< abril 2015 - JMais | Jornalismo Digital Archive | JMais | Jornalismo Digital

Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

No início de abril, a Faculdade Metropolitana do Planalto Norte (Fameplan), colocou em funcionamento o modelo de Business School em todos os seus cursos de pós-graduação oferecidos em Canoinhas. Inspirada nas mais renomadas Universidades de Administração da Europa e dos Estados Unidos, a ideia é focar o ensino na preparação para o mercado de trabalho, desenvolvendo um ambiente propício para aliar conhecimento e experiências práticas de gestão.

Para isso, a Fameplan precisou adequar as grades curriculares e oferecer disciplinas mais voltadas ao dinamismo que os negócios exigem nos dias de hoje. “Esse trabalho nos colocou em contato com diversas empresas da região, tornando possível direcionar nossos cursos ao que realmente fará a diferença na hora de conquistar um emprego e evoluir na carreira”, comenta Elis Regina Roeder, secretária executiva da Fameplan.

Além disso, um pacote de diferenciais foi implantado para dar sustentação à Business School. Entre eles, o mais importante é a formação de um corpo de professores com atuação profissional destacada em empresas da região, aliando formação acadêmica e vivência real do que é tratado em sala de aula. Complementam o conceito: sala exclusiva para a pós-graduação, em formato meeting; sala de reuniões; wi-fi banda larga; quadro digital; recursos multimídia dedicados; suporte da Advance English School; biblioteca atualizada e com foco em negócios; e outros. Cursos de extensão opcionais, eventos de networking e visitas de estudos também farão parte da formação dos alunos.

O primeiro curso a aplicar o conceito de Business School é a Pós-graduação em Marketing e Negócios, que está com matrículas abertas e deve iniciar as aulas em maio de 2015. A Fameplan recebe visitantes para demonstrar com mais detalhes os diferenciais do novo conceito das 13h às 22 horas, de segunda a sexta-feira, na Rua Felipe Schimidt, 1355; ou pelo site www.fameplan.com.br.

Está aberta no site da Prefeitura de Canoinhas (www.pmc.sc.gov.br) Consulta Pública do Plano Municipal da Educação (PME), tanto o Diagnóstico em sua versão preliminar, quanto as Metas do plano. Qualquer cidadão pode acessar os documentos e dar opiniões, críticas e sugestões aos itens que foram elencados nas diversas reuniões com a equipe organizadora do Plano Municipal.

O Plano Municipal de Educação está sendo elaborado seguindo o oitavo artigo da lei federal 13.005, de junho de 2014, que determina aos municípios a elaboração ou adequação dos planos de educação em consonância com as diretrizes, metas e estratégias previstas no PNE. O plano é norteado por 20 metas, que contemplam educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, educação inclusiva, alfabetização, educação integral, entre outras.

No próximo domingo, 3, acontece a tradicional Mateada Cultural de Canoinhas. O evento também faz parte da programação da Festa de Santa Cruz, que será realizada no pavilhão da Igreja Matriz Cristo Rei, no centro do município. A mateada tem início às 8 horas e acontece na Praça do Centenário.

A Mateada Cultural é promovida pela Fundação Cultural ‘Helmy Wendt Mayer’ e tem o objetivo de contribuir com a preservação da cultura e a tradição da região, além de reunir famílias e amigos para apreciar uma bela música e conversar ao redor de uma roda de Chimarrão. Junto à mateada acontece exposição e comercialização de artesanatos.

 

Com o tema “O protagonismo e o empoderamento da pessoa idosa: por um Brasil de todas as idades”, a Conferência Regional dos Direitos da Pessoa Idosa reuniu representantes de diversos municípios do Planalto Norte. O evento aconteceu nesta quinta-feira,29, em Canoinhas e contou com a presença de diversas autoridades, entre elas o vice-prefeito Wilson Pereira, que representou seu titular, Beto Faria, e o presidente da Associação dos Municípios do Planalto Norte (Amplanorte), Gilberto Damaso.

As conferências de direitos das pessoas idosas são espaços amplos e democráticos de reflexão, discussão e articulação coletivas em torno de propostas e estratégias que apontam diretrizes para as várias políticas setoriais envolvidas, como a da assistência social, da educação, da saúde, do esporte e lazer, da cultura, do transporte e acessibilidade. A principal característica dessas conferências é reunir representantes do governo e da sociedade civil organizada, especialmente das próprias pessoas idosas, para debater os principais desafios e decidir as prioridades para as políticas públicas que refletem no envelhecimento da população e na condição de vida das pessoas idosas, atualmente e nos próximos anos.

“Temos mantido o compromisso de gerir políticas públicas na perspectiva de assegurar ao idoso seus direitos sociais, criando condições para promover sua integração e participação na sociedade, tendo como base o que prevê o Estatuto do Idoso e demais legislações”, disse a secretária de Assistência Social de Canoinhas, Ângela Soares.

O vice-prefeito, Wilson Pereira, fez uma saudação especial à presidente do Conselho Municipal do Idoso, Terezinha Maleme Rosa, destacando a atuação dela, que há muitos anos dedica-se às atividades com os grupos de terceira idade. Pereira, que também justificou a ausência do prefeito Beto Faria no evento, informando que os prefeitos da região estão cumprindo agenda de trabalho em Florianópolis, expôs os objetivos da conferência. “É um momento de reflexão de tudo que foi feito e de tudo que ainda deve ser feito para os idosos, pessoas que já fizeram muito durante a sua vida e que agora, chegando aos sessenta, sessenta e cinco anos, merecem viver intensamente a sua vida com tranquilidade e paz no coração”, explicou. O vice-prefeito encerrou seu discurso citando o Papa Francisco, dizendo que o abandono do idoso é a doença mais grave e que sem honra para os idosos, não há futuro para os jovens.

