< agosto 2015 - JMais | Jornalismo Digital Archive | JMais | Jornalismo Digital

Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Clique para ampliar

Clique para ampliar

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Campanha de Multivacinação que iniciou no dia 15 de agosto e se encerra nesta segunda-feira, 31, já tem bons resultados nas vacinações. A Gerência Regional de Saúde de Canoinhas, que atende sete municípios, mesmo antes de encerrar a campanha, já atingiu 95,21% da meta. Os dados foram divulgados nessa sexta-feira, 28.

Em Santa Catarina, a meta é vacinar contra a pólio 95% de um universo de 379.796 crianças entre seis meses e menores de cinco anos. Todas as crianças menores de cinco anos devem ser levadas a um posto de vacinação para que a caderneta de saúde seja avaliada e o esquema vacinal atualizado. Para esta ação, 11 vacinas do calendário nacional de vacinação infantil ficaram disponíveis.

Segundo o gerente regional de Saúde, Antônio Gilberto de Carvalho, a Regional de Canoinhas foi a primeira do Estado a atingir a cobertura da Campanha. “Estamos muito satisfeitos com o trabalho de toda a equipe da Regional e dos nossos municípios, pois fomos a primeira Regional de Saúde do Estado a atingir a meta e os dados ainda não estão fechados”, destaca.


O grupo Artecriação de Canoinhas, que reúne artesãos do município foi destaque na revista “Caritas Brasileira” e no catálogo “Solidário” de políiticas para Economia Solidaria Estadual. Além do destaque nos dois impressos, os integrantes da Artecriação participaram, no início de agosto, de um dos maiores eventos de economia solidária de Santa Catarina, realizado em Caçador.

Os representantes da Associação de Artecriadores do Planalto Norte Catarinense, da Artecriação e a gestora da Fundação Cultural Helmy Wendt Mayer, Viviane Bueno, vem há anos, participando de grupos de Economia Solidária, que reúnem atividades econômicas (de produção, distribuição, consumo, poupança e crédito) organizadas sob a forma de autogestão.  A economia solidária compreende ainda uma variedade de práticas econômicas e sociais organizadas sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, empresas autogestionárias, redes de cooperação, entre outras. Eles realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo solidário. Trata-se de uma forma de organização da produção, consumo e distribuição de riqueza centrada na valorização do ser humano e não do capital, caracterizada pela igualdade.

Além da Economia Solidária, Canoinhas possui mais dois seguimentos potencializados para o municipio: a Associação de Grupos de Pequenos Agricultores de Canoinhas e Região (Agrupar) e a Associção dos Catadores de Materiais Recicláveis.

--

Na manhã desta segunda-feira, 31, o prefeito de Canoinhas Beto Faria e o vice-prefeito, Wilson Pereira, receberam a visita do vice-governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira; do deputado estadual, Valdir Cobalchini; do secretário de estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini; do deputado federal, Mauro Mariani, e do senador Dário Berger. Durante o encontro foram debatidos diversos assuntos envolvendo o município e o planalto norte.

A reunião também contou com a presença dos secretários municipais de Obras, Bene Carvalho, e Habitação, Célio Galeski, além do presidente da Câmara de Vereadores, Gil Baiano e do ex-prefeito de Porto União, Renato Staziak. Entre os diversos assuntos debatidos durante a conversa, o prefeito Beto Faria aproveitou para convidar a todos para participarem da 20ª Festa Estadual da Erva-mate (Fesmate), que acontece nos dias 11, 12 e 13 de setembro no Parque de Exposições Ouro Verde, em comemoração aos 104 anos de emancipação política e administrativa de Canoinhas.

O prefeito Beto Faria aproveitou para solicitar ao vice-governador, Eduardo Pinho Moreira, recursos oriundos da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) para reperfilamento de diversas ruas do município, visto as obras de saneamento que estão acontecendo em Canoinhas.

Conforme o prefeito Beto Faria a visita foi importante, pois os presentes são amigos de Canoinhas e sempre tem ajudado o município. “Estamos conseguindo realizar grandes trabalhos graças aos nossos amigos que sempre tem dado uma atenção especial a Canoinhas, enviando verbas e auxiliando em diversos assuntos. Hoje recebemos um time de peso, que faz com que Canoinhas, o planalto norte e o estado de Santa Catarina continuem desenvolvendo”, disse Faria.

Nesta sexta-feira, 28, foi creditado nas contas das prefeituras brasileiras o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente a última  parcela de agosto. O valor bruto de todo o mês para Canoinhas é de R$1.634.046,01, sendo 0,6% menor que o valor do mesmo período em 2014.

Os cálculos da Federação Catarinense dos Municípios (Fecam), considerando a inflação (IPCA), o FPM de agosto caiu 9,34% para os municípios catarinenses, na comparação com o mesmo mês de 2014. Conforme a Fecam, com esta parcela o mês agosto fecha com um total de R$ 235.838.934,21 transferidos para os municípios de Santa Catarina. No acumulado do ano a queda também continua. Os municípios catarinenses receberam de janeira a agosto de 2015 o valor de R$ 2.190.952.655,31 frente aos R$ 2.024.283.080,19 do mesmo período de 2014. Apesar do crescimento nominal de 8,23%, levando-se em conta a inflação, na realidade houve um decréscimo de 1,33%.

O Fundo de Participação dos Municípios é uma modalidade de transferência constitucional de recursos financeiros da União para os Municípios. Estes valores transferidos são arrecadados por meio do Imposto de Renda (IR), que representa 22,5%, e também do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Segundo a Controladoria Geral da União (CGU), a distribuição dos recursos aos municípios é feita de acordo com o número de habitantes, sendo fixadas faixas populacionais e cabendo a cada uma delas um coeficiente individual. O mínimo é de 0,6 para municípios com até 10.188 habitantes e o máximo é 4,0 para aqueles acima 156 mil.

Os critérios atualmente utilizados para o cálculo dos coeficientes de participação estão baseados na Lei 5.172/66 (Código Tributário Nacional) e no Decreto-Lei 1.881/81. Do total de recursos, 10% são destinados às capitais, 86,4% para os demais municípios e os 3,6% restantes vão para um fundo de reserva que beneficia os municípios com população superior a 142.633 habitantes (coeficiente de 3.8), excluídas as capitais.

Muito diferente do primeiro turno, quando jogou 11 partidas e conseguiu 13 pontos, a equipe do Mafra Futsal nesse segundo turno está invicta com 5 jogos e 5 vitórias, somando 15 pontos na competição. Com algumas mudanças no elenco para este segundo turno, a equipe mafrense é o time a ser batido.

