< outubro 2016 - JMais | Jornalismo Digital Archive | JMais | Jornalismo Digital

Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Prefeito Beto Passos (PSD) disse que oficialmente ninguém foi convidado para assumir nenhuma secretaria

 

 

Vereador eleito mais votado nas eleições deste ano em Canoinhas, Gil Baiano (PR) confirmou nesta segunda-feira, 31, que deve assumir a Secretaria de Obras do próximo governo.

Gil colocou algumas condições para aceitar o convite feito pelo prefeito eleito Beto Passos (PSD). “Quero ser secretário de verdade, não só no papel”, afirmou. Baiano explica que há muita ingerência atualmente na Secretaria e que não vai tolerar funcionários que não respeitem sua autoridade. “Não vamos colocar numa máquina quem não tem condições”, disse. Ele afirmou, ainda, que hoje há muitos desvios de função na Secretaria. “É preciso operadores de máquina responsáveis e obedientes”, frisa. Ele diz que embora a maioria dos servidores da pasta sejam concursados, é possível abrir processo administrativo que pode terminar em demissão.

Baiano disse ainda que quer trabalhar para toda a cidade e “não escolher onde trabalhar”, numa alfinetada a atual administração.

Questionado sobre os poucos recursos para a pasta, diz que este será outro entrave para assumir a pasta. “Temos de priorizar as estradas principais, que dão acesso ao interior, por onde escoa a produção agrícola”, enfatizou.

Caso Baiano vá de fato para Obras, sua vaga na Câmara fica com Chico Mineiro.

 

SEM CONVITE

Prefeito Beto Passos (PSD) disse que oficialmente ninguém foi convidado para assumir nenhuma secretaria, mas reconhece o compromisso que seu mandato tem com Baiano. Ele afirma que caso Baiano venha a assumir a pasta, ele terá total autonomia administrativa. Sobre a escassez de recursos, o prefeito eleito diz estar ciente da má conservação das estradas do interior e, bem por isso, não chamará nenhum funcionário comissionado, visando economizar recursos que serão investidos nas estradas. “Vamos analisar se poderemos chamar (os comissionados) a partir de fevereiro”, afirma.

Passos analisa, ainda, fazer uma junção das Secretarias de Obras e de Planejamento.

 

Vinte morreram e 15 pessoas ficaram feridas em um acidente gravíssimo envolvendo um caminhão e um ônibus na manhã desta segunda-feira (31), na PR-323, em Cafezal do Sul , próximo a Umuarama.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o ônibus com passageiros da Secretaria Municipal de Saúde de Altônia bateu em  caminhão-tanque da empresa de leite Latco e houve  uma explosão. Tudo pegou fogo e, segundo os bombeios, a causa da morte de muitas pessoas foram as queimaduras,  rapidamente, com muitas vítimas carbonizadas.

Veja o vídeo feito por um motorista que vinha logo atrás dos veículos envolvidos:

 Alison Ferreira dos Santos, mais conhecido por “Bozo”, tinha 26 anos                          

 

Do Portal Cultura Sul FM

Foi encontrado na manhã desta segunda-feira, 31, em São Mateus do Sul, o corpo do jovem Alison Ferreira dos Santos, mais conhecido por “Bozo”, de 26 anos. O corpo estava próximo do local em que a vítima se afogou e foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de União da Vitória.

O Corpo de Bombeiros realizava buscas desde a manhã de sexta-feira, 28, depois que ele caiu no rio e desapareceu, mas encontrou dificuldades devido a água turva do Rio Iguaçu e forte correnteza decorrente das chuvas da semana passada.

O rapaz estava trabalhando na draga de um areal que fica na localidade de Terra Vermelha, quando em dado momento ele foi para a parte traseira da draga, se desequilibrou e caiu no rio. Um funcionário da empresa tentou salvá-lo, utilizando um barco e uma boia, mas não conseguiu segurar a mão da vítima. Alison teria tirado o colete salva vidas momentos antes de cair na água.

Em entrevista à Rádio Difusora do Xisto, o pai da vítima, Valdevino Ferreira, conhecido como “Vardinho”, contou que tomou chimarrão com o filho na manhã de sexta-feira, e que a vítima se despediu dele por volta das 5 h, quando saiu para o trabalho. O pai afirmou que Alison estava de folga naquele dia, mas foi chamado para cobrir uma escala. Ele estava noivo e de casamento marcado para os próximos dias.

A ideia é oferecer um programa que lembre menos o formato solene e distante de décadas anteriores e tenha uma linguagem menos formal

 

agencia brasiEstreia nesta segunda-feira, 31, com nova roupagem, o programa A Voz do Brasil, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Em seu novo formato, o programa de rádio mais antigo do Brasil será mais interativo e próximo do cidadão. Haverá novos quadros, com jornalismo, prestação de serviço e diálogo com os ouvintes. Uma das grandes mudanças será a maior participação da audiência.

A ideia é oferecer um programa que lembre menos o formato solene e distante de décadas anteriores e tenha uma linguagem menos formal, mais próxima do cidadão. O programa contará com novos apresentadores – Airton Medeiros e Gláucia Gomes. “A ideia da nova Voz do Brasil é aproximar o cidadão, trazê-lo mais para perto da notícia, da informação. Fazer com que o cidadão interaja com o que fazemos aqui na EBC. A gente não pode estar distante”, diz Gláucia.

Os ouvintes poderão tirar dúvidas sobre programas sociais, sobre o trabalho do presidente da República e ministros ou esclarecer informações, como tirar documentos, por exemplo, além de fazer perguntas para os integrantes do Poder Executivo. O programa abrirá canais de e-mail e telefone, além de um número de WhatsApp para interagir com o público. Pelo aplicativo, os ouvintes poderão enviar mensagens para a produção pelo número 61 99862-7345.

A “Voz”, como é chamada nos corredores da EBC, tem especial importância para as regiões afastadas dos grandes centros do país. São nos locais onde as rádios comerciais não investem na informação que o programa cumpre papel fundamental. “É a prestação de serviço daquilo que o cidadão precisa na vida dele, lá na cidadezinha onde mora. Precisamos trazer a Voz do Brasil para perto desse cidadão. Essa nova linguagem e as informações essenciais são para que o cidadão possa saber o que o governo federal está fazendo para ele”, acrescenta a locutora.

Veiculado diariamente (exceto aos sábados, domingos e feriados) das 19h às 20h, os primeiros 25 minutos são dedicados às notícias sobre o Poder Executivo. As mudanças da nova Voz do Brasil se darão nessa primeira parte do programa. A produção dos demais 35 minutos é de responsabilidade dos Poderes Legislativo e Judiciário. A Voz do Brasil alcança hoje cerca de 60 milhões de brasileiros e é transmitida em todas as emissoras de rádio do país.

 

HISTÓRIA

Com 81 anos, A Voz do Brasil é o programa de rádio mais antigo do país e do Hemisfério Sul ainda em execução. Essa marca lhe rendeu um espaço no Guinness Book, o Livro dos Recordes, em 1995. Em julho de 1935 foi criado o Programa Nacional, para divulgação dos atos do Estado novo, da era Vargas.

Três anos depois, o Programa Nacional deu lugar à Hora do Brasil, quando passou a ter veiculação obrigatória nas rádios do país, com o horário fixo das 19h às 20h. Em seus primeiros anos, o programa abria espaço para a arte, com execução de músicas e transmissão de radionovelas. Em 1961, o presidente Jânio Quadros costumava usar o programa para transmitir recados escritos por ele de última hora.

O nome A Voz do Brasil foi adotado a partir de 1971. Ao longo dos anos, passou por reformulações. Em 1998, por exemplo, foi incluída uma voz feminina na locução. A abertura do programa, quando uma voz masculina imponente dizia “em Brasília, 19 horas”, tornou-se marca de A Voz do Brasil. Aos poucos, o bordão foi sendo flexibilizado e foram incluídas novas frases de abertura, como “Está no ar a sua voz, a nossa voz, a Voz do Brasil”. Mas, para os fãs do bordão original, uma boa notícia: ele vai voltar.

 

O GUARANI

Apesar de criada no século 19 e aclamada na ocasião de sua estreia, em 1870, em Milão, a ópera O Guarani, de Carlos Gomes, é mais conhecida como o tema de abertura de A Voz do Brasil. A ópera é extensa, com quatro atos, mas os acordes mais conhecidos são os de sua abertura. Os primeiros segundos da peça de Gomes foram escolhidos para anunciar a entrada do programa no ar. O tema de abertura se tornou uma das marcas mais conhecidas do programa.

A ópera foi exibida em sua versão original por décadas. Posteriormente, releituras foram feitas em diferentes estilos, sempre remetendo à cultura nacional. Versões de samba, axé e capoeira já foram usadas no programa. A nova versão, que estreia hoje, remete à música clássica, mas traz uma orquestração nova, mais moderna e com ares de telejornal.

PT perdeu nas sete cidades que disputou

 

agencia brasiO segundo turno das eleições municipais mostrou crescimento do PSDB e queda do PT na conquista de prefeituras.

O desempenho petista no segundo turno confirmou a tendência de queda que já havia sido apontada no primeiro turno. O partido não elegeu nenhum dos sete candidatos com os quais disputou neste domingo, 30. Na região do ABC, onde nasceu o partido, nenhum dos dois candidatos conseguiram vitória.

No Recife, única capital em que disputou a prefeitura no segundo turno, o PT viu o atual prefeito Geraldo Júlio (PSB) vencer João Paulo (PT) por uma grande margem de votos, quase 200 mil. Já na gaúcha Santa Maria, a disputa foi apertada: o petista Valdeci Oliveira perdeu para o tucano Pozzobom por apenas 226 votos.

Candidatos petistas também disputaram em Mauá (SP), Anápolis (GO), Juiz de Fora (MG) e Vitória da Conquista (BA).

 

PSDB

Por outro lado, o maior rival do Partido dos Trabalhadores, o PSDB conseguiu eleger 14 das 19 prefeituras que disputou em segundo turno. Os tucanos concorreram em oito capitais e venceram em cinco delas: Porto Alegre (RS), Belém (PA), Maceió (AL), Porto Velho (RO) e Manaus (AM).

Além disso, embora tenham sido derrotados em Belo Horizonte (MG), residência eleitoral do presidente do partido, senador Aécio Neves, os tucanos tiveram bom desempenho no ABC paulista. Em São Bernardo do Campo (SP), cidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Orlando Morando (PSDB) ganhou com 59% dos votos válidos.

Em Santo André, Paulo Serra (PSDB) teve 78% dos votos, enquanto o petista Carlos Grana alcançou apenas 21%. Os tucanos levaram ainda Ribeirão Preto, cidade do ex-ministro da Casa Civil Antonio Palocci, com Duarte Nogueira sendo eleito por 56% dos votos válidos.

PMDB

Já o PMDB, maior partido do país, elegeu prefeitos de três das seis capitais que disputou: Goiânia (GO), com Iris Rezende sendo eleito prefeito pela quarta vez; Florianópolis (SC), com Gean Loureiro; e Cuiabá (MT), com Emanuel Pinheiro.

No total, o partido levou oito das 15 cidades que disputou no segundo turno. Em Macapá (AP), residência eleitoral do ex-presidente da República e uma das principais lideranças peemedebistas, José Sarney, o partido perdeu a disputa da prefeitura para a Rede.

 

COMPARAÇÃO COM2012

Em 2012, quando a ex-presidenta Dilma Rousseff ainda governava, o desempenho do PT nas eleições municipais foi muito superior ao de agora. O partido tinha eleito, naquele ano, 630 prefeitos em primeiro tuno, e levou 21 para o segundo turno. Desses, oito foram eleitos.

Mantendo a tendência de crescimento já apresentada no primeiro turno desta eleição, o PSDB continuou em trajetória ascendente neste segundo turno em relação a 2012. Nas últimas eleições, o partido elegeu 686 prefeitos em primeiro turno e enviou 17 para o segundo turno, tendo eleito oito prefeitos na segunda fase. Este ano, foram eleitos 14 dos 19 candidatos tucanos que disputaram o segundo turno.

Nas eleições municipais passadas (2012), o PMDB elegeu 1.015 em primeiro turno e disputou com 16 candidatos o segundo turno, elegendo mais seis. Agora, o partido disputou o segundo turno com 15 candidatos e conquistou oito prefeituras.

Segundo o responsável pelo Departamento de Trânsito de Canoinhas (Detracan), as novas áreas de estacionamento pago respondem a pedidos antigos de comerciantes

 

Prefeito Beto Faria (PMDB) deve assinar nesta semana o decreto que amplia o estacionamento rotativo em Canoinhas. As novas áreas de estacionamento pago foram aprovadas em julho pelo Conselho Municipal de Trânsito, mas só agora Faria decidiu assinar o decreto que permite a empresa que explora o serviço na cidade a implementar as novas áreas.

Segundo o responsável pelo Departamento de Trânsito de Canoinhas (Detracan), Lourival Shiptoski, as novas áreas de estacionamento pago respondem a pedidos antigos de comerciantes, que viram o movimento diminuir devido o grande volume de veículos estacionados em frente a seus estabelecimentos, pertencentes a pessoas que trabalham no entorno e que querem fugir do estacionamento pago. “Dessa forma, os clientes dessas lojas não têm onde estacionar”, argumenta.

Ainda de acordo com Shiptoski, assim que assinado o decreto, a empresa responsável tem prazo de 30 dias para sinalizar as novas áreas. Dessa forma, espera-se que em dezembro o estacionamento rotativo seja ampliado.

 

VEJA QUAIS SERÃO AS NOVAS ÁREAS DE ESTACIONAMENTO:

RUA 12 DE SETEMBRO = iniciando na esquina da rua Getúlio Vargas, estendendo-se até a esquina da rua Barão do Rio Branco;

RUA BARÃO DO RIO BRANCO = estendendo-se até a esquina com a rua 12 de Setembro;

RUA FREI MENANDRO KAMPS = estendendo-se até o seu final;

RUA GETÚLIO VARGAS = estendendo-se até a esquina com a rua 12 de Setembro;

RUA FRANCISCO DE PAULA VIEIRA = estendendo-se até a ponte sobre o rio Água Verde;

RUA MAJOR VIEIRA = estendendo-se até a esquina com a rua Marechal Floriano;

RUA DUQUE DE CAXIAS = iniciando na esquina com a rua Barão do Rio Branco, estendendo-se até a esquina com a rua Joaquim de Paula Vieira.

 

Multa aplicadas a motoristas suspeitos de dirigir alcoolizados passará de R$ 1.915 para R$ 2.934,70

 

agencia brasiAs multas de trânsito ficarão mais caras a partir desta terça-feira, 1º de novembro. Com os novos valores, previstos a partir da alteração do Código de Trânsito Brasileiro, infrações gravíssimas, cujo valor de multa atual está em R$ 191,54, passarão a R$ 293,47; multas a serem pagas por infração grave passarão dos atuais R$ 127,69 para R$ 195,23.

As multas cobradas por infrações consideradas médias aumentarão de R$ 85,13 para R$ 130,16. As leves serão reajustadas dos atuais R$ 53,20 para R$ 88,38.

Também a partir de novembro serão reajustados os valores das multas aplicadas a motoristas suspeitos de dirigir alcoolizados, que se recusarem a fazer o teste do bafômetro. Nesse caso, a multa passará de R$ 1.915 para R$ 2.934,70. O motorista terá ainda a habilitação suspensa pelo prazo de 12 meses.

 

LEI SECA

Quem for pego pela Operação Lei Seca dirigindo alcoolizado ou se recusar a fazer o teste do bafômetro, a partir desta terça, pagará uma multa muito superior ao valor cobrado atualmente, que é de R$ 1.915. Devido a  mudanças na legislação de trânsito, o valor subirá para R$ 2.934,70 e o motorista ainda terá a carteira de habilitação suspensa pelo prazo de 12 meses.

O motorista que falar ao celular enquanto dirige também será penalizado com mais rigor: de infração média (multa de R$ 85,13) para gravíssima (R$ 191,54). E quem estacionar indevidamente em vaga de idoso ou deficiente perderá sete pontos na carteira.

De acordo com o coordenador da Lei Seca, tenente-coronel da Polícia Militar, Marco Andrade, para que o trânsito seja humanizado, é necessário a contribuição de todos. Existe o esforço legal de tentar inibir as transgressões através das penalizações. A multa é para chamar a atenção. “O grande objetivo é a reeducação, não temos prazer em multar”, explicou.

A Operação Lei Seca, iniciada em 2009, trouxe uma mudança para a realidade da segurança nas ruas e estradas do Estado do Rio. Segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) e do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o número de mortes em 2009 foi de 59 por 100 mil veículos. No ano passado, ficou em 29 para cada 100 mil veículos, uma redução de aproximadamente 50%.

Segundo o coronel Marco Andrade, “quando começamos, há sete anos, 20% dos motoristas eram flagrados sob efeito do álcool. Hoje, este número caiu para 7%. Da mesma forma, esperamos um amadurecimento com relação ao uso do cinto de segurança no banco de trás, com a não utilização do celular ao volante e o respeito às regras de velocidade. Precisamos que a sociedade compre essa ideia”, afirmou.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o quarto país do mundo com o maior número de mortes em acidentes de trânsito por ano. O país tenta cumprir uma meta estipulada pela Organização das Nações Unidas (ONU): uma redução em 50%, no período 2011-2020, de casos fatais em acidentes viários.

 

QUANTO VAI CUSTAR

Leves

As infrações consideradas leves, como parar sobre a faixa de pedestre, passam de R$ 53,20 para R$ 88,38, além de três pontos na carteira de habilitação.

 

Médias

Transgressões classificadas como médias, no caso de ultrapassar pela direita, passam a custar R$ 130,16, ante R$ 85,13 da cobrança anterior. A infração é punida ainda com quatro pontos.

 

Graves

Em caso de multas graves, como não usar o cinto de segurança, a cobrança vai de R$ 127,69 para R$ 195,23, e cinco pontos.

 

Gravíssimas

Infrações gravíssimas, como passa a ser o caso de uso indevido de vagas especiais em estacionamentos, custará R$ 293,47; antes, o valor era de R$ 191,54.

 

Multiplicador

Além disso, disputar rachas ou dirigir sob efeito de álcool são multas consideradas gravíssimas, com previsão de aplicação de multiplicador por dez vezes. Deixam de custar R$ 1.915,40 e passam para R$ 2.934,70, com possibilidade de dobrar em caso de reincidência.

A previsão para Canoinhas e região é de sol com algumas nuvens nesta segunda                         

 

A semana começa com sol entre algumas nuvens em todas as regiões de Santa Catarina. À tarde, há condição de pancadas de chuva com trovoada no Oeste e Meio-Oeste de forma isolada. A temperatura estará em elevação. O vento sopra de nordeste, no litoral, e norte no interior, com intensidade moderada e algumas rajadas.

A previsão do setor de meteorologia da Epagri/Ciram indica que a perspectiva é de retorno da chuva, com chance de temporais já na terça-feira, 1, quando uma frente fria se aproxima de SC. A condição favorece chuvas do Oeste ao Sul e possibilidade de temporais nessas regiões. Na quarta-feira, 2, a previsão é de chuva em todo Estado também com risco de temporais. A partir de quinta-feira o tempo começa melhorar.

A previsão para Canoinhas e região é de sol com algumas nuvens nesta segunda. Temperatura entre 11 e 25 graus. Na terça, sol com aumento de nuvens e temperatura entre 16 e 27 graus. Quarta de tempo encoberto com chuva e temperatura entre 16 e 22 graus. Mesma previsão para a quinta-feira.

 

Acompanhe os destaques policiais do fim de semana na região                                                         

 

MOTO FURTADA

Na tarde de domingo, 30, uma denunciante disse à Polícia que na rua Miguel Schiessl, no distrito do Campo d’Água Verde, em Canoinhas, havia um motocicleta e uma mala abandonadas no meio do mato.

Em consulta ao sistema interno, os policiais constataram tratar-se de uma CG 125 Titan, com registro de furto. Ainda foi localizada uma mala azul, contendo vários documentos. Diante dos fatos, a motocicleta e a mala foram levadas para a Delegacia de Polícia Civil pelo guincho.

 

CONDUTOR SEM HABILITAÇÃO

Na noite de domingo, 30, equipes da PM de Canoinhas realizavam ações de polícia ostensiva pelo bairro Piedade, quando na rua Vereador José Damaso avistaram um VW Gol, cujo ocupantes estavam em atitude suspeita.

Os PMs constataram que a condutora não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Seu namorado, que estava como passageiro, relatou que estava ensinando ela a dirigir. Os dois vão responder a boletim termo circunstanciado.

 

MANDADO DE PRISÃO

Na madrugada desta segunda-feira, 31, na rua Lourenço Scnutt, em Três Barras, a PM foi chamada para cessar uma perturbação de trabalho e sossego alheio.

No local, a perturbação já havia cessado, porém, ao abordar um homem que lá estava, foi possível constatar pelo sistema interno da PM que havia um mandado de prisão em aberto em seu desfavor. Diante dos fatos, o homem foi conduzido até a Unidade Prisional Avançada (UPA) de Canoinhas.

Equipe agora centra esforços na semifinal da Copa SC                                                                

A equipe da ADC Canoinhas perdeu de 4 a 2 para o arquirrival Mafra e está fora da Divisão Especial do Estadual. O jogo aconteceu no sábado, 29.

Cleiton abriu o placar para Mafra antes dos 2 minutos de jogo. Daniel, aos 07min40seg, anotou para a ADC Canoinhas Futsal e deixou tudo igual. Aos 12min, Cleiton voltou a marcar para o Mafra.

