< junho 2015 - JMais | Jornalismo Digital Archive | JMais | Jornalismo Digital

Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

Empresas são suspeitas de entregar menos do que vendiam para prefeitura, diz promotor

O promotor de Justiça autor da ação que desencadeou a operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na prefeitura de Canoinhas na manhã desta terça-feira, 30, Eder Viana (foto), disse que a suspeita é de que um grupo de empresas que venceu processo licitatório da prefeitura entregava menos do que vendia. “É como se eu comprasse cinco unidades de determinado produto e o fornecedor me entregasse somente uma unidade”, exemplifica o promotor.

Viana disse que entrou com pedido de mandado de busca e apreensão junto à Justiça depois de ter recebido uma denúncia. A partir do deferimento do pedido, a Justiça acionou o Gaeco, que executou o mandado nesta terça.

O objetivo da ação é coletar documentação que comprove a suposta fraude. O Gaeco coletou vários documentos e copiou arquivos dos computadores do setor de licitações e do departamento financeiro da prefeitura. O material, que segundo o promotor, foi reunido em um grande volume, deve ser periciado, inicialmente, pela Promotoria. O Instituto Geral de Perícias (IGP) deve prestar apoio. “Nosso objetivo é saber se houve fraude, quem teria participado e quem teria recebido a diferença no pagamento pelo material”, explica o promotor.

Sobre o envolvimento de Mafra na operação, Viana esclarece que uma das empresas suspeitas de fraude é da cidade vizinha. A prefeitura de Mafra, no entanto, nada tem a ver com a operação.

 

Eleição indireta para prefeito de Mafra acontece nesta terça

Autor de dois mandados de segurança para tentar impedir a realização das eleições na Câmara de Vereadores de Mafra, o prefeito em exercício Abel Bicheski teve os dois pedidos negados pela Justiça, sendo que na sentença do último deles, divulgada nesta segunda-feira, 29, a Justiça o condenou ao pagamento de multa e de indenização no valor de R$ 5 mil.

Com intervalo de menos de 48 horas, os dois mandados foram impetrados pelo prefeito em exercício contra ato da vereadora Marise Valério Bráz de Oliveira, presidente em exercício da Câmara de Vereadores de Mafra, buscando a suspensão dos efeitos e a nulidade do ato convocatório para eleição da mesa diretora da Câmara para o exercício 2016, bem como da Emenda à Lei Orgânica Municipal nº 02.

A decisão da Justiça reafirma a validade e legalidade das eleições que serão realizadas pela Câmara nesta terça-feira, 30, onde será definida a Presidência da Câmara durante este ano de 2015, a Mesa Diretora de 2016, bem como as eleições complementares indiretas para os cargos de prefeito e vice-prefeito. A sessão terá início às 19 horas, em sessão aberta ao público. Os votos serão abertos, sendo que participarão da votação os dez vereadores que estiverem em exercício na ocasião.

 

Assaltantes teriam levado mais de R$ 10 mil de banco de Timbó Grande

Assaltantes fortemente armados com fuzis assaltaram a agência do Banco do Brasil de Timbó Grande na manhã desta terça-feira, 30. Eles estariam em uma caminhonete Mitsubishi Triton prata com a qual fugiram no sentido Canoinhas trazendo reféns na carroceria. Os reféns foram soltos na localidade de Barra Mansa, interior de Canoinhas.

A Polícia localizou a caminhonete usada no assalto abandonada na localidade dos Massaneiros, ainda em Timbó Grande, no início da tarde desta terça-feira, 30.

Policiais de Canoinhas, Porto União, Irineópolis e Bela Vista do Toldo estão trabalhando em um cerco e busca aos criminosos, Equipe do helicóptero Águia da Polícia Civil estava se deslocando para a região a fim de ajudar na caça aos suspeitos, mas por causa do mau tempo não conseguiu cumprir a viagem.

Como nenhum veículo foi interceptado, policiais de Canoinhas já estão retornando à base. Segundo o major Araújo, comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar de Canoinhas, há suspeita de que os bandidos possam estar escondidos pela região.

A suspeita é de que os assaltantes tenham levado cerca de R$ 10 mil, montante que tinha nos caixas.

 

Joinville é campeã geral da fase leste norte dos Joguinhos Abertos

O município de Joinville é campeão geral da etapa regional da sede Leste-Norte dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina 2015. A conquista foi bastante comemorada pela delegação no último dia de competições da 28ª edição, que reuniu entre sexta-feira, 26, e esta terça-feira, 30, em Três Barras, cerca de mil atletas catarinenses de 20 municípios. A delegação alcançou 63 pontos.