As conferências têm caráter deliberativo, isto é, o que elas definem tem extrema relevância pública e deve ser considerado pelos gestores das políticas e pela sociedade brasileira, cabeno aos conselhos estimular e fiscalizar o cumprimento de suas deliberações. Para a presidente do Conselho Municipal do Idoso de Canoinhas, Terezinha Maleme Rosa, é preciso valorizar a experiência de vida dos idosos. “Queremos sim dizer que somos protagonistas a história e transmitir os valores para gerações futuras. Com o nosso esforço e iluminados pela luz divina, possamos hoje definir alternativas para a realização de um bom trabalho”, disse dona Terezinha, que declarou aberta a 2ª Conferência Regional dos Direitos da Pessoa Idosa.

Antes da discussão de propostas para serem encaminhadas para a conferência estadual, os  participantes da conferência regional ouviram palestra ministrada pela assistente social Marisa Melotto Gallotti, que fez uma explanação sobre o tema “O protagonismo e o empoderamento da pessoa idosa: por um Brasil de todas as idades”. A palestrante compõe o quadro de assistentes sociais do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), é especialista em serviço social e políticas sociais públicas, graduada pela Unoesc de Chapecó, além de mestre em serviço social, pela Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc).

O grupo de dança dos participantes do Programa de Apoio e Valorização da Terceira Idade (Pavi) que representarão Canoinhas nos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti) apresentaram na conferência a coreografia “Uma noite de gala”, mostrando que não tem idade para dança, para novos desafios e para ser feliz. A coreografia, uma mistura de hip hop dance com estilo livre, foi ensaiada pelo coreógrafo Sérgio Teixeira da Silva e pela diretora do Pavi, Luciméri Santi. A banda musical Novos Talentos também apresentou diversas músicas, além de executar o hino Nacional no evento.

A Fundação do Meio Ambiente (Fatma) liberou nesta semana mais 38 licenças para a instalação e operação de torres de telefonia celular. Destas novas antenas, 30 estão nas áreas rurais e oito em pequenos municípios. Em Canoinhas serão contemplados o distrito de Felipe Schmidt e a Estrada Geral de Rio de Areia.

Deputado Silvio Dreveck (PP), foi o presidente da CPI da Telefonia Móvel de Santa Catarina em 2013, comemorou a notícia. No Termo de Compromisso das Operadoras, assinado no final da CPI, a TIM comprometeu-se em fornecer cobertura de sinal na área rural catarinense em um raio de 30km da sede do município, seguindo parâmetros adotados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Até o final de 2015 a operadora deverá ter cobertura de sinal em todos os municípios catarinenses.

 

LISTA DE LICENÇAS

Licença Ambiental de Operação – (LAO)

TIM CELULAR

Zona Rural, Serra Alta

São Brás, Quilombo

Zona Rural, Jardinópolis

Zona Rural, Irati

Linha Aparecida, Caibi

Cunhataí, Cunhataí

Abílio dal Piva, Guatambu

Área Rural, Cordilheira Alta

Zona Rural, Novo Horizonte

Área Rural, Chapadão do Lageado

Testo Salto, Blumenau

Várzea do Ranchinho, Itajaí

Rio das Pedras, Videira

Sítio das Flores, Salto Veloso

Centro, Arroio Trinta

Centro, Blumenau

Ponta Aguda, Blumenau

Centro, Guabiruba

Antena, Caxambu do Sul

Centro, Braço do Trombudo

 

NEXTEL TELECOMUNICAÇÕES

Zona Rural, Vitor Meireles

 

 

Licença Ambiental Prévia – (LAP/LAI)

CELL SITE SOLUTIONS (não foi possível verificar as operadoras)

Linha Morro das Antenas, Macieira

Serra Azul, Caçador

Zona Rural, Arroio Trinta

São José, Água Doce

Distrito Goio-en, Chapecó

Linha Gruta, Passos Maia

Centro, Vargem

 

TIM CELULAR

Ouro Negro, Forquilhinha

 

ARTHEPA ENGENHARIA (TIM)

Centro, São Bonifácio

Volta Grande, Rio Negrinho

Estrada Geral Rio da Areia, Canoinhas

Felipe Schimidt, Canoinhas

 

AMERICAN TOWER DO BRASIL (não foi possível verificar as operadoras)

Jacutinga, Rio Rufino

Coxilha Rica, Lages

Centro, Capão Alto

Encano do Norte, Indaial

Graziela, Morro da Fumaça

 

Para a vereadora Cris Arrabar (PT – foto), chega a ser frustrante a falta de ações da administração municipal para coisas básicas como, por exemplo, o conserto definitivo dos semáforos da cidade. “Vivem apresentando problemas”, ressaltou.

Em sua fala na sessão ordinária de terça-feira, 28, ela informou que o semáforo localizado na esquina das Ruas Paul Harris e Caetano Costa está apresentando defeito há uma semana. “O sinal verde não funciona e até os motoristas se darem conta disso, filas de carros se formam nos dois sentidos das vias”, observou.