Aos 08min09seg do segundo tempo, novamente Daniel, igualou o placar em 2 a 2. Faltando 01min23seg para o fim do jogo, com Feroz como goleiro linha, o Mafra Ferromax marcou seu terceiro com Lolatto. André, faltando dois segundos para o apitou final, numa sobra de bola, decretou a vitória do Mafra Ferromax por 4 a 2.

Com a vitória, Mafra se classificou para os playoffs da competição pela chave A, garantindo a última das quatro vagas. Ainda no grupo se classificaram Concórdia, Floripa e Chapecoense.

Pela chave B, classificaram-se Joinville, Jaraguá, Joaçaba e Tubarão.

O Canoinhas volta à quadra no provavelmente no próximo sábado, 5, contra a equipe do Joaçaba pela semifinal da Copa Santa Catarina.

 

VEJA COMO FICOU A CLASSIFICAÇÃO DA DIVISÃO ESPECIAL

CLASSIFICAÇÃO             GOLS        
  Equipes PONTOS JOGOS VITÓRIAS EMPATES DERROTAS PRÓ LEVADOS SOMA C
Concórdia 27 10 9 0 1 35 16 17 H
Floripa 22 10 7 1 2 34 18 16 A
Chapecoense 13 10 4 1 5 31 28 3 V
Mafra 10 10 3 1 6 20 32 -12 E
Canoinhas 8 10 2 2 6 21 30 -9
Xaxiense 6 10 1 3 6 26 41 -15 A
Equipes PONTOS JOGOS VITÓRIAS EMPATES DERROTAS PRÓ LEVADOS SOMA C
Joinville 19 10 6 1 3 26 18 8 H
Jaraguá 19 10 6 1 3 36 27 9 A
Joaçaba 18 10 5 3 2 21 15 6 V
Tubarão 14 10 4 2 4 28 34 -6 E
Blumenau 11 10 3 2 5 23 27 -4
Araquari 3 10 0 3 7 23 36 -13 B
Critérios: 1º Pontos, 2º Confronto Direto, 3º Vitórias, 4º Gols Contra, 5º Saldo de Gols, 6º Average

31 de outubro de 2016

O Globo

 

Manchete: Crivella vence em eleição com recorde de abstenção

Senador derrotou Freixo por 59,36% a 40,64% dos votos

Vitorioso diz que não cairá na ‘praga maldita da vingança’

Conheça os principais desafios que o novo prefeito enfrentará

Líder da Igreja Universal, o senador Marcelo Crivella (PRB) foi eleito prefeito do Rio em eleição marcada pelo alto índice de abstenção, votos em branco e nulos. Tanto Crivella quanto Marcelo Freixo, candidato derrotado do PSOL, tiveram menos votos do que o total de eleitores que não optaram por nenhum dos dois (2 milhões). Com vitória expressiva na Zona Oeste, o senador obteve 1,7 milhão de votos, ou 59,36% dos válidos. Já Freixo, que venceu apenas na Zona Sul e em parte da Zona Norte, teve 40,64%. No discurso da vitória, ao lado de Clarissa Garotinho, Carlos Osorio, Indio da Costa e Flávio Bolsonaro, o bispo agradeceu a eleitores de todas as religiões e disse que não cairá na “praga maldita da vingança”. “O processo eleitoral termina aqui”, afirmou. Freixo, que se negou a cumprimentar o adversário, disse que a eleição é “só o começo de uma luta muito grande”. (Págs. 3 a 15)

 

PSDB conquista sete capitais, mas Aécio é derrotado em Minas

PT é o maior perdedor e só ganhou uma capital

O PSDB confirmou a condição de maior vitorioso da eleição. O partido, que havia vencido em São Paulo e Teresina, conquistou ontem mais 5 capitais: Porto Alegre, Manaus, Belém, Porto Velho e Maceió. Governará para 34 milhões de eleitores. Em compensação, foi derrotado em Belo Horizonte, em novo revés caseiro de Aécio Neves, que perde espaço para Geraldo Alckmin na corrida presidencial. O PT é o maior derrotado. Perdeu as 7 disputas de ontem e administrará só uma capital, Rio Branco. (Págs. 16 a 27)

 

Rodrigo, em Niterói, é o único reeleito no Grande Rio (Pág. 17)

 

Pela 1ª vez, ABC fica sem prefeito petista (Pág. 25)

 

Porto Alegre: feito inédito de tucano (Pág. 26)

 

Em Florianópolis, vitória por mil votos (Pág. 26)

 

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

 

Manchete: 2º turno consolida revés dos opositores de Temer

Tucanos vão governar 24% do eleitorado – Para Planalto, resultados sepultam discurso petista de ‘golpe’ – Crivella (PRB) vence Freixo (PSOL) no Rio – Kalil (PHS) derrota candidato de Aécio (PSDB) em BH

O resultado das eleições fortaleceu o PSDB e outros partidos que se alinharam ao governo de Michel Temer. Das 18 capitais que tiveram segundo turno ontem, em cinco os candidatos vencedores são do PSDB. O PMDB venceu em três. A vitória mais significativa foi alcançada por uma sigla alinhada ao Planalto, mas de pouca expressão: a cidade do Rio de Janeiro será governada por Marcelo Crivella, do PRB, bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus. Ele derrotou Marcelo Freixo (PSOL), que foi contra o impeachment de Dilma Rousseff e faz oposição radical a Temer. Em Belo Horizonte, o empresário Alexandre Kalil (PHS), estreante na política, venceu João Leite (PSDB), candidato do presidenciável Aécio Neves. O Planalto comemorou. “Esta eleição sepulta qualquer tipo de contestação, seja sob o ponto de vista institucional ou de legitimidade (do governo Temer)”, disse o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil). Nas capitais, somente em Fortaleza, em São Luís e em Aracaju foram eleitos ontem candidatos de oposição a Temer. (POLÍTICA / PÁGS. A4 a A14)

 

Alckmin forma ‘cinturão azul’ e tira PT do ABC

PSDB do governador comandará mais de um quarto das prefeituras no Estado e cerca de metade da população. Partido venceu em São Bernardo e Santo André, no ABC, além de Jundiaí e Ribeirão Preto. (PÁG. A6)

 

TSE registra taxa recorde de brancos, nulos e abstenções

As eleições registraram 14,2% de votos brancos e nulos, a maior taxa para o 2.º turno das disputas municipais desde 2004, quando o TSE começou a divulgar estatísticas digitalizadas. A abstenção também foi recorde: 21,5% . (PÁG. A11)

 

Renovação da Malha Paulista é desafio da Rumo

Um ano e meio após comprar a ALL, Rumo busca fazer acerto com o governo sobre concessão de ferrovia, responsável pelo escoamento da safra de grãos do Centro-Oeste até Santos. (ECONOMIA / PÁG. B1)

 

Haddad remaneja R$ 892 milhões

Em fim de mandato, Fernando Haddad (PT) transfere verba de outras áreas para educação, saúde e transportes. Queda na arrecadação deve ser de 10%. (METRÓPOLE / PÁG. A18)

 

Parte das ruínas de Mariana será alagada (Metrópole/A20)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

 

Manchete: Brasil tem guinada à centro-direita; PSDB governará população recorde

CRIVELLA (PRB) VENCE NO RIO COM 59,4% DOS VOTOS VÁLIDOS; FREIXO (PSOL) OBTÉM 40,6% – NÚMERO DE BRANCOS E NULOS SUPERA 10% PELA 1ª VEZ – AÉCIO PERDE EM BH, E ALCKMIN SE FORTALECE PARA 2018

O predomínio recorde do PSDB, a guinada do eleitorado à centro- direita e a derrocada do PT marcaram as eleições municipais de 2016, encerradas neste domingo(30). Os tucanos, que haviam conquistado a Prefeitura de São Paulo no primeiro turno, venceram agora em Manaus, Porto Alegre, Belém, Maceió e Porto Velho e governarão o maior número de habitantes nos municípios, 48,7 milhões ou 23,7% da população brasileira. A taxa é recorde desde 2000, universalização do voto eletrônico.

O governador tucano Geraldo Alckmin ampliou o domínio em São Paulo (51% da população) e se fortaleceu para a corrida presidencial em 2018. Seu principal rival no partido, o senador Aécio Neves (MG), foi derrotado pela segunda eleição seguida em Belo Horizonte. No ano em que perdeu a Presidência, o PT teve queda de 61% no total de prefeitos eleitos, de 644 em 2012 para 254 em 2016. Governará só uma capital, Rio Branco.

No Rio, Marcelo Crivella (PRB) venceu Marcelo Freixo (PSOL)por 59,4% a 40,6% dos votos válidos e se tornou um marco na ascensão de evangélicos na política. Ligado à Igreja Universal, o PRB conquistou a primeira capital e, em quatro anos, elegeu 30% gestores a mais. As siglas com prefeituras passaram de 26 para 31.

Destacaram-se também a força da máquina pública, com 15 dos 20 prefeitos de capitais reeleitos em campanha sem financiamento empresarial, e o discurso da antipolítica, com João Doria (PSDB) em SP e Alexandre Kalil (PHS) em BH. Votos brancos e nulos somaram 13,3%, recorde na série histórica. No Rio, atingiram 20%. (Poder)

 

Evangélicos migram para o Executivo de olho no Judiciário, afirma especialista (Entrevista da 2ª/Pág. A14)

Com uma diferença de 1.153 votos, Gean Loureiro (PMDB) venceu a disputa à prefeitura de Florianópolis, capital de Santa Catarina. O peemedebista, que já havia vencido o primeiro turno, obteve 50,26% dos votos válidos (111.943), enquanto Ângela Amin (PP) recebeu 49,74% votos válidos (110.790).

Gean Loureiro tem 44 anos e nasceu em Florianópolis. O peemedebista é formado em direito e administração e também mestre em engenharia de produção e doutorando em engenharia do conhecimento. Essa é a segunda vez que ele disputa a prefeitura da capital catarinense.

A primeira vez foi em 2012, quando conquistou 27,37% dos votos e foi para o segundo turno com Cesar Souza Júnior (PSD). Na ocasião, obteve 47,36% dos votos, enquanto o adversário recebeu 52,64%.

Loureiro foi eleito vereador aos 19 anos, sendo o mais jovem eleito para o cargo na cidade. Foram cinco mandatos seguidos de vereador antes de se candidatar – e ser eleito – como deputado federal, em 2010. Em 2014, foi eleito deputado estadual.

 

JOINVILLE

Udo Döhler (PMDB) foi reeleito prefeito de Joinville em votação de segundo turno neste domingo. A vitória dele foi confirmada por volta das 18h20.

Com a apuração completa às 18h45, Udo teve 171.217 dos votos válidos, o que corresponde a 55,60%. Darci de Matos (PSD) teve 136.702 votos, o que corresponde a 44,40%.

 

BLUMENAU

 

Napoleão Bernardes (PSDB) foi reeleito em segundo turno, prefeito de Blumenau (SC). A confirmação da vitória dele ocorreu por volta das 18h25.

Com a apuração completa às 18h50, Napoleão teve 104.535 dos votos válidos, o que corresponde a 57,56%. Jean Kuhlmann (PSD) teve 77.073 votos, o que corresponde a 42,44

Confira o resumo dos capítulos das novelas da Globo                                                        

malhaçãoMALHAÇÃO: PRO DIA NASCER FELIZ

 

Capítulo 51

Ricardo se prepara para abrir o envelope com o resultado do exame de DNA diante de Joana e Caio. Os pais de Filipe confortam Nanda. Joana lê o resultado do exame e Tânia a consola. Nanda chega antes da luta de Rômulo começar. Ana sugere que Juliana se desculpe com Corrêa. Rômulo ganha outra luta e Nanda comemora. Juliana e Martinha convocam os alunos a pintar o colégio. Bárbara vê Joana conversando com Gabriel e fica furiosa. Bárbara xinga Joana por causa de Gabriel e elas brigam.

 

Capítulo 52

Tânia se desentende com Tita. Gabriel e Giovane discutem na quadra. Jabá pede para Arthur e Dodô tomarem conta da moto. Tânia conta para Caio como foi a briga entre Bárbara e Joana. Juliana lembra a Jabá que eles farão a pintura dos muros do colégio. Jéssica fica incomodada com um casal namorando e Martinha percebe. Giovane e Gabriel conversam sobre Joana e Bárbara. Jéssica sente ciúmes de Belloto e Nanda chama a atenção do professor. Arthur e Dodô fogem de Jabá. Gabriel atrapalha o clima de afeto entre Joana e Giovane.

 

Capítulo 53

Irene recrimina Joana para os filhos e se surpreende com o comportamento de Giovane. Joana decide escrever uma carta para a avó. Nanda aconselha Belloto a ser mais sério com Jéssica. Lucas é gentil com Luiza. Martinha se coloca entre Juliana e Jabá. Rômulo pensa em dar uma aliança para Nanda. Lucas faz um grafite no muro e Ana teme a reação de Corrêa. Caio convida Tânia para sair. Gabriel procura Joana.

 

Capítulo 54

Joana e Gabriel conversam. Tânia pergunta por que Caio quer atacar Ricardo. Jéssica reclama de ser ignorada por Belloto. Tânia aceita sair com Caio. Jéssica garante a Nanda que não está apaixonada por Belloto. Luiza tenta consolar Manuela. Jorjão percebe o súbito interesse de Irene em Joana. Rômulo tem uma luta difícil e Nanda se preocupa. Lopes elogia Rômulo. Juliana questiona Giovane sobre os sentimentos por Joana. Ricardo e Joana se desentendem.

 

Capítulo 55

Joana enfrenta Ricardo e Bárbara a hostiliza. Rômulo conta para Nanda, Belloto e Jéssica quem é Lopes. Bárbara discute com Gabriel. Joana pede para Sula vir para o Rio de Janeiro. Tânia avisa que sairá com Caio para saber o quanto ele está interessado na história de Joana. Juliana reclama de como Lucas ignora o sofrimento dela. Lopes oferece dinheiro a Rômulo. Giovane pensa na possiblidade de Joana estar interessada em outra pessoa. Lopes sequestra Rômulo. Caio se insinua para Tânia.

 

sol nascenteSOL NASCENTE

 

Capítulo 54

Chica tem uma visão e se sente mal. Dora e Tiago brincam com as crianças. Cesar atropela Dora. Mario e Alice se divertem na pousada. Dora perde o bebê. Chica se afasta de Cesar e Quirino percebe. Damasceno é gentil com Sinhá, que reage com raiva. Cesar coloca Ana contra Mario. Patrick vê quando Cesar deixa o quarto de Carolina, mas se confunde e acredita que ele estava com Paula. Mario incentiva Alice a revogar a procuração que deu para Cesar. Yumi se entristece ao saber que Dora perdeu seu bebê. Alice avisa a Cesar que cancelou sua procuração e que é a nova presidente da Arraial Pescados.

 

Capítulo 55

Cesar tenta se conter e parabeniza Alice. Tiago avisa que Yumi pagou os remédios de Dora e Chica se preocupa. Cesar conta para Alice que atropelou Dora. Nanda sente ciúmes de Peppino. Alice conta para as caiçaras sobre o projeto que pretende fazer com a pesca artesanal. Vittorio simula uma enxaqueca para ficar com Lenita. Mario convida Tiago para trabalhar com ele na oficina. Milena leva um lanche para Vittorio e Lenita se esconde. Mário é convidado para ser sócio do Rota 94. Carolina exige que Mário a acompanhe na consulta médica. Cesar tenta se aproximar de Alice. Mario sente ciúmes de Cesar.

 

Capítulo 56

Cesar se faz de vítima e deixa Mario irritado. Alice e Mario decidem morar juntos. Tiago devolve o dinheiro emprestado para Yumi. Vittorio conta para Milena por que Loretta foi embora. Carolina finge passar mal e pede para Elisa chamar Mario. Cesar fala com um grande fornecedor de produtos e pesca artesanal e impressiona Alice. Carolina implora para Mario ficar com ela. Geppina flagra Gaetano olhando para outras mulheres e arma um escândalo. Lenita consola Milena. Carolina ameaça sumir com o filho de Mario se Alice não se afastar dele.

 

Capítulo 57

Alice tenta acalmar Carolina e Cesar finge preocupação. Ana pede para Tanaka conversar com Alice para não magoar Carolina. Geppina decide dividir a casa. Cesar pede para Patrick avisar a Alice do desequilíbrio emocional de Carolina. Cesar ouve Alice falar com Mario para não arrumar confusão quando for à Arraial Pescados. Milena vai para casa, mas ignora Vittorio. Cesar provoca Mário, que o agride e deixa Alice furiosa. Alice decide sair para pescar com as caiçaras e relembra os tempos em que ajudava a mãe.

Capítulo 58

Patrick fala com Cesar que o viu sair do quarto de Paula. Mario procura Chica e encontra Alice. Gaetano compra um presente para Geppina. Geppina conta para Milena como Loretta era quando estava com Vittorio. Moreira oferece a Cesar negócios escusos para fechar contrato com fornecedores. Ralf vê Hirô com Akira. Damasceno tenta se aproximar de Mieko. Cesar informa que conseguiu os contratos com os fornecedores e Alice comemora. Mario descobre que não pode impedir Carolina de ir embora. Paula afirma a Patrick que não tem um romance com Cesar. Milena pede para Vittorio pedir que Loretta a visite. Cesar ameaça Carolina.

 

Capítulo 59

Carolina faz um acordo com Cesar. Patrick revela a Mario o que sabe sobre Carolina. Wagner pensa em se demitir e Patrick fica intrigado. Tiago conversa com a médica de Dora. Loretta revela a Milena e Vittorio que nunca visitou os filhos por causa de Mario. Patrick questiona Cesar sobre Paula. Milena discute com Mário e Ralf tenta consolá-la. Cesar manda João Amaro investigar Patrick. Vittorio estranha o jeito como Lenita o trata. Mario e Alice conversam sobre Carolina. Cesar conta para Carolina sobre sua vingança contra Tanaka e a incentiva a cumprir o plano.

 

haja-coracaoHAJA CORAÇÃO

 

Capítulo 131

Apolo leva Flávia para falar com Tancinha. Beto tenta se confessar com o padre. Bia se apavora ao ver Dulce na igreja, e Isabel tenta acalmá-la. Alexsander flerta com Nair. Felipe e Shirlei pensam em seu casamento. Teodora flagra Epaminondas com Safira. Lucrécia leva Fedora ao clube das mulheres. Safira ameaça contar o segredo de Teodora se ela não deixar Tarzan. Bruna termina a preparação de seu chalé e sai para pegar Giovanni. Camila se desculpa com Enéas por todas as humilhações. Apolo leva Flávia até a igreja. Beto não consegue se confessar antes do casamento. Agilson e Leozinho se fantasiam para o show do clube das mulheres. Flávia tenta fugir de Apolo. Beto sente-se mal e pede para falar com Tancinha. Camila lembra de momentos com Bruna e fica confusa. Bia chora quando Dulce se aproxima para falar com Isabel. Beto conta a Tancinha tudo o que fez para ficar com ela. Camila garante a Enéas que Bruna tem problemas psiquiátricos. Apolo encontra Tancinha e Beto.

 

Capítulo 132

Tancinha revela a Apolo que Beto armou contra os dois. Beto diz a Apolo que ele deveria se casar com Tancinha. Angelina provoca Penélope. Tancinha decide se casar com Beto por causa de Bia. Agilson e Leozinho reconhecem Lucrécia e Fedora. Nair avisa a Apolo que ele precisa manter distância de Tancinha. Tancinha e Beto se casam. Bruna engana Giovanni e o sequestra. Agilson e Leozinho sentem falta de Lucrécia e Fedora. Tancinha e Beto ficam em quartos separados no hotel. Tancinha sofre pensando em Apolo. Penélope tenta consolar Beto. Tamara volta mais cedo de viagem e surpreende Apolo. Beto tenta conversar com Tancinha. Camila estranha o sumiço de Giovanni. Giovanni descobre que foi sequestrado por Bruna.

 

Capítulo 133

Giovanni fica inconformado com a armação de Bruna. Vitória não aceita o casamento de Felipe e Shirlei. Tancinha afirma a Beto que só ficará com ele por três meses. Apolo diz a Nair que não quer se afastar de Tamara. Lucrécia e Fedora vão à feira livre ver Agilson e Leozinho. Bruna ameaça Giovanni. Em casa, Tancinha não fala com Beto. Dulce visita Bia, que fica amedrontada. Henrique consola Beto. Rodrigo oferece um jantar para Guido. Safira dispensa Ariovaldo e coloca Teodora em seu lugar. Rodrigo convida Francesca para jantar. Marieta flagra Agilson com Lucrécia e Leozinho com Fedora. Leonora se enfurece com Dinalda. Shirlei decide procurar Carmela. Francesca se encontra com Guido. Beto prepara um jantar para Apolo e Tancinha.

 

Capítulo 134

Não será divulgado.

 

Capítulo 135

Não será divulgado.

 

Capítulo 136

Não será divulgado.