A maior cidade catarinense já é veterana em se destacar nos Joguinhos. Em 2014 foi campeã geral da etapa estadual que ocorreu em Caçador pela 10ª vez. A segunda colocação geral ficou com o município de Blumenau que conquistou 47 pontos e Balneário Camboriú   levou o bronze com 40 pontos no ranking.

A cidade anfitriã, Três Barras, não conquistou nenhum troféu. Canoinhas não participou de nenhuma das modalidades.

Os dois primeiros colocados de cada modalidade se classificam para disputar em Itajaí, entre 25 de julho e 1º de agosto, a fase estadual dos Joguinhos Abertos.

 

MEC prorroga até 20 de julho prazo para renovar contratos do Fies

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou o prazo para a renovação dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até o dia 20 de julho. O prazo, que já foiprorrogado mais de uma vez, terminaria hoje (30).

A portaria com a ampliação do prazo foi publicada no Diário Oficial da União. As renovações devem ser feitas por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFies), também disponível nas páginas do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

O Fies oferece financiamento das mensalidades de cursos em instituições privadas de ensino superior, com juros de 3,4% ao ano. O estudante começa a quitar o financiamento 18 meses após a conclusão do curso.

As fotos foram feitas pelo repórter Biluka e pela comissão organizadora do evento:

volei 2 volei 1 volei 4 volei 3 volei 5 premiação joinville volei campeãs2 volei campeãs volei campeãs2 volei campeãs3 volei campeãs4

Foto: Representante da delegação de Joinville recebe troféu de campeão geral/Fesporte/Divulgação

 O município de Joinville é campeão geral da etapa regional da sede Leste-Norte dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina 2015. A conquista foi bastante comemorada pela delegação no último dia de competições da 28ª edição, que reuniu entre sexta-feira, 26, e esta terça-feira, 30, em Três Barras, cerca de mil atletas catarinenses de 20 municípios. A delegação alcançou 63 pontos.

A maior cidade catarinense já é veterana em se destacar nos Joguinhos. Em 2014 foi campeã geral da etapa estadual que ocorreu em Caçador pela 10ª vez. A segunda colocação geral ficou com o município de Blumenau que conquistou 47 pontos e Balneário Camboriú   levou o bronze com 40 pontos no ranking.

A cidade anfitriã, Três Barras, não conquistou nenhum troféu. Canoinhas não participou de nenhuma das modalidades.

Os dois primeiros colocados de cada modalidade se classificam para disputar em Itajaí, entre 25 de julho e 1º de agosto, a fase estadual dos Joguinhos Abertos.

pont

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

DECISÕES 

No último dia de competição, a emoção tomou conta dos gramados e quadras. No futebol de campo, Brusque venceu Balneário Camboriú de 3 a zero em uma partida na qual Balneário não demonstrou toda a técnica que a trouxe para  a final. São Bento do Sul levou a melhor na disputa pelo terceiro lugar contra Blumenau (5 a 4).

No Futsal masculino, Joinville e Blumenau empataram em 2 a 2 no tempo normal. Foram para os pênaltis e, gol a gol, Blumenau levou a melhor, terminando a partida em 4 a 3.

No Vôlei feminino, a final teve Joinville e Balneário Camboriú. Joinville venceu por 3 sets a zero (parciais de 25/22, 25/19, 25/22).

 

BALANÇO

O diretor de esporte da Fesporte, organizadora dos Joguinhos Abertos, fez um balanço positivo dos dias de competição. “As etapas regionais dos Joguinhos atingiram plenamente nossas expectativas com times fortes nas modalidades. Joinville se destacou e mostrou merecimento, tanto que trouxe o maior número de atletas competindo nas modalidades. Foi um evento bastante equilibrado” disse Luciano Heck.

Para o coordenador geral, Darcio de Saules, a prefeitura de Três Barras, em parceria com Canoinhas, foi uma grande parceira proporcionando jogos tecnicamente bons. “A organização está de parabéns e a Fesporte deixa Três Barras satisfeita com esta edição dos Joguinhos” ressalta.

De acordo com o prefeito de Três Barras, Elói José Quege (PP), o município ficou honrado por sediar este grande evento do esporte. “Nossa administração está grandemente honrada em apoiar e receber o apoio da Fesporte recebendo todos os  municípios, certos de que os Joguinhos não fomentam somente a cultura, integração e desporto, mas também movimentam a economia da região,” conclui.

A empresa FComp, de Três Barras, está oferecendo três oportunidades de emprego:

– Auxiliar Administrativo

– Mecânico de Máquinas Pesadas

– Operador de Empilhadeira

 

Interessados deixar currículo na portaria da empresa, que fica no KM 6, em Três Barras.

