< 2015 outubro Archive | JMais | Jornalismo Digital

Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Confira o que foi destaque no JMais:

Elói Quege

Elói Quege

Elói Quege (PP) retornou ao cargo de prefeito de Três Barras na tarde desta terça-feira, 27. Afastado por 180 dias da função, ele conseguiu reduzir este tempo para 90 dias no Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC).

A cassação de seu mandato e deu seu vice no Tribunal Regional Eleitoral na semana passada não afeta essa decisão. Isso porque, a cassação tem efeito suspensivo, segundo o prefeito, a partir do recurso que ele apresentou no próprio TRE.

Em entrevista ao Jornal da Band FM na manhã desta terça-feira, Quege disse que pretende fazer mudanças no seu secretariado a partir da próxima semana.

 

 

 

 

 

camara smsA Câmara de Vereadores de São Mateus do Sul, manteve o veto do prefeito Clóvis Genésio Ledur em relação à redução do salário dele, do vice e do secretariado. A sessão realizada nesta segunda-feira, 26, foi marcada pela ausência da população que compareceu em sessões anteriores, quando o projeto foi discutido e votado. O veto foi mantido com votos favoráveis dos vereadores Picheth, Pábis, Geraldo, Paulo e Bira. Votaram contra, os vereadores Ferreto, Lima, Mário e o presidente Enéias Melnisk.

Em entrevista para o “Cultura Sul Notícias”, da rádio Cultura Sul FM, o presidente deixou claro que, apesar da decisão, que foi diferente do que ele imaginava, pretende retomar o projeto no próximo ano.

Sobre a redução dos salários dos vereadores, explicou que, por estar em lei diferente, também vetada pelo prefeito, será analisada na sessão extraordinária em 9 de novembro. O presidente afirmou que caso o veto seja mantido, também reapresentará a proposição em 2016, mas admite modificações.

 

ALA NOVAO Hospital Santa Cruz de Canoinhas apresentou nesta segunda-feira, 26, a reforma ala 200 da unidade. A revitalização compreende a maternidade, solário, sala de reuniões e lavanderia e recebeu um investimento de R$ 630 mil. Destes, R$ 364 mil foram doados pela WestRock (Rigesa), R$ 99 mil pelo instituto Pró-vida e R$ 171 mil foram investidos com recursos do próprio hospital.

As novas instalações buscam oferecer melhor atendimento aos pacientes internados no HSC.

 

 

 

 

casa sumida 2Uma casa simplesmente sumiu no distrito do Campo d’Água Verde, em Canoinhas.

A Policia Militar foi chamada durante o final de semana por uma mulher com 51 anos que disse ter levado um grande susto ao chegar no local onde ficava sua casa na rua Otavio Tabalipa. A casa não estava mais no local. Somente restos de madeiras e o assoalho ainda estavam no local. As paredes, telhado e janelas simplesmente desapareceram.

A casa com aproximadamente 80 metros quadrados havia sido desmanchada e retirada do local sem autorização da proprietária. De imediato ela acionou a Polícia Militar através do 190. Segundo a PM, ela estava desesperada com o sumiço da casa.

Segundo a mulher, fazia quase um mês que não vinha pra Canoinhas, já que mora em Bela Vista do Toldo. A ideia dela era alugar a casa. Os policiais militares fizeram todos os procedimentos no local. A Polícia Civil deve investigar o caso.

 

HOMEM NUUm homem de 47 anos foi detido  completamente nu na avenida Rubens Ribeiro da Silva na tarde desta terça-feira, 27, em Canoinhas. Policiais que atenderam a ocorrência orientaram o homem a se vestir. Ele prontamente acatou a ordem dos policiais.

Cerca de duas horas depois, pessoas que tinham estacionado seus carros nas proximidades da Escola Sagrado Coração de Jesus acionaram a Polícia porque um homem estaria mexendo nos carros. Quando policiais chegaram no local se depararam com o mesmo homem que estava nu pouco antes na avenida. Dessa vez, vestido, ele foi encaminhado para o Centro de Apoio Psicossocial (Caps). Segundo o Caps, ele sofre de problemas mentais e já é paciente do Centro.

 

 

 

 

drogasA Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil de Canoinhas, com apoio da equipe de Três Barras, prendeu na tarde desta quarta-feira, 28, um senhor de 70 anos acusado de comercializar drogas em seu bar no bairro Argentina. Monitorado há semanas, os policiais não tiveram dificuldades em localizar dentro da casa do homem, que fica anexa ao bar, 162 pedras de crack embaladas e prontas para o consumo, além de uma balança de precisão, R$ 527 em dinheiro e um cheque de R$ 1 mil.

Segundo o delegado Sérgio Roberto de Sousa, que substitui temporariamente o delegado regional Wagner Meireles, o homem deve ser indiciado por tráfico de drogas. Ele foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada (UPA) de Canoinhas, à disposição da Justiça.