Cris também alertou para o problema do semáforo situado na esquina das Ruas Francisco de Paula Pereira e Getúlio Vargas, um dos cruzamentos mais movimentados do centro da cidade. “Faz dias que está sem funcionar e não fazem nada”, reclamou.

Falou ainda que nos locais com problema o tráfego deveria ser organizado pelos agentes de trânsito. “É função deles fazer isso. Existem quatro agentes, custava pelo menos deslocar dois deles para cada uma dessas esquinas”, cobrou a vereadora.

Através de indicação direcionada ao Departamento de Trânsito de Canoinhas (Detracan), a vereadora está pedindo urgência no conserto dos semáforos defeituosos. “Por se tratar de uma coisa básica, até me sinto ridícula em ter que fazer essa solicitação. Mas faço para ver se tomam providências”, comentou.

Em outra indicação também direcionada ao Detracan, Cris pede o encaminhamento de cópias de notas fiscais referentes aos pagamentos dos consertos realizados nos sinaleiros nos últimos dois anos.

Foto: Evento no ano passado/Ellen Colombo

A noite desta quinta-feira, 30, será marcada por um espetáculo emocionante. Trata-se do 2º Recital de Poesias do município de Irineópolis, evento promovido pela Secretaria de Educação que visa resgatar essa tradição oral entre os alunos da rede municipal de ensino. O recital, que acontecerá no Centro de Uso Múltiplo, integra professores, funcionários, alunos, pais e a comunidade para prestigiar as apresentações. Neste ano o diferencial é que acontecerá à noite, o início está marcado para às 19 horas, possibilitando aos pais e familiares a oportunidade de assistir de perto as declamações e se emocionar com todo o encantamento que só a poesia oferece.

Em seu segundo ano de existência, o recital se espelha no trabalho pioneiro das professoras Kely Estriser, professora de Língua Portuguesa no Núcleo Educacional Guilherme Bossow e posteriormente seguido pela professoras Rosenilda Bossow e Cristiane Jung.  Conforme a Secretária de Educação, Lilian Eliane Batschauer Ferreira, o objetivo do recital é de oportunizar a toda a rede de ensino a possibilidade de vivenciar mais de perto a poesia. A fase eliminatória aconteceu nas escolas e a fase final será nesta quinta-feira.

Segundo a secretária, o empenho de todas as escolas tem sido grande. O evento contará com cinco categorias, entre elas: Educação Infantil, com a participação da Pré Escola; do Ensino Fundamental com o primeiro nível: 1º, 2º, 3º ano. Segundo nível : 4º, 5º, 6º ao 8º ano  e  Educação de Jovens e Adultos. A equipe da Secretaria de Educação também está envolvida na organização do evento durante toda essa semana e convida todos os apreciadores da poesia para prestigiar.

Foto: Reunião com equipe do Deinfra aconteceu na SDR Canoinhas/Sérgio Teixeira/Divulgação

O secretário regional Ricardo Pereira Martin recebeu na manhã desta quarta-feira, 29, na Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Canoinhas a equipe do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) Superintendência Regional Norte para reunião sobre diretrizes a serem tomadas sobre a situação da SC 477 (Canoinhas – Major Vieira) e a SC 135 (Porto União – Matos Costa), além de serviço de roçada na SC 478 (acesso a Santa Cruz do Timbó).

Durante reunião ficou confirmado o reinício da operação de melhoria na SC 477, com aplicação de 70 toneladas de massa asfáltica, e simultaneamente mais 150 toneladas para SC 135. Essas ações paliativas serão realizadas já na próxima terça-feira, 5 de maio, dependendo das condições climáticas.

A médio prazo será discutido em reuniões com lideranças políticas da região a revitalização dos 32 quilômetros da SC 135. Secretário regional Ricardo Pereira Martin conversará na próxima semana com o deputado estadual Antônio Aguiar, para agendar audiência em Florianópolis com os órgãos competentes.

Participaram da reunião o superintendente regional Norte do Deinfra, Ademir Vicente Machado; gerente do Deinfra de Canoinhas, Jamir Suchara; e de São Bento do Sul, Rodinei Reis; gerente da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Ivo Dolinski; além de autoridades do município de Porto União.

 

FEDERALIZAÇÃO

Durante reunião dos prefeitos de Bela Vista do Toldo, Canoinhas, Irineópolis, Porto União e Mafra, ligados à Associação dos Municípios do Planalto Norte (Amplanorte) com o superintendente do DNIT em Santa Catarina, engenheiro Vissilar Pretto nesta terça-feira, 28, foi feito o pedido da federalização da SC-477, além da adequação dos acessos aos municípios de Três Barras, Bela Vista do Toldo, Irineópolis, travessia urbana de Canoinhas (marginais, passarelas e viadutos) e contorno da cidade de Porto União.

Além dos prefeitos, as lideranças empresariais solicitaram a federalização da SC-477, que liga a Canoinhas a Papanduva. Pretto foi receptivo aos pleitos e elogiou a união dos prefeitos, que cumprem extensa agenda de trabalho para viabilizar o Plano de Desenvolvimento Regional (PDR), que engloba ações em todas as áreas estratégicas no Planalto Norte. O superintendente do DNIT acenou para 2016 como um ano em que essa situação pode ganhar outros contornos, deixando todos os presentes na reunião bastante animados.

