< outubro 2017 - JMais | Jornalismo Digital Archive | JMais | Jornalismo Digital

Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Polícia abortou operação de tráfico e deteve cinco suspeitos                                             

 

Por volta do meio-dia desta terça-feira, 31, equipes da Polícia Militar (PM) de Canoinhas receberam a denúncia de que jovens iriam comercializar cocaína, e que se deslocariam com um táxi e com um Gol até o bairro Jardim Esperança na rua Henrique Sorg, em Canoinhas.

 

 

Equipes de rondas, juntamente com policiais da Agência de Inteligência do 3º BPM flagraram a chegada dos veículos, sendo que o condutor do VW Gol, de 21 anos de idade, desceu do carro e entregou um invólucro branco para outro jovem com 19 anos de idade que estava no táxi.

 

Os policiais militares abordaram os veículos, sendo que no VW Gol foram encontrados dois jovens com 21 e 23 anos de idade. Após revista veicular, nada de ilícito foi localizado. Já no táxi estavam três suspeitos, sendo o condutor, mais um jovem com 19 anos de idade e um adolescente com 16 anos de idade.

 

PM/Divulgação

Após revista veicular, foi localizado no chão do veículo um invólucro, com características semelhantes à cocaína, fato logo confirmado por um dos suspeitos, totalizando 50 gramas da substância. Questionados os envolvidos se havia mais drogas em suas casas, eles afirmaram que sim.

 

Na casa do jovem com 19 anos de idade foi encontrada maconha já fracionada, totalizando 5 gramas e na casa do adolescente foram localizados 295 gramas de maconha fracionadas em 55 buchas, mais um tablete ainda não fracionado, uma balança de precisão e papel filme para embalar.

 

Todos os envolvidos foram detidos e conduzidos até a Delegacia.

A princípio autarquia seguiria atendimento em meio expediente, o que mudou nesta semana                                                        

 

 

O Instituto Geral de Perícias (IGP) passou a atender desde esta segunda-feira, 30, das 9 às 18 horas, sem fechar para o almoço. Até então a autarquia estadual atendia das 12 às 18 horas.

 

O Instituto Médico Legal (IML) continua atendendo das 13 às 18 horas para exames de corpo de delito.

 

As alterações visam suprir a demanda, especialmente para confecção da carteira de identidade. Segundo o IGP, em período de rematrícula e matrícula escolar aumenta a demanda porque as escolas têm exigido RG dos alunos. “Estendemos o horário para não formar fila”, afirma o Instituto.

 

 

SAIBA QUAIS OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA FAZER O RG

CERTIDÃO  ORIGINAL ou CÓPIA AUTENTICADA, sem rasura e em bom estado de conservação, sem emendas, informando local de nascimento, Município e Estado:

* Se solteiro: Certidão de Nascimento.

* Se casado: Certidão de Casamento.

* Se separado, divorciado ou viúvo: Certidão de Casamento com a devida Averbação.

 

 

* Se nascido no exterior: Certidão de Nascimento com translado do registro consular / Certificado de Naturalização / Certidão de Igualdade de Direitos / Certidão de Opção de Nacionalidade.

 

 

  •  01 Foto 3×4 recente, colorida, de frente, com fundo branco, sem sorriso, sem data, sem retoques, sem camiseta branca ou regata, sem acessórios na cabeça ou adornos que encubram o rosto ou orelhas (não usar foto da carteira anterior).

 

Menores de 16 anos deverão estar acompanhados pelo pai, mãe ou responsável legal, com a devida documentação. Será solicitada a apresentação do RG do acompanhante.

 

 

A Inclusão do CPF não é obrigatória.

 

 

VALOR E PRAZO DE ENTREGA:

* 1ª Via: Isenta (Lei 12.687 de 17/08/2012).

 

 

* 2ª Via: R$ 34,97 (guia emitida no ato da solicitação da carteira de identidade).

 

 

* Entrega em 15 dias após o pagamento da taxa.

 

 

 

 

Cinco suspeitos foram detidos pela Polícia Militar                                                                  

 

Cinco suspeitos de participação em um furto foram detidos na tarde de segunda-feira, 30, pela Polícia Militar. A ocorrência iniciou depois que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Canoinhas, que administra o Parque de Exposições Ouro Verde, foi acionada por populares porque os fios de luz da cancha de bocha estavam sendo furtados.