 

 

 

 

acidenteSete pessoas ficaram feridas em um grave acidente na tarde deste sábado, 31, na BR-280, um quilômetro depois do trevo de acesso a Três Barras, sentido Mafra. Segundo relato dos bombeiros de Canoinhas e Três Barras, que atenderam as vítimas, todos estavam em um Gol com placas de Três Barras, que saiu da pista depois de colidir lateralmente contra um caminhão em uma tentativa de ultrapassagem. O motorista teria batido, ainda, em um barranco, levando duas crianças que estavam no banco traseiro a serem ejetadas do carro.

Os bombeiros de Canoinhas e Três Barras conduziram os pacientes para o Pronto Atendimento Municipal de Canoinhas (PA) com ferimentos diversos, mas nenhum com gravidade ou risco de morte aparentemente. A equipe do Serviço Móvel de Urgência (Samu), UTI Móvel, também se fez presente em apoio com equipe médica.

As crianças ejetadas do carro foram levadas para o PA de Três Barras por populares. Já as demais vítimas foram atendidas pelo Samu e bombeiros.

No PA de Canoinhas os pacientes foram atendidos pelas equipes médicas e, segundo informações extraoficiais, uma das crianças deu entrada no PA de Três Barras com ferimentos generalizados e um corte na cabeça devido  ter sido ejetada para fora do veículo.

 

ala 5O nível do rio Canoinhas voltou a subir nesta semana. Na manhã desta quarta-feira, 28, está em 7,01 metros. Como há previsão de mais chuva para esta semana, cerca de 60 famílias do distrito de São Cristóvão, em Três Barras, permanecem na casa de parentes e amigos ou em abrigos.

Em Porto União cinco famílias foram retiradas de área de enchente na última semana. Três delas estão no ginásio do bairro Bela Vista e duas em casas de parentes. O nível de alerta do rio Iguaçu (5,50 metros) foi ultrapassado com as fortes chuvas na região. As famílias moram no bairro Santa Rosa, um dos principais pontos de alagamento da cidade. Conforme a Secretaria de Desenvolvimento Social as famílias estão sendo acompanhadas. A intenção era que na sexta-feira, 23, elas retornassem para casa. No entanto, com a previsão de mais chuvas – o que se concretizou no final de semana – a mudança não ocorreu. “As famílias vão ficar onde estão até que o rio chegue a marca dos 5,50 metros e não tenha mais previsões de chuvas”, afirma o secretário da pasta, Marcos Antônio Vieira.

 

 

tres_barrasUma reunião na Casa Civil na manhã desta quarta-feira, 28, confirmou o convênio para a construção de uma rodovia no município de Três Barras. Esta era uma antiga reivindicação da comunidade para amenizar o trânsito pesado que passa pela cidade.

Os recursos de R$ 15 milhões são para a construção da SC-102 e a recuperação da rodovia que liga Três Barras ao município de São Mateus do Sul, no Paraná. A previsão do início dos trabalhos é início de 2016. “A nova rodovia deve absorver parte do transporte pesado e melhorar os atuais problemas viários e de mobilidade do município de Três Barras.”, afirma o deputado estadual Silvio Dreveck (PP). Além do deputado, participaram da reunião o secretário da Casa Civil, Nelson Serpa, o prefeito e o vice-prefeito de Três Barras, Elói Quege e Alinor Lescovitz e o representante da empresa Mili S.A, Daniel Signori.

 

 

 

MSTA Justiça Agrária obteve a desocupação, de forma amigável, de duas áreas invadidas nos municípios de Canoinhas e Irineópolis por membros do Movimento Unidos pela Terra (MUT) e Movimento dos Sem Terra (MST). Os acordos foram firmados em audiências realizadas nesta semana e contou com a participação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), da Justiça Agrária e da Polícia Militar.

As ocupações foram identificadas em inspeções judiciais do Promotor de Justiça Eraldo Antunes, do Juiz Agrário Juliano Serpa e do Oficial de Ligação Tenente Coronel Edvar Fernando da Silva Santos. Os locais invadidos se localizam na Linha da Caixa d’Água, em Irineópolis, e na Linha Felipe Schmidt, em Canoinhas.

Na ocasião, foram identificadas as presenças de 12 famílias do MUT em Canoinhas e de 45 famílias do MST acampadas na Linha da Caixa d’Água. Segundo os termos de conciliação, os habitantes podem permanecer nos locais até 30 de janeiro e 30 de abril do próximo ano, respectivamente.

As famílias se comprometeram a não receberem mais integrantes dos movimentos até a data final de desocupação e assumiram a responsabilidade por preservar os recursos naturais das áreas. Caso a saída dos envolvidos não ocorra voluntariamente até a data estabelecida, ocorrerá a imediata expedição de mandado de reintegração de posse.

Após a assinatura do termo de compromisso, a Polícia Militar Ambiental e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) foram notificados para a realização de fiscalização contínua nos locais ocupados e cadastramento das famílias que atualmente se encontram nos terrenos.