Perguntado sobre o que mudou na equipe para o returno, Andrey Pereira, um dos principais jogadores da equipe, contou que “com certeza o que mudou foi a atitude dos atletas e enxergar que a gente poderia mudar essa situação. A chegada de alguns jogadores deu maior mobilidade à equipe. A mudança de treinador também foi um ponto chave para essa boa campanha”.

Sobre um possível confronto com a ADC Canoinhas nos playoffs, ele disse que “a rivalidade sempre existe e isso é um atrativo a mais. Devemos enfrentar a equipe canoinhense como enfrentamos todas as outras, com muito respeito e vontade de vencer.”

Andrey teve sua base em São Miguel do Oeste e na Malwee, de Jaraguá do Sul, chegando à Seleção de Santa Catarina em 2010. Também jogou em outras equipes como Corinthians e Lages.

Durante o final de semana, a Polícia Militar prendeu quatro homens na cidade de Major Vieira acusados de estarem com 50 pedras de crack prontas pra venda ou consumo em via pública. A ocorrência foi no domingo, 30.

Quando abordados, um dos homens dispensou um pacote branco. Eles foram identificados com idades de 21, 22, 23 e 32 anos. Nada de ilícito foi encontrado com eles. Dentro do pacote, no entanto, foram localizadas 50 pedras de crack, embaladas individualmente em papel alumínio, prontas para o consumo. Diante dos fatos os homens foram presos e conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas.

Na delegacia um dos homens alegou estar passando mal na cela quando chamou o delegado plantonista, que acabou abrindo a cela. Surpreendentemente o rapaz fugiu do delegado e da delegacia.

Segundo o delegado regional Dr. Wagner Meireles, o “fujão” conduzido no domingo já se apresentou na delegacia nesta segunda-feira, 31, e o delegado Lauro Langer Jr representou pela prisão preventiva. Ainda perguntado ao delegado regional sobre essa atitude e situação do conduzido, ele respondeu “que isso mostra que ele quer fugir das suas responsabilidades”, concluiu Meireles.

 

Ana Carolina Guimarães, que ficou gravemente ferida em um acidente na terça-feira, 25, na SC-477, em Canoinhas, deve deixar entre esta segunda e terça-feira, dia 1º, a UTI do Hospital São José, de Jaraguá do Sul. Ela sofreu traumatismo craniano depois de colidir o Uno que dirigia contra um Gol com placas de Canoinhas.

Ana sofreu diversos ferimentos e estava convulsionando quando o socorro chegou. Ela recebeu atendimento da equipe dos bombeiros e foi conduzida ao Pronto Atendimento Municipal.

O Gol era conduzido por João Antonio Cubas, 24 anos. A equipe do Samu atestou suspeita de hemorragia interna e ferimento na boca. O homem foi conduzido para o Pronto Atendimento Municipal para avaliação médica e está fora de perigo.

 

CAUSA

A colisão teria ocorrido após a motorista do Uno, que se dirigia sentido a Major Vieira, ter caído dentro de um buraco na rodovia, que contabiliza 394 buracos, segundo conta feita por moradores há duas semanas. Pelas fotos é possível perceber que a marca de frenagem mostra que a roda dianteira acertou o buraco, quebrando a barra de direção do veículo e, na sequência, a motorista perdeu o controle invadindo a pista contrária vindo a se chocar contra o Gol, cujo motorista não conseguiu evitar a colisão.

Todo o levantamento e as possíveis causas do acidente serão investigadas pela Polícia Rodoviária Estadual.

Na noite de domingo, 30, equipes da Polícia Militar de Três Barras foram acionadas para irem até a rodovia SC 303, no Km 05, localidade de Barra Grande, em Três Barras, onde um estabelecimento comercial foi alvo de roubo.

Dois homens armados com um facão deram voz de assalto, agrediram as vítimas e fugiram em uma moto Yamaha Fazer da cor vermelha. Eles levaram do estabelecimento R$ 50 em dinheiro, um celular, garrafas de bebida alcoólica e um trompete.

Já na rua Coronel Albuquerque, área central de Canoinhas, os suspeitos foram abordados e identificados, sendo dois jovens com 18 e 20 anos de idade. Os jovens estavam com uma motocicleta Yamaha Fazer, placas de Três Barras, e com o celular roubado.

A dupla foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas, onde as vítimas reconheceram os jovens como sendo os autores do roubo.

 

AGRESSÃO CONTRA MULHER

Na madrugada de sábado, 29, na rua Bernardo Olsen, área central de Canoinhas, a Polícia foi chamada para auxiliar uma mulher de 19 anos na retirada de seus pertences da casa de seu namorado de 23 anos.

Após aproximadamente 10 minutos, o operador da Central de Operações da Polícia Militar (Copom) voltou a receber ligação da vítima, ouvindo gritos e pedidos de socorro. Os policiais retornaram ao local e ao entrarem no apartamento avistaram vários objetos característicos de trafico de drogas, como papel seda, papel filme, tábua de carne e resíduos de fracionamento de drogas. Foram apreendidos 19 gramas maconha. A vítima reclamava de fortes dores na perna e foi conduzida para o Pronto Atendimento do Hospital Santa Cruz pelos bombeiros.

Diante dos fatos o homem foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas.

 

11931718_905575876203950_185363346_nCONDUTOR BÊBADO

Na tarde de sábado, 29, equipes da PM de Canoinhas realizavam ações de polícia ostensiva pela rua Alfredo Mayer, distrito do Campo d’Água Verde, quando avistaram um veículo GM Corsa, placas de Canoinhas, que entrou em alta velocidade na rua, fazendo manobras perigosas. Os policiais tentaram abordar o condutor, que tentou fugir, sendo abordado mais a frente. O condutor apresentava sinais de embriaguez e no banco de trás estavam duas crianças de dois e oito anos de idade, que ficaram sob os cuidados do Conselho Tutelar, que acompanhou a ocorrência.

Teste do bafômetro apontou 0,78 mg de álcool por litro de ar expelido. Após consulta no sistema da Polícia Militar, contatou-se que o homem com 36 anos de idade não renovou a permissão para dirigir. Segundo a PM, ainda no período válido da permissão foi abordado e conduzido a Delegacia de Polícia por estar conduzindo veículo sob efeito de álcool.

Diante dos fatos o homem foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas. O veículo foi removido ao pátio conveniado.

 

OPERAÇÃO SUFOCAÇÃO

Na tarde de sábado, 29, em mais uma etapa da Operação Sufocação no distrito do Campo d’Água Verde, foram abordados diversos estabelecimentos, veículo e pessoas. Durante a revista pessoal de dois jovens com 16 e 20 anos de idade, foram encontrados com eles 20 gramas da maconha.

Os dois foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas.