Com o objetivo de prestar informações sobre os males ocasionados pelo  uso de drogas, a Assessoria da Juventude de Canoinhas tem realizado palestras e conversado com jovens sobre os diversos problemas ocasionados pelo uso de drogas lícitas e ilícitas. No sábado, 27, o assessor da Juventude, Carlos Eduardo Vipievski, realizou palestra aos membros da Igreja do Evangelho Quadrangular, no Encontro Regional de Jovens, que teve como tema ‘Aliançados num só Coração’, o evento aconteceu na sede da igreja, que fica localizada no bairro Jardim Esperança.

Na palestra o assessor abordou os problemas ocasionados pela utilização de drogas, tanto lícitas quanto ilícitas, demonstrando a importância de viver sem drogas. “Sabemos que temos muitos problemas que são ocasionados pelo uso de drogas, muitos jovens estão abandonando seus estudos, seus trabalhos, e até mesmo sua família, tudo em razão do uso de drogas”, disse Vipievski.

A Assessoria da Juventude foi criada em 2013, como uma das ações propostas pelo prefeito Beto Faria e do vice-prefeito, Wilson Pereira, para trabalhar com políticas públicas voltadas aos jovens de Canoinhas. Atualmente a assessoria desenvolve diversas atividades com o público com idade de 15 a 29 anos, que são considerados jovens. “Em Canoinhas, conforme o censo de 2010 há mais de 13 mil jovens, isso representa mais de 25% de toda a população do município. Temos como missão desenvolver políticas públicas voltadas a esses jovens, e com nossas palestras sobre drogas estamos trabalhando para isso”, finalizou Vipievski.

O promotor de Justiça autor da ação que desencadeou a operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na prefeitura de Canoinhas na manhã desta terça-feira, 30, Eder Viana (foto), disse que a suspeita é de que um grupo de empresas que venceu processo licitatório da prefeitura entregava menos do que vendia. “É como se eu comprasse cinco unidades de determinado produto e o fornecedor me entregasse somente uma unidade”, exemplifica o promotor.

Viana disse que entrou com pedido de mandado de busca e apreensão junto à Justiça depois de ter recebido uma denúncia. A partir do deferimento do pedido, a Justiça acionou o Gaeco, que executou o mandado nesta terça.

O objetivo da ação é coletar documentação que comprove a suposta fraude. O Gaeco coletou vários documentos e copiou arquivos dos computadores do setor de licitações e do departamento financeiro da prefeitura. O material, que segundo o promotor, foi reunido em um grande volume, deve ser periciado, inicialmente, pela Promotoria. O Instituto Geral de Perícias (IGP) deve prestar apoio. “Nosso objetivo é saber se houve fraude, quem teria participado e quem teria recebido a diferença no pagamento pelo material”, explica o promotor.

Sobre o envolvimento de Mafra na operação, Viana esclarece que uma das empresas suspeitas de fraude é da cidade vizinha. A prefeitura de Mafra, no entanto, nada tem a ver com a operação.

Viana não quis dar detalhes da denúncia, mas lembrou que caso a Justiça permita a quebra de sigilo, a ação se tornará pública. No início da tarde desta terça, o vice-prefeito Wilson Pereira (PMDB) disse que o Município deve pedir a quebra do sigilo a fim de entender a natureza da denúncia.

O JMais apurou que a suspeita é de que a fraude tenha ocorrido no Programa de Aquisição de Alimentos do Governo Federal e na compra de alimentação escolar.

 

Foto: Vereadores canoinhenses estiveram em Mafra para participar de reunião com o inspetor chefe da DPRF/Divulgação

Em reunião com Paulo Henrique Stoeberl, inspetor chefe da 6ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (DPRF), em Mafra, vereadores Renato Pike (PR) e Osmar Oleskovicz (PSD) levaram a preocupação de duas localidades interioranas que margeiam a BR-280, com relação à segurança do púbico quando da realização de festas.

No encontro que aconteceu na sexta-feira, 26, os vereadores canoinhenses solicitaram a adequação das áreas onde ficam os pavilhões das igrejas Nossa Senhora dos Remédios, na Encruzilhada e Santo Antonio, no Rio da Areia de Baixo. Ambas estão situadas à margem direita da rodovia, no sentido Canoinhas a Porto União.

O inspetor prometeu visitar os dois locais e estudar meios de se isolar o acesso pela rodovia e, ainda, de se criar alternativas secundárias a fim de oferecer mais segurança para condutores e pedestres durante os festejos das comunidades.

