< Janeiro 2015 - JMais | Jornalismo Digital Archive | JMais | Jornalismo Digital

Formulário + Botão Guia+ Desktop

Formulário + Botão Guia+ Mobile

rod 2Rodrigo Pimpão, nascido em Curitiba, mas que já morou em Canoinhas, acertou a contratação com o Botafogo (RJ). O jogador, hoje com 27 anos, se destacou e foi o artilheiro do América-RN na Série B do Brasileiro de 2014 com 15 gols e será o novo atacante do time alvinegro ao lado do jogador Bill.

Durante o mês de janeiro trabalhou com intensidade nos treinamentos físicos e já se tem a informação de que teria ganhado quase três quilos desde sua chegada ao novo clube. Não fala em meta de gols mas será recepcionado pela torcida com a imagem de goleador.

O atacante brilhou durante a temporada que esteve no nordeste e fez um gol na goleada sobre o Fluminense, por 5 a 2, no Maracanã, que rendeu ao time do Rio Grande do Norte a classificação para as oitavas de final da última Copa do Brasil.

Pimpão foi revelado pelo Paraná Clube, já atuou pelo Vasco da Gama entre 2009 e 2012 e também teve passagens por Cerezo Osaka e Omiya Ardija, ambos do Japão, Ponte Preta, América-MG, Suwon Bluewings, da Coreia do Sul, e Tractor Sazi, do Irã.

O atleta está confirmado para estrear pelo alvinegro diante do Boa Vista na primeira partida do clube no Campeonato Carioca, neste sábado, às 17h, em São Januário.

Confira o que foi destaque no JMais:

dengue aMais dois focos do mosquito da dengue foram encontrados em Porto União na semana passada. Os focos foram encontrados em bairros diferentes – Cidade Nova e Bela Vista.

 

 

 

 

 

 

bar snSalvino Nazário, 52 anos, foi morto a pauladas dentro de seu estabelecimento comercial, um bar, na localidade de Lageado Liso, interior de Major Vieira. O crime teria ocorrido na sexta-feira, 23, mas o corpo só foi encontrado na manhã deste domingo, 25, por vizinhos do bar.

Segundo o delegado regional Wagner Meireles, por parte da Polícia há poucas dúvidas sobre a autoria do crime. As seis pessoas que estavam no bar na noite de sexta foram identificadas. Destas, apenas uma não foi ouvida. Trata-se de Daniel Santos, 22 anos, que mora em um acampamento sem-terra na mesma localidade e bebia Coca-Cola com vodca no bar na noite do crime. Ele teria sido a última pessoa a deixar o bar na noite de sexta segundo as outras cinco pessoas ouvidas pelo delegado ainda neste domingo. A Polícia foi até o acampamento, mas ninguém soube informar seu paradeiro. Suspeita-se que ele esteja em Lebon Régis.

Meireles espera que Santos se apresente voluntariamente. Do contrário deve tomar outras medidas.

 

homicidio ppvaNa tarde deste domingo, 25, policiais militares prenderam três suspeitos de envolvimento em um homicídio ocorrido em Papanduva.

O crime ocorreu por volta das 15 horas, na rua José Reva, bairro industrial. Antônio Marcos Carvalho, 30 anos, natural de Papanduva, foi esfaqueado e morreu no local. Os acusados de serem os autores do crime, um homem de 50 anos e seu filho de 26 anos, teriam dito aos policiais que cometeram o homicídio para vingar a morte de um membro da família ocorrido há dois anos na praça central da cidade. Na época um irmão de Antônio Marcos teria matado o irmão do acusado de 50 anos. A Polícia Militar também prendeu um rapaz de 23 anos que, segundo os detidos, teria auxiliado no crime.

Todos os presos são naturais de Papanduva, não resistiram à prisão e foram conduzidos à Delegacia de Mafra para lavratura do flagrante.

 

 

Incêndio-700x357Uma madeireira de Mafra foi atingida por um incêndio no sábado, 24.

Bombeiros de Mafra, Canoinhas, Rio Negrinho, Rio Negro (PR) e Papanduva trabalharam no controle das chamas que consumiram várias pilhas de madeira de eucalipto e pinus, de cerca de 8 metros de altura. O fogo consumiu ainda um caminhão Mercedes-Benz 1318, uma perfiladeira, dois exautores, um silo, e toda a estrutura que cobria o material.

A madeireira fica na rua Engelberto Liebl, no bairro Campo da Lança.

Aproximadamente 400 metros cúbicos de madeiras foram queimados.

Foram usados 170 mil litros de água no combate às chamas. Segundo o proprietário ainda não é possível calcular os prejuízos.

 

Foto: Marcio Passos

Foto: Marcio Passos

A SC-120, mais conhecida como rodovia Transfalcônica, que liga Três Barras a BR-280, só foi liberada na noite desta quinta-feira, 29.

Ela estava interditada desde às 23h de quarta, 28, após um caminhão carregado com galões de soda cáustico capotar no trevo da rodovia estadual com a BR-280 e derramar o produto químico no asfalto. O motorista estava embriagado, segundo a Polícia.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a empresa de Curitiba (PR) responsável pelo produto chegou no local às 18h de quinta. Ela limpou a rodovia e esvaziou os galões que ainda permaneciam no caminhão. Já a PRF providenciou a retirada do caminhão. Foram utilizados um caminhão prancha para desvirar o caminhão, que estava capotado, e um guincho.