Foto: Loraine Lys

Foto: Loraine Lys

A campanha Cachinhos Doados, realizada no domingo, 25, conseguiu mais de 200 doações de cabelos. Segundo o Leo Clube Braço do Contestado, ala jovem do Lions Clube Internacional em Canoinhas, antes mesmo do Dia D, várias pessoas já haviam doado.

O Salão R&R disponibilizou cortes gratuitos para quem não poderia estar presente no dia. Muitos jovens que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por exemplo, fizeram as doações antes do domingo.

O Leo Clube teve apoio do Lions Clube Universitário UnC campus Canoinhas; IFSC; Rosélis Gemra e Rodrigo de Goes Pereira Carvalho, que também auxiliaram nos cortes de cabelo; da prefeitura de Canoinhas; Loraine Lys Fotografia; LR produções e Rotaract Clube.

No dia do evento foram feitas 186 doações de cabelos, “um número muito acima das expectativas. Isso que ainda não recolhemos todas as doações que estão nos salões, mas já ultrapassamos 200 doações”, avalia a organização do evento.

 

Cris Arrabar (PT, de passagem para o PR) assume a presidência da Câmara de Vereadores de Canoinhas na terça-feira, 3. Gil Baiano (PSDB, de passagem para o PR) renuncia ao mandato e seu vice, Renato Pike (PR), também renuncia ao direito de presidir a casa. A oportunidade faz parte do acordo para filiar a petista no PR.

A ficha de filiação, assim como a de Baiano e a de Célio Galeski, no entanto, só serão registradas quando a janela para troca de partidos abrir em março de 2016.

O anúncio da troca de comando fez o público rir na terça-feira, 27. Baiano sugeriu que Cris assume a presidência se estiver viva na terça. Pike, na sequência, pediu o direito de renunciar ao cargo. Tudo na brincadeira, é claro.

 

Paradoxos da crise

Duas reportagens publicadas no Jornal O Globo de domingo, 25, dizem muito sobre o comportamento das pequenas cidades em relação à crise. A primeira traz um dado negativo e alarmante:  no acumulado do ano, os municípios deixaram de receber cerca de R$ 2,4 bilhões do Fundo de Participação (FPM), resultado da crise econômica. Pelo menos 1.275 prefeituras já fecharam as portas, em protestos de 24 horas, contra o caos financeiro em que mergulharam devido ao atraso de repasses de verbas federais e à queda nos valores das parcelas do FPM, causada pela retração da economia. Serviços essenciais em Saúde, Educação e programas sociais estão em situação crítica, afirmam prefeitos.

Nesse cenário, as pequenas cidades, que produzem menos, sofrem mais. A maior fatia da arrecadação de Bela Vista do Toldo e Major Vieira, por exemplo, vem do FPM.

A segunda reportagem traz um dado positivo: enquanto a crise encolhe o poder de compra dos moradores das metrópoles, no interior o poder de compra tem se expandido nos últimos cinco anos. Nesta década, aumentou 7%, enquanto o das metrópoles encolheu 4%. A explicação, arrisca o comerciante de Canoinhas, Orlei Moreira, está na simplicidade com que se vive no interior. Para ele, o morador do interior vive bem com pouca coisa, enquanto nas metrópoles se gasta muito com supérfluos que, em cenário de crise, têm de ser cortados. Ademais, nos grandes centros se gasta fábulas para se estacionar, por exemplo. De fato, faz sentido.

Aguiar 2015 2Neste semana, os deputados estaduais rejeitaram os vetos apostos pelo governador ao projeto de lei do deputado Antonio Aguiar (PMDB – foto), que proíbe a propaganda de medicamentos e similares nos meios de comunicação do Estado de Santa Catarina, e ao projeto de Mauro de Nadal (PMDB), que dispõe sobre o procedimento para retirada de animais mortos das propriedades rurais e sua adequada destinação em Santa Catarina.

 

 

 

 

 

tokarski 9A Câmara de Vereadores de Irani concedeu Título de Cidadão Iraniense à 22 personalidades ligadas a estudos da Guerra do Contestado  no sábado, 24. Entre os homenageados está o historiador Fernando Tokarski (à esquerda). O ato de caráter cívico expressou gratidão às personalidades que ao longo do tempo, através da palavra falada, escrita ou das artes, contribuíram e contribuem para a plena elucidação, conscientização e divulgação da verdade histórica sobre a Guerra do Contestado.

 

 

 

 

 

Cabeças vão rolar

Pouco antes de retornar ao cargo de prefeito de Três Barras, Elói Quege deu uma entrevista ao Jornal da Band e, depois de fazer um longo discurso sobre o mal que a revanche faz para o próprio revanchista, admitiu que fará mudanças no seu secretariado, tudo por questões técnicas, nada pessoais.

    De fato, embora não admita, Quege descobriu inimigos íntimos durante os 90 dias de afastamento da prefeitura, mas nada a ver com seu vice, Alinor Lescovitz, a quem rasgou elogios na mesma entrevista. A lista das cabeças cortadas sai na próxima semana.