 

PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO ALHEIO

Na noite de sábado, 29, equipes da PM de Canoinhas foram acionadas na rua Antonio Santoro, bairro Industrial I, para verificar uma denúncia de perturbação do sossego alheio.

O dono da casa, de 19 anos de idade, foi orientado a desligar o som, porém não houve a cooperação do proprietário, havendo novas denúncias. No local, foi constatado música alta, sendo recolhido o aparelho de som. O dono da casa vai responder a boletim termo circunstanciado.

 

 

MOTORISTA EMBRIAGADO

Na madrugada de domingo, 30, na rua Vereador Guilherme Prust, distrito do Campo d’Água Verde, em Canoinhas, o motorista de 23 anos de um Ford Fiesta, placas de Major Vieira, se envolveu em um acidente com um veículo GM Vectra, placas de Três Barras, conduzido por uma mulher com 23 anos de idade. Segundo a Polícia Militar, o motorista do Fiesta invadiu a pista contrária, vindo a colidir contra o Vectra.

O condutor do Fiesta sofreu escoriações no rosto. No Vectra, o carona também se feriu e foi conduzido ao Pronto Atendimento Municipal pelos bombeiros. Foi oferecido o teste do bafômetro para ambos os condutores, resultando em 0,75 mg de álcool por litro de ar expelido no condutor do veículo Fiesta. O teste apontou que a motorista do Vectra não havia ingerido bebida alcoólica.

Diante dos fatos o homem foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas.

 

CRACK

Na noite de domingo, 30, equipes da Polícia Militar de Major Vieira realizavam ações de polícia ostensiva pela rua Luiz Davet, área central do município de Major Vieira, quando avistaram alguns homens em atitude suspeita.

Quando abordados, um dos homens dispensou um pacote branco. Eles foram identificados com idades de 21, 22, 23 e 32 anos. Nada de ilícito foi encontrado com eles. Dentro do pacote, no entanto, foram localizadas 50 pedras de crack, embaladas individualmente em papel alumínio, prontas para o consumo. Diante dos fatos os homens foram presos e conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas.

MST firma acordo para desocupar fazenda em Monte Castelo

Foi decidido de forma amigável, durante audiência de conciliação realizada no fórum de Papanduva, a desocupação de uma fazenda invadida pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), na localidade de Residência Fuck, no município de Monte Castelo.

O acordo, que prevê a desocupação imediata do local, aconteceu na sexta-feira, 28, após duas horas e meia de negociações entre os envolvidos. A área invadida, que está sob a posse da família Adão há muitos anos, é utilizada para o plantio e criação de gado. A fazenda foi invadida por 46 famílias ligadas ao MST no final de junho deste ano. Após a invasão, a família ajuizou ação de reintegração de posse, na qual houve o acordo na semana passada.

 

Polícia investiga cinco supermercados de Canoinhas e Três Barras

A Polícia Civil de Canoinhas está investigando três supermercados de Canoinhas e dois de Três Barras. Eles são suspeitos de comercializar parte de de uma carga de arroz furtada no Nordeste.

A informação foi divulgada pelo delegado regional Wagner Valdivino Meirelles ao jornal Correio do Norte de sexta-feira, 28. A Polícia Civil quer saber se os comerciantes sabiam que o arroz era produto de furto.

 

Papanduva registra dois incêndios a residência

Duas casas foram atingidas por incêndios em Papanduva na semana passada.

Um casal que havia saído de casa para trabalhar na agricultura foi surpreendido pela destruição total da casa quando retornou. Como a casa não tinha fogão à lenha, nem à gás e a luz elétrica estava desligada porque o casal estava há dias no campo, eles suspeitam que o incêndio tenha sido criminoso. O casal ficou apenas com o carro e a roupa do corpo.

Já na madrugada de sexta-feira, 28, na comunidade de Passa Quatro, interior de Papanduva, um incêndio destruiu a casa de Joel Lima e Aline Amati. O casal chegava na residência por volta da 1 hora da manhã quando o fogo estava começando. Joel tentou, mas não conseguiu salvar nada, houve perda total, inclusive de roupas e documentos.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Papanduva, o fogo começou na instalação elétrica. O casal mais a filha de seis meses moravam há cerca de um ano no local e ainda estavam reformando a casa, que é antiga.

Campanha de Vacinação contra a poliomielite termina nesta segunda

A 36ª Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil)termina nesta segunda-feira, com o objetivo de completar a meta de 12 milhões de crianças do público-alvo imunizadas. Mas, até quinta- feira, pelo menos 4 milhões delas ainda não haviam sido vacinadas, segundo o último relatório divulgado pelo Ministério da Saúde.

 

Confiança do comércio cai pelo quarto mês seguido, diz FGV

O índice da Fundação Getúlio Vargas (FGV) que mede a confiança do comércio teve queda de 4,1% de julho para agosto, divulgou hoje o Instituto Brasileiro de Economia (IBGE). O recuo mensal foi o quarto seguido e reduziu o indicador ao menor patamar da série histórica, iniciada em março de 2010.

 

A Polícia Civil de Canoinhas está investigando três supermercados de Canoinhas e dois de Três Barras. Eles são suspeitos de comercializar parte de de uma carga de arroz furtada no Nordeste.

A informação foi divulgada pelo delegado regional Wagner Valdivino Meirelles ao jornal Correio do Norte de sexta-feira, 28. A Polícia Civil quer saber se os comerciantes sabiam que o arroz era produto de furto.

 

O CRIME

No dia 10 de agosto, policiais militares da seção de inteligência do 3º Batalhão de Polícia Militar de Canoinhas receberam a informação de que uma carga de arroz com registro de furto no Rio Grande do Sul estaria em um antigo barracão de uma empresa. O barracão teria sido alugado.

Policiais civis e militares foram até o local e encontraram 16 mil quilos de arroz que, segundo o proprietário do barracão, era de propriedade do locatário do local.

À noite, o suposto dono do arroz chegava em sua casa na rua Benjamin Constant, quando foi abordado pelos policiais e preso em flagrante. Ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas, onde confirmou ser proprietário da carga. A partir das informações prestadas pelo empresário, foram recuperados 30 mil quilos de arroz em diversos estabelecimentos comerciais de Canoinhas. Um segundo empresário responde em liberdade pelo furto.

A polícia tem o prazo de trinta dias, prorrogável, no entanto, para concluir as investigações. Se comprovada o dolo (ma fé) dos estabelecimentos que estavam vendendo ou mantinham no estoque o arroz Rozcato, os responsáveis podem ser indiciados por receptação qualificada.

 

Foto: Casal estava há dias fora de casa totalmente destruída/Divulgação
Casa queimada na sexta-feira, 28/Castelense FM

Casa queimada na sexta-feira, 28/Castelense FM

Duas casas foram atingidas por incêndios em Papanduva e Monte Castelo na semana passada.

