2002 e 2015, a queda se concentrou em dois estados da Região Sudeste: São Paulo, de 34,9% para 32,4%; e Rio de Janeiro, de 12,4% para 11%. No mesmo período, Minas Gerais e Espírito Santo registraram aumento na participação em relação a 2002: de 8,3% para 8,7% e de 1,8% para 2%, respectivamente.

 

 

PIB PER CAPITA

Os dados indicam que um total de 18 unidades da federação fechou 2015 com PIB per capita abaixo da média nacional de R$ 29,326 mil. Neste aspectos, destacam-se negativamente o Maranhão, com renda per capita de R$ 11,366, foi 27º, último colocado no ranking; e o Piauí, com a 26º colocação e uma renda per capita de R$ 12,218 mil.

 

 

O PIB per capita do Distrito Federal era, em 2015, 2,5 vezes maior do que o da média nacional. Enquanto em 2015, o PIB médio do brasileiro era de R$ 29,326 mil, na capital federal o PIB per capita chegava a 73,971 mil.

 

 

Com um PIB per capita de R$ 31,337 mil, o Mato Grosso foi o estado que mais se destacou e o que mais avançou em toda a série histórica, passando de 11º em 2002 para 7º no ranking.

 

 

O Piauí, no entanto, foi o estado em que o valor do PIB per capita mais cresceu dentre todos as unidades da federação, aumentando cerca de 5 vezes entre 2002 e 2015 (de R$ 2,440 mil para R$ 12,218 mil. O Maranhão também se destacou neste quesito, crescendo cerca de 4,2 vezes.

 

 

Outros estados que se destacaram no crescimento em valor do PIB per capita ao longo da série foram Tocantins, que cresceu 4,4 vezes e Rondônia, Pará e Ceará, que aumentaram cerca de 4 vezes.

 

com

Assim que chegavam ao local da festa, os convidados eram recebidos pela rainha e princesas da Melhor Idade

 

 

Esbanjando alegria e descontração, os idosos de Três Barras participaram das festividades da Melhor Idade, durante esta semana. Há mais de 20 anos no calendário oficial de eventos do município, o evento aconteceu em duas tardes na sede social da ADC Rigesa.

 

 

Festividades aconteceram em dois dias desta semana. Rodrigo Melo /Divulgação

Na segunda-feira, 13, a confraternização reuniu os grupos do centro; dos bairros Vila Nova, João Paulo II e Argentina; e também das localidades de São João dos Cavalheiros, Campininha, Km 06, Engenho Queimado, Colônia Tigre e Gavião.

 

 

 

 

 

O segundo encontro, na terça-feira, 14, recebeu os idosos residentes no Distrito de São Cristóvão. Houve o sorteio de brindes e foi servido lanche e refrigerante a todos os participantes. O baile foi animado por Ignácio Arendt, que cantou diversos estilos musicais.

 

 

Na opinião da secretária de Assistência Social Cleide Alberti Gonçalves, a festividade é uma forma de valorizar e proporcionar momentos de lazer e entretenimento aos idosos. “É um evento tradicional e aguardado por essas pessoas”, frisa, ao informar que houve mais de 800 participantes na edição deste ano.

 

 

Em sua fala durante as festividades, prefeito Luiz Shimoguiri disse que a administração municipal vai melhorar e ampliar os programas de saúde e de cunho social, além daqueles voltados à terceira idade. “Faremos o possível para que a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas sejam garantidos, mas pedimos o engajamento e a participação de todos”, acrescentou.

 

 

Vereadores e secretários municipais prestigiaram os dois dias do evento.

 

 

Os encontros foram uma realização do Governo do Município, por intermédio da secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda, em parceria com o Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) e demais secretarias da administração.

Acidente aconteceu na localidade de Bela Vista do Sul, interior de Mafra                                              

 

Na tarde desta quinta-feira, 16, uma S10 capotou na BR-280, na altura do KM 196, na localidade de Bela Vista do Sul, interior de Mafra, próximo ao trevo de acesso a localidade de Saltinho do Canivete. O motorista de 53 anos estava bastante alterado e não soube explicar o motivo do capotamento. Chovia no momento do acidente.