 

lei do amorA LEI DO AMOR

 

Capítulo 25

Pedro conversa com o delegado e acaba preso. Letícia se surpreende ao saber que Pedro ajudou Helô com seu avô. Tião manda Valdir investigar Isabela. Tiago e Ana Luiza culpam Vitória pela prisão do tio e Ciro finge defender a esposa. Elio e Olavo tentam desqualificar o depoimento de Vitória. Luciene sente ciúmes de Salete. Ciro tenta compensar Marcão por não denunciar Vitória. Juninho fala sobre o atropelamento de Marcão em seu depoimento. Tiago não atende aos telefonemas de Letícia. Elio faz um vídeo com a denúncia de Isabela contra Venturini e Nacib. Helô descobre que Tião humilhou Edu na frente da namorada. Isabela quase é atropelada.
Capítulo 26

Zelito salva Isabela e acha que foi um atentado. Helô enfrenta Tião e Letícia fica a seu lado. Isabela decide não atender o telefonema de Tiago. Misael e Yara se preocupam com a dedicação de Aline a Magnólia. Pedro se assusta com a visita da madrasta. Ana Luiza percebe uma reação de Fausto e comunica a Bruno. Edu, Tiago e Helô se surpreendem quando Letícia acredita na farsa de Tião. Ruty Raquel decide sair com Antônio. Pedro conta para Olavo sobre o aposento secreto no escritório de Fausto. Santa estranha uma saída noturna de Magnólia. Tiago flagra Letícia mexendo em seu celular. Magnólia anuncia a volta de Ciro à tecelagem. Olavo avisa a Celso que possui provas para libertar Pedro. Letícia ouve Tião afirmar que não quer que Pedro saia da cadeia.

 

Capítulo 27

Tião tenta manipular Letícia. Conrado avisa a Pedro para se manter afastado de Tião. Tião descobre que Magnólia cuidará de Fausto em casa. Jéssica difama Salete para Amaro. Ciro se apavora com a chegada da polícia à tecelagem. Gledson pede para Mileide se afastar de Augusto. Leila incentiva Vitória a deixar Ciro. O delegado informa a Olavo e Helô que Pedro será solto. Tião exige que Isabela esteja na equipe que servirá o bufê na festa de aniversário de Letícia. Keila fica furiosa com o que Amaro conta sobre Salete. Venturini e Nacib são cercados por jornalistas. Tião afirma que não deixará Helô se afastar dele. Pedro sai da cadeia.

 

Capítulo 28

Helô viaja com Pedro. Ana Luiza ouve Vitória dizer que foi obrigada por Ciro a depor contra Pedro. Antônio pede que Tiago termine seu noivado. Edu conta a Letícia que Tião possui um apartamento para encontros amorosos. Magnólia pede um empréstimo a Tião. Ana Luiza divulga o vídeo com o depoimento de Isabela no blog de Elio. Venturini e Nacib culpam Fausto pelas empresas de fachada. Helô e Pedro chegam ao sítio de Olavo. Valdir filma Tiago e Isabela se beijando e avisa a Tião que eles foram a um hotel. Magnólia culpa Aline pela presença dos jornalistas em sua casa. Amaro faz um vídeo de Jéssica difamando Salete. Tião pressiona Letícia a ligar para Helô.

 

Capítulo 29

Letícia enfrenta Tião. Pedro conta a Helô que recebeu uma carta ameaçadora na cadeia. Augusto descobre o que Amaro fez contra Salete e o demite. Jéssica se surpreende com o tratamento que recebe da mãe. Magnólia expulsa Nacib de sua casa. Camila pede para visitar o túmulo de Carmem. Marcão não deixa Vitória se embriagar. Xanaia acompanha Ruty Raquel em seus encontros. Magnólia manda Tiago falar com Letícia. Ana Luiza discute com Elio por causa de Isabela. Flávia critica Salete por não ter sido dura com Jéssica. Letícia acusa Helô de rejeitar Tião. Salete procura Augusto. Tião briga com Helô.

 

Capítulo 30

Yara cuida de Helô, mas a critica por não contar para Pedro o que aconteceu. Tião vai para o hospital. Salete fica arrasada ao descobrir que Jéssica a difamou. Tiago afirma a Isabela que irá se separar de Letícia. Tião sabota a bebida de Letícia. Pascoal avisa a Hércules que Salete não pode mais ser sua vice-prefeita. Letícia passa mal e Helô desconfia de Tião. Tiago é informado da internação da noiva e fala com Isabela. Tião ameaça Helô. Helô avisa a Pedro que sua filha foi internada. Ana Luiza consegue se comunicar com Fausto. Augusto faz um comício na praça e todos o aplaudem. Hércules pede que Magnólia seja sua vice-prefeita. Venturini exige que Luciane encontre a garçonete que o denunciou. Pedro chega ao hospital. Tiago termina o noivado com Letícia.

Leia coluna de Edinei Wassoaski                                                                                                                

A notícia do ano, pelo menos até aqui, é a da duplicação de 78,8 quilômetros da BR-116, atingindo a região de Mafra, Papanduva, Monte Castelo e Santa Cecília. A cidade mais beneficiada da região será Mafra, com pelo menos 15km de duplicação, incluindo o trecho do trevo de acesso a Canoinhas pela BR-280.

    Mafra, por sua condição natural de proximidade dos portos, já ganhou duas empresas só neste ano. Com a duplicação, ganha ainda mais força. Mas a duplicação da sua principal artéria trará benefícios também para Canoinhas.

    A partir da duplicação consolidada, certamente empresários que olharem para a região somarão o fato de que a 40km de Canoinhas teremos uma rodovia duplicada como fator importante na escolha por investir ou não na cidade. Vale, também, para os municípios limítrofes.

     O mais bacana da obra da 116 é que o dinheiro não vai sair dos cofres públicos. Todo o investimento de R$ 484,6 milhões sairá dos cofres da Autopista Planalto Sul, ou seja, é dinheiro privado, o que dribla a burocracia de se lidar com órgãos públicos. À Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) coube apenas autorizar o projeto executivo, que fica pronto em até um ano.

    Para os usuários da rodovia, já se fala em pedágio mais caro. Certamente, no entanto, os moradores da região hão de agradecer por não ficarem em intermináveis filas no trevo de acesso à BR-280, em Mafra, em finais de domingo e de feriados. É o preço do desenvolvimento.

    Aos prefeitos (re)eleitos da região, uma boa notícia que há de dar musculatura a seus respectivos mandatos no tocante ao desenvolvimento econômico.

 

Governador em xeque

Assinada por 29 dirigentes sindicais e dois parlamentares petistas, documento entregue ao presidente da Assembleia, Gelson Merísio (PSD), fundamenta um pedido de impeachment do governador Raimundo Colombo (PSD).

O pedido tem efeito muito mais eleitoral do que prático. Para se cassar qualquer governante, a Cartilha de Brasília ensina, é preciso ter minoria no Legislativo, e disso Colombo não padece. Ademais, o pedido das entidades, apontam juristas, teriam inconsistências que matam a investida no nascedouro. Merísio promete analisar o pedido em até 15 dias.

 

Eleições

Três cidades catarinenses escolhem seus prefeitos em segundo turno no domingo, 30, e isso diz muito sobre as eleições estaduais. Colombo mede forças com seu vice em Joinville. Quer eleger Darci de Matos, enquanto Pinho Moreira trabalha por Udo Döhler. Colombo chegou a ir ao programa de Matos para “desmentir” Udo sobre uma ponte. A troca de insultos foi recíproca. Vença quem vencer na maior cidade do Estado, vai deixar marcas na disputa estadual. Afinal, o PSD vai apoiar o partido que chamou Colombo de mentiroso?

 

 

 

Deputado Antônio Aguiar (PMDB) e Vicente Telles, Músico, Folclorista, Compositor e Pesquisador - Sessão Especial em Comemoração ao Centenário do Contestado/Fábio Queiroz / Agência AL

Deputado Antônio Aguiar (PMDB) e Vicente Telles, Músico, Folclorista, Compositor e Pesquisador – Sessão Especial em Comemoração ao Centenário do Contestado/Fábio Queiroz / Agência AL

Deputado Antonio Aguiar e o folclorista Vicente Teles, durante sessão em homenagem aos 100 anos do fim da Guerra do Contestado na terça-feira, 25, na Assembleia.

 

 

 

 

HARMONIA

Um desavisado que ver essa foto sem ler a legenda pode muito bem dizer que são candidatos a prefeito e vice fazendo positivo para o eleitorado. Como os leitores da coluna bem sabem, no entanto, são o prefeito Beto Faria (PMDB) e seu sucessor, Beto Passos (PSD), que se cumprimentaram na entrega do Residencial Aparecida na sexta, 21. À tarde, conversaram sobre transição.

 

Enquete

Até o meio-dia deste sábado, 29, 1.075 pessoas haviam respondido à enquete do JMais sobre a expectativa quanto ao governo de Beto Passos (PSD). 33% acham que o mandato será ruim; 30%, ótimo; 25% bom; e 12% regular. O número de pessoas que opinaram (o site só aceita um voto por dispositivo – celular, tablet, computador) se aproxima dos ouvidos na última pesquisa divulgada por Passos, que lhe dava maioria dos votos. Repete o que se viu nas urnas: a divisão de opinião do eleitorado quanto ao candidato eleito.

 

Bagunça jurídica

A tentativa de derrubar Orildo Severgnini (PMDB) há dois meses do final do mandato provoca uma confusão jurídica em Major Vieira. Adilson Lisczkovski (PSDB) sabe que terá no máximo dois meses de governo porque a oposição é maioria na Câmara. Mas aposta alto, de olho no próximo mandato. As chances de a Justiça cassar o mandato inteiro, no entanto, são remotas.

 

Por que não fazem um curso aqui, na Câmara? Por que não rende R$ 2,5 mil na conta bancária”

do vereador de Major Vieira, Dercílio Severgnini (PMDB) ao criticar o abuso de diárias entre seus pares. Segundo ele, só neste mandato, os gastos com viagens dos vereadores chegam a R$ 1 milhão

 

RÁPIDAS

ELEITO: O empresário Ismael Carvalho é o novo presidente da Fundação Universidade do Contestado (UnC).

 

67%: dos recursos públicos são desviados em todos os Municípios do País da compra de merenda escolar, medicamentos e saneamento básico, revela a Controladoria Geral da União.

 

ALERTA: O presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Paulo Ziulkoski, disse que a PEC 241 vai inviabilizar as próximas administrações municipais.

 

O CAOS: Ele alerta que não haverá dinheiro novo para investimentos nos próximos 20 anos, o que comprometerá os serviços à população.

 

40%: das cidades catarinenses têm o prontuário do SUS. Quem não estabelecer o sistema até o final deste ano perde recursos para a Saúde.

 

CARA DE PAU: Eugênio Aragão, que foi ministro da Justiça do governo Dilma resumiu em entrevista à Carta Capital como funciona o sistema político brasileiro: “Essa garotada do Ministério Público não tem a mínima noção de economia”.

 

CARA DE PAU 2: Para ele, a corrupção é até positiva. “Simplesmente botaram na cabeça uma ideia falso-moralista de que o País tem de ser limpo. Corrupção existe em todas as partes do mundo e não é um problema moral.”