Foto: Paraciclo instalado na rua Francisco de Paula Pereira/Divulgação

Com o objetivo de incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte sustentável, e ao mesmo tempo proporcionar um dia de lazer, cultura e respeito ao meio ambiente. O Serviço Social do Comércio (Sesc), em parceria com a Fundação Municipal de Esporte e Lazer (FMEL), estarão promovendo o dia do pedal na próxima sexta-feira, 1° de maio.

O evento acontece em frente a Prefeitura, a partir das 13h30, com a saída da pedalada marcada para as 15h30. No dia haverá diversas atrações, como ginástica e alongamento, aferição de pressão arterial e glicemia, quick massage, ateliê ‘Enfeite sua Bike’, oficina de brinquedos reciclados e sorteio de brindes. Os primeiros inscritos receberão camiseta e a pulseira de identificação com um número para o sorteio de sete bicicletas doadas pelo comércio, a inscrição será realizada no local.

E para fomentar ainda mais a cultura ciclística no município, o Sesc de Santa Catarina, instalou um Paraciclo no centro da cidade, na rua Francisco de Paula Pereira, em frente à antiga Caixa Econômica Federal. O projeto tem a proposta em promover a mobilidade urbana, possibilitando que a comunidade se desloque de bicicleta e encontre um local seguro para deixá-la. De acordo com a Técnica de Lazer e Educação em Saúde do Sesc, Helena Vitovski Costenaro, o mobiliário ciclístico foi instalado em um espaço de carro, tendo a capacidade para 12 bicicletas e é preparado de acordo com as normas internacionais de padronização e segurança. “O projeto, permite que as bicicletas fiquem bem acomodadas e de forma mais segura, podendo ser presas pelo quadro e roda”, comenta Helena.

Termina nesta quinta-feira, 30, o prazo para adesão de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Para obter o financiamento, os candidatos devem acessar o Sistema Informatizado do Fies (SisFies). De acordo com o último balanço do Ministério da Educação (MEC), foram firmados 249,9 mil contratos.

Os candidatos devem ter obtido pelo menos 450 pontos na média das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não podem ter tirado 0 na redação. O MEC diz que está monitorando o sistema para garantir o pleno atendimento a quem ainda pretende fazer a inscrição. A orientação, em caso de dúvida, é entrar em contato com a central de atendimento, pelo telefone 0800 616161.

Segundo os critérios divulgados pelo MEC, os estudantes que pleiteiam financiamento em cursos nota máxima nas avaliações da pasta, que é 5, têm mais chance de obter o financiamento, pois todos as vagas ofertadas pela instituição de ensino serão atendidas.

Para o financiamento de graduações com notas 3 e 4 serão considerados alguns aspectos regionais, com prioridade para localidades e cursos que historicamente foram menos atendidos.

O estudante pode consultar a nota do curso na internet, no portal e-MEC. Basta clicar no estado, selecionar a instituição de ensino e em seguida a graduação.

Já os estudantes com contrato vigente têm até o dia 29 de maio para fazer a renovação, também pelo SisFies. Ainda faltam ser aditados 156,9 mil contratos.

O Fies oferece cobertura da mensalidade de cursos em instituições privadas de ensino superior a juros de 3,4% ao ano. O estudante começa a quitar o financiamento 18 meses após a conclusão do curso. O programa acumula 1,9 milhão de contratos e abrange mais de 1,6 mil instituições.

A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Canoinhas e o Serviço Social do Comércio (Sesc) conseguiram arrecadar 13.589 itens que foram encaminhados para as vítimas de dois tornados que atingiram a região de Xanxerê e Ponte Serrada no dia 20 de abril.
As doações de toda região foram centralizadas no Corpo de Bombeiros de Canoinhas e o carregamento de duas cargas (uma no sábado, dia 25, e outra na segunda-feira, 27), foi realizado pela equipe do Sesc Canoinhas.
Além das doações da população, foram contabilizadas doações da Mili (com fraldas e rolos de papel higiênico), KL Lar e Empresa Fuck (350 portas). Houve, ainda, ajuda de outras empresas e do Rotary, Rotaract, Casa da Amizade, Jeep Club e Cedup Vidal Ramos no carregamento da carga de sábado e engajamento na campanha.
Foto: Fabian Lemos/Divulgação

Oito prefeitos ligados à Associação dos Municípios do Planalto Norte (Amplanorte) foram recebidos nesta terça-feira, 28,  pelo superintendente do DNIT em Santa Catarina, engenheiro Vissilar Pretto. Na pauta, a necessidade do órgão federal empreender ações para melhorar a precária estrutura de transportes – notadamente no modal rodoviário – que corta a região. Além da duplicação da BR-116, eles insistiram na necessidade de uma reestruturação completa da BR-280, no trecho que vai de Jaraguá do Sul até Porto União. Além da construção, urgente, do viaduto no entroncamento entre as duas rodovias federais, na altura do quilômetro 12 da 116, trecho urbano de Mafra. Eles entregaram ofício ao superintendente, solicitando que estes pleitos sejam incluídos no Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 3) do governo federal. Também pediram a adequação dos acessos  aos municípios de Três Barras, Bela Vista do Toldo, Irineópolis, Travessia Urbana de Canoinhas (marginais, passarelas e viadutos) e contorno da Cidade de Porto União.