 

 

O motorista apresentava sinais vitais normais, apresentando ferimentos no braço direito e ferimento na perna direita.

 

 

Após procedimentos de atendimento pré-hospitalar o motorista não quis ser conduzido ao Pronto Atendimento, assinando o termo de recusa. O veículo S10 ficou aos cuidados da Polícia Rodoviária Federal.

 

 

Encontro de Pesquisadores do Paraná em Jornalismo acontece neste fim de semana                                                           

 

O Centro Universitário de União da Vitória (UNIUV) sedia nesta sexta-feira, 17, e sábado, 18, a 15ª edição do Encontro Paranaense de Pesquisadores em Jornalismo (EPPJ). O evento reúne pesquisadores de todo o Estado e terá como tema os desafios do Jornalismo em tempos de fake news.

 

 

Logo na abertura, na sexta-feira, 17, o repórter da Agência Lupa, referência nacional em checagem de informação,Chico Marés, participa de mesa redonda para debater os efeitos das notícias falsas no exercício do Jornalismo. O professor Samon Noyama também participa do debate.

 

 

Na manhã seguinte, professores e estudantes de faculdades e universidades do Paraná apresentarão trabalhos que estudam o jornalismo contemporâneo, propondo uma reflexão sobre os rumos da profissão.

 

 

O professor Edinei Wassoaski, um dos organizadores do evento, afirma que é a primeira vez que um centro universitário do interior do Paraná sedia o EPPJ. “O que para nós é motivo de orgulho”, acrescenta. Ele diz que professores e alunos do curso de Jornalismo da UNIUV estão concentrados e não medem esforços para bem acolher os participantes.

 

 

O evento é aberto ao público em geral com entrada gratuita.

 

 

Vice-reitor e coordenador geral do evento, o professor e também jornalista Lúcio Kürten dos Passos, afirma que o EPPJ é apenas um embrião para que a Uniuv venha a sediar eventos ainda maiores. “O EPPJ já é um evento consagrado e prestigiado e isso nos habilita a receber cada vez com maior frequência colegas de outras instituições para eventos como este”, explica.

 

 

PROGRAMAÇÃO

SEXTA-FEIRA, 17 DE NOVEMBRO

17h início do credenciamento

19h Abertura na sala de eventos da Uniuv

19h30 Mesa de discussão sobre os desafios do jornalismo em tempos de fake news com a presença do repórter da Agência Lupa, Chico Marés. A Lupa é conceituada como uma das principais agências de checagem de informações do Brasil.

 

 

SÁBADO, 18 DE NOVEMBRO

8h Credenciamento

9h Grupos de trabalho nas salas 201 a 204 (pesquisas e produtos)

13h Encerramento

Dados de nascimentos e óbitos foram revelados pelo IBGE nesta semana; números de divórcios e casamentos também foram revelados

 

No ano passado, 2.793.935 nascimentos foram registrados no Brasil, uma redução de 5,1% na comparação com 2015, quando foram contabilizados 2.945.344 nascimentos. Foi a primeira queda desse número desde 2010. Os dados são da pesquisa Estatísticas do Registro Civil 2016, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta terça-feira, 14.

 

 

A região com menor queda foi a Sul (-3,8%) e com a maior redução foi a Centro-Oeste (-5,6%). Entre as unidades da Federação, apenas Roraima apresentou aumento de nascimentos (3,9%). Já Pernambuco teve a maior queda no número de nascimentos (-10%).

 

 

Santa Catarina tem a menor taxa de natalidade entre os Estados do Sul. Em 2016 foram registrados 95.644 nascimentos, 2,04% a menos que em 2015, que teve 97.637. Já em Canoinhas, 822 crianças nasceram em 2016, ante 834 bebês em 2015.  Se a variação é pequena entre os dois últimos anos, é relativamente expressiva se comparada a anos anteriores como 2014 (770 nascidos), 2013 (795) e 2012 (758).