Um casal que havia saído de casa para trabalhar na agricultura foi surpreendido pela destruição total da casa quando retornou. Como a casa não tinha fogo no fogão à lenha, nem fogão à gás e a luz elétrica estava desligada porque o casal estava há dias no campo, eles suspeitam que o incêndio tenha sido criminoso. O casal ficou apenas com o carro e a roupa do corpo.

Já na madrugada de sexta-feira, 28, na comunidade de Passa Quatro, interior de Monte Castelo, um incêndio destruiu a casa de Joel Lima e Aline Amati. O casal chegava na residência por volta da 1 hora da manhã quando o fogo estava começando. Joel tentou, mas não conseguiu salvar nada, houve perda total, inclusive de roupas e documentos.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Papanduva, o fogo começou na instalação elétrica. O casal mais a filha de seis meses moravam há cerca de um ano no local e ainda estavam reformando a casa, que é antiga.

Os bombeiros usaram aproximadamente 1500 litros de água para extinguir as chamas. A Celesc foi acionada para realizar o corte de energia elétrica. As causas do incêndio serão apuradas.

Foi decidido de forma amigável, durante audiência de conciliação realizada no fórum de Papanduva, a desocupação de uma fazenda invadida pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), na localidade de Residência Fuck, no município de Monte Castelo.

O acordo, que prevê a desocupação imediata do local, aconteceu na sexta-feira, 28, após duas horas e meia de negociações entre os envolvidos. A área invadida, que está sob a posse da família Adão há muitos anos, é utilizada para o plantio e criação de gado. A fazenda foi invadida por 46 famílias ligadas ao MST no final de junho deste ano. Após a invasão, a família ajuizou ação de reintegração de posse, na qual houve o acordo na semana passada.

Para o promotor de Justiça da Comarca de São Lourenço do Oeste, Eraldo Antunes, com designação para atuar na Justiça Agrária, a providência preliminar da inspeção judicial, que tem sido realizada em todas as ocupações pelo MST, e que neste processo foi realizada na tarde de segunda-feira, 24,constituiu-se valiosa contribuição para que o acordo fosse alcançado na audiência do dia seguinte, pois permitiu o conhecimento do cenário dos fatos e possibilitou uma leitura mais precisa da situação.

A inspeção contou com a presença do Promotor de Justiça Eraldo Nunes; do Juiz Agrário Juliano Serpa; do Tenente Coronel Edvar Fernando da Silva Santos, Oficial de Ligação entre a Justiça Agrária; do Ouvidor Estadual do Incra, Fernando Lúcio Rodrigues de Souza; da Polícia Militar e de movimentos sociais.

Na hipótese de o acordo não ser cumprido, a Justiça emitirá mandado de reintegração de posse, que consiste em procedimento para desocupação forçada do terreno.

Foto: Fandango de São Gonçalo realizado em Canoinhas/Arquivo

        No Primeiro Festival de Folclore Escolar realizado no mês de junho de mil e novecentos e setenta e cinco em Canoinhas a Escola de minha vila apresentou o Fandango de São Gonçalo. Não uma dança folclórica qualquer. Não um bailado suntuoso. Uma dança simples, uma dança que retratava e retrata ainda o mais puro de nosso interior. Não um fandango qualquer, o Fandango de São Gonçalo.

Baseando-se na obra “Cultura Popular Brasileira” de Maynard Araújo e nos relatos e orientações do povo da localidade do Parado, dali da periferia de nossa vila, onde eram realizados os maiores Fandangos da região, montada foi a apresentação.

Nos fins do século dezoito esta dança já estava muito em voga em terras brasileiras. Animava até festas palacianas ao lado de minuetos e valsas. E dançava-se de várias maneiras, como o fandango batido, que conhecido também como rufado, o fandango bailado ou valseado e o fandango se dança valsando e batendo o pé.

Em nosso interior o fandango é um cerimonial realizado com a intenção de se pedir uma graça ou de se pagar promessas.

E os violeiros e cantadores, gente simples que do trabalho do campo vive, deixaram seu reduto encantado e foram até a escola para que alunas e alunos apreendessem e aprendessem os passos, a batida e os volteios desta instigante dança folclórica.

A coreografia foi montada por Odel Freitas, Zilda Hatschbach e Adelheidt Leber, professores que lá trabalhavam. Os trajes, que eram simples, muito simples foram providenciados pelas famílias dos alunos.

Para os garotos, calças de brim riscado, camisa xadrez de algodão e um lenço ao pescoço. Para as garotas, longos vestidinhos de chita, floreados, de ampla roda e esvoaçantes babados.O calçado, um tamanquinho com solado de madeira.

E o fandango apresentado foi o Fandango de São Gonçalo, tal como era e é dançado em nossa região, como era e é dançado, ainda hoje, nos confins de nossa vila.

E o fandango para ser fandango deve, obrigatoriamente, apresentar a parte religiosa e a parte profana.

O cenário é modesto. À frente, uma simples mesa, coberta com alvíssima toalha. Sobre ela a imagem do santo, a imagem de São Gonçalo, dentro de uma capelinha adornada com fitas e rodeada de flores e velas. Ao longo as pequenas lamparinas de azeite e suas débeis luzinhas, num lusco-fusco, apenas como um demarcar de vida.  Ao lado, os devotos, em profunda meditação.

Ao compasso e no embalo da melodia que sai pelas mãos dos violeiros e pelas vozes dos trovadores, dirigem-se à mesa que é o altar, dançando o rufado, batendo no chão os seus tamanquinhos com solado de madeira.

Jamais voltando as costas para o altar, os devotos a ele se dirigem e ao fundo retornam, por diversas vezes, sempre ao som da pungente e lamentosa cantiga, sempre ao som do pungente e lamentoso trinado das cordas dos violões.

E então chegada é a vez das meninas, que são as damas, as devotas. Que o mesmo ritual repetem. Mas a sua dança não é o rufado, não é o sapateado. Agora é o bailado, o valseado que elas fazem com graça, rodopiando, no ir e vir, as longas saias de chita.

Em silêncio e meditação, as graças vão sendo pedidas a São Gonçalo. E em silêncio e meditação agradecem as recebidas.

Quando o cerimonial religioso se encerra tem início o Grande Fandango ou o Fandango que é a parte profana.

A dança é uma espécie de quadrilha. Mas a compenetração, o silêncio e a seriedade permanecem iguais, com os garotos, os mancebos, dançando o rufado, batendo os tamanquinhos e as meninas, as damas com o bailado valseando. Depois, depois é a hora do baile, mais animado já, com os pares dançando. E sempre ao som dos violões e das vozes dos trovadores.