 

 

Nesta sexta-feira, 28, estreou Meu Amigo, o Dragão 

 

O CineMax Canoinhas traz duas estreias para este final de semana. Na quinta-feira, 27, estreou A Bruxa de Blair, refilmagem do já clássico do terror de 1999.

Um grupo de estudantes de Milwaukee, durante uma viagem para acampar em uma das florestas da região, decide penetrar ainda mais no coração das árvores do que o previsto e acaba descobrindo que a floresta esconde seres perigosos.

Já nesta sexta-feira, 28, a estreia foi bem menos tensa. Meu Amigo, o Dragão deve agradar em cheio a garotada. Após um acidente de carro na floresta, o pequeno Pete (Oakes Fegley) fica órfão. Ele logo é encontrado pelo dragão Elliot, que passa a protegê-lo. Seis anos se passam e a dupla está na mais perfeita sintonia, vivendo na floresta sem que alguém os tenha notado, já que Elliot possui a capacidade de se camuflar. Só que, um dia, Pete encontra o relógio da guarda florestal Grace Meacham (Bryce Dallas Howard). Ele passa a vê-la de longe, em um descampado onde uma madeireira está trabalhando, mas é descoberto pela jovem Natalie (Oona Laurence), que resolve segui-lo. A situação faz com que Pete seja descoberto e, após sofrer um acidente onde fica desacordado, é levado para o hospital. A situação deixa Elliot desnorteado, ao ponto de deixar seu lar à procura do menino.

Ainda segue em cartaz, O Lar das Crianças Peculiares e Pets. Veja abaixo os detalhes:

 

ESTREIAS

A BRUXA DE BLAIR 

Sexta, 28 * 21h (2D – dublado)

Sábado e domingo * 21h15 (2D – dublado)

 

MEU AMIGO, O DRAGÃO

Sábado, 29 * 19h (3D – dublado)

Terça, dia 1º * 19h (3D – dublado)

 

EM CARTAZ

O LAR DAS CRIANÇAS PECULIARES

Sábado e domingo * 16h45 | (3D – dublado)

 

PETS – A VIDA SECRETA DOS BICHOS

Domingo, 30 * 15h (3D dublado)

Confira o que foi destaque no JMais

 

Carlos, Passos, Faria, Zenici, Pike e Morgana/Divulgação

Carlos, Passos, Faria, Zenici, Pike e Morgana/Divulgação

A primeira reunião de transição de governo, realizada na prefeitura de Canoinhas na tarde de sexta-feira,21, foi marcada por cordialidade e harmonia entre o prefeito Beto Faria e os novos gestores eleitos, Beto Passos e Renato Pike. Eles estavam acompanhados da vereadora eleita, Zenici Dreher, além de José Carlos Herbst e Morgana Lessak, integrantes da equipe de transição.

De acordo com o prefeito Beto Faria, na próxima semana deve ser assinado um decreto normatizando o procedimento de transição. A partir de 31 de outubro devem ocorrer novos encontros entre a atual administração e a nova gestão, para que a equipe que assumirá a prefeitura no próximo ano tome conhecimento sobre contratos, obras e ações em andamento no município.

 

Ex-aliados, Adilson e Orildo levam disputa nas urnas para a Câmara de Vereadores/Arquivo

Ex-aliados, Adilson e Orildo levam disputa nas urnas para a Câmara de Vereadores/Arquivo

Por seis votos a dois a Câmara de Vereadores de Major Vieira decidiu na noite desta segunda-feira, 24, aceitar  denúncia feita pelo candidato derrotado na eleição deste ano e atual vice-prefeito, Adilson Lisczkovski (PSDB), contra o prefeito reeleito Orildo Severgnini (PMDB).

O irmão do prefeito, Dercílio Severgnini (PMDB), foi impedido de votar por causa do parentesco com Orildo.

Segundo a denúncia, Severgnini teria deixado de depositar no Fundo de Pensão dos Servidores Públicos o dinheiro descontado das folhas de pagamento.

Ainda nesta segunda foi formada uma Comissão Processante, que terá a missão de investigar a denúncia. O relatório final desta comissão será apresentado aos demais vereadores que, caso aprovem o relatório, Severgnini será afastado até o fim deste ano. Não há consenso sobre o próximo mandato.

Na mesma sessão foi escolhida a comissão que terá como presidente, Claudiomiro Antonio do Couto (PT), como relator o vereador Jairo Senczack (PT) e como membro Neuza Schumacher.

 

IMG_20161025_212538_BURST1A chuva entre 19h30 e 21h desta terça-feira, 25, causou transtornos a moradores do bairro São Cristóvão, em Porto União. O acúmulo de água comprometeu galerias e, com isso, as águas invadiram vias e em alguns casos chegaram a entrar algumas residências.

Os pontos com volume de água mais significativos foram nas ruas Cordovan de Melo Júnior e José Pioli, próximo ao ginásio de esportes Benedito Albino.

Moradores destacaram que em caso de chuvas mais intensas é frequente esse tipo de situação, em razão das galerias não suportarem o acúmulo de água.

Dois postes caíram na rua Braulina Pigatto, no bairro Bom Jesus, deixando o trânsito interrompido.

Além disso, a enxurrada alagou o estacionamento de um supermercado na rua Castro Alves.

Segundo Corpo de Bombeiros uma barreira caiu na BR 280 próximo a Santa Cruz do Timbó. O trânsito no local está em meia pista.

 

Casas continuam cobertas por lonas/Priscila Noenberg/Correio do Norte

Casas continuam cobertas por lonas/Priscila Noenberg/Correio do Norte

Uma semana depois do temporal que atingiu a localidade de São João dos Cavalheiros, em Três Barras, o distrito segue arrasado. A situação mais crítica é de cerca de 20 casas que foram destelhadas por pedras de granizo que chegaram a pesar 400 gramas.

Segundo Antonio Amilton Barbosa, morador do distrito, quem tem condições comprou telhas de eternit para cobrir novamente suas casas, mas as cerca de 20 casas destelhadas pertencem a famílias muito pobres. Ele conta, ainda, que faltam colchões, perdidos durante o temporal.

Segundo Barbosa, o Município esteve no local cadastrando as famílias mais carentes, mas de efetivo nada foi feito. “Trouxeram algumas lonas, mas não resolveram porque com a chuva volta a molhar dentro das casas”, explica.

Barbosa procurou a prefeitura e ouviu que o Município havia repassado os cadastros para o Estado, que teria por obrigação ajudar os atingidos pelo temporal.

O coordenador regional da Defesa Civil em Canoinhas, Edson Antocheski, reconhece que recebeu o pedido de ajuda, mas afirma que não pode ajudar porque o número de atingidos pelo temporal não atingiu um piso mínimo de afetados determinado por lei estadual para que a Defesa Civil possa ser acionada.

Prefeito Elói Quege (PP) admite que o Município não tem condições de ajudar todos os desabrigados, mas prometeu remediar a situação dos mais necessitados até a próxima semana. Ele disse que vai usar um recurso emergencial contingenciado para situações como essas. Segundo o prefeito, a localidade precisa de 7 a 8 mil telhas de eternit e até 5 mil telhas de cerâmica. Para atender todo este contingente, ele protocolou junto à Secretaria Estadual de Assistência Social um documento requerendo ajuda. Também vai encaminhar pedido de ajuda para a Secretaria Estadual de Agricultura, considerando as perdas na lavoura.

 

cinquentinhaA exigência por habilitação para conduzir as motos conhecidas como “cinquentinhas”  começa a valer nesta quarta-feira, dia 1º, em todo o Brasil, mas a depender do que dizem as autoridades, a lei não deve valer logo de cara em Canoinhas. Estão inclusas na nova resolução as motocicletas conhecidas como Biz e as bicicletas elétricas.

Capitão Lopes, responsável pela fiscalização do trânsito do 3º Batalhão de Polícia Militar de Canoinhas, que assumiu o posto nesta semana, diz que ainda precisa se inteirar da questão, mas adianta que se for uma determinação nacional, cabe à Polícia Militar fiscalizar. Ele admite, no entanto, que a PM desconhece como será a fiscalização e que na segunda-feira, 31, deve se pronunciar oficialmente sobre a questão.

Na Ciretran de Canoinhas, também nada se sabe sobre a nova regra. Muito menos nas autoescolas, que pelo menos em Canoinhas não fornecem a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC), documento adequado para aqueles que pilotam as “cinquentinhas”.

Um dos donos de autoescola conta que não vale a pena investir nesse tipo de habilitação, que limita à direção de “cinquentinhas” e custa o mesmo que uma carteira de habilitação categoria A, que permite pilotar qualquer motocicleta. “É difícil que alguém queira fazer uma habilitação ACC pagando a mesma coisa que pagaria para ter uma habilitação mais ampla”, explica.

O responsável pelo Departamento de Trânsito de Canoinhas (Detracan), Lourival Schiptoski, diz que já se inteirou da resolução que fixa a multa e afirmou que os agentes de trânsito devem orientar os donos de “cinquentinhas” a fazerem a carteira categoria A a partir do dia 1º. “Vamos orientar por pelo menos 30 dias. Ninguém será multado nesse primeiro momento”, afirma.

Segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), até o fim de fevereiro, havia apenas 678 ACCs emitidas no país contra mais de 25 milhões de CNHs na categoria A.

Quem descumprir a nova norma, segundo o Denatran, cometerá infração gravíssima, com multa de R$ 574,62 (o valor é multiplicado por 3) e apreensão do veículo.

 

Distância entre casas e muro/Edinei Wassoaski/JMais

Distância entre casas e muro/Edinei Wassoaski/JMais

O muro construído pela Implantec mediante acordo judicial para obstruir a visão dos moradores da quadra em frente à Unidade Prisional Avançada (UPA) de Canoinhas não cumpre a função para a qual foi construído.

Pessoas com 1,74m de altura, como o repórter, conseguem ter uma visão privilegiada da UPA apenas esticando um pouco o pescoço para cima do muro. A reportagem colocou uma câmera em cima do muro e tirou várias fotos que mostram toda a estrutura da UPA.

Para o diretor da Unidade, Alexsander Marcelo Costa, o muro de nada adiantou. Por precaução, ele pediu à Caixa Econômica Federal a relação de nomes dos moradores que vão ocupar a primeira quadra do loteamento. “Acho que o Ministério Público Federal (MPF) poderia ter cobrado mais da construtora”, opina.

Pelo acordo assinado na Justiça Federal de Mafra, a construtora se comprometeu a erguer um muro de 1,80 metro e cercar a UPA com tela visando preservar o prédio evitando que pessoas interessadas em conhecer a rotina da Unidade usem a visão privilegiada das casas para planejar uma possível fuga, por exemplo.

Paulo Tempass, relações públicas da Implantec, disse que a empresa cumpriu o estabelecido no acordo assinado com o MPF. O relatório com as providências tomadas já foi fechado e enviado para o MPF, que deve apresentar parecer a ser homologado pelo juiz federal nos próximos dias.