 

Segundo round

Embora a reitora da Universidade do Contestado (UnC), Solange Sprandel, tenha tranquilizado a população sobre os estagiários que trabalham em órgãos públicos de Canoinhas e região, o chefe do Intituto Geral de Perícias (IGP), Marco Antonio Bubniak, disse nesta semana que três deles já foram dispensados por término de contrato. Sem solução por parte da UnC, propôs parceria com a Fameplan, que aceitou o convite de imediato.

 

RÁPIDAS

PODER: De olho na terceirização dos serviços de água e esgoto de Três Barras, os vereadores aprovaram lei que obriga que o processo seja aprovado pela Câmara.

VAI ENTENDER?: Se você ficou indignado com a não obrigatoriedade dos extintores de incêndio nos carros, saiba que projeto de lei que revoga essa decisão do Contran está pronto para ir à votação no Congresso.

 EXEMPLO: Deputados catarinenses aprovaram a extinção de cargos de agente e técnico legislativos, nível fundamental e médio, do quadro de pessoal da Assembleia.

 ENQUANTO ISSO: a Câmara de Canoinhas aprovou a criação de 10 cargos de agente administrativo e 1 cargo de Supervisor de Controle Interno.

 ENCRENCA: O Governo do Estado quer que os policiais militares do interior trabalhem mais, alterando a atual carga horária. A ordem serviria para cidades com menos de 8 PMs, como é o caso de Bela Vista do Toldo e Major Vieira.

 ENCRENCA 2: A Alesc aprecia na próxima semana o novo plano de carreira do magistério estadual. Polêmica à vista já que a maioria dos professores discorda do plano.

 

 

… e o vermelho do sangue no cáqui da farda

 

Na névoa empoeirada da estrada seguia, cambaleante, um quase menino. Sim, um menino, de altaneiro semblante, com trôpego andar e nos olhos o brilho mais puro dos que conduzem bem dentro de si a certeza mais nobre de um ideal a cumprir.

Era um quase imberbe menino de olhos azuis. Com tênue penugem cobrindo sua face macia. Figura macia ao longo da estrada empoeirada, parecia uma estátua de barro movente, confundindo na cor de sua roupa a cor da terra onde andava.

Um quase imberbe menino, mãos crispadas, tentando, num último esforço, manter seu fuzil apertado a um corpo que não mais obedecia às manobras comandadas pela mente.

Névoa e poeira, confusas, foram aumentando, aumentando … e cada vez mais longe lhe parecia a terra … terra pegajosa, barro avermelhado em mistura com a ferrugem que crescia, crescia … como lago de fogo ao redor de suas botas.

Suor escorrendo, escorrendo, colando a farda no corpo, suor avermelhado, frio e pegajoso suor colorindo o cáqui da roupa, suor dolorido a aumentar mais e mais o tétrico lago vermelho a seus pés.

E aquela dor, antes tão lancinante em seu peito, aos poucos sumindo, sumindo, sumindo, apagando …

E as névoas lhe vinham à mente, fragmentos esparsos do turbilhão momentâneo quebrando a calma daquela manhã. Primeiro um barulho infernal como se todos os demônios fizessem desabar os trovões acumulados no espaço em um único lugar sobre a terra, o lugar onde ele estava… as imagens indo e vindo, perdendo-se, confundindo-se na poeira da estrada, na névoa da estrada … na névoa empoeirada da estrada, na névoa empoeirada de sua mente confusa …

Depois o soco imenso queimando entranhas, rasgando um túnel de fogo em sua carne. Vaga lembrança de um sol nascendo atrás de altivas palmeiras farfalhantes ao vento macio, de passarinhos saudando um amanhecer que era tão lindo.

E então o estrondo, o fogaréu, a queda num solo macio que lhe parecia o decantado veludo dos contos de fada. Deitado no estofo relvado a vontade de assim ficar pela vida afora num descanso infinito foi o pensamento a encher sua mente.

Mas, no fundo de seu arrebentado eu ouvia uma voz que o chamava bem alto para uma missão ainda a cumprir. Companheiros perdidos na mata em inacessíveis locais morreriam à míngua se o socorro que estaria indo buscar a tempo não chegasse.

Somente ele havia encontrado o caminho. Oriundo das matas do extremo oeste, criado entre índios e peões, criança ainda aprendera a se guiar pela natureza. Os demais colegas da busca haviam seguido em outras direções. E os companheiros famintos, feridos e endoidecidos jamais seriam encontrados.

Tropegamente arrastou-se entre touceiras e arbustos, espinhos e farpas, sentindo a mais lancinante das dores a corroer-lhe as entranhas. Com tufos de pano rasgados de sua camisa, bloqueava o caminho incessante que o sangue teimoso insistia em fazer.