Era um Festival de Folclore Escolar. E havia um júri. E havia jurados. Até com professores de outras cidades. E a nossa Escola nem menção honrosa recebeu.

Talvez até cínicos risinhos pela apresentação de uma dança tão modesta, tão sem significado. Uma dança sem frufrus, sem brilhos, sem lantejoulas, sem pompas, sem clarinetadas, sem pandeiros, sem castanholas, sem coloridos mil, sem algazarra, sem mirabolantes luzes, sem …

Mas uma voz dentre os jurados se levantou. A voz de uma professora de folclore de uma cidade vizinha. A voz que para a nossa escola dera nota máxima. E, justificando sua nota ela falou nunca ter visto e jamais imaginado que crianças de uma escola de uma pequena vila fizessem uma tão genuína apresentação para uma das danças mais tradicionais dentre os povos simples da terra.

E foi esta a voz que fez com que os alunos e os professores e minha irmã Avani, que era a diretora da escola de minha vila, a “EscolaManoel da Silva Quadros,” se sentissem como se o prêmio máximo tivessem recebido.

 

 

 

Termina nesta segunda-feira, 31, a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite. De acordo com o Ministério da Saúde, crianças de 6 meses a 5 anos incompletos devem ser imunizadas, mesmo que já tenham completado o esquema vacinal contra a pólio, a paralisia infantil.

Até a última quinta-feira, 27, mais de 4 milhões de crianças ainda não haviam sido vacinadas. A meta da campanha é imunizar 12 milhões.

O Ministério da Saúde alerta que a vacina é a única forma de prevenção. Embora o Brasil não tenha casos da doença há 26 anos, a Organização Mundial da Saúde recomenda a imunização, já que nove países registraram casos nos últimos dois anos.

A 36ª Campanha Nacional contra a Poliomielite, que começou no dia 15, tem por objetivo, além de imunizar contra a doença, atualizar o calendário vacinal das crianças até cinco anos que não tomaram outra vacina da rede pública. Para que o profissional de saúde acompanhe as vacinas que a criança ainda não tomou, é importante que os responsáveis levem a caderneta ao posto.

A ADC Canoinhas foi à cidade de São Lourenço do Oeste neste sábado, 29, disposta a somar pontos no Estadual da primeira Divisão após a derrota para Araquari na última partida. Desde o começo do jogo impondo um bom ritmo, a ADC Canoinhas não deixou escapar as chances de gol e foi para o intervalo vencendo por 3 a 0.

No segundo tempo a equipe canoinhense continuou dominando a partida e aumentando o placar para 4 a 0. Faltando menos de 5 minutos para acabar o jogo, São Lourenço descontou com Juninho. A equipe do oeste tentou pressionar no final, mas sem êxito, encerrando a partida com a vitória canoinhense por 4 a 1.

No final da partida, o atleta Deivão, da ADC Canoinhas, disse que “depois da longa viagem que fizemos até aqui, essa vitória importante nos enche de moral na competição.” Sobre a próxima partida, ele comentou que “a força da torcida de Canoinhas faz a diferença nos jogos em casa e com certeza na próxima sexta não será diferente.”

Goleiro da ADC, Leonel disse que “viemos com uma estratégia e seguimos à risca tudo o que nos foi pedido durante a semana e antes da partida. O resultado mostrou todo nosso empenho e dedicação.”

O treinador Tchelo fez um balanço da partida dizendo que “mais uma vez a força do grupo fez a diferença. Todas as vezes em que entramos concentrados na partida fazemos grande jogos como o que aconteceu esta noite.”

O próximo jogo da ADC é em casa contra Curitibanos, na sexta-feira, 4.

 

CLASSIFICAÇÃO

Com a vitória, a ADC passa a quarta colocação no quadro de pontuação:

PARTICIPANTES
PG
J
V
E
D
GP
GC
SG
 1º Mafra Futsal
15
5
5
0
0
22
6
16
 2º Araquari
10
4
4
0
0
20
9
11
 3º Adesp
9
4
3
0
1
16
9
9
 4º ADC/Canoinhas
7
4
2
1
1
14
11
3
 5º Chapecoense
6
4
2
0
2
18
17
1
 6º ADAF Saudades
4
4
1
1
2
12
17
-5
 7º AD/Curitibanos
4
4
0
4
0
9
9
0
 8º Piratuba Futsal
3
3
1
0
2
4
7
-3
 9º Asme
3
4
1
0
3
10
15
-5
 10º ADV/Videira
2
3
0
2
1
11
13
-2
 11º Futsal SLO
1
3
0
1
2
3
13
-10
 12º Porto União
0
4
0
0
4
11
24
-13

Com o lançamento de pré-candidaturas à prefeitura de Canoinhas, a especulação engrossou o caldo eleitoral de 2016 nesta semana. Na segunda-feira, 24, deputado Antonio Aguiar (PMDB) defendeu o nome de Alexey Porcão (PSB) para vice de Beto Faria (PMDB). No dia seguinte, Renato Pike (PR), que cada vez mais vem se distanciando de Aguiar, anunciou Adriano Aguiar (PMDB), sobrinho do deputado, como seu vice numa possível dobradinha para a prefeitura. A provocação mostra o nível da pendenga ente Aguiar e Pike, acirrada depois que a coluna publicou que Pike disse que Aguiar não precisaria se empenhar em sua candidatura, bastaria não atrapalhar. Aguiar não digeriu bem a declaração e rumina o caso desde então.

    A despeito de rusgas, Beto Faria (PMDB) tem se articulado muito discretamente e tem sondado nomes como Neno Pangratz (PP), Juliano Seleme (que deve deixar o PPS para ingressar no PSDB ou PMDB) e até Didi Ecker (DEM) como possíveis vices. O que Wilson Pereira (PMDB) pensa sobre isso? “Não vejo problema nenhum de abrir mão da vice visando um projeto de composição. Além disso, o Beto (Faria) vê com muita tranquilidade a possibilidade de eu disputar a cabeça de chapa com ele na convenção do partido”, declara.

     Para engrossar ainda mais este caldo, Renato Pike (PR), que dorme com o PSD e acorda com o PMDB teria dito para Faria que não disputa eleição contra ele, dando a entender que também pode ser seu vice.

     Se já não bastasse todo esse cenário efervescente, Niceto Fuck deve anunciar no próximo mês se aceita o convite do PSDB para entrar no páreo pela prefeitura.

 

Agiu rápido…

… o Governo ao saber da possibilidade de Niceto disputar a prefeitura pelo PSDB. A eventual entrega de Obras a Gil Baiano deixa o PSDB, que já tem a pasta do Desenvolvimento Econômico, ainda mais próximo do PMDB.

