“2017 é o ano para superar a crise”, defende Colombo

Foto: Claudio Thomas/Secom

Governador efetivou, ainda, mudanças no secretariado                                                                                           

 

As vitórias do Governo do Estado em 2016 e os desafios de 2017 foram abordados pelo governador Raimundo Colombo e pelo vice Eduardo Pinho Moreira na primeira reunião do colegiado pleno deste ano, realizada na noite desta terça-feira, 10, na Casa d’Agronômica, em Florianópolis. Secretários de Estado e presidentes de empresas estatais acompanharam a reunião.

“A mensagem que passamos é de coragem e ânimo para enfrentar 2017, que vai ser mais um ano difícil. O nosso papel, nossa missão principal é continuar produzindo, gerar emprego, proteger e promover as pessoas, fazer com que nossos serviços públicos funcionem com absoluta qualidade”, destacou Colombo.

O vice Eduardo Pinho Moreira reforçou a importância de promover cada vez mais a integração e o trabalho de equipe envolvendo todas as secretarias. “Todos nós temos o mesmo objetivo em comum, que é promover Santa Catarina”, acrescentou.

O governador Colombo lembrou que 2016 foi um ano bastante difícil, com arrecadação em baixa, inflação em alta e economia retraída. Mas, mesmo assim, Santa Catarina terminou o ano com as contas equilibradas, com investimentos em andamento e sem aumentar impostos. Entre os fatores que contribuíram para o resultado, Colombo apontou o rigor na gestão dos gastos públicos, a renegociação da dívida do Estado com a União e a reforma da previdência catarinense, lembrando que nesta última foi necessário o apoio do poder legislativo de Santa Catarina.

“Em 2017, todo esse esforço tem que continuar, principalmente no primeiro semestre. Estamos tendo uma boa temporada de verão e isso nos ajuda muito, a safra também está boa e as exportações estão fortalecendo a economia, mas teremos momentos duros pela frente. Diante disso, nosso papel é se organizar para enfrentar a crise, superar e vencer os desafios”, afirmou Colombo.

O governador convocou todo o secretariado para um novo encontro na primeira semana de fevereiro. “Vamos aprovar todo o planejamento do ano, ver o que pode melhorar no nosso trabalho, onde podemos fazer mais investimentos e, sobretudo, como melhorar ainda mais nossos serviços, sejam eles de segurança pública, de saúde ou de educação. Enfim, como melhorar cada vez mais nossas ações de governo”, explicou.

Colombo fechou o encontro destacando a importância de que sejam feitas reformas econômicas e políticas no cenário nacional. “É preciso olhar para o Brasil do futuro e fazer as mudanças com a responsabilidade necessária. 2017 é o ano para superar a crise. O sentimento que precisa ser jogado no lixo é o da covardia. O Brasil precisa de reformas urgentes e nós temos que ajudar a construí-las. Se fizermos nosso dever de casa, temos condições de fazer um ano melhor do que 2016, mantendo e melhorando os nossos serviços”, ressaltou.

 

MUDANÇAS NO SECRETARIADO

O governador Raimundo Colombo confirmou mudanças na equipe de secretários do Governo do Estado neste início de 2017. São novos nomes no comando das pastas de Administração; Articulação Nacional, Assistência Social, Trabalho e Habitação; Infraestrutura; Saúde; e Turismo, Cultura e Esporte.

As nomeações estão sendo publicadas no Diário Oficial do Estado ao longo dos próximos dias, e as cerimônias de posse serão realizadas individualmente.

 

Veja abaixo as mudanças confirmadas:

Administração
Milton Martini assume a secretaria de Administração no lugar de João Matos. Advogado, natural do Paraná, Martini já havia ocupado o posto no início do primeiro mandato do governo de Raimundo Colombo.

 

Articulação Nacional
Acélio Casagrande, administrador, natural de Criciúma, foi deputado federal entre 2007 e 2011. Em Santa Catarina, foi secretário-adjunto da Saúde e assumiu a Secretaria de Articulação Nacional em janeiro de 2015. Agora, retorna ao cargo que era conduzido interinamente pela secretária-adjunta Lourdes Coradi Martini.

 

Assistência Social, Trabalho e Habitação
O deputado Valmir Comin assumirá o lugar de Geraldo Althoff no comando da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação. Natural de Siderópolis, no Sul do Estado, Comin está no quinto mandato consecutivo como deputado estadual.

 

Infraestrutura
O deputado Luiz Fernando Cardoso, o Vampiro, assumirá a Secretaria da Infraestrutura no lugar de João Carlos Ecker. Advogado, com base eleitoral na região de Criciúma, no Sul do Estado, Luiz Fernando concorreu ao posto de deputado estadual em 2014, assumindo como suplente em fevereiro de 2015.

 

Saúde
O deputado Vicente Caropreso assumirá a Secretaria da Saúde no lugar de João Paulo Kleinübing. Nascido em Blumenau, formou-se em Medicina na década de 1970 e especializou-se em Neurologia, tendo atuado em hospitais de Florianópolis, Brusque, Blumenau e Jaraguá do Sul. Foi eleito vereador em Jaraguá do Sul em 1996, deputado federal para a legislatura 1999-2003 e foi eleito deputado estadual em 2014. Até a posse, o adjunto Murillo Capella responde interinamente pela secretaria.

 

Turismo, Cultura e Esporte
O deputado Leonel Pavan assume a Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte no lugar de Filipe Mello. Natural do Rio Grande do Sul, Pavan tem base eleitoral no Vale do Itajaí.  Empresário, já foi vereador, prefeito, deputado federal e senador. Em 2006, elegeu-se vice-governador no segundo mandato de Luiz Henrique da Silveira e, em março de 2010, com a renúncia do titular para concorrer ao Senado, assumiu o comando do Estado. Foi eleito deputado estadual em 2014.

Também na Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, o ex-secretário de Educação de Florianópolis, Rodolfo Pinto da Luz, assumirá a Fundação Catarinense de Cultura (FCC); e Erivaldo Nunes Caetano Júnior assumirá a presidência da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), cargo que já ocupou entre 2013 e 2014.

Na Santur, a presidência segue com Valdir Rubens Walendowsky.

Deixe Seu Comentário