Tempass diz que a visão da UPA para as casas foi completamente obstruída e de dentro das casas é impossível visualizar a UPA. “Agora se alguém tem a intenção de espionar a UPA, não vai ser a altura do muro que vai impedi-la. A pessoa sobe em um tijolo e vê”, pondera.

 

Divulgação

Divulgação

Durante esta semana o Campo de Instrução marechal Hermes, em Três Barras, recebe a “Operação Setembrino de Carvalho”, um exercício em no terreno em que a Artilharia Divisionária da 5ª Divisão de Exército (AD/5) realiza o adestramento avançado do apoio de fogo.

O exercício consiste em um planejamento de fogos sobre manobras preparadas pelas 5ª DE e pelas próprias Brigadas, em uma marcha para o combate e um ataque coordenado com execução do tiro real.

Nos três primeiros dias ocorreu a integração dos fogos e apresentação da manobra da 5ª DE e das Brigadas que a compõem, enfatizando os alvos mais importantes de um inimigo fictício.

Nesta fase também ocorreu a aplicação do planejamento no terreno com uma Marcha para o Combate de São Mateus do Sul (PR) a Papanduva (SC), com mais de 70 viaturas, envolvendo os Grupos de Artilharia desafiados por problemas técnicos e táticos.

 

Deputado Antônio Aguiar (PMDB) e Vicente Telles, Músico, Folclorista, Compositor e Pesquisador - Sessão Especial em Comemoração ao Centenário do Contestado/Fábio Queiroz / Agência AL

Deputado Antônio Aguiar (PMDB) e Vicente Telles, Músico, Folclorista, Compositor e Pesquisador – Sessão Especial em Comemoração ao Centenário do Contestado/Fábio Queiroz / Agência AL

Considerado um conflito marcante para a história de Santa Catarina, situado entre 1912-1916, a Guerra do Contestado foi recordada, na noite desta segunda-feira, 24, na Assembleia Legislativa. Convocada pela Mesa da Casa e aprovada por unanimidade por todos os parlamentares, a solenidade em a alusão ao centenário da guerra contou com a presença da sociedade civil, personalidades ligadas ao episódio e autoridades, entre elas o presidente do Legislativo, deputado Gelson Merisio (PSD). Ao abrir os trabalhos, o parlamentar destacou a importância da homenagem, que trouxe durante os pronunciamentos, depoimentos, fatos e lembranças do  episódio que marcou e mudou o cenário catarinense.

A partir de um vídeo, a história foi relatada e trazida aos dias atuais com inúmeros detalhes de um período que postergou por  46 longos meses. Num  contexto, onde uma área de aproximadamente 20 mil quilômetros quadrados tornou-se um banhando de sangue, o vídeo retrata a lembrança e permite manter viva a memória de uma das maiores revoltas camponesas do Brasil. Em terras catarinenses, a disputa percorreu uma vasta região, desde o Planalto abrangendo os municípios de Curitibanos, Lages, Canoinhas e Porto União, até o Meio Oeste passando por Caçador, Joaçaba, até a região de Irani.

 

Travessias urbanas, como a de Mafra, serão prioridade/Arquivo

Travessias urbanas, como a de Mafra, serão prioridade/Arquivo

Foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) nesta terça-feira, 25, o desenvolvimento do projeto executivo para a duplicação de trechos da BR 116.

A extensão autorizada é de 78,8 Km, com custo estimado das obras em R$ 484,6 milhões. Deste valor, R$ 20 milhões serão destinados para os projetos executivos que deverão ficar prontos em um ano.

Os projetos executivos das obras devem começar pelos trechos prioritários dos perímetros urbanos apontados por estudos anteriormente realizados pela Autopista Planalto Sul, em consonância com as Associações de Municípios. Devem ser contemplados Mandirituba, Areia Branca, Rio Negro, Mafra, Itaiópolis, Papanduva, Monte Castelo, Residência Fuck, Santa Cecília, Ponte Alta do Norte, São Cristóvão do Sul, Ponte Alta, Correia Pinto e Lages.

Segundo o secretário executivo da Amplanorte, Hélio Daniel Costa, a Serra do Espigão, a princípio, não será duplicada porque o custo chega ao dobro do anunciado considerando a complexidade da duplicação. “Implica em desenhar um novo traçado para a serra”, afirma. Ele ressalva, no entanto, que algo terá de ser feito para minimizar os riscos da serra.

O trecho concedido compreende 15 quilômetros em Mafra, cinco em Papanduva e cinco em Monte Castelo. A prioridade serão os acessos a esses Municípios. O projeto será desenvolvido paralelo à construção de terceiras faixas em vários pontos da rodovia.

 

telefoneA partir deste domingo, 30, as ligações telefônicas para Bela Vista do Toldo, Irineópolis, Itaiópolis, Mafra, Monte Castelo, Papanduva, Timbó Grande e Três Barras vão ficar mais baratas.

A redução vale para as chamadas dos telefones fixos para os municípios vizinhos a partir destas cidades. No total, as ligações ficarão mais baratas para consumidores de 587 municípios. Estas ligações deixarão de ser cobradas como interurbanas e passarão a ter a mesma tarifa das chamadas locais. A estimativa da Agência é de uma redução de 60% no custo da ligação. A queda de preços beneficiará consumidores de 281 municípios da Região Sul; 199 da Região Nordeste; 69 do Sudeste; e 38 municípios da Região Norte.

O benefício real desta mudança vai depender do plano de serviço contratado pelo assinante. Além dos planos básicos, as concessionárias oferecem vários planos alternativos, os preferidos dos usuários.

A estimativa é de que a redução das tarifas dos planos básicos locais das concessionárias de telefonia fique em torno de 60%, considerando o valor de R$ 0,08 para o minuto local e o valor médio de R$ 0,20 para o minuto de longa distância nacional.

Dados da Anatel de junho deste ano apontam que 25,30% dos assinantes da Oi; 9,64% da Telefônica; 8,60%  da CTBC Telecom, e 7,87% da Sercomtel utilizam os planos básicos de serviço.

Área Local é a área geográfica de prestação de serviços, definida pela Agência segundo critérios técnicos e econômicos, onde é prestada a telefonia fixa na modalidade Local.

As alterações do Regulamento sobre Áreas Locais para a telefonia fixa foram publicadas no dia 3 de maio por meio da Resolução Anatel nº 666/2016 e estabelecia um prazo de 180 dias para entrada em vigor da medida.

 

Visita da comitiva a propriedade rural de Canoinhas/Divulgação

Visita da comitiva a propriedade rural de Canoinhas/Divulgação

O economista agrícola sênior do Banco Mundial, o argentino Diego Arias, liderou uma comitiva do Banco que percorreu a região de Canoinhas durante esta semana a fim de analisar a repercussão do SC Rural, programa do Governo do Estado subsidiado pelo Banco, na região.

Arias disse que gostou muito do que viu, elogiou o trabalho dos agricultores da região que participam do programa, frisando a qualidade do leite e do mel produzidos na região. “O que percebemos muito diferente das demais regiões do Brasil foi a vontade dos jovens de trabalhar com a família. Jovens que têm decidido ficar no campo e se aperfeiçoar”, explica.

Arias explica que o SC Rural prevê investimentos do Governo a fundo perdido e, em igual valor, dos produtores rurais. Estudo aponta que em cinco anos, os agricultores que não participaram do SC Rural aumentaram a renda em 45%. Quem participou do programa aumentou a renda em 120%.

Há 30 anos o Banco Mundial financia a agricultura em SC. Em 1984, durante o governo de Esperidião Amin, o Banco começou a fomentar o Microbacias. Para Arias, SC está apta a renovar o financiamento, mas para tanto, precisa de um aval do Governo Federal.

 

gasolinaApesar do anúncio de queda de cerca de R$ 0,05 no preço do litro da gasolina e do óleo diesel feito pela Petrobras há duas semanas, a redução no valor dos combustíveis ainda não chegou ao bolso do consumidor da região. A reportagem feita em parceria com o jornal O Comércio, de União da Vitória, pesquisou o preço da gasolina comum em 12 postos da região e não só atestou que nenhum deles baixou o preço do combustível como, também, que a variação do custo da gasolina entre União da Vitória e Mafra chega a R$ 0,50 por litro.

Além disso, donos de postos de combustíveis ouvidos pela reportagem não descartam uma elevação no preço da gasolina nos próximos dias, porque o combustível tem 27% de etanol anidro em sua composição (diferente do etanol hidratado), e o produto teve aumento de cerca de 14,8% em 30 dias. De acordo com os números divulgados pela Petrobras, as reduções são de 2,7% para o diesel e 3,2% para a gasolina, nas refinarias. Mas para o consumidor final, a projeção era de que os preços cairiam menos de 2%. Esse foi o primeiro anúncio de redução no preço dos combustíveis feita pela Petrobras desde 2009.

Nos 12 postos pesquisados, o litro da gasolina comum foi encontrado pelo menor valor a R$ 3,49, em Porto União. Em Canoinhas está a gasolina mais cara, a R$ 4 o litro. Por que de tanta distorção no preço do combustível?

O gerente de um posto de Canoinhas diz que a variação de preço se deve aos postos de “bandeira branca”, aqueles que não representam nenhuma marca e que compram combustíveis de quem vende mais barato. A gasolina vendida por um posto de União da Vitória que representa a mesma marca do posto canoinhense, no entanto, é R$ 0,20 mais barata. Ele diz que, nesse caso, tem de ver se o posto de Porto União não tem transporte próprio para abastecer a unidade e lembra que, muitas vezes, dependendo do consumo, é possível negociar o preço do combustível com o freguês.

Para outro gerente de posto de Canoinhas, o custo do transporte implica no preço do combustível, mas para ele a qualidade da gasolina é ainda mais decisiva. “Existem dois tipos de gasolina: a refinada e a formulada, mas poucas pessoas sabem disso aqui porque em Canoinhas nenhum posto é obrigado a informar isso ao cliente, ao contrário de São Bento do Sul e Rio Negrinho, por exemplo”, explica.

A gasolina refinada é quando o combustível passa pelo processo de refinação, em que substâncias nocivas são eliminadas, enquanto que a gasolina formulada é composta de resíduos de destilação petroquímica, quando são adicionados solventes, com qualidade inferior a primeira.

 

Franciele gravando a receita para o programa/Facebook/Reprodução

Franciele gravando a receita para o programa/Facebook/Reprodução

A canoinhense Francieli Woitexem não cabe em si de tanta emoção. Ela foi classificada entre as quatro primeiras finalistas do concurso O Melhor Pastel do Brasil do programa Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga na TV Globo.

A eliminatória aconteceu ao vivo, na manhã desta segunda-feira, 24.