O caminhão transportava galões de 1000 litros com soda cáustica e capotou no trevo da BR-280 com a SC-120. O motorista, que teve ferimentos leves, foi preso por embriaguez. O produto químico se espalhou na rodovia estadual que precisou ser totalmente interditada.

Ainda nesta sexta-feira, 30, a empresa deveria voltar ao trevo em Três Barras. De acordo com a PRF, é necessário fazer raspagem do solo, pois a carga se espalhou além da pista.

fumoA produção de tabaco na Região Sul do Brasil envolve 651 municípios e responde por mais de 10% das folhas produzidas em todo o mundo. A produção registrada na safra 2013/14 – 751 mil toneladas – coloca o país na segunda posição do ranking mundial de produção da folha, atrás somente da China. Índia, Estados Unidos e Indonésia aparecem na sequência.

A Região Sul é responsável por 96% da produção brasileira. Dos 1.191 municípios que formam a Região Sul, 55% são produtores de tabaco. É em solo gaúcho que 52% da produção de tabaco é cultivada; Santa Catarina responde por 29%, seguida do Paraná, com 19%. Em muitos municípios, o tabaco é a principal atividade econômica, desempenhando um relevante papel social para milhares de cidadãos sul-brasileiros.

Venâncio Aires (RS) ocupa a liderança do ranking, com 21,5 mil toneladas produzidas, de acordo com dados da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). Em volume de produção aparecem na sequência: Canguçu (RS), São Lourenço do Sul (RS), Santa Cruz do Sul (RS), Canoinhas (SC), Candelária (RS), Vale do Sol (RS), São João do Triunfo (PR), Rio Azul (PR) e Santa Terezinha (SC).

 

areaPortaria da Superintendência da Secretaria do Patrimônio da União (SPU) em Santa Catarina publicada nesta quinta-feira, 29, no Diário Oficial da União, transfere ao Incra área de 29,4 hectares para assentamento de famílias no distrito de Felipe Schmidt, em Canoinhas.

A transferência decorre de procedimento administrativo aberto pelo Incra junto à SPU para manifestar interesse sobre a área, incorporada ao patrimônio da União desde 1940. Segundo o chefe da Divisão de Obtenção de Terras do Incra/SC, Vitor Adami, a intenção da Superintendência é anexar a área ao assentamento Herdeiros Argemiro de Oliveira, criado em 2004 em área de 356 hectares para abrigar 15 famílias.

Os próximos passos para a incorporação desta nova área são a transferência definitiva para o Incra em cartório e publicação da portaria de ampliação do assentamento. A área também será vistoriada por peritos agrários a fim de definir quantas famílias poderão ser assentadas e se os atuais ocupantes atendem ao perfil socioeconômico da reforma agrária. Quando forem homologadas, as famílias beneficiárias poderão acessar as políticas públicas para segurança alimentar e incentivo à produção asseguradas aos assentados pelo governo federal.

 

destaqueIntegrantes do Conselho das Federações Empresariais de Santa Catarina (COFEM) e representantes de centrais sindicais laborais do Estado chegaram a consenso nesta sexta-feira, 30, para atualizar o mínimo regional catarinense. Os pisos acordados para as quatro faixas foram de R$ 908, R$ 943, R$ 994 e R$ 1.042. Sobre os valores atuais, o acordo representa um aumento médio de 8,84%, mesmo índice aplicado ao mínimo nacional.

 

 

 

Mirian quando grávida da filha que fez dois anos um dia antes de sua morte/Arquivo da família

Mirian quando grávida da filha que fez dois anos um dia antes de sua morte/Arquivo da família

A juíza criminal da comarca de Canoinhas, Gisele Ribeiro, mandou soltar os dois presos acusados de participação no assassinato da cabeleireira Mirian Ricardo de Jesus Dufeck (foto), 27 anos. Ela foi estrangulada dentro de casa no dia 12 de novembro do ano passado, em Três Barras. Outros dois menores de idade acusados de envolvimento no assassinato foram liberados do Centro de Internação Provisória de Caçador (CIP) no fim de semana passado.

Os quatro estavam detidos desde 12 de dezembro de 2014. O delegado regional Wagner Meirelles havia conseguido prorrogar os 30 dias de prisão temporária até 9 de fevereiro, mas como a divulgação dos laudos periciais durante esta semana não apontaram a culpabilidade dos detidos, a juíza acatou o pedido dos advogados Neto Freitas e Andrey Watzko e determinou o fim da prisão temporária.

Agora, eles só voltam para a cadeia caso sejam julgados culpados do crime. Para isso, no entanto, o inquérito policial precisa reunir provas do envolvimento deles com o crime. A esperança está em uma bituca de cigarro encontrada no local do crime. Ela teria material genético do suposto assassino. O exame de DNA, no entanto, ainda não foi concluído pela perícia.

Ladrões invadiram uma loja de materiais de construção que fica às margens da BR-280, no Campo d’Água Verde, em Canoinhas, na madrugada deste sábado, 31. Eles arrombaram um cofre e levaram R$ 80 mil em dinheiro.

A polícia foi chamada no início da manhã de sábado, quando os funcionários da empresa chegaram para trabalhar e perceberam o furto.

A Polícia trabalha na tentativa de localizar os autores do furto.