 

FEDERALIZAÇÃO DA SC-477 E DÍVIDA HISTÓRICA

Os sete mandatários presentes, além de lideranças empresariais, foram unânimes: o Estado e a União têm uma dívida histórica com o Planalto Norte que precisa ser resgatada. Um ponto que deixou a comitiva animada foi a possibilidade de federalização da SC-477, que liga Canoinhas a Papanduva e também é um gargalo ao desenvolvimento da região.

Pretto foi receptivo aos pleitos, elogiou (a exemplo de Murilo Flores, secretário de Estado do Planejamento, durante reunião na segunda-feira, 27) a união dos prefeitos, que cumprem extensa agenda de trabalho para viabilizar o Plano de Desenvolvimento Regional, que engloba ações em todas as áreas estratégicas para o Planalto Norte sair da estagnação econômica: Atração de novas empresas, fortalecimento da cadeira produtiva do leite,  Duplicação da BR-116, a reestruturação da BR-280 entre Jaraguá do Sul e Porto União, Instalação de um Campus da Universidade Federal da Fronteira Sul em Três Barras, Fortalecimento dos Consórcios de Saúde e Infraestrutura, modernização e qualificação das administrações municipais.

 

ORÇAMENTO

Embora receptivo aos pleitos, Vissilar Pretto sinalizou que 2015 é um ano de orçamento muito apertado. Acenou para 2016 como um ano em que a situação pode ganhar outros contornos. Ele informou, ainda, que as questões que envolvem a BR-280, inclusive a duplicação do trecho litorâneo, estão sempre na pauta do DNIT catarinense, que incluiu as obras no Plano Plurianual de 2016-2019 e nos orçamentos anuais da União.

Participaram da reunião os prefeitos de Bela Vista do Toldo, Gilberto Damaso da Silveira (presidente da Amplanorte), Canoinhas, Luiz Alberto Rincoski Faria, de Irineópolis, Juliano Pozzi Pereira, de Porto União, Anizio de Souza, de Mafra, Roberto Agenor Scholze, de Papanduva, Dario Schicovski e de Três Barras, Eloi José Quege.

Acontece nesta sexta-feira, dia 1º, em Canoinhas, a 11° edição da Corrida Rústica de 1° de Maio. O evento, que é organizado pela Fundação Municipal de Esportes juntamente com Serviço Social da Indústria (Sesi) e Serviço Social do Comércio (Sesc)  promete ser uma das maiores edições já realizadas, com a participação total de 462 atletas/corredores de 10 à 63 anos vindos de 16 cidades de Santa Catarina e, também, do Paraná.

Nas categorias Industriário 16+ e Industriário 30+ serão 50 atletas/trabalhadores representando suas empresas.

 

PASSEIO CICLÍSTICO

Paralelo à Corrida Rústica, haverá o Passeio Ciclístico e Caminhada realizados pelo Sesc. Os participantes inscritos previamente concorrerão à sete bicicletas e outros brindes. O evento inicia à partir das 13h30 em frente à Prefeitura  de Canoinhas com a confirmação e retirada dos números pelos atletas, além de diversas atividades de saúde, lazer e educação totalmente gratuitos e à disposição de todos. A largada para a primeira categoria será às 15h.

Os interessados em participar do passeio ciclístico deverão fazer a inscrição até às 15h do dia do evento na tenda do Sesc, sendo que os primeiros 400 inscritos terão direito à concorrer aos prêmios.

A largada das categorias acima de 16 anos que percorrerão os 5 km, está programada para as 15h30. Logo após saem os ciclistas e caminhantes que farão um trajeto de 2,5 km pelo centro da cidade. A premiação aos corredores será de medalhas do 1° ao 5° lugar em todas as categorias e de troféu do 1° ao 3° lugar para os melhores tempos nas categorias acima de 16 anos. O evento é totalmente gratuito. Em caso de chuva, será enviado um comunicado oficial para a imprensa até o meio-dia da sexta-feira.

Termina às 23h59 desta quinta-feira, 30, o prazo para o envio da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2015. Até as 17h de ontem, 84,4% do total de 27,5 milhões de declarações esperadas haviam sido entregues.

Este ano, os contribuintes com certificação digital podem fazer a declaração pré-preenchida na página da Receita na internet, na área do e-CAC. Isso também poderá ser feito por um representante do contribuinte com certificação digital e procuração eletrônica registrada no órgão.

No ano passado, 26.883.633 contribuintes enviaram a declaração do IRPF até o fim do prazo. O número ficou aquém dos 27 milhões esperados pela Receita em 2014. Em 2013, 26,1 milhões de pessoas físicas entregaram o documento.

A multa por atraso na entrega do documento é estipulada em 1% ao mês-calendário, até 20%. O valor mínimo é R$ 165,74. Um passo a passo da entrega está disponível na página da Receita. Basta o usuário clicar em cada ponto da figura para obter mais detalhes.

Quanto antes o contribuinte entregar a declaração com os dados corretos à Receita, mais cedo receberá o valor correspondente à restituição. Têm prioridade no recebimento pessoas com mais de 60 anos de idade, contribuintes com deficiência física ou mental e os que têm doença grave.

As restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2015 começam a ser pagas no dia 15 de junho. Os recursos são programados para o dia 15 de cada mês, até dezembro. Nos meses em que a data cair em um fim de semana ou feriado, o pagamento será feito no primeiro dia útil subsequente. É o caso de agosto, quando o dinheiro será liberado no dia 17, de setembro e novembro, no dia 16.