ASSISTA O VÍDEO

Francieli, que é bióloga, mas ama cozinhar, apresentou uma receita de pastel de farofa (leia abaixo a receita completa) e conquistou o paladar de Ana  e dos jurados. Antes de apresentar a receita, ela se emocionou falando que casou no mês passado e ainda não deu tempo de fazer a lua de mel. A ideia seria de ganhar o concurso e, com o dinheiro, viajar para Fernando de Noronha ou Bonito. Quer, ainda, mobiliar a casa.

Dos quatro concorrentes na primeira final, no entanto, quem ganhou foi Isabel Cristina, com receita de um pastel de carne de sol.

 

Naraiãne e a professora Edilaine comemoram a classificação/Divulgação

Naraiãne e a professora Edilaine comemoram a classificação/Divulgação

A timidez de Naraiãne Vieira contrasta com o brilho nos olhos e o sorriso que abre quando questionada sobre a expectativa para a viagem que está prestes a fazer à Fortaleza (CE) para viver um dos momentos mais emocionantes da sua vida. Naraiãne mora na Serra dos Borges, interior de Bela Vista do Toldo, e cursa o 8º ano do Ensino Fundamental no Núcleo Escolar Municipal Pedro Alberti.

Orientada pela professora de Língua Portuguesa Edilaine Fernandes Corrêa, produziu um texto na categoria “memórias literárias” para concorrer na Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, concurso nacional que é organizado pelo Ministério da Educação. Deu certo. Naraiãne foi classificada para a fase estadual, onde conseguiu classificação para a semifinal da competição. Orgulhosa da aluna, Edilaine conta que agora ela precisa reescrever o texto que versa sobre “O lugar onde vivo”. Se agradar os jurados, vai para a finalíssima, em Brasília.

A Olimpíada é uma iniciativa do Ministério da Educação e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), que em 2016 promove sua 5ª edição. São 81.269 professores  e quase 40 mil escolas inscritas. A viagem para Fortaleza será em 16 de novembro. Naraiãne vai reescrever seu texto “Memórias” e a professora Edilaine defenderá seu relato de prática concorrendo com 28 professores de todo o Brasil.

Caso a professora e aluna passem a semifinal, ficarão entre as 152 finalistas. Dessas somente 20 serão ganhadoras.

 

 

A Academia de Letras do Brasil subseção de Canoinhas promoveu concurso entre escolas de Canoinhas e região para premiar os melhores trabalhos sobre “O Contestado com todas as letras”. Os melhores trabalhos foram premiados na quinta-feira, 27, em cerimônia  na Câmara de Vereadores de Canoinhas. Veja as fotos pelas lentes de Fátima Santos:

Leia a crônica da semana de Adair Dittrich                                                                                                            

Éramos um grupo de médicos anestesiologistas de Santa Catarina fazendo um curso preparatório para a obtenção do Título de Especialista. Estávamos em nossa ilha da magia. E o Presidente da Associação Médica de nosso estado, em sua fala, na aula inaugural, profere a frase mais verdadeira, pelo menos para a época, sobre a nossa profissão.

“Médico só tira férias quando vai a Congresso”.

Ou seja, médico só tirava férias de sua labuta quotidiana para um aperfeiçoamento, para um aprimoramento nas coisas de sua profissão.

E assim eram as minhas férias. Durante longos e longos anos. Os congressos e os cursos de atualizações não apenas me conferiram a oportunidade de evoluir em minha especialidade, como, também, a de conhecer quase todas as capitais de meu país e também mais algumas de outros países.

Entre tantos, talvez, o mais pitoresco tenha sido a viagem que eu fiz para o congresso de anestesiologia em Recife.

A programação começara já um ano antes em conversas entabuladas nos intervalos das palestras e mesas redondas de jornadas e congressos. Surgiu então a ideia de se conseguir um navio que para o nordeste fizesse a viagem na data aprazada. Pelo grande número de participantes que do sul e sudeste partiriam seria um navio exclusivo para o nosso evento. Que nos levaria desde Santos, no litoral paulista até a capital pernambucana.

E assim foi feito. O Ana Nery, um dos Cisnes Brancos da antiga Navegação Costeira, foi a nossa casa flutuante durante muitos dias. Não só no decorrer da viagem. Serviu, também, como nosso hotel durante o congresso em Recife.

Dias antes do embarque eu seguira em meu Karmann Ghia vermelho para o Rio de Janeiro. Para atualizar o meu todo. Para adequar meu guarda roupa ao clima nordestino. Sim, porque estávamos aqui com aquele céu enevoado e nevoento, com cor de tempestade e os resquícios dos frios invernais. Cobertos de pesadas roupas dos pés à cabeça, embolorando fechados ficávamos, entre quatro paredes, para não sermos castigados pelas intempéries próprias de nosso friorento sul. E eu precisava me preparar para o ensolarado nordeste.

O embarque no Ana Nery foi no cais do porto do Rio. Onde já se sentia uma prévia das festas que teríamos durante a grande jornada. E, mal embarco, já vou encontrando, no primeiro convés, os velhos amigos de Santos, da Santa Casa de Misericórdia de Santos. Que, angustiados tinham ficado ao não me ver com eles embarcando na orla santista.

E lá fomos nós a singrar os verdes mares de nossa maravilhosa costa rumo ao nordeste.

Quem já cruzou os oceanos em um navio sabe do empenho da tripulação em fazer com que ninguém se sinta entediado. E o pessoal incumbido para esta missão arquiteta mil e uma brincadeiras no correr dos dias, mil e uma festas no correr das noites.

Mas, para a nossa turma de congressistas parecia que aquilo tudo ainda era pouco.

Existe um dia oficial em que o comandante convoca todos os passageiros para um treinamento de sobrevivência em caso de naufrágio. Todos devem entrar nos botes salva-vidas. Colocar os coletes. E seguir todas as instruções previamente em detalhes explicada em uma palestra e enfatizadas depois em panfletos muito bem elaborados.

Mas, havia algo a mais. Algo desconhecido do comandante e da tripulação.

Eles não sabiam que quem estava a bordo era um bando de pessoas que leva uma vida carregada de tensões. Que vive no limite do estresse em todas as horas do dia. Que até quando repousa e dorme sente os sobressaltos de uma vida vivida sobre o fio de uma navalha.

Eis que centenas dessas pessoas se juntam para o relaxamento do corpo, da mente e do espírito. Artes e artimanhas começam a vicejar. De ouvido a ouvido espalha-se entre os menos avisados a notícia de uma grande aventura. De um desembarque em Abrolhos. A hora marcada era o momento designado para o treinamento de sobrevivência em caso de naufrágio. Os botes salva-vidas seriam baixados até ao nível do turbulento mar e seguiriam depois rumo aos penhascos do decantado arquipélago. Iríamos nos deslumbrar bem de perto com o visual de enormes ondas chocando-se de encontro aos rochedos. E não sobrava ninguém que não quisesse conhecer Abrolhos.

No dia aprazado, na hora marcada, Abrolhos à vista, simbolicamente quase ao alcance de nossas mãos. Foi aquela correria. Todo mundo a precipitar-se rumo aos botes salva-vidas. Com os coletes já apertados ao tórax.  Todos queriam ser os primeiros a desembarcar. Todos os que acreditaram na fantástica aventura. Menos os autores da farsa.

E os botes não saíam do lugar. Os botes não desciam rumo às turbulentas águas. E Abrolhos ali, saltando aos angustiados olhos de todos. E o navio nada de diminuir a velocidade. Nada de parar. Nada de ancorar.

Pessoas de todas as idades aglomerando-se no convés, aguardando a sua vez para a espetacular descida e tomar o caminho rumo a Abrolhos.

Um grupo que estava perdendo a paciência foi logo falar com o Imediato. Que o enviou ao Comandante. Que nada sabia sobre a malfada incursão aos rochedos do arquipélago.

Foi então que o nosso professor emérito, chefe de uma equipe de anestesiologistas, chefe de um Centro de Ensino e Treinamento de nossa especialidade, se apresentou, com a face mais séria do mundo, e confessa ao comandante a autoria da inusitada façanha. Que o fizera apenas para que nós nos desafogássemos do estresse da vida. E assim, como bom chefe, assumiu sozinho a autoria do crime. E não nos delatou como seus cúmplices.

Nosso castigo foi, no jantar de gala daquela noite, sermos incluídos, em lugar de honra, na mesa do capitão-comandante!

Grupo fornecia bebida alcoólica para menores

 

Do Portal Cultura Sul FM

 

Em patrulhamento na área central de São Mateus do Sul na noite desta sexta feira, 28, a equipe de plantão da Polícia Militar avistou um grupo em atitude suspeita. Três homens, incluindo um menor, foram abordados junto com duas mulheres, uma delas menor de idade.

Segundo a PM, os maiores de idade estavam fornecendo bebida alcoólica para os menores.

Além disso, em consulta ao sistema interno da PM, os policiais verificaram que o veículo Gol com placas de São Mateus do Sul possuía alerta de roubo.
Todos os envolvidos foram encaminhados à Delegacia juntamente com o veículo.

agencia brasiA bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz no mês de novembro será a amarela, com custo de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A medida se deve às condições hidrológicas menos favoráveis, o que determinou o acionamento de usinas termelétricas, mais caras.

Desde abril deste ano, a bandeira tarifária estava verde, ou seja, não havia custo extra para os consumidores. No ano passado, todos os meses tiveram bandeira vermelha, primeiramente com cobrança adicional de R$ 4,5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos e, depois, com a bandeira vermelha patamar 1, que significa acréscimo de R$ 3 a cada 100 kWh.

O sistema de bandeiras tarifárias foi adotado em janeiro de 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, mai cara do que a energia de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia elétrica em função das condições de geração de eletricidade. Por exemplo, quando chove menos, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma diferente de cobrar um valor que já era incluído na conta de energia, por meio do reajuste tarifário anual das distribuidoras. A agência considera que a bandeira torna a conta de luz mais transparente e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais consciente.

 

Bandeira tarifária vai impactar no cálculo da inflação

Após a Aneel decidir decretar bandeira tarifária amarela em novembro, cálculos do economista Fábio Romão, da LCA Consultores mostraram que essa mudança na cor da bandeira tarifária de verde para amarela em novembro deve provocar um impacto direto de cerca de 0,10 ponto porcentual no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano. Com isso, a projeção da consultoria para o IPCA de 2016 passou de 6,79% para 6,90%. “Podem ter desdobramentos também indiretos, mas é mais difícil mensurar”, disse.

Com a alteração, Romão modificou sua estimativa para o IPCA fechado de novembro de alta de 0,29% para 0,38%. Já a projeção para dezembro saiu de 0,63% para 0,65%.

Por enquanto, o economista segue estimando que o IPCA poderá fechar 2017 perto do centro da meta de 4,50%. Dados os alívios recentes, ele conta que recentemente diminuiu a projeção para a inflação do próximo ano de 5,10% para 5,00%. “Pode ser que tenha a volta da bandeira verde”, justificou.