Seu fuzil era a bengala, era a muleta, era o desbastador dos incertos caminhos, pista única visível ao remoto e quase imprevisível socorro. Sequer fazia ideia de onde vieram os tiros. Fora realmente insensato ao se deixar pegar, assim, tão de surpresa, quando já se encontrava a tão poucos quilômetros do ponto de encontro marcado na estrada. Fora tão longo o tempo em que estivera deitado na relva macia, semienterrado dentro dela, que, com certeza, os bandidos julgaram-no morto. Analisou seu fuzil e percebeu que cartuchos haviam sido deflagrados … então, também atirara … não se lembrava. Somente não percebia ruídos humanos por perto. Possivelmente os marginais julgaram haver atraído, com o tiroteio, os demais policiais encarregados da busca e se infiltraram pelos esconderijos dos grotões da serra.

Foi um sol de meio-dia que o encontrou na estrada de névoa poeirenta. Enorme era o sol e tanta era a névoa, tanta névoa … era um sol de sangue. Era um sol tão forte que o cegava … mas é claro … claro que era a intensidade do sol …  E eram muitos os sóis, verdes sóis, sóis amarelos, sóis azuis e até brancos sóis. Eram sóis de ouro a desenhar-lhe a sua bandeira … eram sóis de ouro na imensa névoa empoeirada e o imenso lago de ferrugem vermelha aumentando … aumentando …

E então se lembrou daquela dor lancinante em seu peito … já não a sentia mais … E a sua fada de profundos olhos escuros e longos e negros e sedosos cabelos inundou sua memória … Sorriu ao lembrar-se desse amor tão lindo e tão intenso que por ela sentia … ao lembrar-se dos sonhos, de seus beijos, de seu carinho, de seu sorriso … ela iria se orgulhar dele.

Sua face estava já coberta pela aura dos iluminados. E sequer conseguira chegar perto da meta proposta, do ponto marcado para o encontro … Amargurado, num solitário final, conseguiu, num instante de retorno à consciência, traçar na poeira da estrada, num desenho que lhe parecia medíocre demais, um arremedo de mapa, onde tentava, em esforço supremo, indicar o local dos amigos perdidos.

Já se iniciando o crepúsculo do entardecer, já longas sombras esticadas na estrada, quando a sua farda da cor da poeira da estrada foi vista do alto em meio a um lago vermelho.

E vistos foram também os desenhos na lúgubre poeira. Riscos que o vento não apagou. Riscos que as águas não diluíram. Traçados vermelhos e grossos riscados no solo. Grossos como a ponta de seu dedo indicador titubeante, grossos como o dedo de seu indicador vacilante que jazia em poça de sangue já seco enterrado.

Fotografaram o fantástico desenho geográfico. Ampliadas foram as fotos do fantástico desenho geográfico. E seguiram sua rota. E partiram pela avermelhada pista que o quase imberbe menino de semblante altaneiro havia percorrido. Partiram com todo o aparato indispensável de busca e salvamento e antes que a lua, como côncava canoa, sumisse horizonte abaixo, os companheiros dele se encontravam em um hospital, aquecidos e confortáveis, cercados de sorridentes anjos brancos que lhes pensavam as feridas, tranquilizavam as mentes confusas no torpor mais incrível daquele longo tempo em que perdidos ficaram no emaranhado das matas da quase inacessível montanha.

E o corpo do quase imberbe menino de olhos azuis, suave rosto coberto de fina penugem, branco e alvo rosto, foi, solenemente, carregado dentro de sua farda da cor da poeira da estrada.

E a poeira foi se apagando, apagando, orvalhada pelas incontidas lágrimas dos companheiros, dos amigos, dos anjos.

E um suave ribombar ecoou por pradarias e montanhas, naquela salva de vinte e um tiros. Foi a única homenagem que a terra lhe fez.

Os passarinhos fizeram uma última serenata vespertina e acompanharam seu sorriso de luz, seu altaneiro semblante e o puro brilhar de seus olhos até as fronteiras das últimas nuvens. E o entregaram ao séquito de anjos que o aguardava. Envoltos em vestes das cores do mais deslumbrante arco-íris, abriram suas asas em solene continência celeste. No toque de alvorada cobriram-no com as pétalas de vinte e uma rosas. Foi a primeira homenagem que o paraíso lhe fez.

 

– // –

 “Foi encontrado na tarde de ontem no quilômetro 27 da Estrada da Serra o corpo do jovem policial-militar José Ricordi, natural do oeste do estado, filho de imigrantes italianos, eliminado por marginais lá refugiados. Fazia parte da patrulha de busca e salvamento aos sobreviventes de um helicóptero que se chocara contra os picos enevoados após ser atingido pelo grosso armamento de bandidos ligados ao tráfico de drogas, escondidos nos grotões da serra, a quem estavam dando caça.”

 Foi a lacônica notícia inserida em página interna de tradicional diário.

acidente 2 acidente

CORREÇÃO: ATÉ ÀS 10h40 DESTA SEGUNDA-FEIRA, 2, O JMAIS INFORMOU ERRONEAMENTE QUE HAVIA SETE PESSOAS NO GOL.