No mês passado, a Receita Federal lançou uma série de 11 vídeos no site Youtube para tirar dúvidas sobre o preenchimento e a entrega do Imposto de Renda. Chamada de TV Receita Responde, a série tem por objetivo explicar, de forma simples, os principais assuntos relacionados à declaração do IRPF.

Foto: Equipe do Araquari/Arquivo

O primeiro jogo válido pela final da Copa SC foi vencido nesta quarta-feira, 29, pela equipe do Araquari por 6 a 2.

Araquari fez valer o mando de quadra e com gols de Neto (2), Júlio (2), Tarek e Salomão, dando um passo importante para conquistar o título da competição.

Na próxima quarta-feira 6, as duas equipes voltam a se enfrentar, agora em São Lourenço do Oeste, às 20h30. Araquari joga pelo empate no tempo normal para ser campeão, já São Lourenço precisa vencer para levar o jogo para a prorrogação. Caso haja uma prorrogação aí é a vez de São Lourenço ter a vantagem de jogar pelo empate para levar o título, já que teve melhor campanha.

O número de leitores no Brasil é algo preocupante. Pesquisas recentes mostram que o número de pessoas que lêem está diminuindo com o passar dos anos. Segundo dados da pesquisa “Retratos da Leitura” (2012), a queda no número de leitores é de mais de 9%.

Pensando sobre essa realidade, o Sesc Canoinhas realiza uma ação especial voltada à promoção e formação do mediador de leitura. A palestra acontecerá no dia 13 de maio, às 19h30, no Auditório do Santa Catarina Plaza Hotel e será conduzida pela escritora Cléo Busatto (Curitiba/PR).

A palestra “Leitura literária, promoção e formação do mediador de leitura” propõe uma reflexão sobre a literatura, a arte das palavras e apresenta no texto um caminho para ampliar o conhecimento. Através de projetos e estratégias para formação de leitores, a palestrante convida os participantes a ser tornarem mediadores do encantamento pela literária. A ação é voltada para todos os interessados em formar leitores, não apenas professores. Pais que gostariam de encantar seus filhos com a leitura podem participar da palestra.

A atividade é uma promoção do Sesc Canoinhas, em parceria com a Livraria Vocábulos e com o Santa Catarina Plaza Hotel.

 

SOBRE A ASSESSORA

Cleo Busatto é escritora, contadora de histórias e especialista em literatura infantil e juvenil. Mestre em Teoria Literária pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e pesquisadora transdisciplinar formada pelo Centro de Transdisciplinaridade (CETRANS). Como mediadora de projetos sobre oralidade, leitura e literatura formou mais de 500.000 pessoas em oficinas e palestras, e contou histórias para mais de 100.000 pessoas, no Brasil e exterior. É autora de 21 obras, entre literatura para crianças e teóricos sobre oralidade. Cléo é também colaboradora de revistas e jornais especializados. Suas obras fazem parte de programas de leitura e catálogos internacionais, como o Bologna Children´s Book Fair.

 

SOBRE A ATIVIDADE

Palestra: Leitura literária, promoção e formação do mediador de leitura, com Cléo Busatto

Dia: 13 de maio

Horário: 19h30

Local: Santa Catarina Plaza Hotel

Valor: R$12,00

Inscrições na Central de Atendimentos do Sesc.

Vagas limitadas.

Com emenda substitutiva proposta pelo vereador Renato Pike (PR), a Câmara Municipal de Canoinhas aprovou por unanimidade e, em segundo turno, o projeto de lei 071/2015, que disciplina o pagamento de gratificação aos participantes de comissões permanentes de licitação, sindicância e processo administrativo da prefeitura de Canoinhas.

A matéria tem origem do Executivo Municipal e foi votada na sessão ordinária de terça-feira, 28.

Pelo projeto, fica autorizado o pagamento de gratificação aos servidores efetivos ou comissionados membros de comissões, exceto ao suplente de pregoeiro, que só fará jus ao benefício caso participe do processo por um período superior a 15 dias.

Cada grupo será composto por até seis membros, sendo três efetivos e três suplentes por ato. Caberá aos participantes das comissões de sindicância e de processos administrativos a escolha do presidente e secretário. No caso especifico da comissão de licitações, essas funções serão nomeadas pelo prefeito municipal.

Para cada membro da comissão de licitações será pago o valor de R$ 400 ao mês, enquanto os participantes das comissões de sindicância e de processo administrativo devem receber R$ 300 ao mês. As gratificações serão pagas única e exclusivamente no mês em que houver a realização de procedimentos.

 

MAIS OITO PROJETOS APROVADOS

Ainda na sessão de terça-feira, 28, vereadores canoinhenses votaram e aprovaram mais oito projetos de lei de forma definitiva. Todas as matérias têm a autoria do Executivo Municipal.

De acordo com o projeto de lei 056/2015, a prefeitura de Canoinhas fica autorizada a permitir a utilização do parque de exposições Ouro Verde por parte do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Contestado, entre os dias 29 e 31 de maio, durante a realização do evento intitulado Crioulaço, Rodeio e Leilão.

Conforme o projeto de lei 057/2015, a administração municipal fica autorizada a suplementar no orçamento do Fundo Municipal de Assistência Social o recurso de R$ 718.942,74, proveniente do superávit financeiro registrado no exercício de 2014, através de verbas encaminhadas pelo Estado e a União.