 

 

Mortos em Canoinhas na década

 

 

 

 

Na contramão dos nascimentos, 396 pessoas morreram em Canoinhas em 2016. O número não foge da tendência histórica. No ano anterior foram 345 mortos, ante 362 em 2014, 399 em 2013, 348 em 2012, 389 em 2011 e 330 em 2010.

 

 

Nascidos em Canoinhas na década

 

 

 

 

 

CASAMENTOS E DIVÓRCIOS

O Brasil registrou 1.095.535 casamentos civis em 2016, dos quais 1.090.181 entre pessoas de sexos diferentes e 5.354 entre pessoas do mesmo sexo. Houve queda de 3,7% no total de casamentos em relação a 2015.

 

 

Em SC, foram registrados 0,3% a mais de casamentos entre homens e mulheres em 2016 se comparado ao ano anterior. O casamento entre cônjuges do sexo masculino cresceu 16,66% entre 2015 e 2016, enquanto o casamento entre mulheres permaneceu com números muito próximos, 139 (2015) e 137 (2016), uma diminuição de 1,43%.

 

Casamentos em Canoinhas na década

 

 

 

 

Em Canoinhas foram 219 casamentos no ano passado, o menor número dos últimos quatro anos. Em 2015, foram 253 casamentos, ante 224 e 2014, 280 em 2013, 218 em 2012, 230 em 2011 e 231 em 2010. Apenas um casal de mulheres se casou no ano passado no cartório da cidade.

 

 

Em 2016, a pesquisa apurou que foram concedidos 344.526 divórcios em 1ª instância ou por escrituras extrajudiciais em todo o Brasil, um aumento de 4,7% em relação a 2015, quando foram registrados 328.960 divórcios.

 

 

Em média, o homem se divorcia mais velho que a mulher, com 43 anos dele contra 40 dela. No Brasil, o tempo médio entre a data do casamento e a data da sentença ou escritura do divórcio é de 15 anos.

 

 

A maior proporção das dissoluções ocorreu em famílias constituídas somente com filhos menores de idade (47,5%) e em famílias sem filhos (27,2%). A guarda dos filhos menores é ainda predominantemente da mãe e passou de 78,8% em 2015 para 74,4% em 2016. A guarda compartilhada aumentou de 12,9% em 2015 para 16,9% no ano passado.

 

 

Em SC, aumentou 20% o número de divórcios se comparados os anos de 2016 e 2015. Foram 9.134 divórcios no ano passado, ante 7.885 em 2015. Do total de divórcios em 2016, 61,5% eram de casais com filhos menores de idade. Em 72% dos casos, a guarda era da mãe; em 26,3% dos casos a guarda era compartilhada e em 7,2% dos casos o pai era o responsável. Dos 732 registros de guarda compartilhada em 2015, passou para 1.066 em 2016, um crescimento de 45,6%.

 

 

Em Canoinhas foram 22 divórcios no ano passado. Não há dados sobre o Município relacionados a anos anteriores.

 

REGISTRO CIVIL NA REGIÃO EM 2016

17 de novembro de 2017

 

 

 

Diário Catarinense                                                                                                                   

SC registra 9,9 mil focos de Aedes aegypti até novembro de 2017

 

 

O Globo

 

Manchete: Picciani é preso, mas pode ser solto hoje pela Alerj

Deputados decidem à tarde se mantêm decisão do TRF da 2ª Região

Paulo Melo e Edson Albertassi também estão no presídio de Benfica, no Rio

Um ano após a prisão do ex-governador Sérgio Cabral, outros três integrantes do grupo político que comanda o Estado do Rio há 20 anos foram para a cadeia ontem: o presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani, e os deputados estaduais Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB. Os três se apresentaram à PF logo depois de a prisão ser decretada por unanimidade pelo TRF da 2ª Região e foram levados ao presídio de Benfica, o mesmo de Cabral. Mas a Alerj imediatamente se mobilizou e marcou para hoje à tarde votação em que decidirá se derruba as prisões. O trio conta com o apoio de grande parte dos colegas, mas a pressão popular pode complicar uma decisão a favor dos detidos. (Págs. 3 e 4)

 

 

Bretas: corrupção no Rio ‘é uma metástase’

Juiz se assustou com extensão do esquema

Juiz que comanda a Lava-Jato no Rio, Marcelo Bretas diz que ficou assustado com a extensão e a capilaridade do esquema de corrupção no estado: “Parece que tem mais gente envolvida do que não envolvida. É uma metástase”, disse em entrevista aos repórteres JULIANA CASTRO e MARCO GRILLO. Para ele, a investigação poderia andar mais rápido não fosse a demora em instâncias superiores. (Pág. 6)

 

 

Manobra para reaver também os mandatos

Além da articulação para soltar os três peemedebistas, deputados estaduais também encomendaram um parecer à assessoria jurídica da Alerj que permita autorizar a retomada dos mandatos dos afastados, algo que o TRF-2 proibiu ontem. (Pág. 4)

 

 

Lula: pedido bloqueio de R$ 24 milhões

O Ministério Público pediu o bloqueio de R$ 23,9 milhões do ex-presidente Lula e do seu filho caçula, Luis Cláudio, no âmbito da Operação Zelotes. Lula é investigado por tráfico de influência em negociações que levaram à compra de 36 caças suecos pela Força Aérea e na prorrogação de uma MP que beneficiou montadoras. (Pág. 8)

 

 

Dodge quer prisão já na 2ª instância

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou ao STF memorial em que defende a prisão de condenados em segunda instância. Esse entendimento foi fixado pela Corte no ano passado, mas pode ser revisto. (Pág. 7)

 

 

Polícia de Portugal mata brasileira

A brasileira Ivanice Carvalho da Costa, de 36 anos, foi morta por engano, na madrugada de quarta-feira, em operação da polícia portuguesa. Alvejado por ao menos 40 disparos, o carro onde estava foi confundido com o de assaltantes. (Pág. 8)

 

 

Ação de justiceiros é investigada

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil suspeita que os assassinos da moradora de rua Fernanda Rodrigues dos Santos, de 40 anos, em Copacabana, tenham ligação com grupos de justiceiros que atuam na Zona Sul. (Pág. 9)

————————————————————————————

 

O Estado de S. Paulo

 

Manchete: Moradia popular impulsiona alta do mercado imobiliário 

No terceiro trimestre, três construtoras lançaram empreendimentos com R$ 2,02 bilhões em valor geral de vendas

As construtoras que atuam no segmento de moradias populares, como o Minha Casa, Minha Vida, têm puxado a recuperação do mercado imobiliário. No terceiro trimestre, Direcional, MRV e Tenda responderam por dois terços dos lançamentos e das vendas entre as 11 incorporadoras listadas na Bolsa. Juntas, as três lançaram empreendimentos com R$ 2,02 bilhões em valor geral de vendas, crescimento de 55,5% na comparação anual. As vendas líquidas totalizaram R$ 2,1 bilhões, avanço de 23,5%. Em São Paulo, os imóveis com preço até R$ 240 mil lideraram quase todos os indicadores de agosto. O protagonismo da faixa popular é atribuído à boa disponibilidade de recursos para financiamento e com juros mais baixos. (ECONOMIA / PÁG. B1)

 

 

Credores dizem que Venezuela deu calote na dívida

Credores da Venezuela anunciaram que tomaram calote de US$ 200 milhões do governo e da estatal petrolífera PDVSA. O anúncio do grupo, que tem entre seus membros os bancos JP Morgan e Goldman Sachs, deve agravar a crise do país e aumentar a pressão sobre Maduro. (INTERNACIONAL / PÁG. A9)

 

 

Occhi: ‘Não vamos crescer em crédito como crescíamos’

O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, disse que o banco é uma “empresa boa, que está procurando melhorar seus indicadores”, mas tem problema crítico para que possa sustentar o crescimento do crédito. Por isso, vai qualificar a concessão de empréstimos. (ECONOMIA / PÁG. B3)