 

Quatro pessoas ficaram feridas em um grave acidente na tarde deste sábado, 31, na BR-280, um quilômetro depois do trevo de acesso a Três Barras, sentido Mafra. Segundo relato dos bombeiros de Canoinhas e Três Barras, que atenderam as vítimas, todos estavam em um Gol com placas de Três Barras, que saiu da pista depois de colidir lateralmente contra um caminhão em uma tentativa de ultrapassagem. O motorista teria batido, ainda, em um barranco, levando uma criança de três anos que estava no banco traseiro a ser ejetada do carro.

Os bombeiros de Canoinhas e Três Barras conduziram os pacientes para o Pronto Atendimento Municipal de Canoinhas (PA) com ferimentos diversos, mas nenhum com gravidade ou risco de morte aparentemente. A equipe do Serviço Móvel de Urgência (Samu), UTI Móvel, também se fez presente em apoio com equipe médica.

O menino ejetado do carro foi levado para o PA de Três Barras por populares. Já as demais vítimas foram atendidas pelo Samu e bombeiros.

No PA de Canoinhas os pacientes foram atendidos pelas equipes médicas e, no momento, passam bem.

Neste sábado, 31, no campo de futebol sintético do SESC Ler, em Canoinhas, acontece a 5º rodada da 2ª Copinha Sesc Ler de Futebol.

As equipes da Escolinha Jubanski jogarão duas partidas, pela categoria sub 15, contra Papanduva, e na categoria sub 11, também contra Papanduva.

 

SEGUEM OS JOGOS PELA 5ª RODADA

HORA  CAT        EQUIPE                           EQUIPE

08:00  SUB 15   DME PAPANDUVA x E. JUBANSKI

08:30  SUB 15   AD AVANTE x ANJOS ESPORTE

09:00  SUB 11   D. PAPANDUVA B x BELA VISTA

09:30  SUB 11   D. PAPANDUVA A x JUVENIL

10:00  SUB 11   RODOLFO x D.PAPANDUVA B

10:30  SUB 11   E.JUBANSKI B x D.PAPANDUVA A

Duas pessoas morreram em um acidente no km 137 da BR-116, em Santa Cecília, na manhã desta sexta-feira, 30. Segundo os bombeiros, ocorreu uma colisão lateral entre um automóvel Gol, placas de Monte Castelo, e uma Scânia R-113, placas de São Paulo (SP). Outras duas pessoas ficaram feridas.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Gol seguia no sentido Sul da rodovia quando o condutor perdeu o controle da direção, rodou na pista e invadiu o sentido contrário colidindo lateralmente com a Scânia que seguia no sentido oposto, sendo arrastado pela carreta em seguida.

As quatro vítimas estavam no automóvel. Apenas Roseli Machado, 41 anos, foi identificada até o momento. A outra vítima que perdeu a vida, o condutor, não teve o nome divulgado. Os mortos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Caçador. As outras duas vítimas foram encaminhadas para o hospital.

Depois de ser derrotada na primeira partida em Canoinhas pelo placar de 4 a 1, a equipe da ADC Canoinhas vai a cidade de Mafra para o confronto decisivo neste sábado, 31.

A ADC treina para minimizar os erros, vencer o Mafra Ferromax e passar para a terceira decisão do ano. Por outro lado, depois de ter ficado na nona colocação do turno, o Mafra tem a chance de mostrar mais uma vez a sua força diante de sua torcida e buscar a classificação para a final. O jogo terá transmissão da Rádio Band FM Canoinhas a partir das 20 horas.

Na outra semifinal, Araquari e Pinhalzinho ficaram no empate por 4 a 4 na primeira partida em Araquari. O jogo de volta está marcado também para este sábado, 31, em Pinhalzinho.

 

Foto: Presidente da Assembleia concede coletiva e anuncia redução de gastos/Alesc/Divulgação

O presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Gelson Merisio (PSD), anunciou em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, 29, medidas para racionalizar a estrutura do Parlamento estadual e ampliar o controle e a transparência sobre os gastos da Casa. Entre as medidas anunciadas, estão a criação de uma Controladoria-Geral na Alesc e a extinção de 411 cargos efetivos de nível médio do quadro funcional da Assembleia, uma redução de quase 50% do quadro de pessoal concursado.

A extinção dos cargos foi aprovada, na forma de projeto de lei complementar (PLC), pelos deputados nesta semana e já foi encaminhada para sanção do governador Raimundo Colombo. Já o PLC que cria a Controladoria-Geral da Alesc deve ser votado nas próximas semanas e, segundo Merisio, conta com o apoio dos demais parlamentares para aprovação.

“São medidas no sentido de termos redução de custos e  racionalização do serviço público. Com isso, estamos mandando uma mensagem clara para a sociedade que devemos reduzir a máquina pública, os gastos com o processo administrativo, para que sobrem mais recursos para as áreas que atingem diretamente a população, como saúde, educação e segurança”, explicou o presidente.