 

 

A Polícia Militar foi informada e deteve uma pessoa quando ela tentava furtar os fios. A partir de informações colhidas no local, os outros quatro foram encontrados e também são suspeitos de terem participação na tentativa de furto.

 

 

“Estamos tentando combater a depredação do Parque com melhoria na infraestrutura e à medida que o Parque é melhor usado, mas infelizmente quando nos deparamos com uma cena destas ficamos chateados porque quem furta não destrói algo que é da prefeitura, mas um bem de toda a população”, comenta o secretário de Desenvolvimento Econômico, Paulo Machado.

 

 

“Mas isso não nos impedirá de continuar melhorando aquele ambiente que tão bem tem feito aos canoinhenses. Agradeço aos que nos informaram sobre o furto, a Polícia Militar e aos nossos colaboradores Robson Werka e Roberto das Neves que impediram que o local fosse ainda mais deteriorado”, afirma Machado.

Na casa do acusado, a PM encontrou duas pedras de crack                                               

 

Na noite desta segunda-feira, 30, equipes da Polícia Militar de Canoinhas foram chamadas na rua Frei Menandro Kamps, área central do município, para verificar denúncia de furto de bicicleta.

 

 

No local, os policiais militares conversaram com a vítima, de 16 anos de idade, que relatou que um homem roubou sua bicicleta, indicando o local onde ocorreram os fatos, na mesma rua.

 

 

Os policiais avistaram o suspeito na janela de um apartamento e após abordagem, ele confessou ter roubado a bicicleta. O homem foi um dos 30 detidos da Unidade Prisional Avançada (UPA) de Canoinhas que recebeu tornozeleira eletrônica para cumprir prisão domiciliar há dois meses.

 

 

Ainda na casa dele a PM encontrou duas pedras de crack. Diante dos fatos o homem com 29 anos de idade foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia.

Culto acontece nesta terça-feira, 31, data em que Martinho Lutero provocou uma verdadeira revolução

 

Priscila Noernberg

colaborou

 

Há cinco séculos Martinho Lutero deixava legado de uma nova compreensão das Escrituras Sagradas em todo o mundo Alemanha, século XVI: o Monge Lutero busca respostas sobre Deus. Ele as encontra na Bíblia. Descobre um Deus amoroso e que não vende o perdão. Isso se chama graça, recebida pela fé em Jesus Cristo, fé que nos deixa livres para servir. Essa descoberta de Lutero resultou no que chamamos de Reforma.

 

 

Na sua busca por paz com Deus, Lutero deixa o legado de uma nova compreensão das Escrituras Sagradas em todo o mundo. A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) é uma herdeira desse legado e a Paróquia de Canoinhas é de igual forma.

 

 

A Reforma tem um grande significado, seja pelo enfoque histórico, seja, especialmente, por causa da Teologia. Afinal, a Reforma foi responsável por transformações determinantes no rumo da sociedade.

 

 

A Reforma Luterana teve origem na cidade de Wittenberg, na Alemanha. O marco do movimento foi 31 de outubro de 1517, quando Lutero, então monge católico, publicou 95 teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, em protesto contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica e sugeriu mudanças. É por isso nesta terça-feira, 31, às 19h30, acontece culto no tempo da Igreja Luterana de Canoinhas para marcar os 500 anos da Reforma Protestante.

 

 

Nas 95 teses, a exemplo de outros escritos divulgados na mesma época, Lutero procurou mostrar que Deus perdoa de graça a quem crê em Jesus Cristo. Não se pode comprar o perdão de Deus ou conquistá-lo por méritos ou esforços próprios.

 

 

Segundo Lutero, Deus nos aceita como pessoas justas somente quando cremos e confiamos em Jesus Cristo. Recebemos a salvação pela fé e não pelas boas obras que praticamos. Esta fé leva espontaneamente a produzir boas ações, assim como a árvore saudável produz bons frutos.

 

 

A atitude do monge repercutiu – e muito! Solicitado a se retratar, Lutero não concordou em fazê-lo, a não ser que as suas teses fossem derrubadas com argumentos bíblicos. Então, Lutero foi expulso da Igreja Católica. Como uma das consequências, ocorreu a divisão da Igreja, sem ser esta a pretensão do Reformador.