Por meio de requerimento proposto por Oleskovicz e assinado por todos os vereadores na semana passada, a Câmara havia formulado o mesmo pedido ao inspetor chefe da 6ª DPRF.

Foto: Única chapa inscrita para concorrer a prefeito e vice protocola inscrição/Divulgação

Autor de dois mandados de segurança para tentar impedir a realização das eleições na Câmara de Vereadores de Mafra, o prefeito em exercício Abel Bicheski teve os dois pedidos negados pela Justiça, sendo que na sentença do último deles, divulgada nesta segunda-feira, 29, a Justiça o condenou ao pagamento de multa e de indenização no valor de R$ 5 mil.

Com intervalo de menos de 48 horas, os dois mandados foram impetrados pelo prefeito em exercício contra ato da vereadora Marise Valério Bráz de Oliveira, presidente em exercício da Câmara de Vereadores de Mafra, buscando a suspensão dos efeitos e a nulidade do ato convocatório para eleição da mesa diretora da Câmara para o exercício 2016, bem como da Emenda à Lei Orgânica Municipal nº 02.

Em sua sentença, a Juíza Liana Bardini Alves afirmou que é dever da parte agir com lealdade e boa-fé, não sendo correto a impetração de nova medida com os mesmos fundamentos a fim de obstar a realização de nova eleição. “O impetrante busca, desesperadamente, a satisfação única e exclusiva de seu próprio interesse – qual seja, a continuidade na Chefia do Poder Executivo, sendo conhecedor ou, no mínimo, devendo saber que as eleições devem se dar em 30 dias, conforme a Lei Orgânica Municipal. A reprodução de ação já julgada, causa inevitável tumulto, principalmente em razão de ser ajuizado na véspera da eleição, demonstrando mais uma vez a busca incansável do impetrante em satisfazer suas necessidades pessoais. Pela litigância de má-fé, com fulcro nos arts. 17, incisos I e III e 18, do CPC, condeno o impetrante ao pagamento de multa de 1% sobre o valor da causa, além de indenização à parte contrária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), considerando a caracterização da má-fé, a ocorrência de dano à parte contrária e a extensão dos danos”, sentenciou a Juíza.

 

ELEIÇÕES

A decisão da Justiça reafirma a validade e legalidade das eleições que serão realizadas pela Câmara nesta terça-feira, 30, onde será definida a Presidência da Câmara durante este ano de 2015, a Mesa Diretora de 2016, bem como as eleições complementares indiretas para os cargos de prefeito e vice-prefeito. A sessão terá início às 19 horas, em sessão aberta ao público. Os votos serão abertos, sendo que participarão da votação os dez vereadores que estiverem em exercício na ocasião.

 O vereador Eder Gielgen foi o candidato inscrito, em consenso entre os vereadores, para comandar o Legislativo durante este ano de 2015. Para a Mesa Diretora no exercício de 2016, houve a inscrição da chapa formada pelos vereadores Edenilson Schelbauer – presidente; Eder Gielgen, vice-presidente; Márcia Nassif, 1ª Secretária; e João Acir Petters Padilha como 2º secretário. Para os cargos de prefeito e vice, a chapa “Pacto e União por Mafra” tem os nomes de Wellington Bielecki e Vicente Saliba concorrendo aos cargos de prefeito e vice, respectivamente, sendo que os eleitos tomarão posse na mesma reunião, com mandato até o dia 31 de dezembro de 2016.

A prefeitura de Canoinhas vai entrar com pedido na Justiça para que seja quebrado o sigilo do processo que desencadeou a operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na prefeitura na manhã desta terça-feira, 30. A informação é da página do jornal Ótimo no Facebook. Segundo o jornal, a determinação partiu do prefeito Beto Faria, que no final da tarde desta terça se reúne com o governador em Florianópolis.

“Queremos a quebra do sigilo para contar à imprensa e à comunidade o que está acontecendo e por isso o prefeito determinou que o jurídico da prefeitura pedisse isso ao juiz”, enfatizou o vice-prefeito Wilson Pereira (PMDB) ao jornal.

Pela manhã o Gaeco esteve na prefeitura canoinhense coletando provas. Pereira ressaltou que a investigação acontece por causa de denúncias contra uma empresa fornecedora de alimentos para a merenda escolar: “Estamos colaborando com as investigações e entregamos todos os documentos necessários”, disse.

De acordo com Pereira, há denúncia de irregularidades em outros municípios da região também.

Assaltantes fortemente armados com fuzis assaltaram a agência do Banco do Brasil de Timbó Grande na manhã desta terça-feira, 30.  Assista o vídeo do momento do assalto feito pela internauta Lucimara Nascimento: