< novembro 2017 - JMais | Jornalismo Digital Archive | JMais | Jornalismo Digital

Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

O Centro Médico irá atender pacientes particulares com valores reduzidos para consultas e exames

 

Foi inaugurado na tarde desta quarta-feira, 29, o novo centro médico do Hospital Santa Cruz, que iniciou suas atividades nesta quinta-feira, 30, no antigo Pronto Atendimento (PA).

 

 

O espaço passou por uma reforma com recursos da Cia Canoinhas, Medprev e do próprio Hospital, tornando-o apto a atender a população, com três consultórios e uma sala de procedimentos, além da recepção.

 

 

Segundo o diretor administrativo do HSCC, Derby Fontana Neto, o objetivo do Centro Médico também é de desafogar a demanda do SUS e trazer recursos para o Hospital, que depende dos repasses realizados pelo governo federal, estadual, municipal e doações da população.

 

 

O presidente do Hospital, Artur Rogério Burgardt, agradeceu os parceiros deste projeto e as lideranças do poder público municipal que estão sempre engajados nas causas da entidade. Por sua vez, o prefeito Beto Passos elogiou a atual administração do Hospital e os avanços ocorridos nos últimos anos.

 

 

O Centro Médico irá atender pacientes particulares com valores reduzidos para consultas e exames.

Os policiais Antônio Wilson Kieski, Jorge Henrique Ferreria e Cordeiro Bonka foram agraciados com brasão de mérito pessoal

 

 

O prefeito de Canoinhas, Beto Passos, recebeu na manhã desta quarta-feira, 29, a comenda de amigo do 3º Batalhão da Polícia Militar. A entrega aconteceu durante solenidade de aniversário de 57 anos do batalhão que reuniu autoridades civis, militares, familiares e imprensa na sede da PM de Canoinhas.

 

 

“Ser amigo de uma instituição como 3ºBPM é uma dádiva e uma alegria que eu levarei para toda a minha vida”, disse o prefeito Beto Passos durante o ato. O chefe do Poder Executivo garantiu que o Município sempre estará ao lado da PM: “é vibrante poder olhar para todos estes policiais e dizer que nós temos a melhor Polícia Militar do Brasil, uma polícia séria, dedicada e comprometida. Eu olho para os senhores e senhoras e imagino quantas vidas os senhores salvaram e protegeram ao longo destes 57 anos”.

 

 

Durante o ato foram homenageados policiais que agora estão na reserva remunerada: Rubens Graciliano de Araújo, Deonito Daichman, Djalma Wendt, Antonio Rodrigues, Julio Gritz. A policial Chaiana Knorek recebeu referência elogiosa. O policial Graciano, em nome dos PMs que atenderam uma ocorrência de destaque, também recebeu referência elogiosa. Militares foram condecorados com medalhas por tempo de serviço: Anderson Pilaty, Ari Henrique Guesser, Henrique Tomaschitz, Sandra Maria Piechontcoski, Adir Mendes, Rubens Graciliano de Araújo Junior e Roberto Furtado.

 

 

Priscila Noernberg /Divulgação

Os policiais Antônio Wilson Kieski, Jorge Henrique Ferreria e Cordeiro Bonka foram agraciados com brasão de mérito pessoal. Ainda durante a solenidade receberam premiação por se destacarem no desempenho de suas funções dos PMs Thiago Willian Eduardo da Silva, David Willian Mibach e Eduardo Gemelli.

 

 

Além da homenagem ao prefeito Beto Passos, outros dois civis também receberam a comenda Amigo do 3ºBPM: Elpídio Pedro Fabris e Armando Lúcio Theodorovitz.

Quatro escolas do Planalto Norte são destaques no Prêmio Epagri Escola Ecologia                                            

 

 

No dia 14 de novembro foram divulgados os nomes das escolas do Planalto Norte que se destacaram na edição 2017 do Prêmio Epagri Escola Ecologia Márcia Mortari. O projeto vencedor foi “As linguagens do Bambu”, desenvolvido pela unidade de ensino Juliana Tomporoski Krull, do município de Bela Vista do Toldo. Outras três escolas receberam o título de destaque: Emilio Engel, de São Bento do Sul, com o projeto “Valorizando a nutritiva planta erva-mate, o meio ambiente regional e as práticas sustentáveis”; Rodolfo Berti, da São Bento do Sul, com o projeto “Do lixão ao pomar”; e Alberto Wardenski, de Canoinhas, com o projeto “Solo vivo”.

 

 

As escolas destaque receberam certificados e prêmios pela participação. A primeira classificada ganhou também uma viagem de estudos para a Floresta Nacional de Três Barras (Flona), realizada pelos alunos no final de outubro.  Eles participaram de trilha, conheceram a história da Flona e os trabalhos lá desenvolvidos. No retorno conheceram o Centro de Treinamento da Epagri de Canoinhas e suas unidades didáticas.

 

 

O evento de premiação foi no Campus Canoinhas do Instituto Federal de Santa Catarina.Uma exposição de trabalhos relativos aos projetos proporcionou troca de experiências entre alunos das quatro escolas e oportunizou um contato mais estreito com as autoridades e lideranças que prestigiaram o evento. “Cada escola apresentou um resumo de seu projeto, complementado com imagens, explicações detalhadas, apresentações de paródias, dança tradicional cabocla, enfim, foram momentos muito ricos de valorização da cultura de nossa região e do maravilhoso trabalho na área de educação ambiental que é realizado no Planalto Norte”, relata agerente da Epagri de Mafra, Bernadete Grein.

 

 

Participaram do concurso nove escolas na UGT 4, que abrange as regionais da Epagri de  Mafrae de Canoinhas. Ao todo, foram envolvidos 2012 alunos. A Comissão de avaliação foi formada por representantes da Epagri, Cidasc, Fatma e Polícia Ambiental. Esse prêmio é executado pela Epagri com apoio financeiro do Programa SC Rural. Desde 2008, é denominado “Márcia Mortari” em homenagem à extensionista da Epagri, já falecida, que realizou um trabalho ambiental de destaque no Alto Vale do Itajaí. O objetivo é premiar as escolas públicas que desenvolvem trabalho de educação ambiental rural visando à construção de sociedades sustentáveis em parceria com a sociedade civil e instituições públicas e privadas.

 

 

Bernadete destaca que a emoção dos presentes deixou bem claro que, mesmo com o encerramento do SC Rural, essa atividade de reconhecimento das ações de educação ambiental precisa continuar.  “Para isso serão buscadas parcerias, a exemplo da edição 2017, que teve diversos apoiadores além do Programa SC Rural e do IFSC”.

 

Reforma foi viabilizada por meio do projeto “Adote um quarto”, do qual a WestRock participa desde 2016

 

A Clínica Médica e Cirúrgica do Hospital de Três Barras ganhou nesta quinta-feira, 30, quatro quartos reformados com o apoio da WestRock. A transformação foi viabilizada por meio do projeto “Adote um quarto”, do qual a empresa participa desde 2016.

 

 

De acordo com a diretora administrativa da Fundação Hospitalar de Três Barras, Luciane Weinfurter, o objetivo da reforma é oferecer à comunidade um atendimento com mais qualidade, acolhimento e humanização, além de adaptar a infraestrutura às exigências de entidades reguladoras. “Os quartos foram planejados para proporcionar segurança e bem-estar aos envolvidos na assistência e, assim, contribuir no processo de reestabelecimento do paciente”, explica Luciane. “A arquitetura é um elemento terapêutico importante, capaz de atenuar a dor”, completa.

 

 

Os quatro quartos da Clínica Médica e Cirúrgica foram completamente transformados. Houve substituição de piso, pintura, adequação de janelas, inclusão de barras de proteção, reforma hidráulica, elétrica, rede de oxigênio e ar comprimido, além de mobiliário novo e confortável.

 

 

A gerente de Comunicação Corporativa da WestRock, Cynthia Wolgien, destaca que apoiar iniciativas como essa está no DNA da empresa. “Somos uma empresa responsável e comprometida com o desenvolvimento socioeconômico das regiões onde atuamos. E apoiar a saúde nas comunidades onde atuamos é umas das prioridades em investimento social para a WestRock”, afirma.

 

 

O Hospital de Três Barras atende cerca de 400 pacientes por mês, em 23 quartos. Aproximadamente 89% dos atendimentos clínicos são direcionados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). A WestRock apoia a instituição há muitos anos. Por meio de repasse feito pela empresa, o hospital construiu uma ala administrativa, adquiriu um aparelho de videolaparoscopia, um aparelho de raio-X, uma autoclave para realização de esterilizações, entre outros.

 

Filme aterrorizante mostra mulher envolvida em uma trama assustadora                            

 

Estreou nesta quinta-feira, 30, no Cine Max Canoinhas, um dos filmes de terror mais assustadores do ano. A Noiva conta a história de Nastya (Victoria Agalakova), uma jovem mulher que viaja com seu futuro marido para a casa da família dele.

 

 

Logo após chegar, ela percebe que a visita pode ter sido um erro terrível. Rodeada por pessoas estranhas, ela passa a ter visões horríveis à medida que a família do seu futuro esposo a prepara para uma tradicional cerimônia de casamento eslava.

 

VEJA TRAILER, DATAS E HORÁRIOS

QUINTA, 30

2D  21h20

 

 

SEXTA, dia 1º

2D  19h

 

 

SÁBADO, 2

2D  21h20

 

 

DOMINGO, 3

2D  21h20

 

 

O Grêmio venceu o Lanús por 2×1, ontem à noite, em Buenos Aires, na Argentina, e conquistou pela terceira vez a Taça Libertadores da América. O time brasileiro foi superior tecnicamente durante toda a partida.

 

 

“Tenho um grupo maravilhoso, um grupo trabalhador que merecia ser campeão. Foi um tremendo jogo, são verdadeiros guerreiros”, disse o técnico Renato Gaúcho durante as comemorações.

Canoinhenses tiveram boa oportunidade para apreciar produtos vindos diretamente do campo no final de semana

 

Sábado, 25, aconteceu a IX Mostra da Amora Preta e I Mostra da Agricultura Familiar de Canoinhas. A realização foi da Prefeitura de Canoinhas, Epagri, Ifsc e Embrapa. O evento teve como objetivo promover a integração entre produtores e consumidores.

 

 

“Fiquei muito contente com a qualidade dos produtos vindos do nosso interior. Nossos agricultores estão de parabéns”, comentou o prefeito Beto Passos durante o evento.

 

 

Priscila Noernberg /Divulgação

Além dos produtos in natura, o consumidor pode apreciar fabricações feitas com a amora, como doces, geleias e licores.

 

Professores, diretores e coordenadores, além de alunos das creches e escolas da rede municipal de ensino participaram do evento no anfiteatro Vereador Milton Miguel

 

 

“Um olhar para a sala de aula” foi o tema central da qualificação realizada entre os meses de setembro e novembro deste ano com educadores dos anos iniciais da rede municipal de ensino de Três Barras, tendo como base as metas estabelecidas pelo Pacto Nacional de Alfabetização na Idade Certa (Pnaic).

 

 

Sob a supervisão do Governo do Município, através da secretaria de Educação, Cultura e Esporte, recursos didáticos e estratégias de ensino que aliam teoria e prática foram desenvolvidos em cem horas de capacitação e que teve as atividades em 2017 encerradas durante seminário na terça-feira, 28.

 

 

Professores, diretores e coordenadores, além de alunos das creches e escolas da rede municipal de ensino participaram do evento no anfiteatro Vereador Milton Miguel, no distrito de São Cristóvão.

 

 

Secretário de Educação Antônio Tsunoda falou sobre a importância dos professores na abertura dos trabalhos. Rodrigo Melo /Divulgação

Na abertura dos trabalhos, pela manhã, secretário de Educação Antônio Tsunoda destacou a importância dos professores na aplicação correta do conhecimento e na formação das crianças para o futuro. “Está em vocês (educadores) essa capacidade de fazer com que os alunos aprendam a ler, escrever e interpretar”, ressaltou.

 

 

 

 

Uma das apresentações trabalhadas em sala de aula. Rodrigo Melo /Divulgação

Ainda pela manhã, alunos e professores apresentaram parte das atividades realizadas em sala de aula e focadas nos ensinamentos repassados aos educadores durante o curso de aperfeiçoamento. Implantado em 2012 e assumido pelos Governos Federal, dos Estados e dos Municípios, o Pnaic estabelece a obrigatoriedade da alfabetização de todas as crianças até o final do 3° ano do ensino fundamental.

 

 

 

Público que participou das atividades de encerramento do Pnaic. Rodrigo Melo /Divulgação

À tarde, os participantes tiveram uma palestra com a psicóloga Cleuza Maria Peres de Carvalho, que abordou o tema “A importância do professor na mediação do processo de desenvolvimento e aprendizado das crianças”. A coordenadora do Pnaic a nível de região, Ana Bedritchuk, da Gerência de Ensino da ADR Canoinhas, acompanhou a fase final do seminário.

 

 

 

 

O município de Três Barras aderiu ao pacto em 2013 e, desde então, vem desenvolvendo ações voltadas à alfabetização e a qualificação de seu corpo docente.

 

 

Sob a coordenação de Sueli Madeira, os encontros do Pnaic tiveram o respaldo e orientação pedagógica das formadoras Marilda Lorena Padilha e Maria Cristina de Araújo. A segunda etapa da qualificação acontece no próximo ano, entre os meses de março e maio, com carga horária semelhante ao curso recém finalizado.

Membros da direção e funcionários da entidade acompanharam o anúncio feito na tarde de terça-feira, 28, pelo vereador presidente Laudecir Gonçalves

 

 

As sobras financeiras do exercício 2017 da Câmara de Vereadores de Três Barras e que serão devolvidas à prefeitura já têm destino definido: a Fundação Hospitalar.

 

 

Membros da direção e funcionários da entidade acompanharam o anúncio feito na tarde de terça-feira, 28, pelo vereador presidente Laudecir Gonçalves, o Barriga (PR), durante uma das três sessões extraordinárias realizadas para votar projetos de lei encaminhados pelo Executivo Municipal.

 

 

Segundo ele, a destinação do valor de R$ 170 mil à entidade é de comum acordo entre os vereadores e o prefeito municipal. “Isso será oficializado já na próxima semana, assim que a Câmara concretizar a operação bancária que devolve os recursos à prefeitura”, explicou.

 

 

Ao fazer uso da palavra, o presidente da Fundação Hospitalar Luiz Alberto Jenzura agradeceu o constante auxílio financeiro do município à entidade. “Mais de 95% dos recursos que hoje recebemos são da prefeitura”, garantiu.

 

 

Na ocasião, Jenzura ainda informou que o valor será utilizado na manutenção dos serviços e no custeio do pagamento do 13° salário dos funcionários.

 

 

Presente na reunião, prefeito Luiz Shimoguiri disse que o governo municipal se compromete em manter a parceria para os próximos anos. “Se preciso for, pediremos autorização da Câmara e faremos novo repasse para que o hospital consiga honrar o pagamento dos funcionários”, acrescentou.

 

 

Em sua fala, Shimoguiri também destacou o respaldo que os vereadores dão a administração municipal, tanto na apreciação e aprovação das matérias de interesse da comunidade, quanto na apresentação de sugestões ao governo.

 

 

Além da concordância pelo repasse de valores à Fundação Hospitalar, governo e vereadores já haviam firmado outra parceria importante na metade desse ano, quando parte dos recursos que seriam destinados à Câmara passaram a ser usados como auxilio financeiro para as pessoas que utilizam transporte para estudar fora da cidade. O valor total de R$ 55 mil foi descontado em sete parcelas.

A expectativa é distribuir o novo fardamento escolar já no primeiro dia de aula, em fevereiro

 

 

Os alunos da rede municipal de ensino de Três Barras vão começar o ano letivo de 2018 com roupas novas. O Governo do Município, por intermédio da secretaria de Educação, Cultura e Esporte fez a aquisição de três mil kits de uniformes para os estudantes da educação infantil e do ensino fundamental.

 

 

A expectativa é distribuir o novo fardamento escolar já no primeiro dia de aula, em fevereiro. Cada kit contará com uma japona, uma jaqueta, uma calça, uma bermuda, duas camisetas, um suéter de lã e um par de meias, todos padronizados com o brasão do município.

 

 

O diferencial no material que será entregue nos berçários e salas de maternal será o par de meias com solado emborrachado, que garante mais aderência e segurança às crianças.

 

 

Na opinião do prefeito Luiz Shimoguiri, o uso de uniforme promove a igualdade e eleva a autoestima das crianças, o que auxilia no processo de aprendizagem. “A administração municipal está pensando no bem estar dos nossos alunos, fazendo com que se sintam cada vez mais valorizados”, argumenta.

 

 

A escolha dos modelos e cores da nova vestimenta escolar foi feita por comissão da própria secretaria de Educação. Todo o material deverá ser entregue à prefeitura em dezembro.