 

 

O movimento ultrapassou fronteiras e se estendeu a outros países da Europa, chegando ao Brasil em 1824, com a imigração alemã.

 

A FOTÓGRAFA FÁTIMA SANTOS COMPILOU FOTOS HISTÓRICAS DA PRESENÇA LUTERANA EM CANOINHAS

 

LUTERANOS EM CANOINHAS

Dedicar a vida ao trabalho cristão. Isso não é tarefa fácil, mas a Comunidade Evangélica de Confissão Luterana em Canoinhas orgulha-se por ter em sua trajetória pessoas que doaram-se ao amor em Jesus Cristo nestes 96 anos. A educação e o ensino eram atributos que Martin Luther julgava como fundamentais para o desenvolvimento do ser humano que poderiam e deveriam ser de responsabilidade da igreja.

 

 

A comunidade de Canoinhas sempre trabalhou para que as pessoas tivessem acesso ao ensino de qualidade. O surgimento da comunidade está ligado ao processo de aprendizagem: a primeira igreja servia como sala de aula para 25 alunos, em 1923. Lá, os alunos tinham aulas em alemão, ministradas pelo próprio pastor, e em português, oferecidas pelo professor Alinor Vieria Corte.

 

 

Em 1927, era inaugurado um prédio próprio para a escola – parte do atual salão da IECLB Canoinhas. Sete anos depois, a construção fora ampliada e, por causa da demanda, a comunidade abriu um internato, aonde chegaram a ficar quase 50 alunos vindos de outras cidades.

 

 

A história em Canoinhas, contudo, é mais antiga. Em1916, a Igreja Luterana já dava seus primeiros passos na região. Na época, o pastor Otto Kuhr vinha atender cerca de 30 famílias de descendentes alemães que aqui viviam. O projeto de comunidade, contudo, não vingou por causa da Primeira Guerra Mundial.

 

 

Foi apenas em 1921 que a primeira igrejinha abriu as portas para receber seus membros. Um ano depois, chegavam ao Brasil o pastor Georg Weger e sua esposa. Em 1938, o governo brasileiro fez com que o pastor fosse destituído de seu cargo; por ser estrangeiro, não podia mais fazer qualquer atividade na escola. Por causa da guerra, em abril de 1942, o colégio, que contava com mais de 130 alunos, e internato fecharam as portas.

 

 

Depois da Segunda Guerra Mundial, iniciaram as atividades da Haushaltungsschule, uma escola de formação para o lar que atendia moças entre 14 e 20 anos. Na “faculdade”, elas aprendiam cozinhar, bordar, lavar, passar e também tinham disciplinas como ciências e geografia.

 

 

A comunidade de Canoinhas já teve também curso preparatório para a graduação em teologia. Hoje a comunidade mantém o Jardim do Mickey, que funciona a mais de meio século. Além disso, a comunidade tem atuação na área de assistência social e cultural além de ter formado e continuar formando pessoas conscientes de sua responsabilidade civil e que por isso atuam em áreas vitais da sociedade local. Marcas para toda a vida A história que está sendo construída pela Comunidade Luterana vem deixando marcas na vida dos que de um modo ou doutro fizeram e fazem parte desta trajetória.

 

 

Algumas lembranças ficam vivas na memória e no coração. Início e fim de atividades sempre deixam as pessoas tristes, mas nada parece ter sido tão estigmatizado como as entradas e saídas de pastores. A primeira delas foi a do pastor Georg Weger. Como primeiro pastor da comunidade, ele teve papel fundamental na vida de muita gente e no desenvolvimento do município. Weger permaneceu em Canoinhas por 37 anos e foi o precursor da educação na comunidade e um dos responsáveis pelo desenvolvimento educacional da cidade. O reconhecimento veio ao tornar-se Cidadão Honorário de Canoinhas. Outro duro momento enfrentado pelos luteranos foi a perda do pastor Wolfgang – vítima de câncer e fundador da Apoca. Atualmente a igreja está sob os cuidados da pastora Maíze Katiane Dhein e da catequista Rosilene Schultz.