     Até aqui o partido era visto como o patinho feio da administração. Ganhou status, no entanto, quando Niceto surgiu no cenário.

 

Ademais…

… mesmo com aprovação da Câmara de Vereadores para viajar para a Europa a fim de conhecer possíveis investidores, nem Beto Faria nem Wilson Pereira vão acompanhar a comitiva que é liderada por Niceto. O recuo veio depois da veiculação da notícia de que Niceto seria pré-candidato.

    Em todo o caso, o Governo diz que pretende ajudar a custear a viagem de um membro da Associação Empresarial, considerando não se tratar de missão oficial.

 

beto brasilia Acompanhado dos vereadores Célio Galeski (PSD) e Gil Baiano (PSDB), prefeito Beto Faria (PMDB) esteve em Brasília na semana passada. A foto registra a visita ao gabinete do senador Dalírio Beber (PMDB), que assumiu a vaga deixada pelo saudoso Luiz Henrique da Silveira. Faria pediu apoio do senador a projetos cadastrados por Canoinhas no Ministério das Cidades.

 

 

 

 

 

Estratégia

Se em Canoinhas o jogo eleitoral está se polarizando, o afastamento de Elói Quege (PP) da prefeitura deixa tudo incerto em Três Barras. Quege não confirma nem nega que sua aposta esteja em Emílio Gazaniga. “Deixe que batam em quem acham que é o meu candidato”, diz, dando pistas de que sua aposta é outra. Faz sentido…

 

Reitora na berlinda

A reitora da Universidade do Contestado, Solange Sprandel da Silva, foi alvo de protesto no campus de Mafra na semana passada. Empunhando cartazes e gritando frases contra a reitora que, segundo eles, raramente aparece no campus, os acadêmicos contestaram a ajuda que, segundo eles, Mafra presta aos demais campi, que seriam deficitários em relação ao campus. Protestaram, ainda, contra as más condições da estrutura de Mafra. Segundo eles, faltam até livros básicos na biblioteca enquanto que o setor administrativo da instituição acumula altos salários. Os acadêmicos dizem que as manifestações terão continuidade caso seus pedidos não sejam atendidos.

 

RÁPIDAS

INFERNO ASTRAL: Duas bombas estouraram nas mãos do secretário regional Ricardo Pereira Martin nesta semana: o trágico acidente na SC-477 por causa de um buraco e o engenheiro químico na Infraestrutura.

ALIÁS: O engenheiro é indicação de Alexey Sachweh (PPS), que não abre mão de manter o afilhado no cargo.

TENTATIVA: Elói Quege (PP) protocolou novo recurso no Tribunal de Justiça de Santa Catarina para tentar reverter seu afastamento da prefeitura.

DANÇA DAS CADEIRAS: Osmar Oleskovicz (PSD) avalia proposta de se filiar no PSDB ou no PMDB. Já Célio Galeski (PSD) também estuda deixar o PSD se a janela para desfiliação de fato se abrir.

BALANÇA:  No mesmo dia em que foi divulgado que SC tem uma das menores taxas de desemprego do País, o IBGE mostrou que a proporção de policiais militares por habitante em Santa Catarina é a quarta pior do país.

NÃO BASTA: O Estado tem um policial militar para cada 574 habitantes.

DE OLHO NO FUTURO: A convenção regional do PP no fim de semana na Capital mostrou que Esperidião Amin ainda é nome forte e, agora, cada vez mais próximo do PSD, que aos poucos vai se desgarrando do PMDB.

 

Foto: Bene, quando vereador/Arquivo

A nota publicada na coluna de Edinei Wassoaski, do JMais, dando conta da saída de Bene Carvalho (PMDB) da Secretaria de Obras esquentou os ânimos entre aliados do governo Beto Faria (PMDB) ao longo da semana. Bene afirmou logo depois da publicação que não concordava com a informação. “Agora que a casa está arrumada, estão querendo a Secretaria? Ainda acredito e confio na palavra de Beto Faria. Ele não faria essa traição comigo”, questionou e ele mesmo respondeu, frisando, ainda, que é engenheiro civil e que isso acrescenta ao cargo. Além do que, já é funcionário público, o que representa economia ao Município, já que não acumula salários.

Articulador político do governo, o vice-prefeito Wilson Pereira (PMDB) disse durante a semana que o governo respeita e confia no trabalho de Bene, mas que o cargo de secretário de Obras pertence, por acordo feito logo depois das eleições, ao PSD. “Foi o PSD que deixou o Bene ir para a Secretaria enquanto que se abria uma vaga para o Osmar (Oleskovicz, do PSD) na Câmara. O que prevalece é esse acordo”, afirma. Ainda de acordo com Pereira, caso o PSD reivindique a vaga para indicar o presidente da Câmara, Gil Baiano (PSDB) ou alguém do próprio PSD, Bene pode ir para a Secretaria de Habitação, já que o atual titular da pasta, Célio Galeski (PSD), já anunciou que volta para a Câmara em novembro. O objetivo de Galeski é disputar a presidência do Legislativo em ano eleitoral. Bene, por sua vez, já disse que para a Habitação não vai.

 

DE OLHO EM 2016

Pereira diz que o PSD e o PR são governo e Faria não pretende dar nenhum motivo para perdê-los. “Apesar de o Beto Passos estar no PSD, ainda somos parceiros”, frisa. A ideia do Governo é convencer as duas siglas a se manterem articuladas com o PMDB em 2016, a despeito das já declaradas pré-candidaturas de Passos (PSD) e Renato Pike (PR). “Não vamos dar motivo para PSD e PR romperem”, diz taxativo.

Gil Baiano (PSDB) reconhece que pediu a Secretaria de Obras para Faria, que também o vê como um parceiro para 2016. Faria disse que pensaria sobre o assunto. “Quero a Secretaria não por uma questão de ego, mas porque quero realmente ajudar as pessoas”, afirma o presidente da Câmara. Se ele deixar o Legislativo, Pike assume a presidência da Casa até o final do ano.

A Universidade do Contestado (UnC) é a segunda Instituição de Ensino catarinense a conquistar autorização para ter um Ramo do Instituto de Engenheiros, Eletricistas e Eletrônicos (IEEE).

A entidade americana sem fins lucrativos está presente somente na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a UnC passa agora a contar com o Ramo Estudantil Student Branch IEEE- UnC, aprovado no dia 30 de julho. A notícia está sendo comemorada por professores e alunos dos cursos da área das engenharias pela relevância acadêmica para a UnC.  O professor Luiz Eduardo Palomino Bolívar explica que no mundo a IEEE está dividida em cinco regiões e o Brasil encontra-se na região 09, a qual está dividida em 17 seções. Santa Catarina está na Seção Sul, reunindo ainda os estados de SP, PR e RS. “No total, são 25 ramos, em Santa Catarina  somente a UFSC e a UnC  possuem  Ramo Estudantil da IEEE”, observa.