 

 

Do palácio à prisão 

Governador reeleito com 66% dos votos, um recorde no Rio, Sérgio Cabral completa hoje o primeiro ano na cadeia. O candidato que começou a carreira se opondo a velhas práticas da política já acumula 72 anos de prisão – e pode chegar a 300 anos, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro, entre outros crimes, informa Roberta Pennafort. A defesa nega as acusações. ((POLÍTICA / PÁG. A6)

 

 

Brasileira é morta por policiais em Portugal

Ivanice da Costa teve o carro atingido por 20 tiros depois de a polícia confundir o veículo com o de bandidos. É a primeira morte pela polícia no país em 2017. (METRÓPOLE / PÁG. A13)

 

 

Tucanos tentam saída negociada do governo

Parte do PSDB defende “diluir” a saída do governo, a fim de manter uma “porta aberta” para uma possível coligação com o PMDB em 2018. Partido ainda tem três ministérios. (POLÍTICA / PÁG. A8)

 

 

Idealizador do Instituto Inhotim é condenado

A Justiça Federal em Belo Horizonte condenou o idealizador do Instituto Inhotim, Bernardo de Mello Paz, a 9 anos e 3 meses de prisão por lavagem de dinheiro. Segundo o MP, US$ 98,5 milhões repassados por um fundo para a manutenção do museu em Brumadinho (MG) teriam sido usados por empresas de Paz. (CADERNO2 / PÁG. C8)

 

 

MPF pede bloqueio de R$ 24 mi de Lula e filho (Política / Pág. A7)

 

 

Resistência à mudança

Tem-se visto desarrazoada oposição à nova legislação trabalhista, como se ainda estivesse em discussão se deve ou não valer. Ora, a Lei 13.467/2017 está vigente e deve ser respeitada. (PÁG. A3)

 

 

Saindo do aperto 

Aumento das vendas no varejo reflete a melhora das condições de vida do brasileiro. (PÁG. A3)

————————————————————————————

 

Folha de S. Paulo

 

Manchete: Temer freia incentivo a montadora por pacto comercial com Europa

Setor automobilístico faz pressão para o governo aprovar

O governo federal não autorizará a implementação do Rota 2030, programa industrial que substituiria o Inovar Auto a partir de 2018, até que o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia seja fechado. Pessoas a par das discussões consideram que o novo incentivo para o setor automobilístico inclui benefícios que podem se tomar mais um obstáculo ao tratado. O presidente Michel Temer não quer pôr em risco a chance de concluir o pacto comercial com os europeus. O peemedebista considera o acordo um feito político importante para seu governo —as negociações, que já duram 17 anos, podem ser concluídas atê dezembro. O Inovar Auto termina no último dia de 2017, e as montadoras querem que o Rota 2030 seja aprovado atê lá. O novo programa prevê desconto de atê dez anos no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para as empresas que cumprirem metas de eficiência energética, segurança veicular e investimentos em pesquisa.
Há, entretanto, dúvidas sobre a manutenção do tratamento diferenciado entre nacionais e importados, o que levou o Brasil a condenação na OMC (Organização Mundial do Comércio). Para o Ministério do Desenvolvimento, os termos do Rota 2030 não provocariam objeção dos europeus. Representantes das montadoras se reuniram na terça com Temer e os ministros da Fazenda (Henrique Meirelles) e da Indústria (Marcos Pereira), mas o impasse não foi resolvido. (Mercado A14)

 

 

Em Portugal, brasileira é morta a tiros por engano

Uma brasileira de 36 anos foi baleada e morta por engano por policiais de Lisboa na madrugada de quarta, 15. Eles confundiram o carro em que Ivanice Carvalho da Costa estava com um veículo usado por assaltantes e fizeram vários disparos. Segundo a corporação, o marido dela, que dirigia, não obedeceu às ordens de parar e tentou atropelar agentes durante a fuga. Essa foi a primeira morte provocada pela polícia de Portugal neste ano. (Mundo A10)