O expediente retorna na próxima segunda-feira (06 de novembro), a partir das 08h

 

 

Devido o feriado de Finados nesta quinta-feira (02 de novembro), o governo de Três Barras decretou ponto facultativo nas repartições públicas municipais nesta sexta-feira (03 de novembro).

 

 

A medida não se aplica aos serviços essenciais e também ao Pronto Atendimento Municipal, que atenderá normalmente a população por meio de escala de trabalho ou plantão.

 

 

Mais informações acesse: www.tresbarras.sc.gov.br/noticias

A prefeitura de Três Barras, por intermédio da secretaria de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda informa o cronograma de entrega das cestas básicas (sacolões) para o mês de novembro:

 

 

Segunda-feira (06 de novembro), para os contemplados da sede do município.

– Retirada na secretaria de Assistência Social, situada a Avenida Rigesa n°240, no centro da cidade;

– Das 08h30 às 12h e das 13h10 às 17h.

 

 

Terça-feira (07 de novembro), para os beneficiários do distrito de São Cristóvão.

– Retirada no anfiteatro Vereador Milton Miguel, situado a Avenida Abrahão Mussi, em frente ao Caic;

– Das 08h30 às 12h e das 13h10 às 16h.

 

 

Quarta-feira (08 de novembro), para as famílias residentes no interior do município.

– Retirada nos pavilhões das igrejas católicas das localidades do Km 06, Campininha e São João dos Cavalheiros;

– Das 08h30 às 12h.

 

 

Para mais informações acesse: www.tresbarras.sc.gov.br/noticias

 

Nesta primeira etapa do programa foram beneficiados 15 criadores de peixe

 

 

Como forma de fomentar a piscicultura em Três Barras, a prefeitura, por meio da secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com a Epagri, realizou na manhã desta terça-feira, 31, a entrega de 15 mil alevinos a pequenos produtores rurais do município.

 

 

Nesta primeira etapa do programa foram beneficiados 15 criadores de peixe. Os pedidos haviam sido feitos no período de 09 a 25 de outubro, na própria secretaria de Agricultura.

 

 

Equipe da secretaria de Agricultura, servidores da Epagri e produtores rurais durante a entrega dos alevinos.
Rodrigo Melo /Divulgação

Foram disponibilizados alevinos das espécies tilápia, carpa capim, carpa húngara, carpa cabeça grande, carpa prateada, carpa colorida, jundiá e cascudo. “Com qualidade genética garantida e a preços acessíveis” disse o secretário João Canani Júnior.

 

 

 

 

 

 

Por se tratar de uma atividade de grande potencial de crescimento, é que o secretário de Agricultura garante que a administração municipal continuará sendo parceira em outras etapas do programa. “Nossa intenção é ampliar ainda mais o número de criadores, já que a comercialização do peixe pode se transformar em uma fonte de renda alternativa aos agricultores familiares”, argumentou.

 

 

Antes da entrega, o servidor da Epagri, Danilo Paiva Sagaz repassou informações acerca de como fazer o transporte e soltura dos alevinos, como também realizar o controle de predadores e a pré engorda. Material explicativo foi distribuído a cada um dos produtores, a fim de orientá-los no manejo.

 

 

Para mais informações acesse: www.tresbarras.sc.gov.br/noticias

Cada artigo e parágrafo do Plano foi apresentado e debatido na sexta, 27

 

 

O projeto de lei do Plano Diretor de Canoinhas 2017-2027 foi apresentado em audiência pública na noite de sexta-feira, 27. O evento atraiu bom público à Câmara de Vereadores. “Pelo tamanho da nossa população, a Casa de Leis deveria estar lotada, mas agradecemos imensamente quem acompanhou os trabalhos”, destaca a secretária de Planejamento, Vivianne PailoCollares.A atualização e revisão do Plano iniciou no primeiro semestre deste ano e está sendo realizada pela própria equipe da prefeitura a fim de economizar recursos públicos (já que a contratação de uma empresa custaria mais de R$350 mil).Este projeto apresentado propõe as alterações no Plano, atualizando seus objetivos, prioridades e diretrizes até 2027.