 

FUNCIONAMENTO
A Controladoria-Geral da Assembleia consistirá em uma estrutura funcional, composta por servidores efetivos, que se dedicarão exclusivamente à fiscalização contábil, orçamentária, operacional e patrimonial da Alesc, respeitando a legalidade e a economicidade na gestão dos recursos públicos. A controladoria também fará auditoria dos atos administrativos, como licitações, pagamentos de diárias, entre outros, além de apurar possíveis irregularidades cometidas por servidores públicos e a aplicação das devidas penas.

A controladoria não gerará custos para a Assembleia, pois aproveitará a estrutura já existente. “A controladoria terá plenos poderes para interferir em processos que tenham sido feitos de forma equivocada”, explicou Merisio. “Ela será criada na forma da lei e terá autonomia para intervir e parar uma licitação, por exemplo, que estiver em desconformidade com a lei, ou não pagar uma diária, quando ela não se justificar.”

MENOS CARGOS
Sobre a extinção dos 411 cargos na Alesc, Merisio explicou que a proposta foi construída em consenso com o sindicato que representa os servidores legislativos e os demais deputados. Esses cargos serão extintos gradualmente, à medida que seus ocupantes se aposentarem. “Nos próximos três anos, estimamos que 350 desses servidores já estarão em condições de se aposentar”, indicou.

O presidente afirmou que a redução do quadro funcional não prejudicará o andamento dos trabalhos legislativos. “Com o avanço da tecnologia, algumas atribuições que eram desempenhadas por dezenas de pessoas agora são feitas com uma quantidade menor.”

Com relação aos comissionados, Merisio afirmou que esses cargos não causam impacto na Previdência estadual, diferentemente dos efetivos, e por serem de representação política e não administrativa, podem ser extintos de forma mais simplificada. “A redução de cargos comissionados é algo passível de discussão”, ressaltou.

O parlamentar também comentou sobre o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado entre a Alesc e o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) em maio passado, que implicará na redução do número gradual de cargos terceirizados até a proporção de 20% na comparação com o quadro de efetivos. Os cargos serão extintos à medida que os seus ocupantes forem exonerados.

 

ECONOMIA DE R$ 100 MILHÕES
Ainda durante a entrevista coletiva desta quinta-feira, o presidente da Assembleia revelou que as medidas de contenção de gastos anunciadas no início do ano pelo Parlamento já resultaram em uma economia de R$ 100 milhões, que estarão à disposição do Estado, quando seu uso for necessário.

Merisio destacou que no começo de sua atual gestão no Legislativo catarinense foram estabelecidas regras mais rígidas para a concessão de diárias. Antes, qualquer viagem superior a 12 horas de duração resultava no pagamento de uma diária inteira. Com a mudança, apenas as viagens que excedem 12 horas e têm comprovação de pernoite recebem uma diária. Quando não há pernoite, é paga meia diária.

A Presidência da Alesc também acabou com a verba de alimentação dos gabinetes, ainda em fevereiro, e em agosto fechou o restaurante que atendia servidores e deputados, que funcionava sem licitação.

Os gastos com os escritórios de representação dos deputados em suas bases também serão reduzidos. Até então, cada gabinete recebia cerca de R$ 8 mil por mês para os gastos com aluguel e manutenção dessas estruturas. Agora, a Assembleia fará diretamente a locação e a manutenção desses escritórios, com um custo máximo mensal de R$ 2,5 mil.

 

GOVERNO

O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira participaram de reuniões com o colegiado na tarde desta quarta-feira, 28, em Florianópolis, para tratar dos desafios dos próximos meses na manutenção do equilíbrio das contas públicas em 2015.

“Este foi um ano muito difícil, com queda de arrecadação. Mas com muito esforço de todos vamos conseguir fechar 2015 com as contas equilibradas. Também estamos nos preparando para um ano de 2016 com um primeiro semestre ainda com queda na receita e dificuldades na atividade econômica, mas esperamos um segundo semestre melhor, até pela substituição da importação pelo aumento da exportação”, afirmou Colombo.

O governador ressaltou que, apesar da queda de arrecadação que se acentuou neste segundo semestre, o Governo do Estado está com o cronograma da folha de pagamento em dia, inclusive com antecipação do 13º salário, e com um bom ritmo de investimentos. “Agora, nesta reta final do ano, vamos ter um trabalho de manutenção, realizando exatamente aquilo que já estava previsto”, acrescentou, lembrando que a manutenção das rodovias e preparação das escolas para o novo ano letivo são as prioridades nestes próximos meses.

Colombo citou, ainda, a expectativa de uma boa temporada de verão, que exige investimentos por parte do Governo do Estado, mas que ajuda muito a economia, injetando dinheiro em diferentes setores para enfrentar o cenário de crise.

O governador voltou a citar que é contra o aumento de impostos como alternativa para a queda de arrecadação. “A solução não é aumentar impostos, isso penaliza a atividade econômica, aumenta o desemprego e tira competitividade. Nós não vamos aumentar impostos. A maioria dos estados já aumentou ou está aumentando. Nós estamos resistindo. Temos é que aumentar nossa eficiência, reduzir despesas e diminuir o tamanho da máquina pública”, explicou.