Com a aprovação do projeto de lei 061/2015, o governo municipal fica autorizado a suplementar o valor de R$ 30 mil no orçamento da Fundação Municipal de Esportes e Lazer (Fmel). O recurso é proveniente de sobras financeiras do exercício anterior e será usado no custeio de transporte e estadia dos atletas canoinhenses, durante a disputa dos 8º Jogos Abertos da Terceira Idade de Santa Catarina. O evento acontecerá em Criciúma, entre os dias 16 e 21 de maio.

Pelo projeto de lei 062/2015, o município de Canoinhas fica autorizado a receber, como forma de cessão de uso, uma área de 600 metros quadrados localizada na sede do distrito de Marcílio Dias e que pertence a Mitra Diocesana de Lages. No local a prefeitura irá instalar equipamentos de uma academia de ginástica ao ar livre.

O projeto de lei 063/2015 autoriza a prefeitura de Canoinhas a suplementar o valor de R$ 77.106,83 no orçamento da secretaria municipal de Educação. O recurso é proveniente de superávit financeiro registrado no exercício anterior e será usado nas atividades de manutenção da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Segundo o projeto de lei 065/2015, ficam autorizados a representar o município de Canoinhas nos 8º Jogos Abertos da Terceira Idade de Santa Catarina 53 atletas das seguintes modalidades: equipe de dança coreográfica; dança de salão de 60 a 69 anos; dança de salão acima de 70 anos; bocha e bolão 23 nos naipes masculino e feminino; jogos de salão; truco, dominó e canastra nos naipes masculino e feminino.

Além dos competidores, outras três pessoas que pertencem à equipe técnica também representarão o município. Ainda de acordo com a matéria, a prefeitura fica autorizada a utilizar o valor de R$ 29.463,00 no custeio de despesas referentes ao transporte, hospedagem e alimentação dos atletas e da equipe técnica.

Com emenda substitutiva proposta pela comissão permanente de Justiça e Redação, foi aprovado o projeto de lei 066/2015 que altera o parágrafo 3º do artigo 7º da Lei 4.592 de 16 de setembro de 2010.

Pela nova redação, o microempreendedor individual fica isento do pagamento de custos relativos à abertura, inscrição, registro, funcionamento, alvará, licença, cadastro, alterações e procedimentos de baixa e encerramento. Ficam ainda incluídas as taxas de regulamentação, de anotação técnica, de vistoria e fiscalização do exercício das profissões regulamentada. Deve ser efetuado o cancelamento das taxas lançadas desde a entrada em vigor da Lei Complementar Federal 147, de 07 de agosto de 2014.

Através do projeto de lei 069/2015, o município de Canoinhas fica autorizado a efetuar a cessão de uso, pelo prazo de cinco anos, de uma plaina hidráulica niveladora em favor da Associação de Moradores da localidade de Arroios.

 

VETOS

Já na sessão ordinária na segunda-feira, 27, vereadores canoinhenses apreciaram dois vetos do prefeito Beto Faria (PMDB) a projetos de lei aprovados pelo Poder Legislativo.

A pedido do vereador João Grein (PT), autor do projeto de lei 021/2015 que institui o Programa de Recuperação Fiscal (Refis), a Câmara manteve por unanimidade dos votos o veto do chefe do Poder Executivo.

Também de forma unânime, os vereadores rejeitaram o veto ao projeto de lei 025/2015, que autoriza alvará provisório de taxi para o profissional Júlio Urbanek Júnior.

Os vereadores de Mafra decidiram na sessão desta segunda-feira, 27,  os rumos da CPI das Madeiras, que deu entrada na Casa de Leis em setembro de 2014, e estava suspensa por uma liminar concedida ao prefeito Roberto Scholze (PT – foto), acusado de desviar dinheiro da venda de madeira doada ao Município.

Em decisão unânime, os vereadores optaram por dar prosseguimento ao processo administrativo, conforme recomendação da Justiça. Após nova leitura da denúncia, todos votaram pelo acatamento da parte que trata da suposta prática de infração político-administrativa.

Após a votação, houve o sorteio dos membros que irão compor a Comissão Processante, que terá como presidente a vereadora Marise Valério Bráz de Oliveira, relatora Márcia Nassif e Luis Alfredo Nader como vogal.

 

A DENÚNCIA

A CPI foi instaurada no ano passado com o objetivo de investigar suposta prática de crime de responsabilidade, improbidade administrativa e quebra de decoro por parte do Executivo, tendo em vista a denúncia feita na ocasião pelo eleitor Helinton Reinaldo Ferreira.

Ele relatou que o Município de Mafra teria recebido a doação de 262 árvores por parte da Autopista Planalto Sul, e que as mesmas teriam sido depositadas no Centro de Serviços da Prefeitura e na ASPM, salientando que a madeira teria sido retirada dos locais  por caminhões particulares, sendo desconhecida a sua destinação e aplicação.

 

DECISÃO DA JUSTIÇA

A juíza Liana Bardini Alves entendeu que com relação à denúncia de crime de responsabilidade, seu processo e julgamento cabem exclusivamente ao Poder Judiciário. No entanto, se constatada a prática de infração político-administrativa, incumbe ao Poder Judiciário apenas a análise da regularidade do procedimento e a existência dos motivos, pois se trata de procedimento exclusivo da Câmara de Vereadores.

Desta forma, em sua decisão, a juíza declarou a nulidade de todos os atos posteriores à denúncia que resultaram na Resolução 19/2014, e autorizou a Câmara de Vereadores a dar prosseguimento à comissão processante, se esta fosse a vontade da maioria dos vereadores, já que os fatos narrados na denúncia podem configurar a infração político-administrativa que embasou a Resolução 19/2014.