Uma das missões do Ramo da IEEE é apoiar as atividades acadêmicas e sociais da UnC com assuntos relacionados à tecnologia. Palestras, semanas acadêmicas, concursos e outros eventos formarão parte do planejamento anual do Ramo. “Um dos eventos que serão promovidos agora é o Sumô de Robôs IEEE-UnC que estará em sua 7ª edição”.

Segundo o acadêmico Felipe José Viega Maurício, a existência de uma entidade estudantil com o novo ramo Student Branch IEEE – UnC é extremamente vantajosa para a formação dos estudantes de cursos de graduação em engenharia elétrica e áreas afins. “A criação e a manutenção de atividades de ramos deveriam ser amplamente incentivadas por professores e departamentos de importância do ramo estudantil, pois são várias as vantagens”, destaca.

O professor Palomino afirma ainda que o apoio da Reitora foi fundamental para que a Universidade fosse aceita pelo Instituto. “A Reitora Solange acreditou nesse projeto e autorizou o envio do requerimento para os EUA. Felizmente, o retorno foi positivo, pois passamos por uma análise criteriosa da IEEE, que consulta a seriedade e tradição da Universidade antes de conceder a autorização”, explica.

 

 SAIBA MAIS

Institute of Electric and Electronics Engineers  foi fundado em 1963 na unificação das sociedades, a AIEE (1884) e a IRE (1912), nos Estados Unidos.

Para a aprovação foi necessário contar com 14 alunos inscritos, um deles como presidente interino,  três professores, sendo um deles o Conselheiro do Ramo e apoio da Reitoria. Após aprovação, foram convocadas eleições no dia 10 de agosto, no Laboratório de Eletricidade no Campus de Canoinhas, Unidade de Marcilio Dias para a escolha da Diretoria.

Diretoria 2015-2016:

Alunos:

Presidente – Felipe José Viega Mauricio

Vice- presidente –  Rodrigo Scheuer

Tesoureiro – Guilherme Serpe Muniz

Secretário –  Adilson Buttelbrun

 

Professor:

Conselheiro – Luis Eduardo Palomino Bolívar

Interessados podem entrar em contato como Felipe (felipejoseveigamauricio@gmail.com) ou pelo site da IEEE www.ieee.org

Embora os responsáveis pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Canoinhas digam que é inviável a construção de um canil municipal, o Ministério Público de SC move uma ação civil pública que atribui ao Município a responsabilidade pelos animais soltos nas ruas da cidade.

A ação é movida pela promotora da 2ª Vara Cível, Gisele Dutra, a partir de uma denúncia envolvendo uma dona de casa que mora no Alto do Frigorífico e cuida de mais de 50 cães. Os vizinhos reclamam do barulho e do mau cheiro. A ação pede que os cães sejam retirados da casa e alojados em um canil a ser criado pelo Município. A ação, que corre na Justiça, solicita liminar pedindo a imediata retirada dos cães. O juiz Bernardo Augusto Ern, no entanto, negou a liminar justificando a falta de local para alojar os cães.

Em 2006, quando a Secretaria Municipal de Saúde começou a realizar estudos e desenvolver ações com o objetivo de retirar das ruas os animais abandonados, começou a se cogitar a construção de um canil público municipal. Lei municipal do ano de 2005, inclusive, assegurava esse direito à administração pública.

A ideia, no entanto, foi perdendo força quando da realização de visitas técnicas a municípios que já adotavam esse procedimento. “Para a nossa surpresa, em todos os lugares que visitamos, ouvíamos que não deveríamos construir o canil”, disse o médico veterinário do setor de controle de Zoonoses da prefeitura, Edson Radunz, na tribuna da Câmara de Vereadores em abril de 2013. O veterinário defendeu a tese de que o local, com o passar dos meses e anos, se transformaria num problema ainda maior para o município.

 

Confira o que foi destaque no JMais:

camara smsO presidente da Câmara de Vereadores de São Mateus do Sul, Enéias Melniski, disse que foi protocolado na tarde desta quinta-feira, 27, um requerimento que propõe a redução de salários do executivo e legislativo.

Requirimento n° 102/2015, de autoria do vereador Geraldo Altevir de Paula e Silva (Geraldinho) e assinado por outros vereadores, propõe reduzir o salário dos edis, que atualmente é de pouco mais de R$ 6,2 mil para R$ 500. Propõe ainda, reduzir o salário dos secretários, ouvidor e vice-prefeito que atualmente é de pouco mais de R$ 6,7 mil para R$ 2,5 mil. O requerimento propõe também a redução do salário do prefeito, que atualmente está em torno de R$ 18 mil para R$ 5 mil.

O requerimento será discutido e votado na sessão da próxima segunda-feira, 31. Se aprovado, a Comissão de Finanças da Câmara ficará com a responsabilidade de elaborar o projeto de lei.

A iniciativa dos vereadores se dá em meio a polêmica gerada a partir da aprovação do projeto de lei n°015/2015, que concedia reajuste de 8,41% no subsídio mensal dos nove parlamentares. Diante a repercussão negativa da população a respeito do assunto, os vereadores se reuniram na noite de quarta-feira, 26, e decidiram retirar e arquivar o projeto.

Movimentos favoráveis a redução do subsídios dos vereadores estão se articulando pelas redes sociais para uma manifestação em frente a câmara na próxima segunda-feira, 31, às 18 horas.

silvio acO motorista de um Golf, placas de Canoinhas, capotou o veículo na manhã desta segunda-feira, 24, na rodovia BR-280, em Canoinhas. O acidente aconteceu próximo da entrada da localidade de Rio d’Areia do Meio.

Apesar do susto, o motorista sofreu apenas ferimentos leves. Ele foi levado ao Pronto Atendimento de Canoinhas para ser examinado.

A Polícia Rodoviária Federal atendeu a ocorrência.

 

 

 

 

SCT 477 4O acidente que deixou duas pessoas gravemente feridas na tarde desta terça-feira, 25, na SC-477, localidade de Arroios, em Canoinhas, provocou comoção nas redes sociais. A suposta causa do acidente – um dos 394 buracos da rodovia, segundo levantamento de moradores – gerou diversas mensagens de indignação contra as autoridades. Somente a reportagem do JMais teve 76 compartilhamentos e mais de 8 mil visualizações.

 

 

 

 

casa ferroUm apagão na madrugada desta quinta-feira, 27, encorajou ladrões a agirem em São Mateus do Sul.