Também presente na reunião desta quarta, o secretário de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni, lembrou que a preocupação com o equilíbrio das contas é uma constante desde o início da atual gestão, o que faz com que Santa Catarina enfrente o atual cenário como um Estado diferenciado dos demais. “O Governo de Santa Catarina optou pelo caminho da responsabilidade com a sociedade. Em um momento em que a arrecadação é baixa, optou por não repassar o peso da estrutura pública para a população catarinense, diferentemente do que fizeram outros grandes estados do Brasil. Neste ano, 11 estados já aumentaram impostos e outros estão com projetos para repassar aumentos a partir de 2016”, destacou.

Foram dois encontros nesta quarta, o primeiro com todos os secretários de Desenvolvimento Regional do Estado e o segundo com os demais secretários de Estado e presidentes de empresas e autarquias do Governo de Santa Catarina.

 

ATENDIMENTO

Nesta quinta, os secretários participam de uma nova reunião com o secretário de Estado da Casa Civil, Nelson Serpa, para tratar da mudança no horário de atendimento à população por parte do Governo do Estado. A medida entra em vigor a partir de janeiro de 2016, garantindo funcionamento dos órgãos públicos estaduais nos períodos matutino e vespertino.

“Essa será uma alteração para assegurar que a repartição atenda às pessoas nos dois turnos. As secretarias, tanto as regionais quanto as setoriais, terão flexibilidade para organizar o trabalho dos servidores de tal modo que assegure essa condição. Este é um aperfeiçoamento do processo de funcionamento da máquina estatal”, explicou Serpa.

Confira os destaques em Canoinhas e região:

perdendo PANCADÃO MUSIC BAR

O que? Perdendo o juízo

Quando? Sexta, 30

 

reabiritaTHE HALL, EM UNIÃO DA VITÓRIA

O que? Reabirita

Quando? Sexta, 30

 

O que? 50 tons de pinga

Quando? Sábado, 31

 

 

 

vintageFIELD, EM PAPANDUVA

O que? Vintage Culture

Quando? Sexta, 30

 

halloDAJ

O que? Halloween Party

Quando? Sábado, 31

 

 

feiraFEIRA DE TROCA DE LIVROS

Quando? Sábado, 31

Onde? Praça Oswaldo de Oliveira (em frente à Igreja Matriz) 

 

 

 

 

 

 

 

MUTIRÃO DA SAÚDE

Quando? Sábado, 31

Onde? Rua Francisco de Paula Pereira, em frente à antiga Caixa Econômica

os tiranosSBO

O que? Os Tiranos

Quando? Domingo, dia 1º

 

 

 

 

APRESENTAÇÃO DA BANDA MUSICAL FANFARENZUG

Quando? Segunda, dia 2

Onde? Em frente à Igreja Matriz Cristo Rei

 

CINEMA

Atividade Paranormal 5 estreia nesta sexta-feira, 30, no Cine Queluz, em Canoinhas. Quando se muda para uma nova casa com a família, Ryan Fleege (Chris J. Murray) descobre uma caixa com dezenas de fitas cassetes de décadas atrás. Estranhamente, as imagens parecem se comunicar com os vivos. Procurando mais, Ryan encontra uma câmera diferente, capaz de registrar atividades paranormais. Com a ajuda da esposa, do irmão e da filha, ele passa a gravar fenômenos malignos que ameaçam seus entes queridos.

Confira abaixo o trailer, datas e horários de exibição:

DATA DIAS DA SEMANA HORÁRIO              F I L M E S
29.10 Quinta 20h Quarteto Fantástico
30.10 Sexta 20h Atividade Paranormal 5
31.10 Sábado 17h Atividade Paranormal 5
20h Atividade Paranormal 5
01.11 Domingo  17h Atividade Paranormal 5
 20h Atividade Paranormal 5
02.11 Segunda NÃO TEM SESSÃO
03.11 Terça  20h Atividade Paranormal 5
04.11 Quarta 20h Atividade Paranormal 5
05.11 Quinta 20h Atividade Paranormal 5
PREÇOS DOS INGRESSOS
TERÇA A DOMINGO E FERIADOS – MEIA R$ 7,00 – INTEIRA R$ 14,00
QUARTA  – PREÇO ÚNICO R$ 7,00
O Queluz se reserva o direito de mudar a programação sem aviso prévio.

Em razão do dia do servidor público, celebrado em 28 de outubro, foi decretado ponto facultativo nas repartições públicas municipais de Canoinhas nesta sexta-feira,30 . O decreto não se aplica aos serviços essenciais como saúde e educação. A data é alusiva ao Dia do Funcionário Público, celebrado em 28 de outubro.

A prefeitura volta a atender na terça-feira, 2, já que na segunda-feira é feriado de Finados. A Câmara de Vereadores de Canoinhas segue o mesmo cronograma.