 

 

Picciani, chefe da Assembleia do Rio, é preso pela PF

Após tribunal decretar sua prisão, 0 presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani (PMDB), se entregou na sede da Polícia Federal. Outros dois parlamentares da sigla foram detidos. Investigados por favoreci-mento a empresas de ônibus, eles negam as acusações. A detenção ainda precisa ser confirmada por deputados estaduais. (Poder A4)

 

 

Justiça condena criador do museu Inhotim à prisão

Bernardo Paz foi condenado em primeira instância a nove anos de prisão por lavagem de dinheiro em empresas das quais foi sócio. Ele é idealizador do museu Inhotim, um dos maiores centros de arte ao ar livre da América Latina. A defesa, que recorreu da sentença, afirma que ela é injusta. (Mercado A17)

————————————————————————————

Cantores classificados disputam premiação em palco aberto no dia 20 de dezembro                                             

 

Canoinhas viveu uma noite memorável neste feriado da Proclamação da República! Os cantores que subiram ao palco da Sociedade Beneficente Operária (SBO) no 1º Festival da Canção Revelando Talentos fizeram com que os sentimentos florescessem! Músicas arrancaram suspiro do público, outras canções atingiram em cheio o coração ao falar sobre Deus, outros ritmos davam vontade de dançar!

 

 

O prefeito Beto Passos comenta que as interpretações de vários gêneros e estilos mostraram que Canoinhas tem muitos talentos “e por isso cumprimos com o nosso objetivo de dar oportunidade para que os canoinhenses pudessem sentir a capacidade dos nossos músicos”.

 

 

 

26 artistas apresentaram interpretações nos estilos gauchesco, sertanejo, pop/rock, MPB e gospel. 15 estão classificados para a próxima etapa que acontece no dia 20 de dezembro na Praça Lauro Müller – o evento integra a programação do Natal da Paz que o Governo do Município está organizando. Os classificados já garantiram os troféus, mas disputam a premiação em dinheiro. Cada primeiro lugar, por categoria, receberá R$ 500, o segundo lugar levará R$ 300 e o terceiro R$ 200. O corpo de jurados levou em consideração os seguintes quesitos: afinação, percepção, dicção, presença de palco, melodia, harmonia e ritmo.

 

 

O 1º Festival da Canção é promoção do Governo de Canoinhas por meio da Fundação Cultural Helmy Wendt Mayer. “A avaliação que faço é muito positiva. É possível perceber claramente uma evolução dos nossos artistas em apresentações graças as oportunidades que estão tendo de se apresentarem em eventos como o Música na Praça e o Família no Parque”, destaca maestro Luisinho, gestor da Fundação Cultural e organizador do Festival.

 

 

 

De acordo com Luisinho, os donativos arrecadados serão doados a famílias carentes do município. “Vamos registrar esta entrega e depois compartilhar pelos canais oficias de comunicação da prefeitura”, explica.

 

CLASSIFICADOS

Gênero: gauchesco e sertanejo

1º Diego e Banda, com a música “Mercedita”

2º Ismaylaine Andrade Alves, com a música “Eu sei de cor”

3º Arilson Miguel Pazda, com a música “Bebendo Demais”

4º Larissa dos Santos, com a música “Nascemos para cantar”

5º Ariel Zaniz Stopa, com a música “Disparada”

 

Gênero Pop/Rock/MPB

1º Paulo Ruan Andrezick, com a música “Camila”

2º J Rodrigues, com a música “Malandragem”

3º Mauro Zadoreski Jr, com a música “Alucinação”

4º Sabrina, com a música “Do lado de cá”

5º Everton Ferreira de Melo e Luiz Carlos Herbst, com a música “Alexandria”

 

Gênero Gospel

1º Ariane Gonçalves, com a música “Teu Santo Nome”

2º Jordânio Andrei Martins da Silva, com a música “O Grande”

3º Lucas e Elizier, com a música “Quando eu chorar”

4º Samara Rodrigues, com a música “Conquistando o Impossível”

5º Claudinei Schetz Ribeiro, com a música “Aleluia”

 

Motorista teria sofrido, possivelmente, um mal súbito, segundo a empresa                                                          

 

Rosilda Konkel seguia com seu carro Voyage subindo a rua Dona Francisca, no bairro Piedade, em Canoinhas, quando foi surpreendida por um caminhão da Casan que descia desgovernado em marcha ré, não dando tempo de ela escapar da colisão. A traseira do caminhão colidiu na frente de seu carro. O acidente aconteceu no fim da tarde desta terça-feira, 13.

 

 

Depois de colidir contra o carro de Rosilda, o motorista do caminhão ainda bateu em uma árvore. Segundo ela, o motorista fugiu do local do acidente rumo ao centro de Canoinhas.

 

 

A Polícia Militar foi chamada e registrou boletim de ocorrência depois de abordar o motorista do caminhão nas proximidades do Supermercado Steidel. Apesar do prejuízo material, Rosilda não sofreu ferimentos.

 

 

A Casan alega que o motorista estava sob tratamento médico e que possivelmente teve um mal súbito. A empresa afirmou que vai pagar todas as despesas à Rosilda.

 

 

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira, 16, no Rio de Janeiro, que a partir da zero hora desta sexta-feira, 17, reduzirá os preços da gasolina e do diesel nas refinarias em todo o país. Segundo nota divulgada pela empresa, o diesel terá redução de 1,3%, enquanto a gasolina cairá 0,38%.

 

 

No sobe e desce dos preços dos dois produtos nas refinarias, em sintonia com a nova política da estatal de acompanhar as oscilações dos preços das duas commodities no mercado internacional – onde os aumentos e redução são quase que diários – esta é a sexta queda de preços anunciada pela Petrobras somente este mês para o óleo diesel.

 

 

Desde o último dia 1º, o diesel cobrado nas refinarias fecha os primeiros 17 dias do mês com queda acumulada de preços de 1,3%.

 

 

Com quatro reduções e sete altas desde o último dia 1º, a gasolina, com a queda anunciada para amanhã, fecha o mesmo período com alta acumulada de 3,7% nas refinarias.

Todas as denúncias serão analisadas por policiais civis e encaminhadas aos setores competentes                                                    

 

A Polícia Civil de Santa Catarina lançou nesta quinta-feira, 16, o número de WhatsApp (48) 98844-0011 para informações e denúncias. O serviço ficará à disposição da população ininterruptamente, tendo como principais características: facilidade, agilidade e garantia de sigilo absoluto. Esta ferramenta representa mais uma importante forma de mobilização social contra a violência e a criminalidade.

 

 

De acordo com a Diretoria de Inteligência da Policia Civil (DIPC), o cidadão poderá enviar mensagens com fotos, vídeos e documentos para auxiliar nas investigações. A iniciativa ainda estimula as pessoas a adotarem um comportamento proativo e solidário, caso testemunhe ou tenha conhecimento de algum delito.

 

 

Todas as denúncias serão analisadas por policiais civis e encaminhadas aos setores competentes do órgão policial para apuração. A ideia é que a sociedade participe e colabore com a segurança pública, auxiliando nas ações policiais.

 

 

A expectativa é que, com a nova ferramenta, o número de denúncias aumente, já que o aplicativo é bastante popular, rápido de usar, funcionará 24 horas e tem garantia de anonimato.

Este é o segundo ano que o projeto é levado para cidades catarinenses onde o Sesc está presente

 

 

Neste sábado, 18, o Sesc em Santa Catarina realiza o projeto “Cidadão do Bem” em onze cidades do Estado, com a participação de diversos parceiros locais e voluntários. A iniciativa levará gratuitamente serviços básicos e essenciais às populações de Blumenau, Brusque, Canoinhas, Curitibanos, Itajaí, Jaraguá do Sul, Mafra, Porto Belo (org. Sesc em Tijucas), Rio do Sul, São Miguel do Oeste e Tubarão. Entre as ações oferecidas estão ações de saúde preventiva, atividades recreativas e culturais, além de informações sobre a atuação do Sesc nas áreas de Educação, Saúde, Cultura, Lazer e Assistência.

 

 

Este é o segundo ano que o projeto é levado para cidades catarinenses onde o Sesc está presente. Em 2017 foram três edições em cidades diferentes, sendo esta a última do ano. O objetivo do Sesc com esta ação é proporcionar a inclusão social e o fortalecimento da cidadania, formando parcerias com entidades públicas, privadas e comunidade, visando um programa de responsabilidade social integrado.  Como instituição signatária do Movimento Nós Podemos SC, também contribui com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), ação global que busca fortalecer a paz universal e erradicar a pobreza em todas as suas formas e dimensões.

 

 

“Tivemos um excelente resultado nas edições passadas e consolidamos este evento em nosso calendário estadual. Novamente vamos formar uma grande rede de parcerias em prol do desenvolvimento social, para o acesso a serviços básicos à comunidade, fomentando a responsabilidade, o respeito, a cooperação e a solidariedade. Nosso objetivo é contribuir para o exercício da cidadania da população envolvida”, salienta Fernando Dysarz, Diretor de Lazer e Assistência do Sesc/SC.

 

 

Programação em Canoinhas

– Apresentação de manobras com bike;

– Pintura facial;

– Recreação;

– Distribuição de mudas de hortaliças;

– Orientação sobre aproveitamento integral dos alimentos;

– Mateada;

– Demonstração de segurança do trabalho e primeiros socorros;

– Experiências químicas;

– Serviços de saúde, com ambulância;

– Apresentação ROCAM;

– Oficinas diversas;

– Teste de acuidade visual;

– Orientação sobre finanças e orçamento familiar;

– Dinâmicas de grupo;

– Oficina com plantas medicinais;

– Entre outras ações.

 

 

Parceiros: Grupo Mallon, EPAGRI, Senai, Ervateira Timbó, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, CRAS 2, Escola Municipal Castelo Branco, Centro Comunitário COHAB I, Senac, UnC

 

 

 

+ Movimento Nós Podemos SC

O Sesc é uma instituição signatária do Movimento Nós Podemos SC e com o projeto “Cidadão do Bem” fortalece seu compromisso em contribuir aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Os ODS são um plano de ação global que busca fortalecer a paz universal e erradicar a pobreza em todas as suas formas e dimensões. Os países membros das Nações Unidas (ONU) aprovaram a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, comprometendo-se em alcançar estas metas até 2030. Através das ações realizadas pelo Sesc Cidadão do Bem, o projeto está direcionado a contribuir com as metas dos ODS1 e ODS3, de “Erradicação da pobreza” e “Saúde e Bem-Estar”.

O jogo foi bem movimentado e logo no primeiro minuto o Flu abriu o placar com um gol de Henrique

 

 

O Corinthians venceu o Fluminense por 3×1, ontem, em São Paulo, e conquistou, antecipadamente, pela sétima vez, o Campeonato Brasileiro da série A.

 

 

O jogo foi bem movimentado e logo no primeiro minuto o Flu abriu o placar com um gol de Henrique. A partir daí, o time paulista começou a pressionar a equipe carioca, mas o primeiro tempo terminou com a vantagem tricolor.

 

 

Na etapa final, logo no primeiro minuto, Jô empatou: 1×1. Depois, com gols de Jô e Jadson, o Corinthians consolidou sua vitória e o título numa noite de festa no estádio Itaquera.

 

 

O Corinthians liderou o campeonato desde a quinta rodada. Para muitos, é a melhor equipe da competição. Sua torcida fez festa nas ruas de São Paulo durante toda a madrugada.

 

 

Com a derrota, o Fluminense segue ameaçado de rebaixamento.

 

 

Outros resultados de ontem

Vasco 1×1 Atlético Mineiro

Grêmio 1×0 São Paulo

Cruzeiro 2×2 Avaí