 

Foto: A partir de 24 de maio, a aposta unitária, de seis números, da mega-sena passará de R$ 2,5 para R$ 3,5/Wilson Dias

Da Agência Brasil

O governo federal reajustou nesta quarta-feira, 29, os preços das loterias da Caixa Econômica Federal e, a partir de 24 de maio, a aposta unitária, de seis números, da Mega-Sena passará de R$ 2,50 para R$ 3,50. Em consequência, os preços das apostas combinadas, de sete a 15 números vão subir e custarão de R$ 24,50 a R$ 17.517,50. A portaria da Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda com os valores reajustados foi publicada no Diário Oficial da União.

A partir de 23 de maio, o preço da aposta de 15 números da Lotofácil também será reajustado e passará a R$ 2. Para apostas combinadas de 16 a 18 números serão cobrados de R$ 32 a R$ 1.632. Os valores das premiações fixas da Lotafácil também mudarão. As apostas vencedoras com 11, 12 e 13 números passarão a ser, respectivamente, R$ 4, R$ 8 e R$ 20.

Os preços das apostas da Quina e da Dupla-Sena também subirão. No primeiro caso, a partir de 24 de maio as apostas de cinco, seis e sete números passam a ser, respectivamente, de R$ 1,5, R$ 7,5 e R$ 20. A Dupla-Sena terá reajustado para R$ 2 o jogo simples de seis números e de R$ 14 a R$ 10.010, as apostas de sete a 15 números.

O caso da loteria esportiva Loteca, a posta simples custará R$ 1 e, em consequência, os preços das apostas múltiplas, envolvendo prognósticos duplos ou triplos, passarão a custar de R$ 2 a R$ 729. O reajuste da Loteca será em 18 de maio.

Também nesta data, a loteria esportiva Lotogol custará R$ 1 para uma aposta, caracterizada por um conjunto de cinco placares finais de partidas de futebol indicados pelo apostador e R$ 2 para concorrer com 2 apostas iguais ou R$ 4 para concorrer com 4 apostas iguais, válidas para o mesmo concurso.

Ficam mantidos, em R$ 1,5 o preço da aposta única, de 50 números, da Lotomania e em R$ 2 a aposta única da Timemania, de 10 números e indicação de um time do coração.

A Caixa Econômica Federal deverá divulgar os novos preços e os números dos concursos que serão cobrados dos apostadores com, no mínimo, dez dias de antecedência das datas estabelecidas.

Os volantes impressos já produzidos permanecerão válidos para captação de apostas, mas prevalecerão os novos valores.

Criadas pelo Governo Federal, através do Ministério de Educação (MEC) e instituídas nos municípios por meio das secretarias de Estado da Educação, as turmas da 1ª série do Ensino Médio contam com alunos procedentes do programa de Correção de Fluxo e das Classes de Aceleração.

A maioria desses estudantes é de repetentes da 5ª a 8ª séries do Ensino Fundamental.

Na prática, essas turmas foram implementadas pelas Gerências Regionais de Educação com o objetivo de diminuir os índices de alunos em defasagem idade/série, repetência e de evasão escolar.

Mas pelo menos em Canoinhas, a tentativa de fazer com que os estudantes retomem o percurso regular de escolarização está longe de acontecer. Pelo contrário, está se tornando um problema social.

Preocupado, vereador Osmar Oleskovicz (PSD – foto) ocupou a tribuna da Câmara, na sessão ordinária de terça-feira, 28, para tornar público o elevado número de incidentes envolvendo alunos oriundos das turmas de correção. “Concentraram em apenas quatro escolas, pessoas de diversos locais da cidade, que vivem realidades diferentes e que têm problemas diferentes. E isso foi feito sem ao menos ser dada a estrutura necessária às direções e professores”, comentou.

Turmas estão sediadas nas Escolas de Educação Básica Almirantes Barroso, Santa Cruz, Irmã Maria Felicitas e Júlia Balleolli Zaniolo. Entre os incidentes já registrados, conforme o vereador, estão brigas envolvendo os alunos, agressões a funcionários, duas ameaça de morte a um dos diretores e depredações do patrimônio público. “Só na escola Júlia Balleolli Zaniolo foram gastos R$ 600 para trocar os vidros quebrados por essas pessoas”, informou.

Apesar do grande número de ocorrências já verificadas, Oleskovicz fez questão de dizer que nem todos os alunos procedentes dessas turmas são causadores dos conflitos. “Tem muita gente boa, que estão nas escolas para estudar, mas que estão encontrando dificuldades”, acrescentou.

 

INFORMAÇÕES

Através de requerimento, Oleskovicz está perguntando se a Gerência Regional de Educação (Gered) tem conhecimento dos incidentes quem vem acontecendo nas escolas que sediam as turmas. Também está questionando a estrutura oferecida pela Gered às escolas e quais os critérios adotados para a formação dessas turmas.

O vereador ainda busca saber quais providências a gerência pretende tomar para evitar novos conflitos e se já houve alguma reunião envolvendo representantes da Gered, Polícia Militar, Promotoria Pública, Conselho Tutelar e do Corpo Docentes das escolas para discutir o assunto.

O requerimento também leva a assinatura do vereador Wilmar Sudoski (PSD).