 

 

Priscila Noernberg /Divulgação

Cada artigo e parágrafo do Plano foi apresentado e debatido na sexta. Entre as principais alterações está a necessidade da criação de conselhos de Esporte e Habitação.

 

 

 

 

 

 

O projeto agora será encaminhado à Câmara. “Tão importante quanto o trabalho desenvolvido até aqui é o acompanhamento da população da tramitação do projeto nesta Casa de Leis, para que todo este processo, que levou tempo e conhecimentos dedicados, não se perca em meio a possíveis alterações que descaracterizem os objetivos traçados após muito estudo e discussões realizadas”, enfatiza a secretária.

 

 

Todo o processo está sendo realizado de forma democrática e transparente. A secretaria trabalhou em cima de 2.155 manifestações que chegaram por meio das consultas públicas. Todas passaram pela equipe técnica multidisciplinar (composta por especialistas de cada área que discutiram item, por item) e também pelo Conselho do Plano Diretor (Complan).

Para chegar a essa conclusão, o comitê analisou um conjunto grande de séries relacionadas a níveis de atividades, abordando temas como emprego, investimentos, comércio, serviços, entre outros

 

 

O Comitê de Datação de Ciclos Econômicos (Codace), grupo independente formado de economistas brasileiros, identificou que terminou em dezembro passado a recessão que vinha ocorrendo no país há 11 trimestres consecutivos, compreendidos entre o segundo trimestre de 2014 e o quarto trimestre de 2016. “O primeiro trimestre de 2017 já é uma volta de um período de crescimento”, apontou nesta segunda-feira, 30, o economista Paulo Picchetti, da FGV, e um dos membros do Codace.

 

 

Para chegar a essa conclusão, o comitê analisou um conjunto grande de séries relacionadas a níveis de atividades, abordando temas como emprego, investimentos, comércio, serviços, entre outros. “Cada membro do comitê tem modelos, tem maneiras de interpretar essas séries. Mas a ideia é que você tem um comportamento consistente de retomada do nível de atividade em várias séries e não só em uma delas”.

 

 

De acordo com o Codace, a recessão de 2014/2016 foi a mais longa entre as nove datadas pelo comitê a partir de 1980, empatada com a de 1989/1992, no governo Fernando Collor, em termos de número de trimestres, e superior à crise do início da década de 1980 em termos da queda acumulada na taxa de variação do Produto Interno Bruto (PIB) do período.

 

 

De acordo com o Codace, a perda acumulada do PIB nos 11 trimestres de 2014 a 2016 atingiu 8,6%, a maior desde 1980. Na recessão de 1981/1983, o PIB registrou queda de 8,5%, com base em dados das Contas Nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

 

LENTIDÃO

O comitê constatou ainda que a recuperação da economia brasileira tem sido lenta. Paulo Picchetti observou que mesmo olhando os dois primeiros trimestres de 2017, que tiveram crescimento, o acumulado de expansão nesses seis meses atinge 1,3%. Comparado à crise de 2008/2009, a saída da recessão naquela ocasião estava em um ritmo bem mais forte, acima de 3% nos dois trimestres já seguintes, informou o economista.

 

 

Daqui para a frente, Picchetti sinalizou que o Brasil está com um desafio grande de sustentar esse crescimento, principalmente no que diz respeito à necessidade imperativa de ajuste fiscal. “A gente tem condições para continuar o crescimento e, eventualmente, até aprofundar, aumentar esse crescimento que está retomando, mas tem aí um desafio grande envolvendo tanto a política como a economia, para que você viabilize o ajuste fiscal que garanta isso ser sustentável”, manifestou.

 

 

CODACE

O Codace é um comitê independente criado em 2008 com a finalidade de determinar uma cronologia de referência para os ciclos econômicos brasileiros, estabelecida pela alternância entre datas de picos e vales no nível da atividade econômica, informou a assessoria da Fundação Getulio Vargas.

 

 

O comitê é formado por sete membros com notório conhecimento em ciclos econômicos. Ele é integrado pelos especialistas Affonso Celso Pastore (coordenador), Edmar Bacha (diretor), pelos professores João Victor Issler (FGV), Marcelle Chauvet (Universidade da Califórnia), Marco Bonomo (Insper) e Paulo Picchetti (FGV) e pelo pesquisador Regis Bonelli (FGV).