A Casa do Ferreiro (foto) foi o novo alvo dos ladrões, que aproveitaram o momento em houve queda da energia elétrica por volta de 2h30, devido ao temporal que caiu durante a madrugada.

Conforme informações do responsável pela loja, provavelmente um deles entrou por uma janela, desligou o alarme, cortou os fios das câmeras de segurança e abriu a porta para os demais marginais.

O interior da loja foi todo revirado e os ladrões levaram um cofre de 200 quilos que estava no segundo piso.  Os ladrões furtaram ainda aproximadamente R$ 1 mil do caixa. Não se sabe a quantia exata que estava no cofre.

Suspeita-se que uma Fiorino furtada quase no mesmo horário e local próximo, pode ter alguma ligação. O veículo pode ter sido furtado para transportar o cofre. A polícia esteve no local para levantar dados e informações para a investigação do crime.

A Fiorino foi encontrada abandonada na Vila Prohman na manhã desta quinta, 27.

drogas 27-8Policiais civis e militares de Canoinhas e de Três Barras cumpriram no final da tarde desta quinta-feira, 27, um mandado de busca e apreensão numa casa localizada no distrito de São Cristóvão, em Três Barras. Eles localizaram um quilo de maconha, um revólver calibre 22 municiado, um aparelho de choque elétrico, R$ 117 em dinheiro que estavam com três adolescentes de 15, 16 e 17 anos.

O trio foi conduzido para a Central de Plantão Policial de Canoinhas.

 

 

 

 

 

 

 

greve inssA greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Santa Catarina completa 50 dias nesta terça-feira, 25, com o retorno ao trabalho de 100% do quadro de profissionais da unidade de Canoinhas. Segundo a gerente da agência, Solange Freitas, a princípio, os funcionários, que estão atendendo normalmente, não devem retomar a greve.

No restante do Estado, no entanto, a greve ganha força. De acordo com o coordenador estadual do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência do Serviço Público Federal no Estado de Santa Catarina (Sindprevs/SC), Luciano Veras, mais 90% dos servidores aderiram ao movimento.

 

 

 

nelsonNelson Meirelles Júnior (foto), que estava desaparecido desde as 16 horas de terça-feira, 25, foi localizado na tarde desta quinta-feira, 27, em Corupá. Ele estava aparentemente drogado e desorientado, em um matagal. Um tio dele foi quem o localizou. Júnior foi atendido em um hospital da região e levado para Irineópolis, onde vive com a família.

Nesta quarta, 26, o carro no qual Júnior saiu de casa na terça-feira, 25, foi localizado às margens da BR-280, no KM 92. A chave estava na ignição do veículo e os documentos de Júnior no interior do carro, intacto.

Júnior saiu de casa para uma reunião da Coperdia, no Km 5, em Irineópolis, empresa onde havia trabalhado como gerente.

Familiares tentaram contato por várias vezes com ele, mas sem sucesso. A esposa dele teria recebido uma mensagem do celular do marido afirmando que ladrões poderiam ter assaltado Júnior e roubado o carro. Segundo a mensagem encaminhada à família, o gerente teria reagido ao assalto. A Polícia Civil de Porto União investiga o caso.

 

 

ifscProfessores do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus Canoinhas, decidiram aderir à greve nacional. A partir da próxima segunda-feira, 31, as aulas estão suspensas no campus. Segundo a diretora do campus, Maria Bertília Oss Giacomeli, a suspensão se restringe aos cursos técnicos. As aulas do Pronatec seguem normalmente.

Acompanhe a nota publicada no site da instituição:

A Direção-Geral do Campus Canoinhas informa que foi decidido, em reunião do Colegiado do Campus, a suspensão temporária do Calendário Acadêmico do 2º semestre a partir do dia 31 de agosto de 2015.
A decisão foi tomada tendo em vista a mobilização dos servidores, que neste momento, inviabiliza o desenvolvimento das atividades.
Solicitamos aos alunos que acompanhem a divulgação de novas informações através do site e do facebook do Campus Canoinhas.

 

 

Canoinhas 2O IBGE divulgou nesta sexta-feira, 28, as estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros. O cálculo também incluiu as 27 unidades da federação. A população de Santa Catarina, por exemplo, cresceu 1,3%, um aumento de 92042 pessoas em um ano. Em relação às 295 cidades catarinenses, as três que mais aumentaram seus moradores foram Araquari (4,6%), Itapema (3,8%) e São João Batista (3,8%), juntas tiveram 4683 habitantes a mais de 2014 para 2015.

Segundo o levantamento, a população de Canoinhas cresceu 0,2% entre 2014 e 2015. Foi de 54.079 para 54.188 habitantes. Três Barras teve variação de 0,5% – de 18.843 para 18.945 habitantes. A mesma variação de Mafra, que foi de 55.012  para 55.313 habitantes. Major Vieira teve variação de 0,7% – foi de 7.841 para 7.899 habitantes.

 

 

 

 

agresUm vídeo postado no Facebook mostra uma menina sendo agredida por quatro garotas supostamente em frente a um colégio de São Mateus do Sul. As agressoras alertam a agredida a não mexer com o marido dos outros.

O JMais não conseguiu contato com a direção da escola em frente da qual a agressão teria ocorrido.

Veja o vídeo.

fut 27-8 - capaNa noite desta quinta-feira, 27, em partida difícil o Espanhol conseguiu vencer o CRB na final da categoria livre da Taça Cidade de Futsal. O bom público no ginásio Magno Victor Fuck viu um grande jogo na final da categoria livre. Mesmo atrás do placar na maior parte do tempo a equipe do Espanhol teve garra ao vencer o CRB por 6 a 4.

lagartoOs pesquisadores do Centro Paleontológico (Cenpaleo) da Universidade do Contestado, Universidade de Alberta (Canadá) e Museu Nacional (UFRJ), anunciaram nesta quarta-feira, 26, a descoberta de um fóssil até então inédito no Brasil.

A pesquisa foi publicada na revista Nature Comunication. Trata-se de um lagarto com aproximadamente 80 milhões de anos, encontrado na cidade de Cruzeiro do Oeste, no estado do Paraná, denominado de gueragama sul-americana.

Segundo o geólogo Dr. Luiz Carlos Weinschütz, do Cenpaleo da Universidade do Contestado, campus de Mafra, coordenador dos trabalhos de campo, “o lagarto viveu entre 87 a 75 milhões de anos, grande parte do centro-oeste, sudeste e sul do Brasil que compunham um grande deserto, conhecido hoje na comunidade geocientífica como Deserto Caiuá. A espécie habitava o entorno de possíveis áreas úmidas, como oásis, convivendo com tapejarídeos (grupo de pterossauros) como a espécie Caiuajara drobuskii, descrita para o mesmo local”.